sábado, 8 de julho de 2017

josué o lider do dia final

Josué, o Líder Deste Dia Está Aqui

2 de julho de 2017

Diógenes Dornelles

Josué 1:1-6
Sucedeu, depois da morte de Moisés, servo do Senhor, que este falou a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo: Moisés, Meu servo, é morto; dispõe-te, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que Eu dou aos filhos de Israel. Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como Eu prometi a Moisés. Desde o deserto e o Líbano até ao grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus e até ao mar Grande para o poente do sol será o vosso limite. Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei. Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais.

Preparando o Povo Para a Travessia

Quando Moisés levou Israel para o deserto, enviou doze espias para Canaã, dos quais somente Josué e Calebe trouxeram um relato positivo e encorajador para possuir a terra que o Senhor lhes prometeu dar. Josué foi um general de Moisés que assumiu o comando de Israel depois que este partiu. Após Josué ter assumido o controle e a direção sobre Israel, Deus lhe ordenou para que preparasse o povo para a travessia do Jordão durante três dias, e que ao terceiro dia eles deveriam atravessar o rio e tomar posse da terra.

Josué 1:11
Passai pelo meio do arraial e ordenai ao povo, dizendo: Provede-vos de comida, porque dentro de três dias passareis este Jordão, para que entreis a possuir a terra que vos dá o Senhor vosso Deus, para a possuirdes.

Em algumas ocasiões nas Escrituras, o conjunto de três dias tinha como simbolismo o tempo de permanência da igreja de Cristo sobre a terra, até o dia em que os santos entrassem na sua Terra prometida no Arrebatamento.

Oséias 6:1-3
Vinde, e tornemos ao Senhor, porque Ele despedaçou, e nos sarará; feriu, e nos atará a ferida. Depois de dois dias nos dará a vida; ao terceiro dia nos ressuscitará, e viveremos diante Dele. Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a Sua saída, como a alva, é certa; e Ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.

Essa Escritura está tratando simbolicamente da segunda vinda de Cristo que ocorrerá no terceiro milênio. Sabemos que para Deus um dia é como mil anos e vice-versa, e aqui é dito que após dois dias ou no começo do terceiro dia, os santos ressuscitarão. Desde a primeira vinda de Cristo já se passaram dois dias ou dois mil anos, e o terceiro dia ou terceiro milênio começou no ano 2001.

Até que o Senhor viesse, o profeta Oséias disse que o povo eleito de Deus deveria prosseguir em conhecer ao Senhor, o que significa que ele deve buscar pelo seu amadurecimento, e a maneira como Deus tem feito isso em nossos dias foi derramar sobre a Igreja uma chuva temporã, que como o irmão Branham nos fez lembrar, o significado para essa palavra no hebraico é justamente “ensino”. Porém a chuva serôdia nesse dia está sendo também derramada ao mesmo tempo, que é a chuva da colheita ou a fé de arrebatamento.



Portanto esse Josué preparando o povo de Deus para atravessar o Jordão no terceiro dia tipifica a obra que o Espírito Santo vem fazendo na Igreja por quase dois mil anos, capacitando a Noiva de Cristo para assumir a sua possessão. Josué ordenou que Israel provisionasse comida durante aqueles dias, e da mesma maneira durante todas as eras da Igreja, o Espírito Santo tem provisionado para o povo eleito de cada era o alimento certo para cada estação.

Josué Foi Um Tipo de Jesus

Josué era um tipo de Cristo. Seu nome anterior era Oséias que significa “Salvação”, o qual Moisés depois mudou para Josué que quer dizer “Jeová é a Salvação”. O irmão Branham conta que quando os mensageiros de Josué disseram que o sinal da prostituta Raabe estava no seu lugar a fim de poupar a ela e sua família da destruição dos muros de Jericó, aquilo foi um tipo de que o nosso Josué hoje preservaria a todos aqueles que receberam o sinal que os Seus mensageiros pregaram.

O Sinal (08/02/1964) § 105 [Sem tradução]
Josué é um tipo de Jesus. O qual, Josué significa “Jeová-Salvador”, assim como Jesus significa “Jeová-Salvador”. Josué era fiel ao sinal que os seus mensageiros tinham pregado. Assim, Jesus será fiel ao sinal simbólico que os Seus mensageiros pregaram, quando Ele vier. Tudo sob ele foi salvo, no Egito. Tudo sob isso foi salvo, em Jericó. E hoje? Nós descobrimos que o sangue do cordeiro era um tipo de Jesus Cristo. Tudo bem.

O Sinal (28/11/1963) § 147
A mesma vida que estava no sinal do Egito, veem, a mesma coisa que o sinal de vida no Egito, não havia sangue aplicado para eles ainda, mas eles deram um símbolo vermelho como sinal. Então, quando eles viram o sinal, Josué é um tipo de Jesus, foi fiel para com o sinal que era o indício de que seus mensageiros tinham pregado quando Josué deu ordens que ninguém deveria subir para aquela casa onde estava aquele sinal (não, senhor), porque ninguém devia ser morto sob aquele sinal. E Josué realmente significa “Jeová Salvador”, o mesmo que significa Jesus. E quando ele enviou seus mensageiros, Josué, outro tipo para o mundo gentílico e aos gentios, aquela pequena minoria que creu e expôs o sinal, até mesmo o anjo da destruição reconheceu aquele sinal. Vê? Essa é a única coisa que Ele reconhecerá hoje.

O Líder Josué Desse Dia é o Espírito Santo

O irmão Branham também compreendia que a figura de Josué estava relacionada com o próprio Cristo na forma do Espírito Santo que estaria com a Sua Igreja assumindo uma Liderança sobre ela, e ele sempre tentou deixar esse pensamento muito bem claro em seus sermões.

A Igreja Escolhendo a Lei ao Invés da Graça (16/03/1961) § 59
O grande Josué, o Espírito Santo, que recebeu a promessa de Deus, que desceu para nos guiar, Ele nunca duvidou. Josué nunca duvidou disso; ele era o general de Deus. Isto é exatamente correto; ele era o general de Deus. E ele foi o único que liderou os filhos. E é o mesmo Espírito Santo, o General de Deus, o Capitão-Chefe que estava às portas de Jericó quando Josué chegou. O mesmo Capitão-Chefe, nosso General, quer nos levar para a Terra prometida, e Ele é o Único que pode fazer isto. (Só existe um Josué que pode liderar a Noiva para o seu êxodo) Nossas organizações não irão fazer: ASSIM DIZ O SENHOR. Marque isto. Ponha isso no seu livro e veja se isso está certo ou não. Nenhuma organização nunca levará você para o outro lado. Ela o manterá bem na montanha. Mas o Espírito Santo levará você para a terra prometida.

A Notícia de Última Hora Mais Importante da História (24/04/1961) § 32-33
Cada promessa no Livro pertence à Igreja. E Deus está esperando Sua Igreja se levantar e recebê-la. Como você pode fazer isso quando você ainda está com sede e desejando ser como o mundo? Como podem eles fazerem isso quando ainda estão comendo com saudade do alho, das panelas de carne do Egito? Não. Mantenha-se alinhado com Josué. Isso mesmo. Pegue as uvas novas e o vinho novo Pentecostal. (Essas uvas novas e o novo pentecostal refere-se ao novo sistema de Deus) Embriague-se com isto. Irmão, você não vai nem mesmo olhar para o mundo mais. Algo vai acontecer com você. Oh! Vamos adiante, seguindo os passos de nosso grande Líder, e conquistar… Lembrem-se, Deus disse a Josué: “Todo lugar que pisar a planta do vosso pé é possessão”. Irmão, aquelas pegadas significam possessão. Vamos continuar caminhando para a Terra Prometida, não olhando para trás para ver o que vai acontecer lá, e o que alguém mais está fazendo. Mantenha os seus olhos em Jesus, o Josué, o Líder. Mantenha-se movendo mais profundo e nas alturas mais elevadas, até que você tome posse de tudo o que Deus te prometeu em Sua Palavra.

Adoção Nº. 1 (15/05/1960) § 69
Nossos Efésios, nosso Josué, que é o Espírito Santo... “Josué” significa “Jesus, Salvador”. Josué significa o Espírito Santo representando no espiritual, como foi no natural, que Ele é o nosso grande Guerreiro. Ele é o nosso grande Líder. Como Deus estava com Josué, assim também Deus está no Espírito Santo, movendo-nos. E quando o pecado entra no arraial, o Espírito Santo exige uma parada: “O que há de errado nessa igreja? Alguma coisa está errada”. Oh, você não pode ver como nós temos muitos filhos de Quis agora, muitos Sauls provenientes de seminários e escolas teológicas e saem e ensinam essas coisas perversas, como a Bíblia disse que fariam, aparentemente, não tendo a fé, separando-se de você, não tendo comunhão com você, e assim por diante, tendo uma forma de piedade e negando o seu poder, de tais pessoas se afaste. Eles não sabem de onde eles vêm, não podem dar nenhuma razão.

Adoção Nº. 2 (18/05/1960) § 19
Então você observou Moisés, aquele grande executor milagroso que trouxe Israel lá para a terra, e os trouxe para a terra prometida, mas não colocou sua herança para eles? Ele não lhes deu sua herança; ele os conduziu até a terra, mas Josué foi quem dividiu a terra para o povo. É isso mesmo? E Cristo trouxe a igreja para o lugar onde a sua posse foi feita para eles, que lhes foi dado, apenas o Jordão para atravessar, mas o Espírito Santo é aquele que estabelece a igreja em ordem, o Josué de hoje que coloca a igreja em sua ordem, dando a cada um, dons, lugares, posição. E Ele é a Voz de Deus falando ao homem interior que Cristo salvou: o Espírito Santo.

Apocalipse Capítulo Cinco Nº. 2 (18/06/1961) § 61
Agora, Senhor, enquanto nos acalmamos diante de Ti, sentindo que o nosso grande Josué, o Espírito Santo, o nosso Divino Líder deste dia... como Josué acalmou as pessoas diante de Moisés e disse: “Somos mais do que capazes de tomar a terra”. Porque ele estava olhando, não para os amalequitas ou os amorreus, mas Ele estava olhando para uma promessa divina que havia sido dada por Deus.

O que queremos fazer hoje é não olhar para aqueles pobres, tristes comedores de alho lá atrás, lá no deserto, desejando as panelas de carne do Egito, (Fala da era pentecostal de Laodicéia) estavam vestindo shorts e vestidos, e de lábios pintados, e cortando seus cabelos, e negando o poder de Deus. Deixe-os em paz. Eles perecerão ali no deserto. Vamos seguir o nosso grande Josué (aleluia!), o nosso Líder. (O Espírito Santo em Seu novo sistema de Malaquias 4) Não faça perguntas; apenas mantenha o passo; isso é tudo. Apenas continue seguindo. Não olhe atrás para eles, não preste atenção neles. Se eles quiserem ficar no Egito e sedentos pelas coisas do mundo, e todas as suas estrelas de cinema e imitadores e tudo mais, deixe-os irem. Nós olhamos para Jesus. Nós olhamos para o nosso Josué.

Veja que o irmão Branham ensinava que o Filho de Deus hoje na forma do Espírito Santo é o Líder da Igreja.

O Grande Guerreiro Josué (19/01/1955) § 46 [Sem tradução]
Tenha fé em Deus. Eu digo a você, meu querido irmão e minha irmã, o Senhor Jesus Cristo, o Filho do Deus vivo, nunca falha. Ele não pode falhar. O que devemos buscar esta noite? Nós temos um Líder esta noite. É o segundo Josué, nenhum outro senão o próprio Senhor Jesus, (Então o nosso Josué não se trata de um profeta que Deus usaria, mas o próprio Cristo em Sua Parousia) o Capitão do exército do Senhor. Ele está com o Seu povo. Ele está aqui em poder. Ele está trazendo evidências na igreja e provando que Ele é o Curador. Ele está provando a evidência pelo Seu povo. Ele lhes dá o batismo do Espírito Santo. Ele desce e deixa sua foto ser tirada conosco.

Então a Coluna de Fogo é o nosso Josué e não aquele com quem Ela Se deixou fotografar.



A Evidência de Que o Nosso Josué Ressuscitou dos Mortos

O irmão Branham sempre comparava o pentecostes como sendo a vinda de Josué para a Igreja a fim de levá-la para a Terra prometida. O Espírito Santo Se manifestou no primeiro e último pentecostes da Igreja na forma de dons, sinais, prodígios e milagres, para mostrar que o nosso Josué havia ressuscitado dentre os mortos e que estaria aqui com os santos, e neste tempo do fim este mesmo Josué também vindicaria uma Mensagem que deveria ser entregue como um penhor e garantia de que a redenção da Noiva estaria próxima, uma vez que isso lhe prepararia para o arrebatamento. A Parousia de Cristo tem nos trazido a evidência de que Deus está aqui tratando com o Seu povo de uma maneira peculiar.

Pondo Toda a Armadura de Deus (07/06/1962) § 55 [Sem tradução]
Mas Ele disse: “Filhos, saiam daqui e sejam batizados em Meu Nome agora. E Eu quero que confesseis os vossos pecados. E vão e esperem lá na cidade de Jerusalém, e Eu irei para vos dar o penhor disso. Eu vos darei o penhor da vossa salvação”. Você sabe o que é o penhor. É o adiantamento. É um pouco disso... É apenas um pouco do – do real. “Agora, Eu vos darei o penhor”. E então eles esperaram até o dia em que veio, e eles receberam o penhor da sua salvação. Agora, pensem nisso amigos. Não há mais. Estamos em nossa estrada. Onde? Para uma terra prometida. Viajando – com o quê? Com a evidência. Nosso Josué voltou. Glória. E temos a evidência. Pois uma vez estávamos em pecado e transgressões, mas morremos para as coisas do mundo. E estamos sepultados Nele e ressuscitamos com Ele na Sua ressurreição. E agora, estamos acima das coisas, passamos da morte para a Vida. Nós estamos vivendo nisso, na evidência. Como você sabe que Ele vive? Bem, eu estou vivendo acima disso, já ressuscitado disso, tendo provado as primícias da ressurreição. É isso aí. É disso que eu estou falando.

Confirmação e Evidência (21/06/1962) §§ 38-39
Agora, Ele disse aos Seus discípulos: “Eu vou lhes dar o penhor disto. Eu vou lhes dar a confirmação disto”, como foi feito com Abraão, com a circuncisão. “Mas esperai em Jerusalém, até que recebais a confirmação, até que tenham a evidência”. E eles esperaram. E no décimo dia veio um som do Céu como um vento veemente e poderoso, que encheu todo o edifício onde eles estavam. E eles todos foram cheios do Espírito Santo. Línguas de fogo pousaram sobre eles, e eles foram cheios e começaram a falar em outras línguas conforme o Espírito concedia. O que foi aquilo? Foi a evidência de que o nosso Josué, o Jeová-Salvador, tinha Se levantado dos mortos e nos tinha dado a evidência de que quando morrermos, nós viveremos novamente do outro lado: confirmação, confirmando, dando a evidência disto. E agora, hoje, depois de dois mil (ou dois dias) anos, nós ainda podemos olhar para trás e ver onde estivemos: lá na lama do pecado. E pecado é incredulidade.

Ou seja, por dois mil anos este Josué tem estado com a Igreja preparando-a e alimentado-a até que ela atravesse o Jordão.

Confirmação e Evidência (21/06/1962) § 44
Oh, grande Deus Jeová, o Todo-Poderoso que Se fez carne e habitou entre nós, agora Tu Te fizeste carne em nossa carne pelo Espírito Santo aqui nesta noite, vivificando a Palavra e vivificando as promessas que Tu tens falado. Conceda, nesta noite, que cada crente possa ver isto e ser curado; e que cada incrédulo possa ter os olhos abertos na presença de Jesus Cristo, e a confirmação de Sua ressurreição. E que o Deus de Josué, o nosso Josué da outra Terra, aquele que veio a nós e encontrou sua Cades-Barneia por todos nós. E nossa Cades-Barneia estava lá naquele altar naquela noite. Agora, nós reconhecemos que estamos mortos, e nossas vidas estão escondidas Nele, ressuscitados com Ele na ressurreição, assentados à Sua mão direita hoje em Lugares Celestiais. Conceda, Senhor, que o entendimento das pessoas possa ser aberto. E nós te daremos louvor, em Nome de Jesus.

Jeová Jiré Nº. 3 (07/07/1962) §§ 113-114 [Sem tradução]
E Ele disse, para tornar... vos assegurar: “Eu quero que subam até a cidade de Jerusalém, e esperem por lá. Eu vos darei um penhor Disso. Eu vos darei a evidência, o adiantamento”. E subiram à cidade de Jerusalém e esperaram até que a Vida Eterna viesse como um vento rápido e poderoso. E hoje, depois de dois mil anos, ainda temos essa evidência de que passamos da morte para a Vida. Nosso Josué trouxe de volta a evidência, (A Parousia de Cristo nesse tempo do fim Se manifestando de uma forma peculiar) e estamos a caminho da Terra prometida, provando os dons celestiais de Deus que Ele trouxe de volta para nós. Observe, que maravilhoso!

Experiências (07/12/1947) § 31 [Sem tradução]
Agora... [Espaço em branco na fita - Ed.] sombras e tipos tem surgido aqui até esta hora. Se isso foi uma sombra e um tipo, então o restante deve acontecer. Agora, para que você entenda isso... E eu quero que especialmente vocês ministros entendam isso. Lembre-se, o líder deles Moisés o tempo todo era um tipo de Cristo, o Espírito hoje. É isso mesmo? Mas Moisés nunca levou o povo a atravessar o Jordão. Houve uma nova ordem que chegou. Isso estava certo? Moisés nunca levou o povo pelo Jordão, o administrador da igreja. Josué levou o povo. É isso mesmo? E amigos, nossa grande organização não levará a igreja para o outro lado do Jordão. Agora, lembre-se disso. Josué entrou em cena. Vê? Deus está enviando os nove dons espirituais para a igreja. Isso empurrará tudo junto e ela atravessará o Jordão. Lembre-se que Ele disse: “Levante-se agora, e cruzemos este Jordão”, Ele disse a Josué. E eu creio que se houve alguma vez um tempo em toda a história da igreja, dessa Voz é agora: “Levante-se, nós estamos atravessando o Jordão agora”. Isso mesmo.

Fazendo Um Vale Cheio de Covas (06/06/1953) § 31 [Sem tradução]
Olhe aqui. A igreja organizada era Moisés, o legislador. E o legislador, Moisés, se glorificou no lugar de Deus, e não foi permitido levar os filhos para o outro lado do Jordão. E a igreja hoje se glorifica: “Eu pertenço às Assembleias”; “Eu pertenço à Igreja de Deus”; “Eu pertenço a isso, aquilo ou o outro”. O que você é de qualquer jeito? Isso mesmo. É a verdade. Agora, há bons homens em cada um deles. Somos irmãos; quebrem essa coisa. Mas olhe. Um homem que tinha estado com eles o tempo todo, Josué, um tipo dos sinais e maravilhas, ele era o único que foi permitido, não o grupo da igreja, não a organização, mas Josué foi retirado e levou os filhos de Israel para atravessar o Jordão. Isso mesmo. Amém.

Veja que por tudo que foi mostrado aqui, o irmão Branham sempre associava a figura do Josué deste dia com a vinda de sinais que o Espírito Santo produziria em meio ao Seu povo, mostrando que esse Josué não seria precisamente o ministério profético de um homem, mas do Filho do Homem preparando e alimentando a Igreja para atravessar o Jordão no terceiro dia. E a era da Noiva começou agora com a vinda deste Espírito Santo santificando e trazendo sinais de Sua Presença entre nós e com uma fé de arrebatamento.

Deus Falou a Moisés (31/08/1953) §§ 24-25 [Sem tradução]
Toda vez que eles tiveram um avivamento em qualquer era, esses sinais apareceram na Igreja. E todos eles estiveram durante todas essas eras da igreja. Assim como Josué vem com Moisés até o fim. Mas a era da igreja cessou com Moisés, e Josué levou os filhos de Deus para a terra prometida. E eu creio que a era chegou agora, o milagroso, o fenomenal, o batismo com o Espírito, e o poder, e os sinais, e os prodígios, este grande derramamento do Espírito de Deus nos últimos dias, e essa é a coisa que trará a fé nas pessoas que levará a uma fé de arrebatamento, que levará a Igreja para a glória. Eu creio nisso. Como pode a Igreja ser arrebatada quando ela ainda nem tem a fé para a cura? Temos que ter a fé de arrebatamento primeiro. Isso mesmo. Quando Deus Se move pelo Seu Espírito, sinais e maravilhas começam a seguir; em todos os lugares Deus começa a Se mover, os sinais e maravilhas seguem a Deus.

A Fé Que Uma Vez Foi Dada aos Santos (29/11/1953) § 89 [Sem tradução]
Josué, os sinais e milagres e poder, que estiveram com a Igreja o tempo todo, e você tem medo de soltar. Isso é o que levará a Igreja à glória no arrebatamento. Aleluia! Não tenha medo. Isso significa: “Louvado seja o nosso Deus”. Vê? Não, isso não irá te machucar.

Um Novo Sistema

Observe que o irmão Branham também usava às vezes a figura de Moisés para representar as denominações cristãs da era pentecostal que fracassaram em levar a Igreja para a sua Terra prometida, enquanto Josué tipificaria um novo sistema que Deus usaria no tempo do fim quando Sua Presença estivesse sobre a terra, tirando uma Noiva dentre as igrejas com uma Mensagem e o ministério do Elias de Malaquias 4.

Como Fui Com Moisés Assim Serei Contigo (11/09/1960) § 45
E as organizações da igreja, as denominações falharam. Elas não levarão a igreja para o outro lado. Deus levantará um novo sistema, um sistema interdenominacional pelo poder de Deus, que levará a igreja à terra prometida. Organizações e denominações se confundiram; cada um segundo a própria teologia, cada um segundo a sua própria maneira de pensar. Mas Deus tomará o Seu Espírito Santo e levantará o Seu Josué que levará a igreja à promessa, (Embora aqui pareça que o irmão Branham separasse o Espírito Santo de Josué, na verdade ele está falando de ambos como sendo um só. Lembre-se que o irmão Branham disse: “Como Deus estava com Josué, assim também Deus está no Espírito Santo”) sem cordas denominacionais amarradas em qualquer lugar, mas assumirá a Sua igreja. Moisés tinha falhado; ele foi um legislador. Josué foi chamado da graça, e ele levou a igreja adiante.

Veja que não podemos nos esquecer que Josué nos dias de Moisés também falhou, porque isso tipificava o Espírito Santo usando a Lei para justificar Israel, que conforme diz em Hebreus 7:19, a lei nunca aperfeiçoou coisa alguma. Porém como já dissemos, aqui o irmão Branham também está se referindo às eras da igreja que se denominaram até os dias dos pentecostais. Assim como Moisés, a era pentecostal com suas teologias e credos e denominações também morreriam, como um velho sistema saindo de cena para dar lugar a um outro sistema, o de Malaquias 4.

O Único Lugar de Adoração Provido Por Deus (28/11/1965) § 156
E lembra-se – lembra-se de como acabamos de estudar as Eras da Igreja? O mensageiro para a igreja sempre vem exatamente na morte da outra era da igreja, sempre. A morte dos pentecostais produz o arrebatamento da Noiva. Vê? A morte de Lutero produziu Wesley. Vê? A morte de Wesley produziu os pentecostais. A morte dos pentecostais produz a Mensagem agora.

Agora, esse Josué que conduz a Igreja, tipifica portanto o Espírito Santo conduzindo a Noiva por meio de uma Mensagem que não se organiza. É por meio Dela que Josué, o Líder deste dia, irá conduzir e salvar os santos de Deus.

Corrigindo Um Erro de Tradução

Porém essa passagem que acabamos de ver onde o irmão Branham diz que Deus levantará o Seu Josué foi mal traduzida por um determinado ministério, pois enquanto o irmão Branham o coloca no singular, na tradução que foi feita, colocaram como se fosse dito no plural.

TEXTO ORIGINAL EM INGLÊS:
But God will take His Holy Spirit, and will raise HIS JOSHUA that'll take the church to the promise.

TRADUÇÃO DA “PALAVRA ORIGINAL”
Mas Deus tomará seu Espírito Santo e levantará SEUS JOSUÉS que levarão a Igreja à promessa.

TRADUÇÃO CORRETA:
Mas Deus tomará o Seu Espírito Santo, e levantará o SEU JOSUÉ que levará a igreja à promessa.

Por causa desse erro de tradução, hoje existem vários ministérios pregando mensagens dizendo que existem vários “Josués” para levar hoje a Noiva até a Terra prometida, referindo-se ao ministério quíntuplo, quando para o irmão Branham o único Josué sempre foi o Espírito Santo somente. Não entendemos como foi possível “Joshua” ter sido traduzido para o plural se no inglês está no singular. Para ser traduzido no plural o irmão Branham deveria ter dito “Joshuas”, o qual ele chegou a dizê-lo em apenas três ocasiões, porém não neste sermão e sem uma referência precisa ao ministério quíntuplo do novo sistema. Aqui, tal tradução para o plural rompe com o contexto do próprio sermão, visto que em outra ocasião o irmão Branham diz que o Espírito Santo era o Josué, mas que esse Josué falaria por meio de alguém que seria o Seu vaso, colocando este no singular, e não no plural.

Como Fui Com Moisés Assim Serei Contigo (11/09/1960) § 229
Estamos à procura do Josué deste dia, QUE É O ESPÍRITO SANTO, para nos levar à terra. Ele (Josué, o Espírito Santo) tem que falar ATRAVÉS DE ALGUÉM, (Ou seja, através de um profeta-mensageiro, mas observe que ele não é este Josué, mas alguém por meio de quem Josué iria falar) porque Ele é um Espírito. Eu lhe disse o que Ele me disse. Agora, creia e seja curado.

Esse “alguém” por meio de quem o Josué, que é o Espírito Santo, usaria para falar seria o próprio irmão Branham e não outro profeta depois dele. Mas a mente carnal pode raciocinar da seguinte maneira: “Não. William Branham foi Moisés”. Mas nesse sermão o irmão Branham disse: “Moisés tinha falhado; ele foi um legislador. Josué foi chamado da graça, e ele levou a igreja adiante”. Embora saibamos que o irmão Branham foi também o nosso Moisés, no contexto desse sermão ele se colocou como o vaso de “Josué”.

Como dissemos, a lei falhou em levar Israel para a justiça, assim como o sistema das igrejas que se organizaram ao longo das eras, mas a graça que é aqui tipificada pelo novo sistema do tempo do fim não falhará nisso, pois será o Espírito Santo atuando na igreja, e Ele usará o mensageiro do tempo do fim para com sua mensagem conduzir a Igreja ao arrebatamento.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja - Pág. 148
Agora vamos permanecer firmes como Josué e Calebe. Nossa terra prometida está se tornando visível assim como a deles. Agora, Josué significa “Jeová-Salvador”, e ele representa o líder do tempo do fim (não “líderes”; não “Josués”) que virá para a igreja assim como Paulo veio no papel de líder original. (Veja que aqui o irmão Branham está dizendo que Josué usará na última era da igreja um profeta mensageiro, assim como ele usou Paulo na primeira era, mas como ele mesmo disse em várias ocasiões, o Líder deste tempo do fim é o próprio Senhor Jesus) Calebe representa aqueles que permaneceram fiéis com Josué. (Isso poderia ser a figura do ministério quíntuplo. Em um sermão o irmão Branham disse que Josué e Calebe eram ambos líderes. Então nós temos aqui a figura de Josué na carne de um profeta, e Calebe como sendo o ministério quíntuplo que leva adiante a Mensagem) Lembrem-se, Deus iniciara Israel como uma virgem com Sua Palavra. (Então Israel tipifica a Noiva) Mas eles quiseram algo diferente. Assim fez a igreja do último dia. Notem como Deus não moveu Israel, ou deixou-o entrar na terra prometida até que fosse o Seu próprio tempo designado. Ora, pode ser que o povo tenha pressionado Josué, o líder, e dito: “A terra é nossa, vamos avançar e tomá-la. Josué, você está totalmente acabado, você deve ter perdido sua comissão, você não tem o poder que costumava ter. Você costumava ouvir de Deus e conhecer a vontade de Deus, e agir rapidamente. Algo está errado com você.” Porém Josué era um profeta enviado de Deus e conhecia as promessas de Deus, portanto ele esperou por elas. Ele esperou por uma decisão bem clara de Deus e quando chegou o tempo de se moverem, Deus colocou a plena liderança nas mãos de Josué porque ele permanecera com a Palavra. Deus podia confiar em Josué, mas não nos outros. Assim isto se repetirá neste dia final. O mesmo problema, as mesmas pressões.

Veja que embora Josué tenha um vaso no qual Ele possa usar, o irmão Branham disse que esse Josué, que é o Espírito Santo, é o verdadeiro Líder da Igreja nesse tempo do fim trazendo um novo sistema. Este novo sistema de Deus é a restauração da mesma mensagem da igreja efesiana, mas que somente poderia ser trazida por meio do Josué deste tempo do fim, Cristo.

Um Paradoxo (17/01/1965) §§ 62-67
Agora, encontramos Josué representando a graça, ou alguma propiciação, que nem poderia existir no tempo da lei. Nem qualquer mensagem que encaminha o povo adiante, jamais coincide com a mensagem do passado. Ela não fará isso. É aí onde vocês têm problemas hoje. Jesus disse: “Alguém coloca remendo novo em pano velho? Ou coloca vinho novo em odres velhos? Eles estragam. Isso os rompe.” Eles não podem suportá-lo. E Josué não poderia, de modo algum, começar seu ministério até que Moisés tivesse partido. Então, você vê logo no primeiro verso aqui: “Moisés, Meu servo, é morto; levanta-te e conduza este povo até à terra prometida.” Moisés, representando a lei, tinha servido em seu tempo. Isto é, a lei tinha servido em seu tempo. Eles começaram, realmente, com a graça, em primeiro lugar. Antes que eles tivessem a lei, eles tiveram a graça. Enquanto eles estavam no Egito, sem lei, nenhum deles lá, era apenas o sacerdote, e assim por diante, mas eles não tinham nenhuma lei. A lei não tinha sido dada ainda. A graça lhes proveu um profeta. E, também, a graça proveu uma expiação, o cordeiro sacrificial. Estamos chegando nisto, nesta semana, sobre o sacrifício, o sangue, porque ali se estabelece a nossa cura. Então... A expiação foi provida antes que houvesse qualquer lei. A graça foi antes da lei, durante a lei, e depois da lei. Então ali estava Josué, representando a graça, estava indo junto com a lei, mas não poderia ser executada enquanto a lei estivesse em seu devido lugar. E assim tem a igreja mundana neste último dia! Ela vem junto, ela desempenhou seu papel, mas está chegando um tempo quando ela tem que cessar. Deve fazê-lo. Tem que ser uma efesiana, também, nesta jornada, como foi em outras jornadas. Tem que vir uma efesiana, uma Éfeso, uma efesiana desta jornada. Observe.

Se William Branham Fosse Josué Então Ele Seria Deus

Tentar fazer de William Branham esse Líder Josué da Igreja do tempo do fim, seria o mesmo que fazer dele Deus, Jesus Cristo, o Messias, o Espírito Santo ou o próprio Filho do Homem, o qual ele muitas vezes precisou dizer que não era, tendo em vista que alguns chegaram a pensar nisso. O irmão Branham disse que ele era o servo desse nosso Josué, que é Cristo, o Espírito Santo, O qual está com a Sua Igreja agora.

O Patriarca Abraão (07/02/1964) § 131
E você sabe que eu não sou Jesus Cristo. Mas Ele está aqui.

Desde o Princípio Não Foi Assim (25/11/1959) § 57 [Sem tradução]
Eu não sou Jesus. Mas o Seu Espírito está aqui, Seu Espírito.

Em outras palavras ele está dizendo: “Eu não sou Josué, mas Ele está aqui”.

Um Maior do Que Salomão Está Aqui Agora (06/03/1964) § 220
Agora, lembre-se, eu não sou Jesus Cristo. Eu sou seu irmão, um pecador salvo pela graça. Eu sou como você é. Mas é Jesus Cristo, o Espírito Santo que está aqui conosco, guardando a Sua Palavra. Ele não precisa fazer isso, mas Ele prometeu que Ele faria isso. Jesus não teve que curar os doentes, mas a Bíblia disse: “Ele fez isso, para que se cumprisse o que foi prometido Dele”.

Perguntas e Respostas Nº. 4 (30/08/1964) § 120
Irmão Branham, uma irmã veio ao Tabernáculo cerca de 800 milhas, e ela disse que acreditava que você é Jesus Cristo encarnado. Por favor, fale sobre isso. Ela estava muito (i-m-p-a-) impaciente em tentar dizer aos outros o que ela pensa. (I-m-p-a-...) impaciência...
Tudo bem. Agora, claro, a irmã estava errada. Eu não sou Jesus Cristo; eu sou o Seu servo. Nós passamos por isso tantas vezes.

Não Tenhais Medo (24/02/1961) § 76 [Sem tradução]
Agora, eu não sou o Messias. Nenhum outro homem é o Messias. Ele é o Messias, mas o Seu Espírito habita em nós. Vê?

Senhores, Queríamos Ver a Jesus (19/05/1961) § 81 [Sem tradução]
Agora, isso... Eu não sou o Messias. É o Seu Espírito, o Espírito Santo. Isso é o que é. Vê? Nós somos apenas ungidos com o Seu Espírito. Ele é a videira, eu sou apenas um dos Seus ramos.

A Aliança de Abraão Confirmada (18/03/1961) § 70 [Sem tradução]
Agora, eu não sou o Messias. Você sabe disso. Oh, que coisa... Eu sou um pecador salvo pela graça. Eu sou um homem. Mas o Messias opera nos seres humanos.

Perguntas e Respostas (27/05/1962) § 232
Lembre-se, eu sou um ser humano; eu não sou Deus. Eu sou apenas um ser humano como você é, tentando descobrir a vontade de Deus para que eu possa entrar nela.

Cura Divina (19/12/1954) § 116 [Sem tradução]
Eu não sou o Espírito Santo. Você não é o Espírito Santo. Mas se houver alguma coisa... Ele não é o Espírito Santo. Mas as mensagens que ele prega não eram dele. É o Espírito Santo nele. É isso mesmo?

Perguntas e Respostas Nº. 2 (23/08/1964) Nº. 2 § 101
Alguns dizem que o irmão Branham é o filho do homem. Eu pensei que a Coluna de Fogo era o Filho do homem. Estou enganado?
Bem, essa é uma boa pergunta, muito boa. Mas eu não sou o Filho do homem, mas um filho do homem. Há uma grande diferença. Jesus Cristo era o Filho do homem, o Filho de Deus, o Filho do homem, o Filho de Davi.

Portanto veja que se alguém tentar fazer do irmão Branham o próprio Josué da Igreja, estará tentando fazer com que ele seja tudo aquilo que ele mesmo disse que não era.

Josué no Terceiro Êxodo

O irmão Branham fez um paralelo entre Moisés e a Coluna de Fogo que vindicou o seu ministério com a unção do Espírito, para mostrar que da mesma maneira, o seu ministério seria ungido e vindicado pelo mesmo Josué, a Coluna de Fogo, para conduzir a Noiva deste tempo do fim direto para o Milênio.

O Terceiro Êxodo (30/06/1963) §§ 294-296
Agora, lembre-se, Moisés não era a Coluna de Fogo. (Assim como William Branham não era Josué) Ele era o líder ungido, sob aquela Coluna de Fogo, e a Coluna de Fogo só vindicou sua Mensagem com sinais e prodígios. E aquela Coluna de Fogo os conduziu à terra que Deus lhes prometera, onde Ele próprio Se faria carne entre eles, algum dia. Está certo? [A congregação diz: “Amém.”—Ed.] O que eles fizeram? Murmuraram e demonstraram aborrecimento, e tudo mais, para mostrar que estavam sob o sangue de um cordeiro comum. Mas desta vez (glória a Deus), a Coluna que vemos entre nós, a Coluna de Fogo nos conduzirá ao Milênio, quando Ele retornará ao Seu povo naquele grande reino Milenar depois deste êxodo, onde viveremos eternamente com Ele. Ele sempre tem a Palavra do Pai, sempre prova que Ela está certa.

Segundo o ensino do irmão Branham, o primeiro êxodo foi com Moisés, um profeta de Deus vindicado para ser um homem de Deus com a Mensagem para àquela hora. Depois Deus permaneceu em cena na forma da Coluna de Fogo com Josué para posicionar o povo na promessa para àquela hora. O segundo êxodo veio e Deus Se identificou na Coluna de Fogo com seu próprio Filho Jesus, e de fato Deus entrou em Seu Filho para refletir-Se ao mundo. Mas a Coluna de Fogo continuou em cena com o apostolo Paulo, e então Paulo foi usado para posicionar o povo na promessa para aquela hora. Finalmente vemos o terceiro êxodo, e como os dois que o precederam, Deus desceu na forma da Coluna de Fogo e usou o profeta William Branham para liderar o povo por um êxodo de um sistema religioso para um novo sistema. Mas a mesma Coluna de Fogo nos prometeu continuar em cena e nos liderar para o Milênio por um ministério fiel para posicionar o povo, como Calebe foi fiel e esteve ao lado de Josué. Porém ninguém deve tirar o crédito daquilo que Deus mesmo está fazendo agora.

A Igreja é Como um Josué Espiritual

O fato de Josué, o “Jeová Salvador” Se derramar sobre a Sua Igreja nestes últimos dias, faz com que a Igreja espiritual também se torne em um Josué espiritual, com a mesma unção, Palavra, e mente do Josué no tempo do fim. A Igreja fará a mesma coisa que o Seu Josué; ela não irá variar daquela Palavra em momento algum.

Como Fui Com Moisés (11/09/1960) 84-92
Vê o que um Josué desse dia será? Vê o que um Josué espiritual da igreja será? É o mesmo tipo do Josué que eles tiveram na igreja natural. A Igreja espiritual tem que ser a mesma coisa. Se a Bíblia disse: “A menos que um homem nasça de novo, ele não pode ver o Reino de Deus”, o Josué espiritual dirá “amém”. Se a Bíblia disse: “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente”, o Josué espiritual dirá a mesma coisa. Ele é o mesmo. Se a Bíblia diz, o Livro, a Palavra diz que: “Ficai na cidade de Jerusalém, até que sejais revestidos do poder do alto. Depois disso, o Espírito Santo virá sobre você, então você será testemunha de Mim”, o Josué espiritual diz a mesma coisa. Se Pedro, no dia do Pentecostes, disse: “Arrependei-vos e sejam batizados, cada um de vós, no Nome de Jesus Cristo para a remissão de seus pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo”, o Josué espiritual nunca irá variar um iota, mas ele fará exatamente o que a Palavra disse. Se Marcos 16 disse: “Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho. Quem crer e for batizado será salvo, quem não crer será condenado. E esses sinais seguirão os que crêem: em Meu Nome expulsarão demônios, falarão em novas línguas, pegarão em serpentes, beberão coisas mortíferas, e não os prejudicará; se colocarem suas mãos sobre os enfermos eles se sararão”, o Josué espiritual dirá a mesma coisa. Ele meditará nelas de dia e de noite para tornar o caminho próspero. Eu quero que você perceba o que ocorreu. Josué, quando ele chegou à sua primeira campanha, sua primeira vez para provar que ele era o verdadeiro Josué... Israel deveria ter sabido disso. Sem dúvida, o clero tinha uma ideia diferente. Eles disseram: “Agora, vamos acampar aqui até a primavera, ou até o verão, e o Jordão irá descer”. E parece que Deus lança algumas das coisas mais tolas diante do Josué espiritual. Levaram ele lá no mês de abril, quando o Jordão era três ou quatro vezes o seu tamanho. Ele estava tentando ver se ele realmente era o Josué. Deixa tudo errado. Deixa todo mundo prosperar. Deixa os outros prosperarem. Deixa os homens que têm uma forma de piedade, negam o seu poder, prosperem e o empurram de volta. Mas se você sabe onde você irá ficar, você ficará de pé. Independentemente disso, se todo o mundo te derrubar, você permanecerá de pé da mesma maneira. Você não vai variar daquela Palavra.

Entretanto, essas palavras do irmão Branham que acabamos de ver, têm sido usadas por alguns para se referir ao ministério quíntuplo que atuará como um Josué espiritual para a igreja, mas na verdade o que vemos aqui é o irmão Branham afirmando que toda a igreja será como um Josué espiritual, pois ele disse: “A igreja espiritual tem que ser a mesma coisa”. O que torna a igreja cristã é o fato de Cristo estar vivendo nela, e se somos um “Josué espiritual” é porque somos o Corpo do Josué, O qual é a nossa cabeça.

Josués e Calebes

É verdade que o irmão Branham chega a comparar os ministros de Deus como “Josués” e “Calebes” que falam e dão testemunho da Palavra e das promessas, porém com uma certa limitação. Vejamos as únicas três ocasiões em que o irmão Branham mencionou “Josués” no plural:

Israel e a Igreja 4 (28/03/1953) § 90
Estamos vivemos nos últimos dias, quando Deus prometeu que derramaria o Seu Espírito sobre toda carne. Aleluia. Estamos aqui no final da estrada. Graças a Deus por alguns Calebes e Josués que estão prontos para ir para o outro lado (Aleluia), que vão para o outro lado e trazem de volta a evidência (Aleluia), é uma terra maravilhosa. Trazendo dois cachos de uvas, e eles estavam caminhando assim para tentar embalá-lo. Que terreno, que lugar. Graças a Deus por pessoas que atravessaram a antiga igreja formal, engasgada e impiedosa, numa condição retrógrada (Aleluia), chegado ao ponto onde eles atravessaram a terra de Canaã e comeram muitas uvas boas que até fazem você salivar no púlpito. Aleluia. É tudo que boa moda antiga... Bêbados no vinho, como Pedro bebeu no dia de Pentecostes, quando o poder de Deus assumiu o controle da igreja. Aleluia. Kadesh-barnea... Nós podemos fazer isso.

O Resultados da Decisão (08/10/1955) § 41
Oh, irmão, se você esta noite está vivendo na linha da fronteira, atravesse-a. Cruze o Jordão. É maravilhoso. Há grandes uvas aqui. Nós temos a evidência inicial, temos… Aleluia! Temos alguns Josués e Calebes que cruzaram a fronteira e trouxeram provas de que ela é uma boa terra. Cada promessa que Deus fez está lá. O Evangelho completo, a Bíblia completa, a cura divina, o regozijo, a alegria, paz; tudo que a Bíblia prometeu, cada fruto está naquela terra. Amém. Serão seus se pedires. Mas a primeira coisa que você tem que fazer é cruzar o Jordão. Você não pode permanecer ali no deserto e esperar recebê-las, porque uvas assim não crescem no deserto. Isso mesmo. Este é o problema que há com a igreja esta noite, ela está numa condição anêmica. A igreja precisa de uma transfusão de sangue, ficar com o rosto corado. Amém.

Perguntas e Respostas (27/05/1962) § 254
E qualquer homem que já tenha chegado a qualquer coisa na terra são homens, homens temerosos de Deus, até nossos presidentes como Washington, Lincoln, e assim por diante, Josués e - e assim - Moiséses e aqueles que... Ótimos homens no mundo tem sido homens que acreditaram nisso, e selaram o seu testemunho, e aguardando a ressurreição.

Observe que em nenhuma dessas ocasiões em que o irmão Branham cita “Josués” no plural ele está se referindo ao ministério quíntuplo que leva a Noiva até a Terra prometida, pois naquelas circunstâncias em que ele os menciona, na verdade era Moisés quem estava tentando conduzir Israel para além do Jordão, o qual fracassou, enquanto que Josué e Calebe foram apenas como espias. A comissão de possessão da terra e de liderar um povo para lá somente foi dada a Josué após a morte de Moisés, e seguindo essa tipologia do irmão Branham, em nenhum momento ele usaria novamente o termo “Josués” no plural como sendo esta comissão um trabalho de vários, mas de somente um, o qual é o próprio Espírito Santo. Portanto os “Josués” mencionados pelo irmão Branham, correspondia aos dias de Moisés e o seu antigo sistema que falhou, ou seja, uma referência dos pregadores pentecostais daqueles dias, enquanto o “Josué” no singular tipifica o novo sistema tendo apenas o Espírito Santo como a Liderança da Igreja.

A Inútil Busca Por Sucessores Josués

De qualquer maneira, este ensino do irmão Branham sobre a atuação do Espírito Santo em nossos dias ser a volta de nosso Josué para nos levar à Terra prometida, não parece ter sido muito bem compreendido pelos crentes da Mensagem, porque sempre houve grupos que interpretaram que Deus usaria um outro homem depois do irmão Branham para levar a sua mensagem adiante, e que isso seria o cumprimento da promessa de um futuro Josué em meio a eles. Logo após a partida do irmão Branham, o irmão Júnior Jackson conta que em 1966 muitos crentes da Mensagem o procuraram para fazer dele um Josué. Ele conta também que Billy Paul o incentivou a falar com aqueles irmãos a fim de desestimulá-los de sua ideia. Este foi apenas um de vários outros casos similares que se repetiram por falta do ensino correto sobre esse tema. Na verdade sempre tem havido grupos tentando procurar um homem para fazer dele um Josué ou até mesmo um outro profeta ou mensageiro para a igreja.

Até mesmo o irmão Joseph Branham, tem sido aventado por alguns como um Josué para suceder ao seu pai. O irmão Lee Vayle chegou a comentar algo sobre isso:

Semente de Discrepância Nº. 14 (29/10/1995) – Lee Vayle [Sem tradução]
Eu recebi uma carta outro dia de um indivíduo lá da Dakota do Norte. Ele escreveu o seu nome, o nome dele é Rusty Kuba (?). Ele está citando tudo debaixo do alto céu para tornar Joseph Josué. O irmão Branham disse categoricamente que Josué é o Espírito Santo, o nosso Josué. Ele disse que Joseph disse que ele era Josué. Eu creio que isso é uma mentira. Não creio que Joseph dissesse isso a ninguém. Eu creio que o sujeito não somente está fora da Palavra, eu creio que ele é um mentiroso, um mentiroso descarado... E se Joseph tentasse se levantar como um profeta para substituir o irmão Branham, ele seria falso como uma nota de três dólares, porque nós temos o original.

Veja portanto que não há um sucessor depois de William Branham a não ser o próprio Espírito Santo.

O Selo da Páscoa Nº. 12 (09/06/1991) – Lee Vayle [Sem tradução]
Agora, quando Moisés se foi, quem os levou? Josué os levou. Agora, então, você diz: “Certo. Se não existe um Eliseu, haverá um Josué para suceder o irmão Branham”. Absolutamente correto. E ele disse: “O nosso Josué é o próprio Espírito Santo”. Pois a Coluna de Fogo está aqui para nos levar ao Milênio. Então veja como isso se alinha. E ele disse: “Observe que ele teve um sucessor e ele foi Eliseu”. O sucessor de William Branham é o Espírito Santo porque ele disse: “Eu devo diminuir e Ele deve crescer!”

Não Há Outro Mensageiro Para Esta Era

Então veja que não pode haver outro mensageiro ou profeta ou homem da hora para a Noiva depois do sétimo anjo, porque o ensino do irmão Branham é de que estamos na última era, a qual teria o seu último mensageiro. Não pode haver outro depois desse. Todos os mistérios deveriam ser revelados por este último profeta para a Noiva. Querer dizer que Deus teria que usar ainda outro profeta depois desse seria o mesmo que dizer que haveria outros mistérios ainda a ser revelados, o que seria uma falácia.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja – pág. 132
Somente UM mensageiro em cada era recebe o que o Espírito tem a dizer para essa era, e esse MENSAGEIRO ÚNICO é o mensageiro para a verdadeira igreja. (Não existe mais que um mensageiro para cada era. Não existe mais que um homem da hora. Os outros homens da hora ou mensageiros que estão aparecendo são para a falsa igreja, mas aqui ele diz: “para a verdadeira igreja só existe um, e este único mensageiro é para toda a era, até que ela acabe, e como disse o irmão Branham numa mensagem de Perguntas e Respostas, a era de Laodicéia só acabará com o arrebatamento da Noiva) Ele fala da parte de Deus às “igrejas” através de revelação, tanto à verdadeira como à falsa. A mensagem é portanto transmitida a todos. Mas embora seja transmitida a todos os que se acham em seu alcance, a mensagem é recebida individualmente por apenas um determinado grupo qualificado e de uma determinada maneira. Cada indivíduo desse grupo é alguém que tem a capacidade de ouvir o que o Espírito está dizendo através do mensageiro. Aqueles que ouvem não estão obtendo sua própria revelação privada, nem é um grupo obtendo sua revelação coletiva. MAS CADA PESSOA ESTÁ OUVINDO E RECEBENDO O QUE O MENSAGEIRO JÁ RECEBEU DE DEUS. (...)

Em cada era temos exatamente o mesmo padrão. É por isso que a luz vem através de algum mensageiro determinado por Deus numa certa área, e em seguida a partir daquele mensageiro a luz se espalha através do ministério de outros que foram fielmente instruídos. (Porém esses outros não são mensageiros ou “homens da hora”, é o ministério quíntuplo, que leva aquela mensagem adiante depois que aquele único mensageiro da era parte. Mas não há outro mensageiro ou homem da hora.) Mas é claro que todos aqueles que saem nem sempre aprendem quão necessário é falar SOMENTE o que o mensageiro falou. (...) Eles acrescentam aqui, ou tiram ali, e logo a mensagem não é mais pura, e o avivamento se extingue. Quão cuidadosos devemos ser em ouvir UMA voz, porque o Espírito tem apenas uma voz que é a voz de Deus.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja – pág. 296
Antes de encerrarmos esta seção sobre o mensageiro da Era de Laodicéia, devemos considerar seriamente estes dois pensamentos. Primeiro, esta era terá UM Mensageiro Profeta. Apoc. 10:7 diz: “Quando tocar (singular).” Nunca houve uma era onde Deus deu a Seu povo dois profetas maiores de uma vez. (De uma só vez em uma mesma era ou dispensação) Ele deu Enoque (sozinho); Ele deu Noé (sozinho); Ele deu Moisés (só ele tinha a Palavra embora outros profetizassem); João Batista veio SOZINHO. Agora neste último dia deve haver um PROFETA (não uma profetisa - embora nesta era haja mais mulheres pretendendo dar a revelação de Deus do que homens), e a Palavra infalível diz que ele (o profeta) revelará os mistérios ao povo do tempo do fim, e converterá os corações dos filhos de volta aos pais. Há aqueles que dizem que o povo de Deus vai se ajuntar através de uma revelação coletiva. Eu contesto essa declaração. É uma suposição pobre e inválida em face de Apoc. 10:7. Agora eu não nego que as pessoas profetizarão nesta última era e que seus ministérios possam ser e serão corretos. Eu não nego que haverá profetas como nos dias de Paulo quando houve “um profeta chamado Ágabo que profetizou de uma grande fome.” Eu concordo que isso é assim. MAS EU NEGO, SOB A INFALÍVEL EVIDÊNCIA DA PALAVRA, QUE HAJA MAIS DO QUE UM MENSAGEIRO PROFETA MAIOR QUE REVELARÁ OS MISTÉRIOS CONTIDOS NA PALAVRA, E QUE TENHA O MINISTÉRIO PARA CONVERTER OS CORAÇÕES DOS FILHOS AOS PAIS. O “Assim diz o Senhor” permanece através de Sua Palavra infalível, e permanecerá e será vindicado. Há um mensageiro profeta para esta era.

Este último mensageiro não possui um mistério definido, mas o que ele faz é apenas juntar todos os mistérios que se perderam nas eras passadas e que ainda não haviam sido revelados. Mas depois dele, nada mais há para ainda ser revelado por um outro.





Primeiro Selo (18/03/1963) §§ 65-68
E então Deus leva Seu mensageiro, com os Eleitos daquela era, e os coloca à parte, adormecidos. E então Ele deixa cair uma praga sobre aqueles que rejeitaram Isto; um juízo temporário. E então depois que isso termina, então isto prossegue, e eles se denominam, e introduzem denominações, e começam com o trabalho daquele homem, como de Wesley e todos os demais. E então leva todos a uma discórdia novamente. E então vem outro mistério. Então que acontece? Outro mensageiro chega à terra, para uma era da igreja. Está vendo? Então, quando chega, ele, a – a trombeta soa. Ele declara guerra. Está vendo? E então que acontece? Finalmente, então, ele é levado. E então quando ele é colocado à parte, então a praga cai, os destrói. Morte espiritual cai sobre a igreja, e ela está acabada, esse grupo. Então Ele segue para outra. Oh, é um grande plano! Até que chega àquele último anjo. Agora, ele não tem nenhum mistério definido. Mas ele ajunta tudo que se perdeu naquelas outras eras, todas as Verdades que ainda não foram verdadeiramente reveladas, veja, quando a revelação vem, então ele revela essas coisas em seu dia.

Embora Deus tenha usado mensageiros em diferentes dispensações para por meio deles comunicar a Sua Palavra e vontade para o povo, Deus é que sempre tem sido esse Mensageiro, pois Ele foi o primeiro de todos.

O Evangelismo do Tempo do Fim (03/06/1962) §§ 63-64, 71
Cada Era tem tido sua mensagem e o seu mensageiro. Através dos tempos, cada era tem trazido sua mensagem com seu mensageiro. Deus, em cada dispensação, tem enviado alguém ungido com o Espírito Santo para trazer Sua mensagem para cada Era, todas as vezes. Agora, nós poderíamos começar lá atrás, voltar lá atrás um pouquinho. Desde o começo, Deus foi o mensageiro no princípio, para dizer a Adão e Eva: “Você pode comer isto, mas você não pode fazer isto.” Aquilo foi a mensagem. Mas quando o homem desobedeceu a mensagem da hora, isto trouxe morte e caos para toda a raça humana. Agora, isso mostra o quanto a mensagem significa. E lembre-se que isso não foi só uma completa rejeição do que Deus disse, que Eva creu; foi tirar o que Deus disse e clarear aquilo um pouquinho ou - ou só interpretando mal um pouquinho, só adicionando, ou tirando um pouquinho disto. (...) Agora nós estamos no tempo do entardecer. E os mensageiros através das Eras... Verificamos que no princípio quando um mensageiro era enviado, interpretar mal a sua Palavra ou duvidar de uma Palavra, aquilo era uma aniquilação total e uma separação eterna de Deus, interpretar mal a Palavra daquele mensageiro. E o primeiro Mensageiro foi o próprio Deus. E o... todos os outros mensageiros têm sido Deus falando através do homem, (Ou seja, Josué tem usado em cada era um mensageiro para trazer uma medida de Sua Palavra) desde então, o qual é a Palavra de Deus,  porque não havia ninguém por meio do qual Ele falasse a não ser aquele com quem Ele estivesse falando, mas desde que Ele se fez homem e redimiu o homem, tem sido Deus falando através do homem. Ele não usa a – a capacidade de um aparelho mecânico, mas a capacidade de um homem, um homem que esteja rendido e consagrado a Deus.

Veja que sempre foi Deus falando por meio de Seus mensageiros, que é exatamente o mesmo Espírito de Josué atuando sobre cada um deles.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja – pág. 223
Deus está em Seu povo - todo o Seu povo, porque se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é Dele. E Ele é a Palavra. Isso seria a Palavra reconhecida no povo. Porém ele colocou uma liderança especial nestes homens de Sua própria escolha e através do determinado conselho da Sua vontade. Eles aparecem uma vez em cada era. É o mesmo Espírito neles. Que contraste é isto com a heresia de Roma. Eles têm um homem de sua própria escolha - um após o outro - nenhum mostrando o poder de Deus - nenhum permanecendo na Palavra de Deus - cada um diferindo do outro antes dele e acrescentando o que deseja como se fora Deus. Deus não está nisto. Porém Ele está em Seu mensageiro e aquele que teria a plenitude de Deus seguiria o mensageiro assim como o mensageiro é um seguidor do Senhor pela Sua Palavra.

Portanto uma vez que o mensageiro era um seguidor da Palavra de Josué, toda vez que Deus usava esse mensageiro para falar à Sua Igreja, tanto a Mensagem como o mensageiro se tornavam um.

Alimento Espiritual a Seu Tempo(18/07/1965) §§ 66, 70, 126
Nós verificamos que quando um homem vem, enviado de Deus, ordenado de Deus, com o verdadeiro ASSIM DIZ O SENHOR, a mensagem e o mensageiro são uma e a mesma coisa. Porque ele é enviado para representar o ASSIM DIZ O SENHOR, Palavra por Palavra, de modo que ele e sua mensagem são a mesma coisa. (...) Vocês não vêem a autoridade do Deus vivo na Igreja viva, a Noiva? Os enfermos são curados, os mortos são ressuscitados, os paralíticos andam, os cegos vêem, o Evangelho sai em Seu poder, porque a Mensagem e o mensageiro são a mesma coisa. A Palavra está na Igreja, na pessoa. (...) Nós notamos aqui novamente, que se a Palavra está em nós e veio a nós, como veio a Elias naquele dia, Ela fará a mesma coisa que ele fez, ele se alimentaria das Coisas secretas de Deus, as quais estão escondidas do mundo. Oh! Novamente, isto torna a Mensagem e o mensageiro como um.

Presumindo (10/06/1962) § 71
Agora ouça. Permaneça com a Palavra, pois a Mensagem do último dia deve... O mensageiro e a Mensagem devem estar de acordo no tempo do fim, “restaurando a fé dos filhos de volta à fé dos pais”.

Não Olhe Para o Mensageiro Mas Para a Mensagem

Sendo assim, a figura de Josué não deveria estar limitada ao ministério de um único homem, mas de Deus mesmo que usa os Seus mensageiros como vasos para levar a Sua mensagem. É por isso que o irmão Branham disse que não se deve dar tanto atenção para o mensageiro, ou seja, para o homem que Deus estiver usando, mas para a Mensagem, pois Ela é de fato Deus, o qual é o verdadeiro Mensageiro, o Elias da Igreja.

Portanto não coloquemos nossos olhos no vaso que Josué usa. Olhemos para Josué. Olhe para a Mensagem porque a Mensagem é Josué.

Dores de Parto (24/01/1965) §§ 203-204
Não preste nenhuma atenção no mensageiro. Olhe para a Mensagem que é. [A congregação diz: “Amém.”—Ed.] Isso é o que é. Vê? Não é isso. Não repare nesse pequeno [Espaço em branco na fita] careca, sabe, pessoa, porque é apenas um – é apenas um ser humano, tudo, e nós somos simplesmente todos iguais. Mas observe o que está acontecendo. Isso é o que declara. Eu fui levado... Agora, sei que as pessoas dizem todo tipo de coisas, e sabemos que muito não está certo. Eu não posso responder pelo que outro, qualquer homem diga. Eu tenho de responder pelo que digo. Eu somente posso dizer se é Verdade, ou não. E eu—eu—eu sou o que tem de ser responsável por isso, não o que alguém diga. Eu não posso julgar ninguém. Eu não fui enviado a julgar, mas para pregar a Mensagem.

Com esse entendimento, tanto o Elias como Josué será visto como sendo o próprio Senhor Jesus Cristo, exatamente como o irmão Branham nos ensinou.

Paradoxo Nº. 7 (8/04/1984) – Lee Vayle [Sem tradução]
Agora, este é Ele no tempo do fim na forma do Espírito Santo, o ministério do Filho do homem, a revelação do Filho do homem. E esta é uma exposição, do que lemos aqui, onde o irmão Branham disse: “No tempo do fim, o Elias desta hora será o próprio Senhor Jesus Cristo. Não é um homem, Deus. Mas virá por um profeta” - o mesmo profeta dizendo que o nosso Josué é o Espírito Santo que nos leva para o Milênio.






Nenhum comentário:

Postar um comentário