domingo, 31 de janeiro de 2016

josue8

“O Profeta Da Hora”
O Livro de Josué – Parte 8
“O Profeta Da Hora”

 Assista o Vídeo



01-      Que o Senhor abençoe a cada um de vocês. [a congregação diz: “Amém” – Ed.] É muito bom estar de volta, estar convosco outra vez em mais um culto na presença do Senhor, sabendo que nós não merecemos nada do que Ele nos tem dado. Mas se é do agrado Dele; se for do agrado de Deus nos ajudar; se for do agrado de Deus abrir os nossos olhos para vermos, então vamos abrir os nossos corações e dar boas vindas à isto, a vontade do Senhor para nós. [a congregação diz: “Amém” – Ed.] Amém.

02-      Eu os convido a ficarem de pé para juntos lermos as Escrituras, e será no livro de Efésios. No livro de Efésios, no capítulo quatro... Efésios capítulo quatro. Vamos ler:
            Rogo-vos eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor; Procurando guardar a unidade do Espírito, pelo vinculo da paz.     Há um só corpo, e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação. Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; Um só Deus e Pai de todos, O qual é sobre todos, e por todos, e em todos. Amém.

03-      Vamos orar. Amado Pai, te damos graças, meu Senhor, por mais uma vez estarmos com vida e saúde na Tua casa. Louvamos-te por isto, Senhor, pela Tua bondosa Presença em nosso meio, e isto não nos deixa melhores do que os outros, mas nos traz mais responsabilidades e, automaticamente, nos torna as melhores pessoas do mundo, pois não podemos agir como os outros, como os demais que não têm esperança, e que só têm um momento para fazerem o que bem entendem das suas vidas. E, no entanto, nós temos este momento que se chama “agora”, e temos uma eternidade pela frente para encarar. E nós Te agradecemos por isto, e sabemos que esta eternidade que estamos palmilhando, caminhando de encontro à ela, depende muito das decisões que fazemos neste momento, depende muito da forma que atuamos e agimos agora. E quando cremos que Tu estás aqui para mudar as nossas atitudes, é por que Tu precisas e estás nos moldando a cada dia, nos levando à essa unidade da fé, a sermos um com o Senhor através de uma revelação de Ti mesmo que tem vindo para nós.

04-      Perdoa os nossos pecados, as nossas faltas, as nossas incapacidades, Senhor. Queremos, ó Pai, naquele dia receber o nosso galardão, que é poder permanecer ao Teu lado para todo o sempre. E pedimos, no nome de Jesus Cristo, que o Senhor abra os nossos olhos cada dia mais para podermos enxergar estas coisas. Coloque, ó Pai, a visão de águia em nossas vistas, o colírio santo para que possamos ver a completa revelação de Jesus Cristo. Neste nome precioso que está acima de todo nome, nós Te pedimos estas bênçãos. Amém. Amém. Podem se assentar, irmãos. Louvado seja Deus por tudo isso.

05-      Nós estamos estudando um pouquinho o ministério de Moisés e o de Josué, dentro do livro de Josué e também do livro de Efésios. Aprendemos com o irmão Branham que existe um confronto (ou face a face) entre essas duas etapas. E quando chega nos nossos dias, estamos vivendo na Era Efesiana. E aqueles que poderiam presenciar em que tempo estamos vivendo é um grupo eleito, predestinado por Deus desde antes da fundação do mundo, e que foram ordenados, ordenados para não cair. Isto quer dizer, predestinados antes da fundação do mundo para não tropeçar com os  pés em alguma pedra. Pois, na realidade, não é você quem está caminhando por este caminho, não é você quem está se esforçando para chegar no céu. Quem está estabelecido, ou aqueles que encontram as suas posições em Cristo, na Palavra, estes não têm por que tropeçar com seus pés em pedra, porque eles não estão “às tontas”, de um lado para o outro como uma cana agitada pelo vento, estas pessoas ficam firmes na Rocha. E se você está firme na Rocha, se você está estabelecido na Rocha das Eras, na pedra (que é a revelação de Jesus Cristo), por que você tropeçaria, se você não está caminhando?

06-      Então, não é o tempo de estar correndo de um lado para o outro, aqueles que são estabelecidos na terra da promessa constroem as suas casas sobre a Rocha, e a Bíblia diz que não serão jamais abalados. Veja que coisa. Não serão abalados.

07-      Então é importante que compreendamos isto, por que o irmão Branham nos ensinou estas coisas. E vocês poderão achar um pouquinho estranho (quem sabe até mesmo cansativo) estudarmos estas questões, esse trajeto do povo de Israel. E não temos culpa nisso... Porque, as pessoas... Talvez nós sejamos um pouco mal acostumados (não é), e quiseram trazer para nós todo o conhecimento, toda a revelação, e dos Selos, e Trovões, e isto, e aquilo, e as pessoas falavam: “Tem mais, tem mais, tem mais”... E eu preciso voltar vocês há muito tempo atrás, voltar a mentalidade de vocês lá para o começo das coisas, pois aquele que veio com o Assim Diz O Senhor para nos dirigir,  direcionarmos à Palavra, para nos mostrar todo o conselho de Deus.

08-      O profeta do Senhor pregou alguns sermões com o título José Encontrando Seus Irmãos”, e assim ele nos leva lá para o passado. Pois, se você não for lá atrás e ver o encontro de José com seus irmãos, você não saberá o que acontecerá no futuro à respeito do nosso José (o Senhor Jesus Cristo), que José no Antigo Testamento era um tipo.

09-      O irmão Branham pregou a mensagem com o título Pela Fé, Moisés”. Todo o trabalho de Moisés desde que ele encontrou a Coluna de Fogo, ele foi dirigido, dali por diante, pela fé. Quem poderia garantir a Moisés que ele se sairia bem lá no Egito? Quando ele disse: “Eu sou pesado de língua, eu não consigo fazer isso”, Deus disse: “Quem fez a língua? Quem fez o homem? Quem colocou as coisas nos seus lugares? Quem fez os céus e a Terra? Não Sou Eu, O Senhor?”. Então Moisés teve que fazer tudo pela fé, uma confiança íntima com Deus de que ele não falharia. E a certeza que Moisés tinha de que ele não falharia foi porque Deus deu a certeza que: “Eu estarei contigo”.

10-      Então, “Pela Fé, Moisés”. Este foi um dos títulos que o profeta usou. Em um outro sermão ele intitulou “Um Profeta Como Moisés”. “Um Profeta Como Moisés”. E se você sabe a forma que Moisés trabalhou (se colocando à disposição de Deus), então você saberá também a forma que Jesus (o Filho de Deus) trabalhou, se colocando à disposição de Deus. Então você saberá também como no tempo do fim, o último profeta enviado aos gentios trabalharia, ou Deus trabalharia através dele. Por isso o título “Um Profeta Como Moisés”.

11-      Então, o irmão Branham entra em alguns detalhes na vida do povo de Israel que nós precisamos entender, aprender sobre aquilo, caso contrário você não sabe qual é o seu papel hoje. Em um dos seus sermões ele intitulou Israel No Egito”. Então nós precisamos entender como estávamos, por quê, em qual situação estávamos no Egito, que tipo de barro estávamos amassando, como estávamos sendo escravizados, uma vez que o Egito hoje representa o sistema, a denominação, o sistema do homem.

12-      Então, assim como Israel estava no Egito, você estava também no sistema religioso, feito por homem, direcionado por homens. Então ele pregou esse sermão com o título “Israel No Egito”. Alguns tempos depois o irmão Branham pregou outro sermão, e intitulou Israel No Mar Vermelho”. E observe os acontecimentos no mar vermelho, o que aconteceu ali? Eles clamaram a Moisés, e disseram: “Nos tirastes do Egito para morrermos aqui, bem próximo? Mal caminhamos, mal sentimos gozo da liberdade, e já está aí o maior problema acontecendo”. E é assim que acontece com as pessoas, pois quando elas aceitam a Palavra ou aceita a Jesus, ou querem viver uma vida cristã, então elas pensam que serão abençoadas, e que Deus estará com vasos, com jarros e bandejas cheias de bênçãos, de coroas para entregar para você como um prêmio porque você deu às costas para o mundo; você está apenas iniciando, e nunca foi prometido para você uma boa vida enquanto você estivesse aqui, foi prometido perseguição, decepção, canseira, enfado, tudo! Pois, se você tivesse uma boa vida, você se acomodaria e não quereria nunca ir para o novo céu e nova terra onde habita justiça.

13-      Então o irmão Branham pregou outro sermão, outra vez Israel No Mar VermelhoSegunda Parte”, pois a primeira ele achou que não foi o suficiente para o povo compreender esse estágio das suas vidas.

14-      Logo em seguida o irmão Branham pregou um sermão com o título Israel Diante Da Serpente De Bronze”, e se você sabe que bronze quer dizer que o pecado já foi julgado. Isto é algo que nós precisamos entender no nosso tempo, quando outra vez Ele vem à terra (o Anjo Forte), e os Seus pés são como colunas de fogo... Colunas de fogo. E se você for olhar nas Escrituras verá que os seus pés são bronze polido, mostrando que o julgamento já foi efetuado. E se o julgamento já foi feito, e Ele já diz para você qual é a sua sentença, e quando você sabe que a sua sentença é: “Vinde benditos de meu Pai, para o Reino que para vós é preparado desde antes da fundação do mundo”, então nós não temos o que temer, temos que ter um coração aberto para dizer: “Ora, vem Senhor Jesus”. [a congregação diz: “Amém” – Ed.]

15-      O irmão Branham depois pregou outro sermão como título “Israel Em Cades-barnéia”...Israel Em Cades-barnéia”. E quando... Desses que eu citei, esse é o único que nós temos traduzido. E quando este foi entregue para as pessoas, não foram compreendidas perfeitamente as palavras do profeta, pois não tiveram o seguimento do seu pensamento nos cultos anteriores da trajetória de Israel. E talvez seja por isso que é um dos sermões menos citado, menos lido e menos compreendido entre as pessoas.

16-      Depois o irmão Branham pregou um sermão com o título Os Filhos No Deserto mostrando a trajetória de Israel durante aqueles quarenta anos de peregrinação. E por fim pregou Israel Em Sua Pátria”.

17-      Então, pense nisso. Por que será que o profeta de Deus trouxe todas essas citações, todos esses sermões à tona? E tudo isso depois ele resume em uma frase, dizendo: “Israel saindo do Egito até a terra da promessa é um tipo da Noiva saindo da denominação para o Espírito Santo”, que é a nossa terra a promessa. Canaã para nós hoje é o Espírito Santo.

18-      Então, por isso estamos estudando essas coisas para ver se a nossa compreensão abre-se mais um pouco para este grande trabalho que Deus prometeu realizar no tempo do fim.

19-      E eu quero citar para vocês as últimas coisas que nós citamos no culto anterior, em poucas frases aqui. Pois, o que temos falado nos dois últimos cultos foi que depois que o profeta saiu de cena (pois Moisés teria que sair de cena para poder Josué entrar em atuação, e o ministério de Josué não é tirar o povo, mas sim introduzir o povo, pois o ministério de Moisés tirou do Egito, mas o ministério de Josué foi quem introduziu na terra prometida), então viria um mensageiro nos últimos dias, Deus prometeu enviar um Elias restaurador: “Eis que Eu vos envio o profeta Elias, antes que venha o dia grande e terrível do Senhor”. E ele (este Elias, este homem com o ministério de Elias) tinha um papel a cumprir, e o papel a cumprir era converter os corações dos filhos de Deus hoje, à terem o mesmo entendimento que os nossos pais da Igreja primitiva tiveram.

20-      Este homem viria trazendo o mesmo pensamento, a mesma doutrina, a mesma evangelização, levando as pessoas ao batismo correto nas águas (em nome do Senhor Jesus Cristo), mostrando a vindicação na Palavra de Deus sob o Pilar de Fogo (que foi o que aconteceu nos dias de Paulo), trazendo-nos de volta à cena hoje os acontecimentos de lá do livro de Atos, nos levando de volta para lá. E, com isto, convertendo os nossos corações; isto quer dizer, levando os nossos pensamentos, mudando os nossos pensamentos para termos os mesmos pensamentos que eles tiveram. E se você sabe que os irmãos da igreja primitiva tiveram seus pensamentos mudados através do conselho do profeta daquela época (Paulo), que disse: “Transformai-vos pela renovação do vosso entendimento”, e depois ele disse: “Nós temos a mente de Cristo”, então observe em que ponto devemos estar; nossos corações, nossas mentes devem estar do mesmo jeito que estavam os irmãos da Igreja primitiva com a completa revelação e conhecimento de Deus em suas vidas. Amém. [a congregação diz: “Amém” – Ed.]

21-      Bem. Então, o que nós aprendemos foi que este ministério de Moisés... Ou este ministério desse mensageiro que viria, que por um período de tempo estaria sob os cuidados de Deus, sob a potente mão de Deus, tirando o povo do sistema denominacional, chegaria o tempo em que este ministério sairia de cena, isso quer dizer, o profeta tem que morrer. E Deus disse para Moisés: “Sobe em cima do monte, despede do povo e morre”. “Mas, Senhor! Mas, Senhor!”; “Não me venha com este negócio, tem outro para assumir o lugar, Josué, filho de Num, seguirá dali por diante”.

22-      Então, depois da partida de Moisés, Deus levantou Josué, o animou e disse: “Levanta-te”; em outras palavras: “Entra em cena, mostra a capacidade, com a qual eu te dotei e atravessa com esse pessoal... Atravessa-os pelo Jordão, e leve-os para o outro lado”. Então, este é o ministério do Líder do último dia. Depois da partida do mensageiro de Deus para o tempo do fim há o ministério Josué que viria para dirigir a Igreja. Este ministério de Josué não é o ministério de um homem, não é um grande grupo, não é um companheirismo, não são lideres religiosos; nada disso! Este ministério Josué é o ministério do Espírito Santo. E por que está tão arraigado no livro de Efésios? Por que está tão arraigado no livro de Efésios? Porque é exatamente aqui no livro de Efésios onde é mostrado o trabalho do Espírito Santo trazendo os filhos de Deus em unidade de fé, isso quer dizer, unidos sobre a mesma revelação. E aqui diz: Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos, e em todos. E Este aqui (Este que é um só Deus e Pai de todos), você sabe que este é o Espírito Santo. E Este Espírito Santo é quem dota homens. E lá no versículo onze está escrito: Ele mesmo deu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, outros para pastores, e outros para mestres.  O próprio Deus é quem levanta esses homens para fazer este trabalho.

23-      Então, o Quíntuplo de Efésios (ou estes cinco ministérios) sob a mão de Deus, com a direção do Espírito Santo é quem faz esta introdução. O Espírito Santo mesmo usando a homens. E por isso que eu disse que precisava falar para vocês as últimas frases do culto anterior. Nós lemos ali que o irmão Branham disse: Eu creio que Deus levanta homens para governar sobre a Sua Igreja para supervisiona-la. Mas estes homens não terão os seus próprios domínios sobre eles, porque eles estarão sendo guiados pelo Espírito Santo para levar as pessoas para a Palavra. Qualquer coisa fora disso é o homem dirigindo, e não o Espírito Santo.

24-      Então eu quero citar para vocês como foram as palavras do mensageiro de Deus no “Livro Das Eras”, parágrafo 91: Eu creio na direção do Espírito Santo, que vem por meio da Palavra. Então, observem vocês... Observem isto que, esta direção do Espírito Santo não é alguém levantar a cabeça e dizer assim: “Eu estou recebendo uma inspiração, estou sentindo uma inspiração aí para fazer assim, e tal, eu acho que é o Espírito Santo me guiando”, não senhores!

25-      Observem isto aqui: Eu creio na direção do Espírito Santo, que vem por meio da Palavra. A direção do Espírito Santo não pode vir diferente daquilo que está nas Escrituras; a direção do Espírito Santo não pode vir diferente daquilo que está estabelecido na Palavra. Não importa o quanto que as pessoas estejam sendo abençoadas com dons, manifestações, prodígios, sinais e maravilhas, se aquilo não está alinhado com as Escrituras, então não é a direção do Espírito Santo. Se não é, eu não quero ter nada a ver com isso.

26-      Deixem-me citar mais algo para vocês aqui. Ele disse também: A Palavra e o Espírito são um. As pessoas não entendem o que é o Espírito Santo, elas não sabem como receber o Espírito Santo porque não sabem o que o Espírito Santo é. As pessoas dizem: “Eu falei em línguas, então eu tenho o Espírito Santo”, e ela tem um dom, um dom e acha que tem o Espírito Santo. E depois você observa toda a sua vida, tudo está fora das Escrituras, mas ela engana a si mesma e acha que tem o Espírito Santo porque tem um dos dons do Espírito Santo. E assim poderíamos citar todos os outros dons.

27-      Agora, se a pessoa não tem a totalidade da Palavra, ela não tem o Espírito. Ela não tem o Espírito, pois o Espírito e a Palavra são a mesma coisa, e foi Jesus quem nos disse: Minhas Palavras são Espírito e Vida. E com isso encerra-se o assunto.

28-      Agora, deixem-me ler algo mais aqui, que o mensageiro do Senhor disse. Agora, Josué significa “Jeová Salvador”, e Ele representa... Estamos tratando de representação, de tipos, fazendo comparações aqui, e foi o que Jesus fez no tempo de Seu ministério. Ele falou do Antigo Testamento, falou como se comparava o Reino dos Céus, e todas essas coisas. Os tipos não falham.

29-      Então, Josué... Josué significa “Jeová Salvador”, e Ele... Aquele ministério que está lá no livro de Josué (que assumiu depois de Moisés), aquilo representa algo para o último tempo. E este mensageiro de Deus está nos clarificando isto aqui: Agora, Josué significa “Jeová Salvador”, e Ele representa o Líder do tempo do fim que virá para a Igreja.

30-      Então, se vocês observarem bem isto aqui, e se amanhã ou depois eu perguntar isto à vocês, eu vou querer respostas, caso contrário, como eu vou saber se vocês estão aprendendo ou não, ou se simplesmente estão ouvindo? Por isso que eu gosto de repetir tantas vezes. E quando eu perguntar eu gostaria de ouvir a resposta.

31-      Eu vou ler outra vez para vocês: Josué significa “Jeová Salvador”, e Ele representa o Líder do tempo do fim que virá para a Igreja. Se você estabelece isso no seu entendimento – Josué representa o Líder que no tempo do fim virá para a Igreja -, então agora você precisa saber quem é o Líder, pois você já tem o tipo. Você já tem o tipo e o trabalho que este tipo realizou, que este personagem realizou.

32-      Então, se Josué representa o Líder que viria no último dia para a Igreja, você agora precisa saber que Líder é Este, que liderança é esta. Pois, se você não reconhece o Líder, como você vai ser liderado por ele? Se você não sabe quem está liderando, como você vai receber a liderança?

33-      Pois bem. Na página 173 do “Livro Das Eras”, o profeta... Guarde bem isto que eu acabei de vos citar, vocês irão precisar disso depois. Na página 173, o profeta do Senhor nos diz assim: Josué conhecia a promessa. Bem, se Josué conhecia a promessa, todos aqueles que estavam sendo liderados por Josué precisavam agora também conhecer a promessa, caso contrário era o líder guiando para um lado e as pessoas indo para o outro. Mas se o líder conhece e passa o seu conhecimento para as pessoas, então eles estarão remando na mesma direção. Não adianta nada vocês estarem com um companheiro dentro de um barco, cada um com seu remo, mas um rema pra frente e o outro para trás. E fica “Pei! Pei! Pei! Pei! Com o balançar das asas estamos indo longe, estamos indo longe, vê?” Amanhece o dia no mesmo lugar, pois um está pra frente e o outro para trás. Então, não seria melhor perguntar: “Olhe, pra qual lado estais remando? Qual é a posição que estais fazendo aí?”. Não custa nada perguntar, gente! Não custa nada, não é mesmo?

34-      Então veja, Josué conhecia a promessa, pois ele era o líder, e um líder precisa conhecer, ele tem de estar inteirado sobre o assunto. Um professor só poderá dar aula se ele se inteirar primeiro daquela matéria, não adianta simplesmente ele pegar um livro, copiar do livro, e colocar em um quadro negro ou branco para as pessoas também copiarem para casa. Fica o professor sem aprender, ficam os alunos sem aprenderem, pois ele simplesmente passou a lição, mas ele não sabe daquela lição. Ele não sabe daquela lição.

35-      Bem: Josué conhecia a promessa e esperou até obter uma decisão clara e definitiva... Percebam que um culto sai de dentro do outro, um sermão sai de dentro do outro. Isto aqui aprendemos no culto anterior e tivemos ali palavras diferentes. Mas observem isto, ele conhecia a promessa e esperava até obter uma decisão clara e definitiva de Deus. Isto é o que muita gente não quer fazer, esperar até receber uma decisão clara e definitiva.

36-      Às vezes a coisa está meio nublado, e a pessoa diz: “Já é dia; já amanheceu o dia”. Às vezes entende uma parte das Escrituras e já acha que pode pregar o evangelho. Às vezes compreendeu uma pequena coisa e acha que já pode tomar uma decisão diante daquilo que compreendeu, sendo que apenas é a ponta, sendo que apenas é o começo, o início. Não gente, tem que se inteirar na coisa! A resposta de Deus é clara e definitiva.

37-      Agora, como é que Deus pode mostrar a Sua Glória para você? Como é que Ele pode mostrar a Sua avaliação Suprema para você, se você não está pronto para isto, se você não tem entendimento para isso? Por isso a vereda do justo é como a luz da aurora, ela vai brilhando, vai brilhando, vai brilhando até que se torna dia perfeito.

38-      Agora, se temos chegado ao tempo do dia perfeito, pois, quando foi o tempo do entardecer? No tempo do entardecer haveria luz. Mas, nunca sairemos do tempo do entardecer? Será que nunca chegaremos ao dia perfeito? Então são coisas que temos que meditar, cada vez mais sobre esses assuntos. Você tem que esperar uma decisão clara e definitiva de Deus.!

39-      Deus podia confiar em Josué, não nos demais. E por que Deus podia confiar em Josué, e não nas outras pessoas? Porque ele conhecia a promessa, e ele esperava a decisão definitiva, os outros procuraram aventurar-se sem autoridade, e quando isto acontece você está presumindo... É estar presumindo: “Eu acho; ou acredito que seja; eu creio que é assim; talvez seja desse jeito”, aquilo é presumir, significa “avançar sem autoridade”. “Não, eu acho que ele é uma boa pessoa”; “É, mas você conhece a família? Você conhece o comportamento do moço? Você conhece a índole (não é?)? Conhece os seus antecedentes? Conhece os seus antecedentes? Conhece como é que ele trata o pai e a mãe?”; “É, mas ele é uma boa pessoa, minhas amigas dizem que ele é, e tal...” Vá! Enfrenta! Enfrenta, daqui a pouco aquele anjinho se torna um monstro, não é? Se torna um demônio dentro de casa. E você diz: “Se eu soubesse! Se tivessem me avisado! Se eu tivesse conhecido mais!”. O que é que faltou para conhecer? Não é? O que faltou para conhecer? Ah, mas ela é uma boa moça, é bonita, é aquilo, e aquilo outro... E tal, e tal... Enfrente para você ver depois! Enfrente para você ver depois! Por isso, todo o cuidado é pouco! Todo o cuidado é pouco, não é? Pois, senão, você pagará um preço muito alto, e depois vai pensar: “Por quê? O que eu fiz de errado? Onde falhei? O que eu fiz? Joguei pedra na cruz?” Fez pior do que isso! Fez pior do que isso, não é?

40-      Pois bem: Deus podia confiar em Josué, não nos demais... E agora vem uma sentença que me deixa meio... Meio... Nem sei como falar! Observem, Deus podia confiar em Josué, mas não nos outros. O irmão Branham diz assim, olha: Assim se repetirá nesses últimos dias. Haverá aqueles em que Deus vai confiar, e nos outros não.

41-      Veja isso: Assim se repetirá nesses últimos dias, o mesmo problema. A mesma coisa. Os problemas que aconteceram lá, acontecem do lado de cá. E o irmão Branham diz: As mesmas exigências. Os mesmos problemas, as mesmas exigências. As dificuldades que eles passaram lá são as mesmas que nós passamos aqui, pois os espíritos não morrem, de forma nenhuma. Os espírito não morrem! As mesmas coisas que eles enfrentaram na caminhada do deserto, os mesmos temores que eles tiveram de enfrentar, à ficar sem o líder (sem Moisés)... “Hi! mas será? O que acontece daqui por diante?” Eles tiveram as mesmas coisas que hoje nós temos. E as coisas que Deus exigiu deles, Deus exige de nós também. É necessário que nós conheçamos qual promessa de Deus está se cumprindo nesse tempo, pois, nessa promessa tem um plano que é mostrado. Neste plano, ou neste... Vamos dizer assim, nesta... Neste rascunho que Deus coloca diante de você, existe uma forma de se trabalhar com isto, e você tem que compreender isto, caso contrário estará andando fora do passo, achando que está arrasando, achando que está fazendo muito bonito, e totalmente ao contrário do plano de Deus.

42-      Bem, se você percebe agora o que é o Líder do último dia (que é representado no Antigo Testamento por Josué), e como aquele líder trabalhou, mostrando como Este trabalharia, o ministério que Aquele realizou, que foi fazer o povo cruzar o Jordão (talvez daqui a vinte cultos sobre esse tema é que nós vamos mostrar como é que eles passaram no Jordão, não é? Se bem que você pode ler no Antigo Testamento e olhar, mas você precisa saber isso nos nossos dias, o que é que acontece).

43-      Então, aquele líder teve que pegar as pessoas e encorajar todos eles, para que eles cruzassem o Jordão. A terra prometida estava do outro lado. Passaram quarenta anos sonhando com aquilo, e a última fase era esta: cruzar o Jordão. “É simples, é do outro lado, com um pulo eu vou para o outro lado”, mas e o significado daquilo? Cruzar o Jordão quer dizer “fazer morrer a si mesmo”. É morte! Cruzar Jordão é morte, e você tem que morrer. Paulo passou pelo Jordão, e ele disse: “Eu estou morto, e a minha vida está escondida com Cristo em Deus”. Por que você precisa morrer? Para que o diabo não te encontre, para que não possa encontrar um dedo. E uma pessoa quando morre para os seus próprios desejos, morre para este mundo, morre para suas próprias idéias e interpretações, então ela esconde-se, ela não pode ser vista, o diabo não pode encontrá-la, ela está escondida em Cristo. [a congregação diz: “Amém” – Ed.] Você terá uma chance (que podemos dizer assim) que Jô... Jô, não é? Jô não teve. Pois estamos em outra dispensação, naquele tempo o sangue ainda não tinha sido derramado, para que ele fosse coberto por aquele sangue. Mas, agora, você tem o sangue de Jesus Cristo que te purifica de todo pecado.

44-      Agora, se você tem o sangue... O que você acha que é estar escondido em Cristo? Como é estar coberto pelo sangue? Olhe, se o sangue de Jesus Cristo vos purifica de todo o pecado, como pode o diabo te acusar? Como pode o diabo mostrar mancha em você? Para começar, você é crente, você não descrê da Palavra. Então, aquilo que a Palavra exige de você, você procura cumprir. O diabo procura por todos os lados, e diz: “Eu não posso pegar esta pessoa”, então, isso quer dizer que ele não pode te ver, pois a sua vida estará sendo direcionada pelo Espírito Santo, e o Espírito Santo te leva à Palavra. Então você cumpre a Palavra, você se torna parte da Palavra. Quando você quebranta a Palavra, quando você quebranta os mandamentos de Deus, então, isso quer dizer que você se deixou ver, você saiu debaixo, você saiu dos cuidados de Deus.

45-      Pois bem. Vamos ver aqui rapidamente algumas citações para que vocês entendam por que estamos pregando sobre Este Líder do último dia. Pois muitos irmãos, por não compreenderem esta totalidade do plano de Deus, muitos deles ainda aguardam... Alguns deles ainda estão achando que estão seguindo um oitavo anjo, um oitavo mensageiro, sendo que no livro de Apocalipse são apenas sete... São apenas sete, e eles estão procurando por mais um. Outros não se contentam porque sabem que não existe um oitavo mensageiro, então eles estão esperando o sétimo (que já morreu, que já saiu de cena), eles estão esperando o sétimo voltar outra vez para lhes falar alguma coisa. E eles não entendem... Eles não entendem que aquele ministério teve que encerrar para que Deus pudesse levar adiante o Seu povo a dar mais um passo, mais uma caminhada a cruzar o Jordão do outro lado.

46-      Então, tem que se parar de chorar pela morte de Moisés. Não adianta esperar mais por Moisés, você não tem mais que esperar pelo sétimo anjo para te revelar alguma coisa, o trabalho que ele fez foi alertar seus olhos contra o sistema, contra a marca da besta, e apontar para vocês o sinal, o selo de Deus. E o que é que ele disse sobre o sinal? Ele disse que o sinal era o que? O sinal é o Espírito Santo. Então, tudo o que o profeta fez foi te apontar o próximo Líder que te direcionaria para frente, o Espírito Santo. [a congregação diz: “Amém” – Ed.]

47-      Na mensagem Quem Dizeis Vocês Que Este É?”. Talvez a tradução quando você tiver isso em mãos será Quem Dizeis Ser Este?” (e eu creio que este já foi traduzido, inclusive). No parágrafo 135, o mensageiro de Deus disse: O profeta do dia é esta Palavra. O profeta do dia é esta Palavra. Correto! O profeta hoje não é todos esse diferentes... Bem, há um profeta metodista, um profeta batista, um profeta pentecostal... Todas as classes de profetas ao redor em todo esse país, mas ainda continua igual... (igual ao que? Ao que era no Antigo Testamento)... Há um Profeta verdadeiro, O Mesmo ontem, hoje e pelos séculos. Correto. Jesus Cristo, Ele é a Palavra. [a congregação diz: “Amém” – Ed.]

48-      Isto, por que, meus irmãos, cada profeta que Deus levantou recebeu uma porção da Palavra, e era a Palavra ungida (isso quer dizer, era Cristo). Por isso que você encontra no Novo Testamento falando de Moisés, quando Moisés se colocou na brecha pelo povo, foi dito que “o Espírito de Cristo que estava nele”. Vêem? Pois, cada vez que Deus usa um homem, então aquele homem é chamado de que? Profeta, isso quer dizer, a quem vem a Palavra; é um homem que recebe uma unção, a unção do próprio Deus, o Assim Diz O Senhor vem à ele. Mas, o profeta mesmo é o próprio Deus! Deus é o Ser profético.

49-      Então, quando Deus levanta um homem e usa aquela carne, aquele homem é chamado de “filho do Homem”. E se você olhar nas Escrituras, todas as vezes que algum profeta teve alguma visão sobre Deus, e sobre o trono da Majestade Divina, eles sempre falaram “um semelhante ao Filho do Homem”; um semelhante ao Filho do Homem.

50-      Pois bem, quando a unção Daquele está sobre um homem, então ele é chamado: “filho do Homem, profetiza”; em outras palavras: “Tu tens, então, a minha voz, eu falo através de tuas cordas vocais”. E quando aquele homem fala, ele diz: “Assim Diz O Senhor”. Não é ele mesmo falando.

51-      Então, Quem é o profeta para nós agora, hoje? Aquele que veio para apontar Cristo, como João Batista apontou para Jesus, ele nos disse que Este Senhor Jesus é o mesmo ontem, hoje e pelos séculos), Este é a Palavra! [a congregação diz: “Amém” – Ed.] Este é o profeta.

52-      E, nesta expressão: “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente”, vocês não podem nunca, jamais, confundir isto, a que está se referindo. Aquilo está se referindo a Deus mesmo.

53-      Vamos seguir. Na mensagem “O Terceiro Êxodo”, parágrafo 330. E essa mensagem que eu citei agora foi entregue mais ou menos quatro meses depois da abertura dos selos, não é? Quatro meses depois que os selos foram entregues. Lembre-se que antes da abertura dos selos foi tido aquele acontecimento no Cânyon Sabino, quando aquela Espada caiu na mão do mensageiro de Deus, e aquilo foi dito: “Esta é a espada do Rei”. E quando você olha nas Escrituras você sabe que espada é essa, a espada do Espírito, que é o que? [a congregação diz: “A Palavra” – Ed.] A Palavra de Deus. Esta é a espada do Espírito.

54-      Então, a Palavra veio completa, veio cheia, em sua total abertura... em sua total abertura; e aquilo foi chamado de “abertura da Palavra”, a terceira etapa, ou  a terceira puxada. Era um trabalho que somente Deus mesmo poderia fazer. Então, depois disso (depois da abertura dos selos), é o que eu quero citar para vocês aqui, estas coisas. Observe o que ele diz aqui: E hoje... Mensagem “Terceiro Êxodo”, parágrafo 330 (no livro em inglês, página 44): E hoje, o que temos no nosso meio, Este Grande Espírito Santo é mais do que um profeta, É Deus manifestado no nosso meio com a Sua Palavra para provar isto. Realiza mais do que um profeta, milhares de vezes mais do que os profetas realizam. O que temos no nosso meio, Este Grande Espírito Santo. Isto é o que estava no meio do povo para guiá-los.

55-      Pois bem, na mensagem “Deus Cumpre A Sua Palavra” (não confunda com a outra “Deus Guarda A Sua Palavra”, é outro sermão). “Deus Cumpre Sua Palavra”, no parágrafo 142 ele diz: Siga!... (pois você não pode parar)... Siga!... Isto é uma seta indicativa. É tudo o que um profeta é, é uma seta indicativa te apontado para algo. Não importa quantas voltas você vai ter que dar, às vezes tem uma placa ali, você segue a placa, mas aqui já vai pra lá e pra cá... O importante é que a estrada esteja com setas e sinalizações. Se você seguir as setas e as sinalizações corretamente, e se elas foram colocadas em um lugar, da forma correta, então você vai chegar no seu destino.
56-      Então, é isso que um profeta é. Ele chega em uma encruzilhada do tempo, quando o tempo cruza-se... E essas encruzilhadas do tempo nós chamamos de dispensações. Dispensações. Todas as vezes que houve uma encruzilhada no tempo, na história do povo aqui na terra, quando chega numa bifurcação, ali acontece algo, pois o povo chega até aqui e diz: “E agora, o que faço?”; então ali tem um homem para apontar o caminho e dizer: “Não siga para lá, pois isto é um grande labirinto”, e nós pregamos sobre isto “O Labirinto Do Tempo”. Então Deus coloca aquela pessoa ali, e diz: “Aponte para lá”, então você segue, e lá na frente tem outro, não importa o nome dele, não importa quem foi, importa que Deus foi quem colocou aquele homem ali.

57-      Então lá atrás, quando as pessoas se perderam um pouquinho já estava Enoque; foram mais adiante, lá esta Noé; seguiram mais pra frente, Deus colocou Abraão; lá pra frente estava José; lá no outro encruzamento estava Abraão; e assim foi indo, foi indo, até que lá pra frente estava um doido barbudo na beira do Jordão, dizendo: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. E assim foi vindo até os nossos dias, Deus sempre teve alguém para dizer: “Siga! É por aqui! Siga! O caminho é este”. E lembrem o que está profetizado desde o Antigo Testamento: “Você ouvirá a voz detrás de ti, dizendo: Este pé o caminho segui por ele sem vos desviardes nem para a direita e nem para a esquerda”. Vêem?

58-      Pois bem, “Deus Cumpre Sua Palavra” parágrafo 142: Siga! Temos ao profeta de Deus, temos a Palavra de Deus, e temos ao Anjo de Deus... Então ele cita aqui várias coisas, que nós poderíamos pregar sermões diferentes apenas estudando cada uma dessas palavras. Temos ao profeta de Deus, temos a Palavra de Deus e temos ao Anjo de Deus....

59-      Pois bem, ele continua: Ele está guiando esta Igreja exatamente como a guiou naqueles dias. Isto é perfeitamente correto! A Palavra de Deus está diante de nós... Olhe, esta Bíblia está nas mãos das pessoas desde quando? Faz muito tempo! O povo de Israel usou o Antigo Testamento (principalmente o torah, os cinco livros de Moisés, não é? Gênesis, Êxodo, Levítico, Número, Deuteronômio, e tal... Depois os escritos de Josué, e com o passar do tempo foi se acrescentando o livro de Reis, das Crônicas, e tudo mais, o livro dos profetas maiores e menores), e eles tinham a Bíblia naquele tempo e Jesus citou aquilo como a Escritura, e disse: “Errai por não conhecer as Escrituras”. Era o Antigo Testamento que eles tinham. E aqueles que erraram era por não conhecerem as coisas que eles tinham em mãos, e que estudavam constantemente nas igrejas, nas sinagogas naquele tempo. Mas eles liam, mas não conheciam.

60-      Pois bem, se já era muita coisa tanto livro assim, trinta e tantos livros se era muita coisa as pessoas tinham preguiça de ler, imaginem depois de Jesus ter acrescentado mais catorze cartas de Paulo, mais uma de Tiago, mais duas de Pedro, mais três de João, mais uma de Judas, e... Meu Deus, é muita coisa! Pois bem, a quem mais é dado, mais é exigido como eu já disse para vocês e vocês já conhecem isso nas Escrituras.

61-      Então, hoje as pessoas erram mais uma vez por não conhecerem as Escrituras. Então eles entram nos seminários para poderem não errar e vão estudar sobre Deus, sobre a Bíblia, e tem ela toda de có, e citam como se fosse uma coisa mecânica, e conhecem tudo, e sabem de todos os comentários bíblico, e tudo mais... Pois bem, então dizem: “Eu conheço a Bíblia, já li tantas vezes de capa à capa, e tal”... Mas Jesus disse duas coisas: Errai por não conhecer as Escrituras...” e o que mais? E o poder de Deus. Pois, se eles associarem as Escrituras com o poder de Deus, então eles verão que esta Palavra de poder terá um efeito tremendo em suas vidas. E se o poder... O poder Daquele que escreveu a Palavras, ou que inspirou a homens a escreverem a Palavra, se este poder vier a você, então este poder transformará a sua vida. Portanto, não adianta conhecer apenas as Escrituras. A Escrituras (se ela for vivificada pelo Espírito Santo), então aquilo mudará a sua vida e te levará ao novo nascimento. Esta é uma grande diferença! Esta é uma grande diferença!

62-      Então, observe: Temos a Palavra diante de nós... (está dizendo aqui o profeta de Deus)... E o profeta de Deus é o Espírito Santo. Bem, vocês já me ouviram dizer isso tantas vezes, mas aqui eu estou passando para vocês o que disse o mensageiro do Senhor sobre esse assunto mesmo.

63-      ... A Palavra de Deus está diante de nós, e o profeta de Deus é o Espírito Santo... Este é o profeta de Deus para nós hoje. O Anjo de Deus está guiando a Igreja, nós estamos nos movendo com a Coluna de Fogo... Porque... O que é isto? É a caminhada de Israel debaixo do Pilar de Fogo. De noite Coluna de fogo, durante o dia uma Coluna de nuvem, e eles foram guiados assim. Então, a mesma coisa hoje, olhe: Nós estamos nos movendo com a Coluna de Fogo na Glória de Deus, juntamente sentados em lugares celestiais em Cristo Jesus. Agora somos filhos de Deus.

64-      O importante é que ele citou aqui as Escrituras encaixando com este pensamento de estar sendo guiado pelo Pilar de Fogo. Veja, observe isto aqui: Nós estamos nos movendo com a Coluna de Fogo na Glória de Deus, juntamente sentados em lugares celestiais em Cristo Jesus. Agora somos filhos de Deus. Isto, ele está citando Paulo agora. Somente os filhos de Deus podem ser guiados por Deus; somente os filhos de Deus podem receber a liderança da Coluna de Fogo; somente os filhos de Deus podem receber o toque do Espírito Santo, pois o toque do Espírito Santo pode não ser muito suave, viu? O toque do Espírito Santo pode ser pra te levar à cruz, pode ser pra te levar ao matadouro, pode ser pra te levar para a vergonha, para o escárnio, para a perseguição. Então, isto é somente para filhos obedientes. Filhos obedientes, pessoas que querem obedecer, pois aqueles que não são filhos, não são guiados, eles não querem receber a liderança, eles querem liderar a si mesmos.

65-      Então, continuando: Agora somos filhos de Deus, e a grande revelação da Palavra, o Espírito Santo, penetrando nos corações e tirando as árvores de salvação; uma vida pia... E o que é uma vida pia? Ele continua dizendo: amor... Amor. Observe até que ponto você está disposto a amar. Se você não tiver capacidade de amar o maior dos seus inimigos, você não pode ostentar o nome de cristão; se você não poder amar aqueles que te maltratam, que te perseguem, que se possível te matariam, se você não poder amá-los, então, como pode você dizer que ama a Deus? Como pode você dizer que cumpre a Palavra, se Jesus disse: “Orais pelos que vos maltratam, amai os vossos inimigos”? Disse: “Vocês sabem o que foi dito aos antigos: amai aos vossos amigos, e aborrecei aos vossos inimigos; eu, porém, vos digo, amai aos vossos inimigos”. Isto é mandamento! Então, disso se trata o amor: gozo, paz, sofrimento, bondade, mansidão, paciência; tudo isso são para aqueles que são filhos de Deus e que têm recebido o direcionamento do Pilar de Fogo, aqueles que têm a Palavra diante de si e que sabem que o Espírito Santo é o Profeta.

66-      Você sabe que, não havendo profecia, o povo se corrompe, por isso o próprio Deus é quem assegura, para que Sua Igreja não seja corrompida. Por isso foi predito que viria uma Era Efesiana e que a Noiva que viveria nesse tempo estava ordenada para não cair. Por que não cai? Porque o próprio Deus vem para sustentar e assegurar isso, que essa Igreja do último dia não caia. [a congregação diz: “Amém” – Ed.] Então, Ele mesmo vem, O Profeta, o próprio Deus vem para que você não se corrompa com as coisas dessa vida, com as coisas do mundo.

67-      Pois bem. Para que vocês compreendam que o profeta do Senhor, até encerrar seu ministério, estava cumprindo o seu papel, apontando o próximo que viria, eu quero ler para vocês o que está na mensagem “Os Ungidos Dos Últimos Dias”, página 25, parágrafo 100, ele continua: O Espírito Santo é o Profeta dessa hora. Já não seria mais da Era de Laodicéia, pois para a Era de Laodicéia nós tínhamos o que? Nós tínhamos o sétimo anjo, nós tínhamos um homem com um ministério tirando o povo da denominação, mas encerrando-se Laodicéia, quando aqueles que pertenceriam a uma Era laodiceiana (que é chamada a Era da Noiva, a Era do olho, a Era do grão, a Era do ouro, a Era da Palavra, a Era da manifestação dos filhos de Deus para esta hora), então teríamos o próprio0 Espírito Santo na liderança... Na liderança. Ao invés de um homem ungido, é um povo ungido; isto quer dizer que, a unção que estava no homem reparte-se, vai para o meio do povo para guiar aquele povo, para introduzi-los em Si mesmo, na terra da promessa.

68-      Observem: O Espírito Santo é o Profeta dessa hora. Ele está vindicando Sua Palavra, provando-a. O Espírito Santo era o profeta... (observem isto, viu)... O Espírito Santo era o profeta na hora de Moisés, o Espírito Santo era o profeta na hora de Micaías... Isto é para que você não fique preso ao homem, ao ministério do homem, viu? Pois, quando você fica preso no ministério do homem, você fica chorando a morte de Moisés, fica implorando que aquilo volte de novo, fica querendo que o mensageiro volte outra vez, pois você está direcionado no homem, e pensa que se o homem não estiver na frente vamos morrer, vamos perecer. Então, isso é mostrado para que você entenda que é o próprio Deus que toma controle da situação.

69-      Então, não importa se Ele usa um homem ou homens... Ou homens, mas que estes homens estejam também sob a liderança, e que as pessoas reconheçam que aquela não é a liderança do homem, e o povo saberá que a liderança não é do homem se o homem mostrar unicamente a Palavra, pois é na Palavra que está o Espírito. Já aprendemos que a Palavra e o Espírito são a mesma coisa. Quando eu falo da Palavra de Deus eu não me refiro à letra das Escrituras, mas à vivificação disso em nossas vidas, como Ele prometeu fazer.

70-      ... o Espírito Santo era o profeta na hora da Moisés; o Espírito Santo era o profeta na hora de Micaías. O Espírito Santo era o profeta na hora de Moisés... (ele repetiu de novo)... O Espírito Santo foi quem escreveu a Palavra, e é Ele que vem para confirmar a Palavra. Para isso o Espírito Santo veio, para confirmar a Palavra.

71-      Bem, quando você diz que o profeta dessa hora é o Espírito Santo. E se você diz isso sem mostrar essas citações, as pessoas ficam preocupadas, e dizem: “Mas eu achava que Deus tinha levantado um profeta para esta hora”, mas quando você mostra todo esse quadro completo, então fica fácil você compreender por que o profeta tinha que sair de cena. Pois, se Deus não tivesse tirado o profeta de cena as pessoas iriam fazer a mesma coisa que fizeram na estátua de Aparecida, iam fazer a mesma coisa que fizeram com a estátua do Padre Cícero, iam raspar... iam raspar a estátua, como fazem com a estátua de Frei Damião, pois as pessoas ultrapassam a linha do entendimento e passam para a fantasia; passam para tudo quanto não presta, menos centralizar-se na Palavra. Por isso Deus faz da forma que faz. Chega em um auge, Ele tira aquele homem de cena e as pessoas ficam desprovidas de tudo. Então Ele faz as pessoas lembrarem do que ele ensinou antes, e quando as pessoas voltam a aprender o que foi falado antes, elas conhecem, então, que Deus tinha que fazer daquela forma, caso contrário elas ficariam se arrastando pelo deserto e nunca assumiria a posse.

72-      Pois bem, a última citação para vocês neste culto foi apenas faltando um mês completo para a partida do profeta de Deus. Trinta dias, aproximadamente, antes de Deus tirá-lo de cena, ele estava mostrando para nós quem assumiria.

Na mensagem “A União Invisível Da Noiva De Cristo”, ele pregou este sermão um mês antes de sua partida. Ele disse: Deixe que o Espírito Santo... (reticências)... Ele é O Profeta do dia. [a congregação diz: “Amém” – Ed.] Deixe que Ele entre em seu coração agora mesmo e examine... (quer dizer, examine seu coração, o Espírito Santo tem que fazer isto)... e examine com a Palavra de Deus, e serão anuladas todas as dúvidas com respeito a mensagem. Lembrem-se que este homem está encerrando seu ministério, faltavam trinta dias para ele sair dessa vida, e ele está dizendo que se você deixar o Espírito Santo te guiar (pois Ele é o Líder do último dia), então você verá que as dúvidas se dissiparão. Mas, enquanto as pessoas ficarem apegadas ao passado e não verem o que Deus está fazendo no presente, elas ficarão sempre: “Mas, e aquilo? E os selos? E os trovões? E o novo nome? E isto? E aquilo?” Porque elas ficarão cheias de dúvidas, pois não tem quem lhes esclareça. O profeta se foi e eles não acreditam na liderança que veio para guiar para a terra da promessa, então ficarão cheios de dúvidas, cheios de problemas.

73-      Então, observem as últimas palavras aqui: O Espírito Santo, Ele é o profeta do dia. Deixe que Ele entre em seu coração agora mesmo e examine com a Palavra de Deus, e serão anuladas todas as dúvidas com respeito a mensagem. Ele dissolve todas as dúvidas. Você encontrará que está, exatamente, na Palavra para este dia.

74-      Sabe o que é estar na Palavra do dia? É estar estabelecido em Cristo, é ter a revelação da hora, é ter o batismo do Espírito Santo, é ter a evidência do Espírito Santo, é comer na própria terra, pois isto foi o que aconteceu quando Israel assumiu a terra de Canaã. Enquanto estavam no deserto, deus enviava para ele o maná do céu, mas quando eles chegaram na terra, eles tiveram que produzir ali, se alimentarem da própria terra.

75-      Então você... Quando você chega na Rocha e se estabelece na Palavra e sabe qual é o seu propósito, acabam-se as dúvidas, acabam-se os problemas; a sua vida está além dos problemas, além das idéias, além deste mundo, além dos sentimentos; você está escondido em Cristo, a Palavra. Amém. [a congregação diz: “Amém” – Ed.] Vamos nos colocar de pé, e que o Senhor abençoe a cada um de vocês e encha com o Seu Espírito, no nome de Jesus. É a minha oração para todos nós nesta noite. Amém.

76-      Eu gostaria de cantar um hino com vocês neste final de culto. Já que estão fazendo tanto barulho lá fora, vamos apenas fazer um pouquinho de barulho aqui também.; Vamos cantar o duzentos e catorze...
D. Rosendo
*******
Digitação: Simone Helena
Revisão; D.Rosendo

AGRADECIMENTO
Por este meio agradecemos a todos os crentes que com seu tempo, esforço e doações, fizeram possível a publicação e distribuição deste material Cristão. Dando a conhecer que não é o trabalho de uma só pessoa, mas uma equipe de crentes dedicados a serviço do Deus Todo-Poderoso, e Senhor do Universo e de Seus filhos.


veja também nossas publicações na página:

Nenhum comentário:

Postar um comentário