domingo, 19 de março de 2017

deidade15


O Filho Entrega o Reino ao Pai
Deidade parte 15

Francisco Morato – SP.
15/08/2004
Ir. Rosendo




01-       Deidade parte 15; São João capítulo 8 versículo 42, está escrito assim:
Disse-lhes, pois Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas Ele me enviou. [a congregação diz: Amém!].

02- Senhor, obrigado por este momento que temos. Sabemos que é pouco tempo, mas que este pouco tempo seja bem aproveitado. Que o Pão multiplicado possa ser, oh! Deus, entregue a cada um de nós; que possa ser ministrado e que possamos nos alimentar destas Tuas Verdades para este dia. Obrigado pela revelação dos mistérios e por o Senhor ter tido misericórdia de nós, de nos alertar, de nos despertar no meio de tantos que dormem. No nome de Jesus Cristo nós te pedimos estas bênçãos. Amém, Senhor. Amém. Podeis vos assentar.

03- Você pode agora entender por que Jesus disse determinadas palavras, e porquê o mensageiro de Deus para o tempo do fim disse: “Jesus não podia, ou não pode ser Seu próprio Pai”. Ele estava combatendo a doutrina unicista. Ele disse: “vocês pentecostais (se referindo propriamente aos Pentecostais Unidos), vocês estão errados quando querem fazer de Jesus Seu próprio Pai. E vocês, trinitários, estão errados quando repartem Deus em três partes dizendo que Ele é três pessoas distintas”.

04- Em outra mensagem ele fala sobre os “dualistas” (aqueles que dizem que há duas pessoas na Divindade), ele disse: “vocês também estão errados porquê não existe duas pessoas na Divindade, não existe três pessoas na Divindade, nem quatro, nem cinco e nem seis!”.

05- Deus é Espírito, e Este Deus gerou o Seu Filho, o Unigênito do Pai, antes de qualquer outra criatura, porque este Filho (o Logos que saiu de Deus) é chamado: o princípio da criação de Deus! Ele é o princípio. Por isso que Ele diz: “Eu Sou o primeiro e o último; o princípio e o fim”.

06- Na escola dominical aprendemos aquilo quando o profeta nos ensina que a diferença entre o Pai e o Filho é esta: que o Pai não tem princípio e o Filho teve um princípio. Então se Jesus fosse o Pai (que é o Espírito Santo), Ele não diria estas palavras aqui: Disse-lhe, pois Jesus: se Deus fosse o vosso Pai, certamente vocês me amariam; pois que eu SAÍ... Sabe o que é sair? Você saiu de algum lugar, de alguma coisa; você saiu de seu carro, da sua casa, do seu trabalho...

07- Eu não sei fazer análise de palavras; que chamam “análise sintática”. Você lê uma determinada palavra, ou duas, e decifrar o que está por trás, o que aquela palavra está dizendo; que ela pode ser totalmente diferente daquilo que você está lendo. Entende? Olhe: “eu saí e vim de”; tem uma conjunção aqui. Eu saí de; Eu saí de Deus, eu vim de Deus... E Ele diz: Não vim de mim mesmo... Não vim de mim mesmo, mas Ele me enviou. (João 7:28) Você crê nisso? [a congregação diz: Amém]. É as escrituras. Então isto é para desfazer erro de interpretação.

08- Eu não vim de mim mesmo, Ele me enviou. Bem, entendemos que Deus é Espírito, e já pregamos aqui que o espírito, Ele não tem uma forma para que você o declare, como Ele é. Você sabe qual é a forma do meu espírito? Não, mas você vê este corpo onde o espírito habita. Quando Jesus foi batizado no rio Jordão, e Deus (o Pai, o que gerou) veio, Ele veio na forma corpórea de uma pomba; o problema é que este Pai, o Espírito Santo, Ele é chamado de “a primeira pessoa da santíssima trindade”, e eu não sei como eles conseguem, onde eles conseguem colocar o Espírito como uma pessoa sendo que Jesus disse: Deus é Espírito; e depois disse: apalpai-me e vedes que eu tenho carne e osso e um espírito não tem.

09- Então Deus não é uma pessoa [dentro do conceito humano sobre “pessoa”] Porquê o próprio Jesus disse: Deus é Espírito. Então se Ele é Espírito qual é a Sua forma? Os homens não conseguem imaginar, Moisés quis perguntar... Quis ver Deus; disse: “eu quero ver-te”. Foi permitido vê-lo pelas costas e era como as costas de um homem. Que é aquilo que Moisés viu? Como é Este Deus?

13-       Eu quero que você abra sua bíblia agora em Hebreus; vamos voltar a ler o livro de Hebreus novamente (eu não posso querer me apressar para entregar para vocês tudo... Passar para vocês todas as minhas anotações que eu tenho aqui; não posso estar preocupado com isto. Se eu anoto alguma coisa para um culto aquilo pode durar o mês inteiro).

14-       Hebreus capítulo 1 versículo 1 ao 9 diz: Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho. A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.” Quando se herda... Você só herda se você tem um pai. Como é que você vai herdar de quem? Do pai, da mãe? Você vai herdar de quem? Alguém teve que deixar para você. E Ele foi constituído herdeiro, porquê o Pai entregou para Ele.

15-       E veja: A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. Fez por Ele, este Filho através do qual Deus estava falando; tinha falado pelos profetas, mas agora Ele estava falando pelo Filho. Através d’Ele, por quem fez também o mundo; Deus criou o mundo através do Filho.

16-       O qual... (versículo 3) sendo o resplendor da Sua glória...A Glória de Deus; pense um pouquinho no que é a Glória de Deus. Esta Glória de Deus precisa ser vista, contemplada; mas Deus não pode ser visto. Então para que se veja a Glória de Deus tem que contemplar a face de Jesus Cristo!

17-       Veja: O qual, sendo resplendor da Sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa... Quando se fala na pessoa de Deus não está dizendo que Deus é uma pessoa [como nós, ou mesmo como Seu Filho] porquê Ele é Espírito. Uma prova cabal disso é quando você foi criado, quando o nosso primeiro antepassado foi criado. Deus criou... Ou gerou ali... Criou o homem a Sua imagem e semelhança. E como era esta imagem, era um corpo? Não, era um homem espírito, porque Deus é Espírito.

18-       Só depois que Deus colocou o homem espírito na carne. Primeiro Ele criou o homem espírito e depois Ele formou o homem do pó da terra. Mas o homem já tinha sido criado o espírito, já mostrando que Deus, Espírito, desceria até ser carne, quando se encarnasse, quando habitasse em plenitude no Filho.

19-       Onde está aí primeira e segunda pessoa? A bíblia não dá margem para isso; a Bíblia diz que Deus é Espírito e o Filho de Deus é a imagem que pode ser vista; a imagem expressa de Deus é Jesus Cristo [a congregação diz: Amém!], isto é o que os apóstolos criam.

20-       ... e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas, pela palavra do Seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas; feito tanto mais excelente do que os anjos, quando herdou mais excelente nome do que eles...

21-       ... Porque, a qual dos anjos disse jamais (preste atenção)... A qual dos anjos... Porque Elohim que criou todas as coisas, Ele é o Criador, mas a qual dos anjos Ele disse assim olhe: Tu és meu Filho, hoje te gerei? A qual dos anjos Ele disse isso? Tu és meu Filho, hoje te gerei. Paulo está perguntando: você acha que Ele disse isso pra algum anjo?

22-       E ele continua: E outra vez: Eu lhe serei por Pai, e ele me será por Filho? E outra vez quando introduz no mundo o primogênito, diz: e todos os anjos de Deus o adorem [a congregação diz: Amém!]. Só Deus pode ser adorado; Deus já quer dizer isso: objeto de adoração. *Mas depois que Ele criou todos os anjos Ele disse para os anjos: este aqui é Meu filho, adorem a Ele. Ele é quem expressa a Minha Glória, Ele é a Minha imagem porque ninguém pode me ver... Ninguém pode me ver.

[ (*) Nota...Na continuidade deste estudo em cultos posteriores nós entendemos que a adoração não é diretamente ao Filho, mas o Filho é quem levanta entre os homens a adoração para Deus Pai como Miguel fazia no princípio quando liderava a adoração dos anjos]

23-       ... E, quanto aos anjos diz (versículo 7): faz de seus anjos espíritos, e de seus ministros labaredas de fogo. Mas do Filho... Entendem que há uma diferença, que nós precisávamos ver isto? Mas do Filho diz: Ó Deus... O Filho pode ser chamada de Deus. Veja: Ó Deus, o Teu trono subsiste pelos séculos dos séculos, cetro de eqüidade é o cetro do Teu reino. Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade, por isso Deus, o teu Deus te ungiu, com óleo de alegria mais do que a teus companheiros...
24-       Olha:... Deus, o Teu Deus te ungiu... Te ungiu. Agora você diz: mas, isto tem concordância bíblica para isto? Para que você não fique só com esta escritura... A Bíblia não se contradiz, ela é uma cadeia temática perfeita.

25-       Aqui Paulo está mostrando esta diferença que há entre O que gerou e o gerado. O próprio Jesus (depois de sua ressurreição), Ele disse assim pra Maria Madalena: “não me toqueis, porque ainda não subi para meu Deus e vosso Deus, para meu Pai e vosso Pai”. Entenderam? E agora vocês estão vendo porquê aqui está dizendo, olha: por isso Deus, o teu Deus. Aí Ele diz: “o Pai é maior do que Eu”.

26-       O versículo 3 (volte um pouquinho no versículo 3): O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas, pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação de nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas.

27-       Este versículo 3 eu quero ler para vocês numa outra tradução... De manhã nós pegamos um só versículo e o lemos em cinco traduções diferentes. Nós lemos agora na tradução “Almeida – Revista e Corrigida”.

28-       Eu quero ler para vocês numa outra versão agora isto aqui; Hebreus 1:3: O Filho é o fulgor (ou o resplendor) da glória de Deus... O Filho é o resplendor da glória de Deus... Como é que você entende isto? Leve agora isto para Apocalipse, no final de tudo. O que é que diz lá no livro de Apocalipse? Você vai ver ali o trono de Deus e do Cordeiro; onde Deus ilumina através do Cordeiro, que é a Lâmpada. Você vê a lâmpada, você está vendo a lâmpada e ela está refletindo essa luz; mas você não vê a energia. Você sente o [impacto.?] quando você toca nela... Você sente o [impacto.?] de Deus balançando as cordas do teu coração te chamando ao arrependimento, te chamando para o conserto.

29-       Mas você só pode ver a Glória de Deus, a Luz de Deus olhando para a Lâmpada, que é o Cordeiro, Jesus Cristo! Estão entendendo? [a congregação diz: Amém!]. Então não venham me dizer que Deus é uma pessoa porque Ele é um Espírito. Por isso o profeta combateu a Trindade e os Unicistas!

30-       ...O Filho é o resplendor da glória de Deus, e a representação exata de Seu ser, sustentando todas as coisas por Sua Palavra poderosa (o Filho)... Por isso que toda adoração, toda honra, todo louvor é a Jesus; (Porque o Pai habita nele em plenitude.Ed.) e pra pedir alguma coisa você ora a Deus, Pai, em nome de Jesus Cristo. Isto está estabelecido nas escrituras.

31-       O mesmo versículo (versículo 3) aqui de Hebreus 1 versículo 3, eu quero agora ler para vocês estas mesmas palavras na tradução “Amplificada”. Hebreus 1:3: Ele é a expressão da glória de Deus; o Ser Luz, o resplendor do Sagrado. E Ele é a perfeita impressão, a mesma imagem da natureza de Deus; sustentando, e mantendo, e guiando, e propulsando... Sabe o que um propulsor faz? Propulsor faz com que a coisa funcione, com que o carro tome velocidade, e tudo...

32-       Olha, vou repetir:...Ele é o resplendor do Sagrado... Deus, Pai; o Filho é o resplendor do Sagrado... E Ele é a perfeita impressão... O que é uma impressão? Você põe lá e está lá impresso; que pode ser vista... A perfeita impressão e a mesma imagem da Natureza de Deus, sustentando, mantendo, guiando e propulsando o universo por Sua Palavra poderosa de poder.

33-       Por isso que Ele disse: “passa-se os céus e a terra, mas a minha Palavra permanece”; a Palavra de poder, poderosa, do Filho de Deus, a quem foi entregue todas as coisas. Eu gosto disso!

34-       E se você agregar dentro deste versículo isto aqui, olhe: Este, a quem de todas as maneiras se pareceu, Ele é o reflexo da natureza e desejo de Deus (veja). Ele pôs tudo debaixo dos pés d’Ele, e mesmo assim Ele não teve por usurpação ser igual a Deus (foi o que nós aprendemos de manhã). Sendo em forma de Deus Ele não teve por usurpação ser igual a Deus... Mas humilhando a si mesmo até a morte, e morte de cruz.

35-       E em outro versículo Paulo diz que, Ele naquela forma, quando Ele assumiu a forma humana, Ele aprendeu pelo que padeceu... Deus é Onisciente, Ele não aprende... Ele não aprende; mas o Filho de Deus que teve um princípio aprendeu! Eu mostro isto dentro das Escrituras, em muitos versículos; você pode até ficar: “não, não é possível!”

36-       No livro de Filipenses no capítulo 2 e versículo 6, nós estudamos de manhã isto em cinco traduções diferentes, cada uma esclarecendo melhor do que a outra. Diz: Quem sendo em forma de Deus (veja), não teve por usurpação ser igual a Deus... Neste caso, meus amigos, o Deus Espírito que em uma hora apareceu como homem, outra hora apareceu num Pilar de Fogo, outra hora apareceu como uma Pomba; então é um Deus que não tem forma, porque é Espírito. Mas aqui está dizendo que Ele sendo em forma de Deus; assim sendo, Deus tem uma forma! Deus tem uma forma.

Deus tem rosto - Ex 33. 20
Deus tem ouvidos - Sl 17. 6
Deus tem boca - Mq 4. 4
Deus tem pés
Deus tem mãos
Deus tem costas
Deus tem glúteos
Deus tem dedos
Deus tem cabeça
Deus tem narinas
Todos esses textos apresentam o antropomorfismo. Essa expressão significa uma figura de linguagem que apresenta Deus como se Ele tivesse formas humanas, como membros e órgãos. Há também a descrição de Deus como se tivesse sentimentos e emoções como as nossas. Todo relato bíblico sobre Deus nos faz imaginar Ele como na forma de um homem.

37-       Mas como Deus pode ter uma forma se Ele é Espírito? Um espírito não tem forma, não tem um corpo. Mas no versículo 6 de Filipenses 2 diz: “sendo em forma de Deus”, veja “Ele não teve por usurpação ser igual a Deus”.

38-       William Branham na mensagem “Quem é Este Melquisedeque?”, ele explicou para nós; ele disse: “Deus em morfe”, você agora encontra a mudança de Deus, ele golpeou a visão de... Deus; golpeou. Aí entramos na estátua de Miguelangelo: que aquele golpe foi exatamente para refletir a perfeição da imagem. O irmão Branham diz assim, olhe: “Ele mudou do que Ele era para o que Ele é, mas nunca mudou Sua Natureza” falando de Deus”.

39-       Ele mudou do que era para o que é, mas nunca mudou Sua Natureza”. Então se você quiser anotar também aí vamos ler “A Obra Prima” parágrafo 79 (pode ser o parágrafo 80 da que você tem em casa; sempre encontramos uma diferença de parágrafo, depende do ponto, onde quem traduziu colocou ali pra ajudar; explicamos isto de manhã também).

40-       O irmão Branham diz assim na mensagem “A Obra Prima”: A imagem perfeita de Deus homem (Jesus)... A imagem perfeita do Deus homem, Deus em morfe. Havia mudado do sobrenatural para visão.

41-       Sabe o que é mudar do sobrenatural para visão? É que o sobrenatural, ele não pode ser visto a menos que haja uma mudança, a menos que aquilo esteja em morfe, que golpeie tua visão. Deus precisava disto (veja); o profeta disse: em morfe, Ele havia mudado do sobrenatural para a visão, e a visão foi projetada na imagem. A planta está lá, meu amigo; o que é que se precisa? Que aquilo seja projetado. Então teus globos oculares, tua retina (é tanta peça que tem aqui no olho e eu precisava decorar pra numa hora dessas poder dizer qual é a peça exata).

42-       E ela vai lá e faz isto, olhe, uma parte sobe e a outra desce (a parte do teu olho faz isto); uma
parte desce assim olhe, e a outra sobe. E lá na frente quando elas se cruzam àquela que desceu sobe novamente e a que subiu, ela desce. Então, na verdade, ela fica assim; esses dois raios que vão aqui, e aqui eles se cruzam assim... O que desce ele sobe com a ponta da imagem. Na verdade à parte de cima do teu olho (para ficar mais claro) está olhando pra o pé, à parte de baixo está olhando pra cabeça pra poder a imagem ficar perfeita na tua frente. E se você... Se aquilo for deslocado, a parte de cima olhar em cima e a parte de baixo realmente olhar em baixo a coisa fica de cabeça para baixo, deslocado; e então tem que ter um óculos de (não sei quantos graus assim, olhe), “fundo de garrafa” para que você possa projetar a imagem na visão. Vêem? Não é tão difícil assim de entender...

43-       Olha, tinha que ser... Só um profeta pra entrar nessas coisas. Olhe:
...a imagem, a visão foi projetada na imagem (ele está explicando sobre Deus e Jesus, viu?), e a imagem foi golpeada com violência de maneira que o sobrenatural podia saborear o sentimento de morte; a Obra perfeita de Deus. Deus em Seu Filho (a Obra perfeita de Deus foi isto, que Ele vem trabalhando desde o Antigo Testamento até chegar na Obra perfeita: Cristo)... A Obra perfeita de Deus; Deus em Seu Filho vivendo, respirando, sentindo dores e cansaço...

44-       ...Todavia (diz William Branham) Ele é único, imortal e Ele não pode morrer!”. Porque se você não entender a Doutrina básica e Apostólica sobre a Deidade você leva um “coro” de qualquer trinitário. Você leva um “coro”! Paulo quando fala de Deus ele diz: Aquele que habita na Luz inacessível, o qual só Ele possui (o quê?) a imortalidade”.

45-       Deus, o Criador; Deus, Pai, só Ele possui a imortalidade! Foi o que pregou Paulo. Aqui William Branham diz, olhe: “...Deus em Seu Filho vivendo, respirando, e sentido dores e cansaço. Todavia Deus é o único imortal e Ele não pode morrer!”.

46-       Agora, Deus estava em Cristo sentindo dores, sentindo cansaço, tudo; mas na hora da morte... Na hora da morte: “Deus meu, Deus meu, por quê me desamparaste?” O profeta na mensagem “Os Dons de Deus Sempre Encontram Seus Lugares” e na mensagem que ele pregou sobre Hebreus ele disse: Deus habitou em plenitude em Jesus Cristo ali no rio Jordão quando ele foi batizado e o deixou no jardim do Getsêmani... Do Getsêmani. Ali o deixou.

47-       Na mensagem “Os Filhos de Deus Manifestos” ou “Manifestação dos Filhos de Deus” parágrafo 88, o irmão Branham pregou assim: No jardim do Getsêmani (prestem atenção) a unção o deixou; você sabe, ele tinha que morrer como um pecador. Ele morreu como um pecador, você sabe; não os Seu pecados, porém os meus e os seus”. Jesus que era o Cordeiro de Deus... Jesus, Cordeiro de Deus, morreu; Ele se fez pecado, ele não tinha pecado, mas levou sobre si os meus e os seus pecados. Mas antes d’Ele morrer, Deus, o Pai, o abandonou no jardim do Getsêmani. Por isso que na cruz ele disse: “por que me desamparaste?”.

48-       E quando eu não tinha esses parágrafos aqui (sabe), eu quando combatia os trinitários eu dizia: “bem, mas ali estava a natureza humana falando com a divina na cruz...”  Simples de mais! Simples de mais! Por quê? Pensávamos assim, não era irmão? E a maioria dos irmãos (mesmo da mensagem) pensa assim. Muitos, muitos, muitos...

49-       E o profeta disse: antes do batismo, Jesus já era um ser dual... Antes do batismo, Jesus já tinha as duas naturezas: a humana e a divina. Antes do batismo! E foi no batismo que Deus veio habitar n’Ele; “este é meu Filho amado em quem tenho o prazer a de habitar”. Foi no Jordão depois que o sacrifício foi lavado.

50-       Mas antes disso, o Logos que saiu de Deus estava em carne, porque era a Palavra de Deus encarnada. Então João diz assim: “todo aquele que não confessa que Jesus Cristo veio em carne é o anti-Cristo”. Por que Ele veio em carne? Porque Ele não era carne antes! E o que Ele era antes? Ele era a forma de Deus! Ele era a forma de Deus!

51-       Mensagem “Nascer do Sol” ... Mensagem “Nascer do Sol”, pregada em 1965, o irmão Branham diz: Quando Deus...”, não tinha tomado possessão daquilo ainda...

52-       Agora vamos para São Mateus... São Mateus capítulo 11 versículo 27 (tudo isso para que você possa entender um pouquinho a relação entre o Pai e o Filho). Mateus 11:27 está escrito assim: Todas as coisas (todas as coisas) me foram entregues por meu Pai... Então se Jesus possui alguma coisa, foi o Pai que o entregou. Se Ele herdou alguma coisa, Ele herdou do Pai; se Ele tem poder, foi o poder que o Pai lhe deu.

53-       Bem: Todas as coisas me foram entregues por meu Pai, e ninguém conhece o Filho senão o Pai, e ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar. Então, quando o Filho quis revelar foi dada para Pedro; é o Filho que quer revelar? Sim. Mas quem foi que deu a revelação para Pedro? “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”.

54-       Quando Pedro pôde entender qual era a manifestação ali que estava diante dele, o Logos que saiu de Deus, a Palavra de Deus estava materializada, e ele disse quem Jesus era, Ele disse: agora o Pai te deu a revelação, porque você conheceu o Filho. O Filho se deu a conhecer a Pedro, e quando o Filho se dá a conhecer, você conhece o Pai [a congregação diz: Amém!], porque Deus é Espírito. Quando Filipe disse: “mostra-me o Pai” ... “Então você não conhece o Filho?” Hã? “Porque o Pai é Espírito e está habitando em Mim em plenitude desde lá, olha...”. Veja que coisa!
55-       Agora vamos a mais uma escritura aqui. São Mateus capítulo 28 versículo 18 (o mesmo livro que você estava lendo). São Mateus capítulo 28 versículo 18 você agora encontra Jesus Cristo depois de ressuscitado dando ali as últimas instruções. São Mateus 28 versículo 18 diz assim: E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu a na terra. Alguém deu esse poder para Ele, não deu? E Ele diz quem foi que deu este poder, a Bíblia já diz que é desde o livro de Daniel, já estava dizendo quem daria este poder para Ele.

56-       Agora eu quero pegar aqui mais uma escritura (rapidinho). Agora no livro de São João capítulo 17. São João (antes de Atos, depois de Lucas), São João capítulo 17 versículo 1 a seguir diz assim, olhe: Jesus falou assim e, levantando seus olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a Ti... Isto é a relação entre o Pai e o Filho, porque Deus precisa daquele corpo, daquele Cordeiro, daquele Logos, da Sua Palavra manifesta; foi através d’Ele que Ele criou todas as coisas.

57-       Paulo disse lá em Hebreus: “por Ele tudo foi criado (pelo Filho)”. Veja, Deus cria através do Filho; Deus salva através do Filho; Deus te dá força, te liberta, te cura; tudo que Deus faz é através de Jesus Cristo.

58-       Veja agora:...Pai, glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a Ti; Assim como lhe deste poder sobre toda a carne... Mas escuta, não é poder sobre todas as coisas? Aí vai naquela: se todo o poder foi entregue a Jesus, Deus ficou sem nenhum poder? Hã? Você entende lendo as escrituras, como responder esta interrogação...

59-       ...Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste. Veja. Todos que Deus entregou para Jesus, aquilo que Ele disse assim, olhe: ninguém a tire da glória de meu Pai, ninguém a tira de minha mão; Eu e o Pai somos Um (porque Deus, Espírito, habitava ali naquele corpo); Eu e o Pai somos Um. Veja

60-       Então tudo é Meu, Tu me deste, e à Ele é dado o poder para dar Vida eterna (quem quiser Vida eterna, encontra esta Vida eterna com Jesus Cristo). Ele disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém VEM ao Pai senão por mim. Ele não podia dizer VAI porque o Pai estava n’Ele.

61-       Veja o versículo 4: E a vida eterna é esta (veja o que é a Vida eterna)... E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti só... Ou Jesus é a verdade? Ou muitos que se dizem seguidores da verdade estão totalmente confusos. Porque se Jesus é Deus (como querem que Ele seja Deus, o Pai), então terão que rasgar isto aqui. Porque não existem dois deuses; Deus, o Criador, Ele disse assim: “a minha glória, Eu não reparto com outro”. Por isso que não há dois deuses, ou três, ou quatro, ou cinco, ou seis; porque não pode haver dois deuses na Divindade há somente Um Deus [a congregação diz: Amém!] e Seu Filho Jesus Cristo. É o que os apóstolos ensinaram.

62-       Não... Se você disser que Jesus é o próprio Pai, se você disser que Jesus é Deus você estará tendo dois deuses. Vêem? E aí você já será o quê? Um adorador de ídolos.

63-       “Não coloque outro deus diante de mim”, não foi diante de nós. Diante de mim, não ponha outro deus diante de mim... Então o que os Apóstolos criam, o que eles defenderam o que Irineu (o dos últimos, que foi seguidor de Policarpo, Policarpo de João, e assim sucessivamente); o que eles ensinaram foi isto: Deus, o Criador, e Seu Filho Jesus Cristo através do qual Deus faz tudo. Então você agora entende mais isto.

64-       ...E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo a quem enviaste [a congregação diz: Amém!]. Poderíamos encerrar por aqui, hã? Isso é oração de Jesus pelos seus discípulos, são as palavras de Jesus; “a vida eterna é esta: que te conheçam a ti só”, isto é o Filho falando com o Pai.

65-       Agora me diga, Ele estava levantando os olhos aos céus. Agora me diga: onde estava o Pai? Estava no céu a bilhões e bilhões de anos luz de distância? Estava n’Ele! Estava n’Ele!

66-       Agora é esta condição que a Igreja precisa chegar, por isso que nós falamos de manhã que Deus no Pilar de Fogo não é diferente de Deus em Seu Filho, como não é diferente de Deus na Igreja! Isto foi explicado quando o sétimo anjo mostrou isto: Deus em Cristo, Cristo na Igreja!

67-       É apenas uma mudança, é Deus em morfe. Deus em Cristo, Cristo na Igreja; Deus no Pilar de Fogo, Deus no Filho, Deus na Igreja é a mesma coisa! É o mesmo.
68-       Vamos ver aqui. Que te conheçam a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo a quem enviaste. Como eu disse, a Igreja tem que chegar nesta mesma condição que estava Jesus aqui, olha, com os olhos levantados ao céu mas orando ao Pai que estava n’Ele. A Igreja tem que chegar nesta condição. O céu não é a centenas de anos luz, o céu tem que estar aqui, em você [a congregação diz: Amém!].

69-       O profeta, desde 1949, ele pregou a Deidade de Jesus Cristo quando ele disse: a Deidade não está no céu. E, olha, três meses (quase) antes de eu começar a pregar sobre o assunto da Deidade, nós pregamos dois cultos separadamente: “As Etapas da Deidade” (e a outra esqueço o nome agora), sobre a Deidade. Dois assuntos, aqui, antes de entrar, propriamente, no assunto da Deidade nós tivemos dois cultos introdutórios; e pensamos que o culto introdutório foi quando pregamos sobre o Logos... “Deidade 1...”. Antes daquele “Deidade 1” tem mais dois cultos sobre este assunto (a irmã está lembrada, não é irmã Marli? Está lembrada?), “As Etapas da Deidade” e eu lembrarei o outro titulo aqui... (A Deidade continua em carne. Ed.) 

70-       Mas vocês entenderam qual é o único Deus? O Pai que gerou o Seu Filho; o Pai é o único Deus verdadeiro. Aí você diz quem é o Filho? Ele é a imagem do Deus invisível, disse São Paulo na Epístola Aos Colossenses; Ele é a imagem do Deus invisível. Vêem.

71-       Eu quero chegar aqui agora a um ponto, porque precisamos fechar este assunto, pelo menos esta parte aqui; a relação entre o Pai e o Filho, e o poder foi dado; todo poder foi dado então para o Filho. E a pergunta que eu fiz antes, numa mensagem que eu preguei, dizendo, olhe, se Deus entregou todo poder para Jesus, então Deus ficou sem poder? Como é que pode?

72-       Porque eu queria dizer que Jesus era o próprio Deus Criador. Era isto que eu estava tentando mostrar para as pessoas, para vocês, para os ouvintes do rádio que Jesus é o próprio Deus Criador; mas agora lendo o que o profeta ensinou sobre isto, eu agora vejo que Deus é Criador através de Jesus Cristo. Vêem? Por quem Deus fez todas as coisas; é Hebreus 1:3. Veja que coisa!

73-       Então vamos ver agora I Pedro capítulo 3 versículo 22. I Pedro (sempre estas escrituras estiveram aqui em nossas mãos)... I Pedro (não é nada novo estes assuntos, não é nenhuma novidade)... I Pedro capítulo 3 versículo 22. A epístola de Pedro está próxima das epístolas de João, Tiago, por ali.

74-       Bem, I Pedro capítulo 3 versículo 22: O qual... Então vamos pegar um pouquinho o versículo 21 pra você entender porque aqui você pega a metade do assunto, não é?
“Que também, como uma verdadeira figura, agora vos salva (o versículo 21, capítulo 3 de I Pedro), batismo, não do despojamento da imundícia da carne, mas da indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo (aí agora o 22) o qual (quem? Jesus; Jesus Cristo)... O qual está à destra de Deus, tendo subido ao céu: havendo-se-lhe sujeitados os anjos, e as autoridades, e as potências.

75-       Lembra aquilo que Jesus falou: “É me dado todo poder nos céus e na terra”? Morou, veio e morou sobre o corpo (veja), o Espírito deixou Ele no jardim do Getsêmani e Ele tinha que morrer como homem (o Cordeiro de Deus). Recordem, amigos, Ele não tinha que fazer isto, Ele era Deus...“.

76-       E você diz: mas Ele era Deus? Sim, Jesus era Deus; o Logos que saiu de Deus. Você diz: mas você está dizendo que não! Jesus não é Deus como querem que Ele seja. Querem que Jesus seja o próprio Pai. Mas a bíblia diz como é que Jesus é Deus; Ele é Deus assim, olhe, Ele foi feito da mesma substância, com a mesma essência, com a mesma característica; é o que Paulo mostra, é o resplendor da Glória de Deus; Ele sendo em forma de Deus, mas Ele não é Deus. Ele é em forma de Deus.

77-       Recordem amigos, Ele não tinha que fazer isto. Deus ungiu esta carne o qual era carne humana. Era carne humana. E Ele não tinha... Olhe, se Ele subisse ali como Deus (Jesus), se Ele subisse ali, ao Calvário, como Deus nunca haveria morrido esse tipo de morte porquê não se pode matar Deus”.

78-       Você acha que foi Deus, o Pai que morreu na cruz pelos seus pecados? Não, aquele Cordeiro, Deus o tinha sacrificado antes da fundação do mundo em Sua mente! Se alguém teve que ser o sacrifício, alguém teve que sacrificar. É a mesma história: se há uma criação é porque tem um Criador que o criou. Se começou com uma grande explosão, alguém teve que causar aquela explosão. Vêem?

79-       Se Jesus é o Salvador... Por que Ele é o Salvador? Porque em Deus estava ser o pai, mãe, curador, salvador, tudo! Tudo estava em Deus. Todas estas essências estavam em Deus. Mas Deus é Espírito, então Ele criou para Si um corpo, uma forma. E a esta essência, ou a este Ser, ou ao Logos que saiu do Logos... Como é Logos que saiu do Logos? Porque Logos é Palavra; no princípio era a Palavra.

80-       Mas antes, antes disso, antes desse princípio a Palavra era Deus. Quando pegarmos... Quando tivermos perto de concluir este assunto da Deidade e formos realmente estudar João capítulo 1 versículo 1 você ficará surpreso com o que o apóstolo do amor estava nos ensinando ali.

81-       Se Ele subisse ali como Deus ele nunca haveria morrido... Não haveria morrido aquele tipo de morte; não se pode matar Deus”. Agora, mataram Jesus ou não mataram? Jesus morreu ou não morreu? Ele morreu, Ele foi para a sepultura; e se Deus não o tivesse ressuscitado Ele estaria lá até hoje! Procure nos apóstolos, em todas as cartas de Paulo: “Deus ressuscitou a Jesus de Nazaré” [a congregação diz: Amem!]. Vêem. Deus o ressuscitou. Aí Paulo diz assim, olhe: se o Espírito daquele que tirou... Daquele que levantou Jesus habita em voz, então voz também sereis vivificados, sereis ressuscitados. Romanos 8:11 - 11 E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.  [a congregação diz: Amem!].

82-       Deus é Vida, esta Vida Ele deu pra Jesus; Deus é Luz, esta Luz Ele colocou em Jesus; Deus é O Poderoso, este poder Ele entregou para Jesus. Aí eu vou dizer assim, olhe, depois que Ele concluiu o requisito, cumpriu a vontade do Pai, por isso que Ele disse: eu não posso fazer de mim mesmo; depois que Ele cumpriu a vontade do Pai, Ele disse: todo o poder me foi dado; Ele pôde dizer assim, olhe: o Pai teve confiança na missão que me entregou; todo poder me é dado no céu e na terra.

83-       E eu, quando preguei isto aqui há algum tempo atrás neste assunto, eu disse assim: me diga uma coisa, se todo poder foi entregue a Jesus, então Deus ficou sem poder? E eu não tinha a explicação para isto; por quê? Porque a minha idéia era apenas combater uma doutrina trinitária e esqueci que a unitária também estava errada!

84-       Simples! É apenas um ponto fora do lugar. Todo o poder me é dado nos céus e na terra, e o poder de Deus, como conseguiu ser poderoso? E o que gerou a Jesus, como fica? Ele entregou o poder para Jesus, mas Jesus sempre é abaixo Dele. Sempre é abaixo Dele. É o que está nas escrituras.

85-       Não vai dar para chegarmos na forma de Deus. Qual é a forma de Deus, desse Espírito que não tem forma? Não dá tempo porque já que entramos aqui nesta linha, nós vamos ler apenas algumas escrituras aqui dentro deste assunto, agora.

86-       Em João 8:42 Jesus disse assim, olhe (olhe, nós já lemos isto, foi a leitura principal). Se vocês é... Disse-lhe Jesus: se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amarias, pois que eu saí e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas Ele me enviou. Certo? [a congregação diz: Amem!].

87-       Então vamos pegar uma profecia do Antigo Testamento, rapidinho aqui. Em Daniel capítulo 7 versículo 14 (estas coisas eu juntei enquanto estava hoje a tarde aqui juntamente com o irmão Manoel, e salvando arquivo pela manhã, hoje a tarde me veio este assunto  e eu disse: “Puxa!”, a parte do culto da manhã que ficou para noite já não vai dar para concluir porque tem mais uma outra coisa que precisa juntar aqui com isso).

88-       Veja agora no livro de Daniel capítulo 7 versículo 14 uma profecia que tem a respeito daquele que governaria tudo. Daniel capítulo 7 versículo 14 está escrito assim... Bem, vamos começar com o 13; Daniel 7 versículo 13:
Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem: e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. Sempre é um poderoso, mas se achegando a um de poder maior.

89-       E foi-lhe dado (alguém lhe deu, ao filho do homem que foi até ao ancião de dias). E foi-lhe dado o domínio (versículo 14, né?) e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem: o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino o único que não será destruído. De quem é este reino? Não é o de Jesus Cristo? [a congregação diz: Amém!]. Mas primeiro se achegou ao ancião de dias.

90-       Isto é uma profecia; Daniel viu isto no Antigo Testamento. Então estas coisas passam para o Novo Testamento; João capítulo 13 versículo 3 (está antes da leitura do lava pés). Mateus, Marcos, Lucas e João. João capítulo 13 versículo 3, veja que escritura conhecida, mas que agora pode-se tornar novinha em folha pra você quando junta-se com outro assunto.

91-       Veja agora João 13 versículo 3: Jesus sabendo (quer dizer, Ele sabia; a questão é esta, é você saber). Jesus sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus. Amém! [a congregação diz: Amém!]. Não é uma concordância perfeita com o que lemos em João 8:42? “Eu vim de Deus e volto para Deus”? “Eu não vim de mim mesmo, o Pai me enviou”, o Espírito que o gerou o enviou. E aqui está dizendo: “Jesus sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos, todas as coisas que haviam saído de Deus e iam para Deus”.

92-       Hã? Ele sabia, não é, que estas coisas estavam acontecendo, só que isto foi antes de sua morte, mas Ele já sabia disto que o Pai tinha depositado; só que Ele não tinha tomado possessão daquilo ainda. Então você diz: e agora? Ele assumiu... Ele se tornou então um “mandão”, chefe; como é que é? Não, apenas aquilo que ele disse, olhe, assim como eu venci e me assentei com o Pai no Seu trono. Assim como eu venci e me assentei com meu Pai no Seu trono.

93-       Só aí você já vê que não são duas pessoas, não são três porque não pode sentar duas pessoas no mesmo trono senão era um no colo do outro? Mas Jesus podia sentar no trono do Pai porque o Pai é Espírito [a congregação diz: Amém!]. O Pai é Espírito e habita naquele Filho que Ele gerou. Por isso que podia ser Um só “eu e meu Pai somos Um”.

94-       Então veja agora: O qual está à destra de Deus, tendo subido ao céu, havendo-se-lhe sujeitado os anjos, e as autoridades e as potências. Ah! Ta! Preste atenção!

95-       Se “é me dado todo o poder no céu e na terra”; se Ele disse, olhe “todo poder me é dado”; se foi dito “a Ele... O seu reino não terá domínio”; “todos os anjos de Deus o adorem”, e Deus onde fica? Todo poder foi dado a Jesus Cristo, me diga qual é a relação de Deus desde que este poder foi entregue para Jesus? Como fica Deus e Jesus agora? O Pai que gerou e o Filho gerado, o princípio da criação de Deus como fica?

96-       Olhe! Este assunto é... Exatamente isto que estou vos falando, eu poderia ter falado isto quando preguei Deidade parte 4, 7..., mas eu não tinha encontrado onde estava nas escrituras ainda. Eu só sabia que estava, mas não tinha encontrado, e tem muita coisa que eu gostaria de falar agora, mas só falarei quando poder citar capítulos e versículos pra vocês. E ainda “bater a ponta do prego” com alguns parágrafos do que disse o mensageiro de Deus. Não é?

97-       Mas eu quero ler para vocês agora I aos Coríntios capítulo 15, porque se todo poder é dado a Jesus (o Filho, o Pai entrega todo o poder para ele), e me diga como fica, o Pai fica com poder a menos do que Ele? Como fica isso? Tudo já está nas escrituras gente! E se tiver alguma coisa contrária é na nossa cabeça... Mas a bíblia ela não se contradiz, a bíblia é perfeita porque é a Palavra de Deus.

98-       I aos Coríntios capítulo 15 versículo 23 diz assim: Cada um por sua ordem: Cristo às primícias, depois os que são de Cristo na sua vinda (Paulo está falando da ressurreição). Depois virá o fim quando tiver entregado o reino a Deus, Ao Pai...

99-       Você sabe por quê todo poder é dado a Jesus? Você sabe por quê Ele é possuidor de tudo, por quê tudo é entregue na mão d’Ele? É aquilo olhe: depois que Ele efetuou aquele plano, depois que Ele cumpriu aquele requisito, depois que Ele derramou seu sangue e disse “Eu os comprei de volta, eles agora estão comprados, estão redimidos” então é dito: então agora assenta-te a minha direita (veja), assenta-te a minha direita (isso quer dizer: fica aqui sobre a Glória do meu poder) como antes estavas... “Pai aquela Glória que eu tinha contigo antes da fundação do mundo”. Vêem?

100-     “Assenta-te a minha direita até que ponhas os teus inimigos debaixo dos vossos pés” Dos teus pés. Ah! Onde Jesus está? Que acontece agora? Todo poder me é dado então com o poder Ele reina, Ele domina, Ele faz de tudo, Ele acaba com Satanás, nos livra da garra do inimigo. Enquanto isto como é que Ele fica? Naquele mesmo estado que Ele estava antes: à destra do poder de Deus. “Vim de Deus e volto para Deus”; aquela Glória que Eu tinha Contigo antes... Aí por isso que Paulo, quando O encontrou, Ele estava numa Coluna de Fogo; “quem és, Senhor?”, “Eu Sou Jesus [a congregação diz: Amém!], aqui estou na mesma condição que Eu estava antes lá no Antigo Testamento, lá no Pilar de Fogo quando guiou a Israel”.
101-     Por isso William Branham disse: o Pilar de Fogo, o Anjo do Pacto, nosso Senhor Jesus Cristo, guiou a Israel pelo deserto. Mas a Coluna de Fogo não era Deus? Sim, mas onde você acha que estava o Filho? Com Deus, com o Pai; sempre esteve com o Pai, por isso que Ele disse: “Eu vim dali e volto para ali outra vez” [a congregação diz: Amém!]. Vêem?

102-     Bem, mas vamos ver agora um pouquinho mais, não é? Calma! Eu li só isto aqui e fiz um ponto e vou fazer um ponto novamente... Depois virá o fim quando tiver entregado o reino a Deus; então veja bem, tudo isto que Jesus está fazendo durante todo esse tempo é esperando esse momento, quando chegar o momento certo de todo o reino que foi colocado na Sua mão... “Todo o Poder Me é dado”, vai chegar o momento d’Ele dizer assim: “Pai, aqui está! Está tudo pronto; eu redimi, eu comprei, eu morri por eles, completei todo o plano da redenção, regi com vara de ferro, milênio, e aqui está em Tuas mãos”.

103-     Meus amigos, isso é sagrado demais! [a congregação diz: Amém!]. Isso é sagrado demais! “Aqui está o reino na Tua mão...” Agora, pense agora onde fica o pensamento unicista e o trinitário; cai por terra! Porque o sétimo anjo de Apocalipse 10:7 não poderia ter deixado uma brecha dessa, principalmente no ponto principal da doutrina. Sempre esteve nas mensagens, faltava chegar o tempo de estarmos maduros para entender isto; sempre esteve na bíblia, sempre esteve nas mensagens...

104-     Olha, virá o fim quando tiver entregado o reino a Deus (viu), ao Pai; e quando houver aniquilado todo o império... Lembram o sopro de Sua boca, que os ímpios serão cinzas debaixo de nossos pés; Apocalipse 19 que Ele vem montado num cavalo de fogo, e qual é o nome d’Ele? O Verbo de Deus [a congregação diz: Amém!], volta pra João 1:1: “no princípio era o Verbo, e o Verbo estava COM Deus”, em outras palavras: Cristo, a Palavra, estava com Deus. O nome pelo qual se chama é o Verbo de Deus porque Ele é a Palavra de Deus manifesta.

105-     Então, quando tiver vencido todo o adversário, aniquilado o inimigo, e a bíblia diz que sairá de Sua boca como uma espada afiada; com o sopro de Sua boca aniquilará todo o mal, todo maligno, aí sim, olhe: quando houver aniquilado todo império, toda potestade e força; porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de Seus pés. Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte...

106-     O último inimigo que há de ser aniquilado é a morte; o que é morte? O profeta diz assim, olhe: “morte é separação eterna de Deus;” morte não é seu pai ta velhinho lá e daqui a pouco vai embora, isso não é morte, não, ainda não. Por isso Jesus disse: não tema o que pode matar o corpo, tema o que pode matar a alma. Essa é a verdadeira morte. A morte que mata o corpo é um “enganozinho”, a morte é aquela que destroem a alma, que separa a alma de Deus; e destroem porque você pode notar que muitos em vida estão mortos, separados de Deus.

107-     Então o final, o fim da morte é quando ela vai ser pega e lançada no Lago de Fogo, ali sim, o último inimigo a ser vencido será a morte.

108-     Mas, versículo 27 para concluirmos isto aqui já. Porque todas as coisas, sujeitou debaixo de seus pés... Você tem que entender o seguinte aqui olhe, este versículo 27... Todas as coisas, sujeitou debaixo de seus pés... Está vendo um ponto, agora um ponto? Se você, ou eu entendesse um pouquinho mais da tradução da língua portuguesa, você ia perceber que nesta parte aqui olhe: todas as coisas, aí estaria um lhe”: todas as coisas lhe sujeitou debaixo de seus pés, porque Deus é quem faz isto, dá todo poder para Jesus Cristo para que Ele possa pisar por cima de todo o adversário; tem algo por trás disso aqui, tem Aquele que lhe dá esse domínio...

109-     Olhe: todas as coisas, sujeitou debaixo de seus pés; aí você diz: mas como é que você coloca um “lhe sujeitou” se não dá, por causa da continuidade do versículo: Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas (vírgula, olha pra Paulo), claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas. Tem alguém por trás ou não tem? [a congregação diz: Amém!]. Este é Deus, aquele que ele disse o único Deus; que crê que Tu é o único Deus e Jesus a quem Tu enviaste.

110-     Aqui está dizendo o seguinte assim, olhe... Este versículo 27 entende agora: todas as coisas Deus colocou debaixo dos pés de Jesus, mas quando diz que todas as coisas estão sujeitas, quer dizer, quando diz que todas as coisas Jesus tem domínio, você fique certo... Paulo diz assim, olhe: Claro está que Deus não está sujeito a Jesus; claro está que Deus não está sob os pés de Jesus.

111-     Veja agora... Leia isto aí de novo agora. Vamos ler agora com passado... Da maneira que está que agora você já entende. Vamos ler todos juntos o versículo 27, diz assim: Porque todas as coisas, sujeitou debaixo de seus pés. Mas quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua Aquele que lhe sujeitou todas as coisas. Amém? [a congregação diz: Amém!].

112-     Agora se você lê isto como lê qualquer livro, qualquer jornal, você nem se quer nota o sentido das palavras. Aqui Paulo está dizendo assim olhe: todas as coisas Jesus tem domínio, exceto de Deus, que é Seu Pai. Que Ele disse: Ele é maior do que eu... Estão entendendo agora? [a congregação diz: Amém!]. Ah! Isto fica... Isto é perfeito, a bíblia é perfeita.

113-     Então, versículo 28... Versículo 28 agora: E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas... Todas as coisas, quando estiverem sujeitas porque o último inimigo é a morte pra ser vencida; porque morte é separação eterna de Deus e a morte vai ser aniquilada e não vai ter mais como alguém se separar de Deus, então não existe mais inimigo. Vêem?

114-     Então o versículo 28 agora, cumpre-se: E, quando todas as coisas agora lhe estiverem sujeitas, então, também, o mesmo Filho... Agora quem é o Filho? Diga o nome deste Filho, quem é o Filho? [a congregação diz: Jesus Cristo.] Jesus Cristo. Veja: E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, também, o mesmo Filho se sujeitará (veja) Àquele que todas as coisas lhe sujeitou...

115-     Pare aí um pouquinho, nesta vírgula. Quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, ou seja, quando não houver mais nenhum inimigo para ser vencido, que tudo estiver estabelecido, a morte terá a sua aniquilação, tudo, Satanás, tudo; não houver nenhum mal, nenhuma maldade, nenhum germe de nenhum sentido, então o Filho, que teve domínio sobre isto, que fez todo este trabalho pelo Poder... E disse: todo poder é dado, ai Ele próprio se submete, diz: “Pai, agora está tudo em Tua mão, do jeito que Eu me entreguei em Tuas mãos lá na cruz, agora está tudo contigo; aqui estou Eu também debaixo das Tuas ordens.”

116-     O próprio Filho se sujeitará Àquele que lhe sujeitou todas as coisas. Aquele que disse: Filho, domine sobre tudo; quando Ele tiver domínio sobre tudo, ou seja, vencer o último inimigo, então Ele próprio diz: Eu concluí me trabalho e agora estou sob a Tua ordem. O nosso poderoso Jesus Cristo fará isto. Pra quê?

117-     Eu não vou terminar de ler este versículo porquê você vai ver o cumprimento dele em Apocalipse capítulo 22. Você já leu isto tantas vezes, mas eu não posso mandar vocês irem embora hoje á noite sem mostrar isso que Paulo está dizendo aqui.

118-     Vamos ver aqui Apocalipse capítulo 21, aliás, versículo 21. Apocalipse 21 versículo 21 diz assim, olhe: e as doze portas eram doze pérolas, cada uma das portas era uma pérola. E a praça da cidade de ouro puro como um vidro transparente... Veja que não têm mortos mais, não tem mais nada, não tem mais problema nenhum. Isto já é o quê? A Nova Jerusalém. Estão percebendo isto, que é a Nova Jerusalém?

119-     Versículo 22: E nela não vi templo (por que não tem templo?) porque o seu templo é o Senhor Deus Todo Poderoso e o Cordeiro [a congregação diz: Amém!]. Primeiro Deus, Deus Todo Poderoso é o templo; e o Cordeiro, veja o Cordeiro vem por último, o Filho.

120-     Agora, versículo 23: E a cidade não necessita de Sol nem de Lua para que nela resplandeçam porque a Glória de Deus a tem alumiado... Como é que a Glória de Deus alumia? Aqui olha: e o Cordeiro é a sua Lâmpada. Através do Cordeiro. Como que é isso? Simples, aquilo que eu tentei falar pra vocês desde o primeiro culto, e não conseguia. Agora você pode ver porque você leu em Coríntios lá, que o próprio Filho que é possuidor de tudo, que disse: “todo poder me é dado”, no final Ele entrega tudo ao Pai e diz: “Eu também estou agora debaixo de Suas ordens; o poder estava comigo, está tudo contigo agora e Eu também estou sujeito a Ti”.

121-     Aí acontece isto aqui olha: não precisa de templo, não precisa de luz, Deus é quem ilumina através do Cordeiro... É aquilo que falei em outro culto também, de manhã falamos nisso: está aí a lâmpada, a energia vem e a lâmpada expressa a luz que vem da energia; assim será o Deus Todo Poderoso, a Fonte de Energia do qual emana todos os dons espirituais, brilha Isto através do Cordeiro, porque o Cordeiro é a Lâmpada [a congregação diz: Amém!].

122-     Agora, antes disse que não tem templo porque o templo é o Senhor Deus Todo Poderoso. É o Cordeiro no trono com o Pilar de Fogo por cima... Oh, Deus! Eu gosto tanto disso! (choro) [a congregação diz: Louva ao Senhor!]. O Pilar de Fogo por cima, o Pilar de Fogo n’Ele. Por isso disse o Seu rosto é como o Sol que brilha, mais brilhante que o Sol; é a Glória de Deus que flui através do Cordeiro. Por que não precisa de templo? Diga-me, por quê não precisa de templo? Templo é lugar de habitação, estamos habitando aqui. Por isso que Deus no Antigo Testamento é chamado Tabernáculo, quer dizer, morada, lugar de habitação.

123-     “Não sabeis que sois templo de Deus”. O que é o templo? É o lugar onde se mora, onde se habita. Mas não precisa de templo, por quê? Porque o Deus Todo Poderoso e o Cordeiro é o nosso templo.

124-     Agora veja, se Deus agora nos pede mudança de natureza, mudança de atitude, mudança de vida para poder usar nosso corpo como um templo, como disse Paulo: não sabeis que sois templo do Espírito Santo? Deus quer fazer de mim, fazer de você agora Seu templo pra naquele dia Ele ser nosso templo! [a congregação diz: Amém!]. Você é quem vai habitar Deus! Agora Deus habita em você, agora Deus habita dentro de você, mas quando se cumprir Apocalipse capítulo 21 versículo 23... 21 ao 23, não é Deus habitando dentro de você, é você habitando dentro de Deus! [a congregação aplaude.] Para que se cumpra isso. Amém.

125-     Então você... Se cumprirá em você aquela mesma coisa que se cumpriu em Jesus. De onde você veio Jesus? “Eu vim de Deus”. Pra onde você vai? “Volto para Deus”. De onde você veio irmã Maria? Eu vim de Deus, sou um atributo de Deus. Pra onde você vai? Vou voltar pra dentro de Deus outra vez [a congregação diz: Amém!].

126-     De pé, vamos terminar as palavras de Paulo agora. Quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará Àquele que todas as coisas lhe sujeitou... Para quê meus amigos? (Por isso que não terminei o versículo naquela hora, porque agora você entende Apocalipse 21 lá). Veja aqui...

127-     Veja agora este finalzinho aqui, olha: Quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará Àquele que todas as coisas lhe sujeitou para que Deus seja Tudo em todos. [a congregação diz: Amém!]. É assim que será, Deus será Tudo em todos. Hoje, o que Deus quer é isto, que nós nos coloquemos a Sua disposição para Ele habitar em nós. Jesus Cristo veio exatamente fazer isto: reconciliar consigo o mundo, nos trazer de volta a uma condição que o Espírito Santo, a Deidade possa habitar em você. Você diz: Mas a Deidade não é Jesus? Lembre-se, o profeta disse: “Aquele corpo não era a Deidade, a Deidade estava naquele corpo” [a congregação diz: Amém!].

128-     A Deidade estava naquele corpo; Jesus veio e pagou o preço exatamente pra isso, para que você possa ser... Necessário vos é nascer de novo, para quê? Para que possamos hoje ser templo e morada da Deidade... Templo e morada do Deus Todo Poderoso. Naquele dia, Ele é que vai ser a nossa morada, é você vivendo em Deus. Aqui diz: para que Deus seja Tudo em todos. Amém [a congregação diz: Amém!].

129-     É assim que a história termina... A história terminará assim, como começou: Deus sendo Tudo em todos [a congregação diz: Amém!]. Amém.

130-     Irmãos, obrigado por hoje. Deus vos abençoe, e até a próxima sexta-feira, se o Senhor nos permitir. Deus vos abençoe.

Deidade parte 15 - “O Filho Entrega o Reino ao Pai”
Mensagem pregada no Tabernáculo Doutrina da Mensagem - Em Francisco Morato – SP –
Pregada por D. Rosendo -  no dia 15.08.2004.

Digitado por: Simone Helena

www.doutrinadamensagem.com

http://diogenestraducoes.webnode.com.br/



Nenhum comentário:

Postar um comentário