quinta-feira, 7 de julho de 2016

josue40


ENFRENTANDO O CALVÁRIO
 O Livro de Josué – parte 40

Tabernáculo Doutrina da Mensagem
Francisco Morato SP – 15 de Fevereiro de 2008
Ir. Rosendo

BREVE VEM O DIA

Breve vem o grande dia
Em que lutas findarão;
Todos males, agonias,
Deste mundo cessarão.

Cessará no céu o pranto,
Pois não haverá mais dor,
E ouvir-se-á o canto,
Dos remidos do Senhor!

Oh! Que gozo, estar com Cristo,
Escutando a Sua voz!
Eu almejo hoje isto,
E segui-lo sempre após!

Se Jesus Cristo é meu guia,
O caminho hei de trilhar;
Quem assim em Deus confia,
Lá no céu há de chegar.


Leitura e Oração

1 - Glorificado seja o Nome do Senhor, [Amém.] vamos nos pôr de pé e vamos ler as escrituras. Creio que é um momento bom, propício para isso. Vamos ler a Palavra de Deus em Efésios no capítulo 2, começar no versículo 11. Efésios 2:11, vamos ler a Palavra do Senhor Nosso Deus porque Ela traz consolo para nós, [Amém] e esta Palavra Ela se renova a cada dia, porque a cada dia nós precisamos mais forças para prosseguir. [Amém.] Efésios 2:11 –
“Portanto, lembrai-vos de que vós noutro tempo éreis gentios na carne, e chamados incircuncisão pelos que na carne se chamam circuncisão feita pela mão dos homens; 12 Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. 13 Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto. 14 Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, 15 Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, 16 E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades. 17 E, vindo, ele evangelizou a paz, a vós que estáveis longe, e aos que estavam perto; 18 Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito. Amém. [Amém.]

2 - Vamos orar. Grande Deus, Eterno Pai, Soberano Senhor, humildemente diante de Ti nós estamos mais uma vez, e pedimos oh Deus perdão por nossos pecados, Tu que és o mesmo ontem, hoje e eternamente e prometestes estar com os Teus filhos todos os dias até a consumação dos séculos, aqui estamos Senhor necessitados da Tua Graça, carentes da Tua Compaixão e Misericórdia. Sabemos que Tu estais presente porque a Promessa Tua que estaria, e principalmente nos últimos dias quando Tu mesmo como o Juiz dos céus e da terra tens vindo a esta terra para cuidar do teu povo, assim como Juiz de toda terra veio conversar com Abraão e revelar Seus Planos, assim estamos nós neste tempo do fim sabendo o que estais fazendo e por que estais aqui. Estais aqui Senhor para trazer justiça, para trazer juízo a esta humanidade e estais aqui para nos selar com o Espírito Santo e nos levar de volta para casa.

3 - Então Senhor, ajuda-nos mais uma vez, dependemos de tudo isto, ouvindo, aprendendo a Tua Palavra e assim somos bem aventurados porque tudo aquilo que é bom e agradável que só pode vir do Senhor, venha a nós, venha a nossas vidas através da Tua Palavra e por isto nós estamos aqui para ouvir aquilo que o Senhor tem para nós, estamos confiando inteiramente nisto e não no homem, e não em nenhum de nós mesmo, porque em nós não há nada de bom a não ser o Senhor que tem vindo para habitar em nossas vidas. Portanto Senhor aumenta-nos em estatura de fé e que possamos neste culto aprender mais um pouco da Tua Vontade para nossas vidas neste últimos dias. No nome de Jesus o Teu Filho nós te pedimos amém. [Amém.] Podeis sentar. Louvado seja Deus.

Título e Introdução

4 - Este portanto é o culto de número 40 da nossa série sobre “O Livro de Josué”. Sim é o culto de número 40. Nos dois últimos cultos nós pregamos sobre “O Rio Jordão” e este culto temos colocado à disposição o vídeo na internet e durante o primeiro dia foi visto 116 vezes o culto de domingo passado. E o culto de quarta feira nós falamos sobre “Entre o Jordão e o Calvário”, vocês que estavam presentes lembram disto, “Entre o Jordão e o Calvário” onde aprendemos que Jesus foi e desceu ao Jordão como Cordeiro do Sacrifício, porque Ele estava pronto para ser sacrificado e para isto Ele se apresentou para ser lavado, porque o Cordeiro antes do sacrifício ele era lavado primeiro na pia não é? E dali depois era conduzido para o sacrifício. Então uma vez que se desceu as águas do Jordão esta pessoa está entregue para o sacrifício e talvez se tivermos tempo neste culto aprenderemos mais um pouquinho sobre isto, e se fossemos para colocar um título nesta simples palestra de hoje, falaremos sobre “Enfrentando o Calvário”.

5 - Aqui Paulo, ele fala para nós no livro aos Efésios (que nós sabemos que é o nosso livro de Josué no Novo Testamento), já que o livro de Efésios do Velho Testamento é o livro de Josué, disto se trata o livro da redenção. Disto se trata a nossa redenção. A nossa adoção de filhos de Deus. É onde você descobre a sua fonte de origem, que você foi “eleito em Deus mesmo antes da fundação do mundo”. E agora Paulo está nos dizendo que você antes estava longe, antes você estava longe. Isso é deserto. Você está em tentativa, querendo ser a melhor pessoa do mundo, tentando ser uma boa pessoa, um bom homem, uma boa mulher, tentando viver da melhor forma possível, mais no entanto, é deserto. Você estava longe, mais quando a Graça entra em cena, Ela te trás para perto. [Amém.]

6 - E aprendemos no culto passado que Moisés representava o que? A lei, e Josué que significa o mesmo nome “Jesus” que representa “Jeová-Salvador”, Jeová é Salvador, Jeová salva, Jeová salvação e todas estas coisas. Então isto quando acontece, quando entra em cena este ministério de Josué, então ali a Graça te trás para dentro e diz
– “Vossos pais tentaram, foram boas pessoas, pertenceram a comunidade, ajudaram muito nesta trajetória, mais Deus usou de misericórdia foi para com vocês, e só vocês poderão entrar.” Vê? E aqui está nos dizendo, Paulo nos explicando, já que você estava tão longe, distante, separado, então Ele através de Jesus já pelo sangue de Cristo, através deste sangue te trouxe para perto. E havia uma barreira, uma separação muito grande e esta barreira da separação foi quebrada, foi destruída para que você pudesse ter acesso a estas coisas, para que você pudesse ter acesso as promessas e ser herdeiro de Deus através de Jesus Cristo. Vê? Tudo isto. Então pela cruz reconciliou ambos com Deus em um corpo, precisou da cruz, precisou Ele descer ao Jordão e depois caminhar até a cruz para ser sacrificado, e quando Ele chegou na Cruz para entregar a Sua Vida como um sacrifício, Ele fez isto desde o Jordão quando Ele já desceu para ser lavado para ser cumprida a justiça. Vê?

Consciência da Necessidade

7 - Então nós vamos ver algo mais aqui que nós encontramos no culto passado, nós lemos no livro de Lucas no capítulo 12 e o versículo 50, onde o Senhor Jesus estava mostrando que Ele estava consciente da sua necessidade de ir até o calvário, uma vez que Ele já tinha ido ao Jordão. Veja - Importa, porém, que seja batizado com um certo batismo; e como me angustio até que venha a cumprir-se! Agora quando eu preguei aqui sobre “Entre o Jordão e o Calvário” parece ser duas coisas totalmente diferente uma da outra, já que desceu... cruzar o Jordão, atravessar o Jordão significa fazer morrer a si mesmo e isto Jesus fez quando Ele desceu ao Jordão, tanto é toda Sua trajetória, toda Sua mensagem, toda Sua pregação foi mostrando para nós que a Sua Vida não tinha importância nesse sentindo, era a Vontade de Deus que tinha que sobressair acima de Sua Vontade. E por mais que as pessoas começavam a olhar o homem em si, o ministério que o homem estava desenvolvendo diante das pessoas, alguém gritou do meio da multidão quando Ele pregou um sermão mui lindo que tocou nos seus corações, alguém disse:
– “Bem aventurado o ventre que Te gerou e os seios que Te amamentaram.” (Lucas 11:27)
Mais aquele que tinha já descido ao Jordão, tinha cruzado o Jordão e que já não era mais Ele vivendo, Ele disse:
– “Antes bem aventurado é aquele que ouve a Palavra de Deus e a cumpre.” (Lucas 11:28) [Amém]
E tirou a visão do povo de si mesmo como enviado de Deus e levou tudo de volta para Deus.

8 - Então é necessário cruzar o Jordão para que Deus possa ter a preeminência sobre as nossas vidas. Então quando as pessoas se admiravam e a Bíblia diz
– “E as pessoas se admiravam de Sua Doutrina.” (Mateus 7:28) (Marcos 1:22) (Lucas 4:32)
Então Ele dizia
– “A Doutrina não é Minha, a Doutrina é do Pai que me enviou.” (João 7:16) [Amém.]
Então quando com Suas Mãos Ele praticava tantos atos de bondade, abrindo olhos dos cegos e fazendo tantas coisas, milagres, prodígios e maravilhas com o toque de Suas Mãos, abençoando crianças e as pessoas:
– “Puxa, que homem bom, que Mestre tão bondoso e misericordioso.”
E chegou um homem para Ele e disse:
– “Bom Mestre que farei para obter o Reino do céus?” (Mateus 19:16)
Ele disse:
– “Quem dizes? Por que tu dizes que Eu sou o bom? Não há ninguém bom a não ser o vosso Pai que está no céu.” (Mateus 19:17)  

Em Que Condição Estamos

9 - Você vê como é o homem quando ele está desprovido de si mesmo? Você vê quando uma pessoa desce ao Jordão porque ele está disposto a fazer, a cumprir a justiça, a fazer cumprir a Vontade de Deus. Então este homem depois que Ele passou o Jordão e Ele se dirigiu para o calvário, William Branham disse que Ele foi obediente em tudo a vontade da Pomba, deste que Ele saiu do Jordão. A Bíblia diz: “Jesus saindo das águas, sendo conduzido pelo Espírito” foi levado aonde? “Para o deserto.” Para o deserto.
10 - Irmão Branham pregou a Mensagem A IGREJA E SUA CONDIÇÃO, em que condição estamos? Qual é a condição que está a igreja hoje? É caminhando pelo deserto se revoltando contra Moisés e pedindo sinais e prodígios para comprovar se é verdade ou não? É em algum acampamento festejando porque atravessou o Mar Vermelho porque se livrou do Egito? Ou é realmente agora dizendo:
– “Realmente eu tenho que morrer e cruzar para o outro lado para poder obter toda promessa de Deus.?”

11 - Nesta mensagem A IGREJA E A SUA CONDIÇÃO ele disse que o Cordeiro foi obediente a vontade da Pomba. E fosse onde fosse, para todo lugar que a Pomba indicava Ele ia. É para o deserto? Estou indo. É para a festa das bordas dali, do casamento? Ele foi. É para apenas ir buscar um homem que está doente no meio de centenas e milhares deles? Ele foi busca-lo. Vê? E Ele disse
– “Por que não distribui cura para todos?”
Ele disse:
– “O Filho não faz nada sem que o Pai o mostre primeiro.” (João 5:19)
E a Pomba disse:
– “Agora chegou o momento de ir para a cruz para concluir a morte.”
Ele disse
– “Eu vou. Se possível passa de mim este cálice, mais sabe de uma coisa é a Tua Vontade que tem que sobressair, eu já morri faz tempo.” (Mateus 26:39) (Mateus 26:42) (Marcos 14:36) (Lucas 22:42)
Vê? Agora Paulo, quanto tempo ele passou para ter seu pescoço cortado? No entanto ele disse
– “Já não vivo mais eu.” (Gálatas 2:20)
Porque ele já tinha cruzado o seu Jordão. Então uma vez que você cruza o Jordão você estará disposto a enfrentar o calvário. Amém? [Amém.] Isto é um fato. Isto é um fato.

Ilustração do Tema

12 - Então enquanto me veio este pensamento, deixe-me fazer mais um rascunho para vocês aqui enquanto o irmão Antônio se ele poder e pegar aqui para facilitar o aprendizado das pessoas que ouvirem depois. Mais já que falei sobre o Jordão, o outro culto foi “O Rio Jordão”, depois “Entre o Jordão e o Calvário” e agora “Enfrentando o Calvário”, eu quero fazer apenas dois rabiscos aqui, meu desenhos são uns trações e umas linhas tudo torto e eu espero que as pessoas compreendam só isso. Então observe. (O pregador desenha em um quadro. – Ed) Aqui de início nós vamos outra vez fazer aquilo que fizemos naquele dia, e aqui nós teremos algo como o rio Jordão.

13 - Da outra vez vocês lembram eu eu desenhei daqui pra lá não foi isso? E agora eu queria fazer de lá para cá, então uma vez que você vem na sua trajetória aqui, na sua caminhada e cruza o Jordão e ai as águas terão que dá passagem para você, para você enfrentar, porque você está disposto a isso. Uma vez que você cruza o Jordão, você tem então uma trajetória e esta trajetória o povo de Israel teve. Nesta trajetória aqui do Jordão o povo de Israel teve que enfrentar batalhas em cada lugar onde eles passaram, cada planta, cada lugar para onde colocares a planta do pé é uma batalha, é uma luta e você tem que enfrentar o adversário para expulsa-lo do terreno. Pois bem. Se durante esse período de tempo você encontra aqui a terra de Canaã onde o povo de Israel estaria em busca de que? O povo de Israel estaria em busca de possuir esta terra, possuir esta terra. Agora diga-me uma coisa, o que esta terra representa para nós? O Espírito Santo. Correto? [Amém.] Canaã representa para nós o Espírito Santo. Então para se possuir esta terra, para se possuir o Espírito Santo nós temos que cruzar o Jordão, e cruzar o Jordão significa fazer morrer a si mesmo. [Amém.] Correto? [Amém.]
Fora do Espírito Santo Não há Promessa

14 - Pois bem. Todas promessas para a Noiva está dentro deste perímetro aqui, está dentro dos limites estabelecidos por Deus, a terra de Canaã. Qualquer judeu fora de sua terra perdia a benção de Deus, o irmão Branham nos explica isto na mensagem O PARENTE REDENTOR. Então Israel só seria abençoado aqui dentro da sua terra. E se a terra de Canaã representa para nós o Espirito Santo é claro que fora do Espírito Santo não há promessa, não há segurança, não há luz, por isto que a Bíblia diz:
– “Deus é Luz.” (I João 1:5)

15 - Então quando se estar na nossa Canaã, no Espírito Santo você estará na Luz, andando na Luz como Ele na Luz está. [Amém.] Então unicamente dentro do perímetro da nossa Terra Prometida é que há sangue, é que há intercessão, se andarmos na luz como Ele na luz está, então temos comunhão uns com os outros e o Sangue de Jesus Cristo Se Filho nos purifica de todo pecado. [Amém.]

16 - Então veja que durante todo período de tempo que Israel ficou aqui, ele lutou por cada palmo do terreno, já aprendemos isto em cultos passados, eu não vou desenhar em tudo, mais aqui cada x desse é uma luta, isto terá que estar em todos os perímetros, em toda esta esfera aqui. Pois bem. Se eles aqui enfrentaram os amorreus, os filisteus, os periseus, os heteus e tantos coisas, e tantas coisas. Então o que será que nós temos que lutar, com quem estamos lutando aqui dentro? Com nosso maior adversário que nós chamamos de antiga serpente, diabo. É um espírito. Então Paulo nós disse que a nossa luta não é contra a carne e o sangue e onde Paulo diz sobre isto? Onde Paulo falou sobre isto? Na carta aos Efésios correto? [Amém.] (Efésios 6:12) 12 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Então você não vai defrontar esta batalha, esta luta, não é simplesmente não é unicamente lá fora no mundo, nos bares, nos bailes ou seja onde for. A Bíblia diz que é nos lugares celestiais.
Nosso Maior Inimigo

17 - Agora se temos este lugar celestial é exatamente dentro desse perímetro e lembre-se que esta terra, este Espírito Santo precisa estar em você, então a sua mente, o seu cérebro tem que ser batizado com o Espírito Santo e neste cérebro, nesta mente está sendo travada a maior batalha jamais pelejada, e esta batalha é por possuir esta Terra que é o Espírito Santo. Então outra vez nós temos aqui todas aquelas raças, aquelas pessoas que estavam ali para enfrentar Israel, cananeus, perizeus, heteus, heveus... seja quem for, todos os girgaseus, e eu sempre digo se o William Branham disse:
– “Meu maior inimigo se chama-se William Branham.”

18 - Então o seu maior inimigo se chama você, é você mesmo, meu maior inimigo sou eu, é Rosendo, sou eu mesmo. Eu que tenho que vencer a mim mesmo. Por isso o profeta pregou a mensagem COMO PODEREI VENCER como poderei vencer? Como vencer as tentações? Como vencer o adversário? Como vencer os vícios? Tudo isto está em você, tudo isto está em você. Então é em você mesmo, você terá que enfrentar todas estas lutas e vencer o “eu posso”, o “eu quero”, o “eu gosto”, o “eu amo”, o “eu preciso”, o “puxa como eu adoro tal coisa”, o “puxa como eu gosto de tal coisa”, “como eu acho bonito isto”, “como eu acho lindo aquilo”, “como eu sou atraído por tudo aquilo”, tudo que é “eu”, todos os “eus”, todo o teu ego, todo o teu egoísmo, todos os teus desejos, tudo tem que ser vencido, caso contrário o cão preto vai se sobressair.
19 - Vocês sabem a batalha entre o cão branco e o cão preto na força de expressão do irmão índio que falou para o irmão Branham. Dentro do índio desde que ele se converteu tem uma luta tremenda sendo travada, é como se dois cães estivessem brigando, um cão preto e um cão branco e perguntou:
– “E qual dos dois vence?”
– “Ah, ai depende de quem índio alimentar.”
Não é? Se você alimenta a carne é claro que você vai perder a batalha porque a carne vai se sobressair, então os girgaseus, perizeus, heveus, heteus... seja quem for vai vencer. Vê? Mais quando você vence a carne e suas paixões como fez o apóstolo São Paulo, então você se desprende de si mesmo, como você pode lutar contra uma coisa que não está em você? Como você vai lutar contra o desejo de fumar, como eu disse no culto passado, se não tem esse desejo em você? Então nós temos que vencer isto e a Bíblia disse que em Jesus Cristo, através Dele nós somos mais que vencedores, em todas estas coisas somos mais do que vencedores, então se ficarmos com nossas desculpas:
– “Porque a carne é fraca. Por que eu não consegui, e a tentação foi demais e tal.”

Esconderijo do Altíssimo

20 - Você sabe que existe um limite por pequeno que seja, antes de você tomar qualquer decisão, antes de você fazer qualquer coisa errada algo lá dentro acende a luz de emergência dizendo que não pode, mesmo assim você quer ultrapassar. Por que? Faltou na cruzada do Jordão você matar esses desejos. Toda promessa para Noiva não se pode haver dúvida em nossas mentes, que toda promessa para a Noiva se encontra na esfera da Terra Prometida; fora não queira proteção de Deus, fora dos limites da Terra Prometida, fora do Espírito Santo, fora da Palavra você não tem segurança, segurança só para aqueles que estão debaixo da potente mão de Deus, é para aqueles que estão escondidos no esconderijo do Altíssimo. [Amém.]

21 - Agora quando você está escondido no esconderijo do Altíssimo Paulo disse que o mundo já não te ver mais, você está escondido. Ele disse:
– “Eu estou morto e minha vida está escondida com Cristo em Deus.” (Colossenses 3:3)
Vê? Porque o Sangue te cobre, a Proteção de Deus te cobre, o diabo não te encontra de forma nenhuma, você foi riscado do mapa, você se tornou um vencedor. [Amém.] Então o que que temos aqui mais? Bem...

Deus Quer Ter a Preeminência

22 - Então vamos esquecer um pouquinho lá o que aconteceu com Israel, já que você aprendeu agora que isto você terá que enfrentar também para ser possuidor desta Terra. Mais deixe-me traçar outra linha aqui, outra linha divisória disto para que vocês compreendam algo, que neste período de tempo depois que Jesus desceu ao Jordão, Ele e então foi cheio do Espirito Santo. Deus, o Pai disse:
“Esse é Meu Filho Amado no qual Eu tenho prazer de habitar.” (Lucas 3:22) Agora, Deus não pode ter prazer de habitar em mim se eu ainda tenho domínio sobre as minhas ações, sobre os meus desejos e faço o que eu bem entendo, então, Deus quer ter a preeminência. Agora quando você diz
– “Senhor, eu saio de cena.”
E William Branham disse:
– “O dom em operação é o homem saindo de cena e deixando Deus trabalhar.” Deus trabalhar através daquele homem. Mais para isto o homem tem que sair de cena.

23 - Então durante este período de tempo Jesus foi cheio do Espírito Santo e durante este período de tempo Ele em obediência completa e total a Vontade de Deus... a Bíblia diz: Em tudo Ele foi o que? Tentado, mais chegou a pecar alguma vez? Tantinho assim? Não senhores! Não senhores! Porque Ele foi levado ao Jordão e foi lavado como sacrifício limpo, agradável a Deus e Deus disse
– “Eu me agrado de habitar Neste Ser. Ele é Meu Filho, Eu tenho prazer de habitar Nele.”

Fama Dinheiro e Mulher

24 - Então dentro deste período de tempo aqui Jesus cheio do Espírito Santo foi totalmente, completamente entregue a Vontade do Pai, porque Ele passou pelo Jordão e aqui do outro lado nós temo agora, deixe-me rapidamente aqui. Me deem licença um pouquinho, se é que vocês já aprenderam isto e assimilaram bem. A batalha continuou, Ele subiu depois do Jordão, Ele foi exatamente para onde? Para o Monte. E lá Ele foi fazer o que? Ser tentado em todos os sentidos pelo diabo, e ali as três coisas principais concupiscência da carne, concupiscência dos olhos e a soberba da vida foi passado diante Dele.

25 - William Branham disse que são essas três coisas que derruba, são os três cartuchos que o diabo usa para derrubar um homem de Deus. Concupiscência da carne, concupiscência dos olhos e a soberba da vida: fama - dinheiro e mulher. Jesus venceu todas elas, todas as tentações. Então o que temos aqui? No final quando Jesus passou por tudo isto e foi obediente a Vontade do Pai, então, nós temos lá do outro lado, lá longe, nós temos aqui aquilo que nós chamamos de cruz, o monte calvário. Aquele que passou o Jordão, Ele já estava pronto, Ele já estava dizendo:
– “Eu estou aqui como o sacrifício morto.”

Entregue a Vontade do Pai

26 - Como Ele viveu durante este período de tempo entre o Jordão e o calvário? Entregue a Vontade do Pai. E por Ele está entregue a Vontade do Pai Ele foi vencedor, é a única forma de você também vencer, é ser em tudo obediente a Vontade do seu Pai, Deus mesmo, o Espírito Santo. [Amém.] O que aconteceu com Jesus Cristo? Ele então subiu ao calvário e então disse
– “Pai, em Tuas Mãos entrego o meu Espírito.” (Lucas 23:46)
Agora, chegará o momento que você também vai ter que dá o seu último folego de vida, e vai ter também que entregar isto nas Mãos do Deus Todo Poderoso, que a terra, a carne, corpo volte para a terra e o espírito volte para Deus que o gerou ou que o criou como queira falar.

27 - Pois bem, se durante este período de tempo você não fez o mesmo ou não seguiu o mesmo exemplo do Seu Irmão mais Velho, do Seu Irmão Maior, então você não terá nenhuma vida, nenhuma espírito para entregar nas Mãos de Deus. Se durante esta trajetória você não se tornou um vencedor, uma vencedora...
 – “Eu venci e posso me assentar com Meu Pai. Eu venci e posso receber o Galardão.”
Se você não se tornar um vencedor durante esta trajetória
– “Ah, mais eu cruzei o Jordão irmão. Eu cruzei o Jordão, eu morri.”
Lembre-se: aquilo foi literal para Israel e cada luta que eles tiveram durante a sua trajetória de possuir a terra foi real, houve mortes e sangue derramado e cidades destruídas. Mais depois que você passa o Jordão e você enfrenta esta batalha para se tornar um vencedor você se arma com todas as armaduras de Deus, como Paulo disse
– “O escudo da fé, capacete da salvação, a espada do espírito, calçados os pés na preparação do evangelho da Paz.” (Efésios 6)

Não é Contra Carne e Sangue

28 - Tudo pronto como verdadeiros soldados. Você não vai lutar contra a cerne e o sangue, você não vai destruir cidade, você não vai derrubar muralhas, você não vai matar ninguém, não vai cortar pescoço de quem quer que seja, a nossa luta não é contra a carne e o sangue vê? Então não é luta de irmão contra irmão, não é contra vizinho, não é contra pessoas, não é contra aquelas pessoas que...
– “Eu tenho que vencer. São pessoas que são ruins que me tratam tão mau.”
Como é que você luta com esses “inimigo”, com esse adversário? Jesus disse que era amando. [Amém.] (Mateus 5:44) 44 Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; então lembre-se de uma coisa: que neste período de tempo, agora eu volto outra vez a fazer o mesmo círculo entre o Jordão e o calvário. Jesus nos ensinou como sermos vencedores, Ele nos ensinou como vencer. “Dai a quem te pede” isto foi nesta trajetória entre o Jordão e o calvário. Dai a quem te pede, se alguém te obriga a caminhar uma milha vai duas, demostra boa vontade.

Como Ser Possuidor da Terra

29 - Tudo que Jesus ensinou desde que Ele começou Seu Ministério até render Sua Vida na cruz foi como ser possuidor desta Terra, desta Dádiva, desta Dom inefável, imutável, o Verdadeiro Dom, não os dons, mais aquilo que foi dito (Atos 2:38) 38 E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo; então você encontra aqui duas coisas. Você encontra o Apóstolo Pedro falando sobre Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo... então outra vez você está sendo levado ao Jordão. Quando você diz:
– “Senhor, até agora tenho vivido a minha vida, tenho feito o que eu quero fazer, o que eu sempre quis fazer, mais eu me arrependo dos meus pecados. Eu quero mudar de vida, eu quero ser uma nova criatura, o que eu fazia eu não quero fazer mais.”

30 - Aonde você vai? Você vai para as águas batismais não é? [Amém.] Você vai ser lavado ali a ponto de todos seus pecados passados ser perdoados ali, você é justificado como se nunca tivesse pecado, e o que acontece depois disso? Uma luta, uma batalha que é uma vida de santificação, uma batalha completamente todos os dias para poder o que? ...e recebereis o dom do Espírito Santo; o status de que? Do Espírito Santo mesmo. [Amém.] Então uma vez que o Espírito Santo assume o controle de tua vida o que você tem que fazer?
– “Então Pai eu entrego em Tuas Mãos o meu espírito.”

Angustiado Até Que se Cumpra

31 - Se você não estiver disposto a enfrentar o calvário, isto quer dizer que você não passou pelo Jordão. Vamos adiante aqui?  No livro de Lucas onde você acompanhou agora pouco capítulo 12 versículo 50 Jesus disse – Importa... em outras palavras, é necessário, é preciso. ...porém, que seja batizado com um certo batismo; e isto eu fiquei... como eu costumo dizer, imitando minha sogra, eu fiquei incrível com isto. Porque se Jesus foi batizado aqui, Jordão, aqui Jesus foi batizado, por que será que quando Ele fala do calvário Ele também falou de batismo? Ele disse:
– “Eu vou passar por um tipo de batismo.”
E se aquele lá no Jordão foi dito assim
– “Olha, nós temos que cumprir a justiça João.”
E Ele foi apontado como Cordeiro de Deus que retira o pecado do mundo. Mais este batismo que Ele tinha que passar Ele disse que estava angustiado...
– “Isto me angustia muito até que se cumpra.”
Quer dizer, enquanto não acontecer todos os dias será uma angustia para mim. Porque cada dia dia ele já antevia aquilo, era um sofrimento por antecipação, Ele estava consciente do que ia acontecer. A Bíblia dia que Ele começou a se entristecer quando foi se aproximando o momento.

Jordão e Festa Não Combina

32 - Nós queremos estar em festa, queremos estar constantemente em festas, a igreja quer festas e mais festas, todos os dias festa daqui, festa dali, festa disto, festa daquilo, não sei que Jordão é esse que estão enfrentando, não sei que calvário é esse que estão enfrentando que ao invés de lágrimas você só ver gritaria para lá e para cá.
Importa, porém, que seja batizado com um certo batismo; e como me angustio até que venha a cumprir-se!
Isto foi as Palavras de Jesus. Irmãos deixe-me repetir antes de ler a mensagem o que eu falei no outro culto. Não tenha dúvida quanto a isto em suas mentes, toda promessa dada a Noiva está dentro deste perímetro da Terra Prometida. [Amém.] foi assim com Israel é assim conosco. Eles era Canaã, nós é o Espírito Santo. [Amém.] Então a Terra, esta Terra Prometida para Israel, para nós sendo Espírito Santo a Terra Prometida é a Terra da Palavra Completa. É a abertura da Palavra, que foi dito para William Banham: Aquilo foi a terceira etapa, a vindicação do teu ministério porque foste enviado, para dá introdução a Palavra, a Deus mesmo, porque Deus é a Palavra, vê como as coisas são encaixadas? Então esta Terra da Promessa é a Terra da Palavra Completa e do Verdadeiro Batismo do Espírito Santo.

33 - E eu disse no outro culto que está bem claro, está claro que o Rapto não podia haver acontecer, não podia ocorrer nas primeiras etapas da jornada, ou seja, na etapa da igreja. Porque o Rapto é para a Noiva, então o Rapto está dentro da esfera da era da Noiva, o Rapto está dentro da era da Palavra, e se houve abertura da Palavra e a chuva de ensinamento caiu sobre a igreja como cotículas de orvalho, para isto teve o arco íris descendo ao redor da cabeça do Anjo Forte, do Senhor Deus Todo Poderoso mostrando que era um tempo de chuva para nos fazer revigorar, crescer outra vez esta vara que estava seca, sem vida.

34 - Porque Paulo disse no livro de Efésios que estávamos afastados, separados outra vez nos trouxe para perto, perto de que? Daquele que é a Grande Fonte da Vida, então quando Ele nos trouxe para perto de Si mesmo, então através de você começou a jorrar outra vez Água da Vida, você começou a florescer e o seu prazer continua sendo na Lei do Senhor, na sua Lei Bendita de dia e de noite e quando isto acontece os Salmista diz você é como uma árvore plantada junto a ribeiro de água. Amém. [Amém.] Você tem que dá o seu fruto.
Um Calvário Em Nossas Vidas

35 - Então este Arrebatamento começa na era da Noiva, na era da Palavra Completa dento da esfera da era da Noiva. Agora, eu disse também que não temos que ter dúvida também quanto a isto que primeiro antes desse Rapto tem que haver um Jordão, e precisa haver um Calvário em nossas vidas. E no outro culto eu concluir lendo para vocês a mensagem CRISTO onde o irmão disse - “E todo crente que vem a Cristo, deve chegar a mesma cruz de abnegação, e morrer ali com o Cordeiro, ou seja, com seu cordeiro. Deve morrer a seus próprios pensamentos. Deve morrer a sua própria mentalidade, só tome o que o Espirito diz em seu coração, e logo viva por Cristo”. [Amém.]

36 - Mensagem CRISTO pregada por William Branham no dia 21 de Fevereiro de 1955. Então quando eu citei para vocês uma pequena citação do irmão Branham na mensagem COMO FUI OM MOISÉS, ASSIM SEREI CONTIGO – 11 de setembro de 1960, ele disse assim - Mas a hora tem chegado quando estou cansado de ficar nesse monte. Quero subir ao Jordão. Quero entrar nas abundantes promessas... eu vos disse que era na Plenitude das Promessas. Quero obter fé dentro de mim mesmo, não buscando um sinal, não olhando para algo que Deus tem revelado...
– “Puxa mais foi Deus que revelou.”
Observe. ...não buscando um sinal, não olhando para algo que Deus tem revelado, ou algum tipo de poste indicador. Lembre-se que aqui ele está nos dizendo que não temos que olhar para nenhuma outra coisa, ele disse:
– “Eu quero obter fé dentre de mim mesmo.”
Vocês notaram esta expressão dele? eu vou repetir Quero obter fé dentro de mim mesmo... dentro de si mesmo, então nada externo mais pode operar, então será seu ponto de apoio para você. Porque depois que Israel entrou dentro deste perímetro da Terra, dentro da esfera da Terra Prometida, dentro de Canaã a Bíblia diz que cessou de cair o manar, cessou de descer o pão para eles, eles já não tiveram nada daquilo. O que Deus proveu para eles antes foi cortado e eles tiveram que comer da própria terra. Talvez falemos um pouquinho sobre isto.

Entrando No descanso

37 - Aqui o profeta está dizendo que uma vez que você obtém fé dentro de si mesmo, então nada te interessa mais, se alguém diz:
– “Ah, mais aquilo que aconteceu, aquilo foi uma coisinha, foi uma foto que tiraram.”
 Isso não te prejudica mais, você não está buscando sinais nem se quer algo que foi revelado. Porque a revelação já estará dentro de você, o sinal que você precisa já tem que estar dentro de você. [Amém.] vê? Dentro de você, caso contrário não é uma mente para ser batizada com o Espirito Santo. Não é uma alma que encontrou a vida, porque ainda está em busca de algo, quando se estar buscando algo se estar na correria, trabalhando, cansando-se, mais quando se entra na promessa de acordo com as escrituras e de acordo com o que o profeta nos ensinou você então encontra o seu descanso, o seu repouso. [Amém.] Por isto que o descanso não é o sábado, o sábado é apenas representável, é um tipo do descanso e Paulo disse:
– “E se fosse apenas o sábado? Não teria sido dito para eles dai descanso ao cansado.”
Mais eles já não tem seus sábados? Mais este cansado precisa realmente de um descanso. Então quando você encontra o cumprimento da promessa você precisa ter encontrado ali o seu descanso e ali você ancora a sua fé. [Amém.]

38 - Concluindo o que ele disse na mensagem COMO FUI OM MOISÉS, ASSIM SEREI CONTIGO - Quero olhar para o Calvário, e dizer... não é fácil viu? Enfrentar a cruz como Jesus enfrentou. Mais este homem aqui disse: Quero subir ao Jordão. Quero entrar nas abundantes promessas... então é esse simples quadro que você está vendo aqui. Eu vou mostrar aqui o que o irmão Branham está dizendo aqui no quadro de novo. Eu quero descer ao Jordão, estou cansado deste Monte, estou cansado deste Monte quero descer ao Jordão, quero encontrar a plenitude da promessa e quero encarar o calvário. Amém? [Amém.]

39 - Se você não estiver disposto a passar por estas etapas então meus amigos é complicado. Nós temos aqui um quadro perfeito de perfeito de nosso Elias sendo atraído a seu Jordão, porque primeiro antes do calvário é Jordão. Então do mesmo jeito que o nosso Elias foi atraído para o Jordão, foi também Elias naquele tempo e vocês lembram a três ou quatro culto passado nesta série nós falamos sobre Elias e Eliseu estão lembrados? Algum irmão lembra? [Amém.] quando Elias disse
– “Olha eu vou ter que ir para o Jordão.”
Do mesmo jeito estava nosso Elias, o cumprimento de Malaquias 4, também dizendo:
– “Eu quero passar o Jordão para encontrar a abundante promessa e ir enfrentar o calvário.”
Então do mesmo jeito Nosso Senhor Jesus Cristo o Grande Elias por que? O Espírito de Elias vocês sabiam que é o que? O Espírito de Cristo! O Espírito de Elias. Vê? “E irá diante deles o espírito e virtude de Elias.” (Lucas 1:17) o espírito de Elias não é um espírito de um homem, é o Espírito que estava em Elias lá no Antigo Testamento [Amém.] que é o Espírito de Cristo. Veja. Do mesmo jeito que o nosso Elias foi atraído para o Jordão foi assim que foi com Elias, foi assim que foi com o Grande Elias o Cordeiro de Deus, Ele também foi impulsionado do mesmo jeito, pelo Espírito Santo, para ir a Seu Jordão, e depois do Jordão toda a caminhada Dele terminou com o Calvário! Tudo.

Tendo Seu Calvário Como Jesus Teve o Dele

40 - No livro de São Lucas no capítulo 9 e o versículo 51 Jesus nos mostra que Ele estava firme e estava pronto para ir até ali, está assim nas escrituras - E aconteceu que, completando-se os dias para a sua assunção... que era a subida ...manifestou o firme propósito de ir a Jerusalém. Por que Ele manifestou o firme propósito de ir a Jerusalém? Porque Ele tinha que ir lá para subir ao calvário, o mesmo que esteve disposto para ir ao Jordão e ser lavado para o sacrifício agora estava pronto para ser sacrificado Amém? [Amém.] Nós temos que morrer, morrer, morrer e morrer. Pois bem. Então agora, onde você leu antes juntamente comigo em Lucas 12 versículo 50 Jesus mostrou tal paixão para ser totalmente submergido nas águas sepulcrais do Jordão, que agora você caminhando nesta linha de pensamento você vê o profeta nos mostrando também, dizendo também que se você é filho de Deus, se você é filha de Deus, então você também deve ter o seu calvário como o Filho de Deus teve o Seu. Vamos ver isto.

41 - Na mensagem AQUELE DIA NO CALVÁRIO. Quanto tempo faz que a gente não ler esta mensagem? Um bom tempo não é? Mais eu não esperava que passaríamos por ela nesta série sobre o Josué. AQUELE DIA NO CALVÁRIO (GO) na tradução feita pela Palavra Original é o parágrafo 100, na mensagem em inglês é o parágrafo 105 - Nós olhamos nisto e dizemos, “Oh, sim isto é bom”. Aquilo não é isto. Se aquele Filho de Deus teve que ir para a crucificação... estão vendo o quadro? Se aquele Filho de Deus teve que ir para a crucificação, cada filho que vem deve ir ao Calvário. Se o irmão Branham disse “deve” é obrigatório. Não é questão de dizer assim:
– “Olha mais não tem como dá um jeitinho e ir por aqui, passar em frente da fila?”
Não é?
– “Sabe, eu queria ser atendido, eu tenho pressa de chegar e está contado minhas horas e eu tenho que pegar tal transporte assim e ficaram de me esperar lá se não eu vou ficar sozinho e estou meio perdido.”
Não existe isto. Não existe. É só um caminho a trilhar.

Nem Para a Direita Nem Para a esquerda

42 - Existe uma linha que divide entre uma coisa e outra, e este caminho é mostrado para você e ainda tem o centro onde você tem que pisar neste caminho. Cada vez que você pende para um lado do caminho e...
– “Olha eu ainda estou no limite, eu ainda estou no caminho ainda.”
Mais a partir do momento que você sai do centro, você está quase que disposto a ultrapassar o limite, a exceder o limite estabelecido, então você se torna um prevaricador. Então desde o Antigo Testamento já foi dito assim –
“E os teus ouvidos ouvirão detrás de ti uma voz dizendo “este é o caminho segui nele sem vos desviar nem para a direita, nem para a esquerda.”” [Amém.]

43 - William Branham disse:
– “Eu fui enviado para vigiar a Noiva para que Ela não saia da fila. Para que Ela não saia da linha.”
E na sua visão aqueles que iam lá atrás na marcha, nesta caminhada alguém começou a sair fora, a uns passos fora da fila e ele começou a gritar
 – “Volte para a fila! Volte para a fila!”
Porque não tem outra forma, não tem arranjo, é isto que ele está nos dizendo aqui olha ...cada filho que vem deve ir ao Calvário. Ele também deve ter um Calvário. Você deve ter aquele dia no Calvário. Eu tenho que ter aquele dia no Calvário. Isto determina a dúvida do pecado. Não estreitar as mãos do pregador, não se sacudido na igreja, não entrar através de uma carta, não entrar através de uma profissão, mas entrar através de um nascimento. [Amém.]
– “Agora, mais como eu vou nascer?”
Ai Nicodemos disse
– “Então eu vou ter que entrar de novo no ventre da minha mãe para nascer de novo?
Jesus disse
– “Não, você tem que nascer da água e do Espírito.”
Desce as águas batismais, desce para o seu Jordão lá dizendo:
– “Eu quero morrer para este mundo.”
E você caminha até o novo nascimento, até ter um aprendizado sobre Deus a tal ponto que você possa dizer assim – “Não mais vivo eu, Cristo vivo em mim.”
[Amém.] Até que você possa dizer:
– “Senhor em Tuas Mãos eu entrego meu espirito.”
Uma nova criatura agora, uma estrela pode brilhar agora para a eternidade, e não ficar aqui ofuscada aqui na terra.

Pecados Perdoados

44 - Parágrafo 116 do sermão AQUELE DIA NO CALVÁRIO - 116 O que o Calvário significa para você? O que aquele dia fez... lá no passado ...fez para você? Isto te obstruiu com alguma teologia? Fez isto de você um bobo presumido, ou fez isto de você um cristão? Vendido! Aleluia! Os pecados perdoados. Obrigado, Jesus. Obras maiores do que estas as farão. Vê você onde estão as necessidades, não vê? Obras maiores que estas, perdoando os pecados no nome de Jesus Cristo.

Como é que se perdoa os pecados em Nome de Jesus Cristo? Não é simplesmente dizendo “eu te perdoou”, a melhor forma de você perdoar pecados em Nome de Jesus Cristo é mostrar para as pessoas o caminho da salvação e trazê-las a uma conversão, a reconhecerem que são pecadoras diante de Deus e elas então podem então descer as águas e serem sepultadas nas águas em Nome do Senhor Jesus Cristo e ter ali os seus pecados passados através da justificação pela fé apagados. [Amém.] Não uma confissão auricular
– “É padre eu pequei, eu fiz isto, eu joguei pedra na vidraça do vizinho, eu xinguei minha mãe... não sei o que.”
– “Então reze tantas ave maria e tantos pai nosso e está tudo perfeito.”
Não se trata disso. Vê? ...perdoando os pecados no nome de Jesus Cristo. Mas os seus credos, denominações, e assim por diante te seguram em um lugar onde você continua flertando com o mundo.

Irmãos Em Perigo

45 - Então enquanto você está nesta situação tudo o que a igreja fez para você foi te segurar enquanto você continua ainda flertando com o mundo. É como você está segurando sua criança pelo pé em alta velocidade em um automóvel e ele com a cabeça do lado de fora e os braços do lado de fora, vê o perigo? É assim que acontece quando a igreja está segurando pelos pés tentando trazer para dentro mais você continua em rolo do lado de fora. E é assim que pode estar pessoas, é assim que pode estar irmãos e irmãs, acobertado com a igreja, com a oração da igreja, com a intercessão de Cristo através da igreja, na comunhão e tudo mais mais flertando com o mundo.
– “Mais eu sou crente, eu sou da igreja, eu sou da mensagem.”
E não sabe que está desviado não é? Mais quem sou eu para dizer
– “Olha, você está desviado da Palavra.”

46 - O Espírito Santo que tem que ir lá dentro convencer o ser humano da morte, do pecado e do juízo. Se ouvindo a Palavra do Senhor não nos despertarmos para o tempo que estamos, da forma que estamos, a condição que estamos outra coisa não o fará. E se você como ser humano por mais cuidado que você tenha tentar ajudar, tentar ajudar na situação você pode ser queimado. Você pode ser queimado. Porque este é um trabalho da Palavra, é um trabalho de Deus mesmo. [Amém.] “Vós tende a unção dos santos sabei tudo.” Então se o ouvir a Palavra não fizer esta mudança na vida das pessoas, conselho não vai resolver e até elas não vai resolver, bem, claro você terá que fazer a sua parte, mais veja se a parte que você vai fazer está de acordo com a Palavra porque caso contrário não será a Palavra fazendo será você tentando fazer. Pois bem. Diz o irmão Branham - Diga-me, qualquer homem, diga-me, qualquer mulher, pode vir ao Calvário, e tentar ser alguém grande... você diz:
– “É impossível isto, como pode alguém vir ao calvário e se tornar alguém grande?”
Formar um império, ser reconhecido, aquela coisa toda e...
– “Lá vai fulano de tal. Fulano de tal assim, assim e assim. Puxa e as pessoas tem até medo de apertar a mão.”

47 - E como um irmão disse né? De determinado ministro que só em ele está sentado na mesa e tomou café deixou o resto lá, os irmãos que estavam ali fizeram disputa, capaz até de disputar no tapa para beber o resto que era um café santo não é? Porque o grande homem deu uma beiçada ali, uma beiçada irmão Antônio que fala? Uma beiçadinha não é? Vê? Mais como pode você ir ao calvário e se tornar uma pessoa tão grande? Irmão Branham está dizendo aqui ...porque alguém disse algo... Diga-me onde você pode olhar na face do Calvário. É bem... aquele dia no Calvário. 117 Como pode ter você o seu dia no Calvário e sair como um bobo presumido? Isto quer dizer, avançando-se em autoridade e quando se avança em autoridade, quando você é um presunçoso e presumi as coisas, isto quer dizer que você está andando segundo seus pensamentos, segundo sua interpretação, sua visão humana das coisas, mais quando se vai ao calvário já não tem mais vida, já se entregou nas Mãos de Deus “Em Tuas Mãos entrego meu espirito.” [Amém.]

48 - Não se tem como presumir. O que se fala não é o homem falando, não pode ser o pensamento do homem falando. Não pode ser instrução humana, tem que ser a instrução do Grande Mestre, do Espírito Santo.
117 Como pode ter você o seu dia no Calvário e sair como um bobo presumido? Como pode você se tornar um fantoche de alguma organização para pregar alguma doutrina feita pelo homem?

Eu Não Mereço o Que Ele Fez

49 - Ah se os colegas pregadores da mensagem percebessem isto que o irmão Branham disse. Será que não veem que tem se tornado um fantoche de uma doutrina unicista durante todos esses anos? E de várias outras coisas também? Ora, isto não te deixa humilde para com a Palavra de Deus? O enfrentar o calvário ele está perguntando, ao encarar o calvário será que isto não te deixa humilde para com a Palavra? Se você alguma vez for ali, você sairá humilde. Como deseja você ser algo grande em sua organização com uma pena em seu chapéu, quando Jesus Cristo, o Filho de Deus Se humilhou a um corpo quebrado a uma “face cuspida” ficando na vergonha e desgraça, enquanto eles tiravam as suas roupas e O crucificavam diante do mundo, desprezando o pudor? Como pode você ir ao Calvário e sair dali qualquer coisa diferente do que Ele foi? Uma desgraça, uma vergonha.

50 - Então quando você enfrenta a cruz você descobre que você é um miserável, um pecador, um imprestável que merece a morte, o inferno, o lago de fogo. Então você tem que enfrentar o calvário e aceitar o sacrifício de Jesus Cristo por você e dizendo:
– “Eu sou imprestável, eu não mereço este sacrifício e se o Filho de Deus que não tinha pecado se entregou por mim, então eu tenho que sacrificar minha carne, minhas paixões e não dá vazão aos meus desejos. Eu tenho que entregar isto diante de Deus e não mais viver eu mais deixar Cristo viver através de mim.”
[Amém.] Como pode você enfrentar o calvário e ser algo diferente disto? E fazer ainda os desejos da tua mente, aquilo que você acha que pode fazer?
– “Ah eu sou livre eu faço o que eu bem quiser. Eu faço se eu quiser. Digo o que eu quiser. Falo o que eu bem quiser.”
Não morreu para o mundo e não está vivendo para Deus ainda.

51 - O irmão Branham continua - 118Bem”, você diz, “eles me chutarão para fora”. Deixe-os chutar. Tenha o seu dia no Calvário. Deus terá a Sua maneira contigo. Deixe-me citar aquilo outra vez. Tenha o seu dia no Calvário, Deus terá Sua maneira contigo. Oremos. Amém. [Amém.]

52 - Vamos nos colocar de pé. E a oração do irmão Branham, nesta oração ele diz - 119 Senhor, oh Deus, leve-nos todos ao Calvário neste momento. Que possamos nos afastar do eu... entenda agora o que é vencer os filisteus... Que possamos nos afastar do eu Senhor... do temor do homem, do temor do que alguém vai dizer. Ora, o mundo inteiro riu Dele, criticou Dele. Mas Ele foi obediente até a morte. Ele foi obediente até a desgraça. Ele foi obediente até mesmo sob o governo federal, e vemos que quando Satanás feriu esta terra, ele se tornou o dirigente e a autoridade desta terra. Ele testemunhou mesmo diante de nosso Senhor e disse, “Estes reinos são meus. Eu farei com eles o que eu desejar”. E vemos que daquele dia até este, este mundo, sob a maldição, tem sido dirigido por aquele que o amaldiçoou. Mas Deus, oh, Deus, nós servimos a um reino que não é amaldiçoado. [Amém. Glória a Deus.]

53 - Fechemos nossos olhos. Pai Bendito, Deus Eterno e Soberano Senhor em Tuas Mãos entregamos as nossas vidas, entregamos os nossos pensamentos, entregamos os nossos desejos, os nossos gostos, tudo aquilo que gostamos de fazer, tudo aquilo que admiramos, entregamos neste instante diante do altar e pedimos encarecidamente no Nome de Jesus Cristo que isto passe pelo filtro do Senhor, que isto passe pelo filtro do Espirito e este Espírito que está habitando na Tua Igreja possa filtrar toda estas coisas e só deixar passar aquilo que estiver de acordo com a Vontade Santa do Senhor nosso Deus.

54 - Perdoa oh Deus nossos pecados, nossas fragilidades e incapacidades, renova as nossas vidas assim como a águia se renova que possamos também nos renovar porque estamos a cada dia ouvindo a Tua Palavra que persevera, que permanece para sempre. No Nome de Jesus Cristo entregamos nossas vidas diante de Ti, este final de semana, os cultos que teremos, as pessoas aqui presentes, os nossos visitantes, aqueles que ouvirem esta gravação, os que nos ouve pela internet neste instante abençoe cada um deles, cada família Senhor, cada membro do Corpo de Cristo espalhado pela terra, que possamos ser a cada dia vencedores através de Cristo Jesus nosso Senhor. É neste Nome Poderoso do Filho de Deus que nós oramos e Te pedimos amém. [Amém.]

                                    Que a beleza de Cristo se veja em mim
Toda sua admirável pureza e amor
Vem Tu, Chama Divina
Todo meu ser refina
 Té que a beleza de Cristo se veja em mim.

Deus vos abençoe irmão e ouvintes Deus vos guarde e até o culto de domingo se o Senhor nos permitir. Deus os abençoe no Nome de Jesus Cristo amém.

Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
0 Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.
***************************
O sermão ENFRENTANDO O CALVÁRIO foi entregue por Ir. Rosendo em Francisco Morato SP no dia 15 de Fevereiro de 2008 no Tabernáculo Doutrina da Mensagem


Duração de 1 hora, 02 minutos e 42 segundos
Digitado por Elisângela Rosendo em Julho de 2016
Revisão em Junho de 2016. Ir. Rosendo

Próximo Estudo:
Capítulo 41 - Descendo a Casa do Oleiro




Gostaria de esclarecer que este não é um trabalho de um só homem, mas o esforço de um grupo de crentes dedicados à serviço de Deus e de Seus filhos.
Obrigado a todos que de alguma forma tem nos ajudado e apoiado a levar adiante a Revelação de Deus para esta hora.


Se você deseja e pode nos ajudar a divulgar a Doutrina da Mensagem, entre em contato conosco.


Nenhum comentário:

Postar um comentário