terça-feira, 17 de agosto de 2010

Porque o Cordeiro recebe adoração

======================================================
Pergunta: Sendo que só podemos adorar a Deus, porque em Apocalipses o Cordeiro também é adorado? Não é porque Ele é o Próprio Deus?

Resposta: Apocalipses 5: 12 – “...Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. E ouvi toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. E os quatro animais disseram: Amém. E os quatro e os vinte anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre.

Então a adoração é de Jesus e de Seu Pai. Então agora Deus é um objeto de adoração. Você pode ver bem aqui que Ele (Jesus) é Deus, porém Ele não é Deus.

Agora a coisa é esta: por que Jesus recebeu adoração? Não porque Ele era o Filho de Deus, de nenhuma maneira, meio e forma. Ele recebeu adoração não por causa do que Ele era, mas por causa do que Ele fez. E Ele somente poderia ter feito o que Ele fez, por causa do que Ele era. Aquele inigualável e perfeito caráter e aquele bonito corpo que se tornou o Sangue de Deus, e se tornou a residência do Deus Todo-Poderoso.

Assim, portanto, Jesus é adorado, porém Ele não é adorado como Deus, e [antes de mais nada] Ele não é adorado por causa do que Ele é. Isso não é realmente correto. Ele é adorado por causa do que Ele fez, e Ele não poderia ter feito o que Ele fez exceto por Quem Ele é. Você me acompanha? [“Amém”] Assim, portanto, Ele não é Deus, porém Ele pode ser adorado da maneira em que isso é ditado por Deus, porque o próprio Jesus disse: “Não adore a ninguém a não ser a Deus, e somente a Ele servirás”. E deste modo quando Jesus esteve lá nos libertando, permite-nos compreender que Ele estava servindo a Deus, porque Ele foi crucificado desde antes da fundação do mundo, e Ele disse: “Para esta causa Eu nasci”. Absolutamente. Assim você pode compreender, portanto, o que estamos dizendo.

Agora, também com isto, podemos ir para Romanos 14:11, e compararemos com Filipenses 2:9-11. E aqui diz: Porque está escrito: Como Eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a Mim, e toda a língua confessará a Deus. “Como está escrito: Como Eu vivo, diz o Senhor”, vê? “Todo o joelho se dobrará a Mim, e toda a língua confessará a Deus”.

Vamos para Filipenses 2:9-11: Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e Lhe deu um nome que é sobre todo o nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.

Não diz que Ele é Deus, porém Ele está recebendo uma confissão exatamente como Deus está recebendo uma confissão e, portanto, apesar de não ser igual com Deus, Ele está no trono com Deus. Eventualmente Ele estará sobre o trono com a Coluna de Fogo por cima, Deus. Ele está no trono, porém Ele está sob a jurisdição do Pai, porque Aquele que disse: “Eu não falo nada a menos que o Pai diga-Me o que dizer, e Eu não faço nada a menos que o Pai mostre-Me o que fazer”, Ele não pode mudar. Isso é inviolável; isto não pode ser alterado. De nenhuma maneira, meio ou forma.

Então você pode ver aqui como que embora exista um Deus, e Jesus não é Deus, Ele é o Filho de Deus, e Ele é um homem, porque Ele é nascido e Ele veio pela carne. Ele teve uma existência de pré-encarnação – perfeitamente bem. Depois, Deus encarnou Nele.

Então existe uma dualidade. Uma hora o Pai fala. Outra hora o Filho podia falar. Mas toda vez em particular em que o Filho faz isto, é o Pai fazendo isto, porque o preceito sempre tem sido: Deus através do Filho criando, sustentando e redimindo. E até mesmo agora, a mesma coisa inclui o bem, porque o sacerdócio de Melquisedeque vem de Deus. Ele não é um homem. Ele não é uma coisa de homem de modo nenhum. O aarônico é do homem, absolutamente, o homem tratando com Deus. Porém desta vez é Deus tratando com o homem. [“Amém”] E Deus se movendo ao longo de todo o caminho e por todo o caminho até o fim.
==========================================================

Palavras do Pr. Lee Vayle – no sermão; “A Suprema Deidade do Senhor Jesus Cristo” (Sermão traduzido e disponível.
===================================
JEOVÁ JIRÉ 29/04/1956 - 053 "Esta é a razão que as pessoas não conseguiam entendê-lo. Às vezes era Cristo falando... ou era o Filho falando. Outras vezes era o Pai falando. Ele era uma Pessoa dual. Ele era um Homem, o Filho. Deus estava dentro, o qual estava morando Nele. Mas o que Ele fez? Ele foi por aí dizendo, “eu sou o Curador?” Muito pelo contrário, Ele disse: "eu não sou o Curador." Ele disse: "não sou eu quem faz as obras; é Meu Pai que habita em Mim." E em São João capítulo 19, quando Ele foi interrogado por passar por um grupo inteiro de aleijados, mancos, paralíticos, coxos, pessoas cegas, curou um homem que se deitava em uma maca, o Pai Lhe mostrou para ir lá e curar. Foi embora e deixou o resto deles deitado lá, eles O questionaram. Um homem carregando sua cama no sábado. Escute o que Ele disse. São João 5:19: "Na verdade, na verdade, vos digo que o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se o não vir fazer o Pai; porque tudo quanto ele faz o filho faz igualmente." É o que o Ele disse? "Eu não faço nada até que o Pai me mostre primeiro numa visão o que fazer.” [William Marrion Branham]
.
DEIXE-NOS VER DEUS  29/11/1959 - 131 Eu disse, "Ele foi mais que... Deus estava Nele. Ele era um homem, mas Ele era uma Pessoa dual. Um, Ele era um homem; o Espírito Nele era Deus." Eu disse, "Deus estava em Cristo." Ela disse, "Oh, não." Eu disse, "Olhe, senhora, eu tomarei sua própria Escritura. Ele era um homem, mas Ele era um homem-Deus. Quando Ele foi à sepultura de Lázaro, Ele chorou como um homem. Isso é verdade. Mas quando Ele estava de pé lá, endireitou seus ombros caídos para frente, e disse, 'Lázaro, sai para fora', e um homem morto, que fazia quatro dias que estava morto voltou à vida novamente, isso foi mais que um homem. Homem não podia fazer aquilo. Isso era Deus em Seu Filho". [William Marrion Branham]
----------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário