domingo, 5 de março de 2017

deidade7leevayle



]Partindo da premissa de que a compreensão daquilo que ocorreu no princípio auxilia a entender como será no fim, o Rev. Lee Vayle fará uma síntese de alguns pontos que já foram estudados nos cultos anteriores, endossando em particular os seus esclarecimentos a respeito de João 1:1 que apresenta Deus como sendo a Palavra viva manifestada por meio da criação e em especial sobre a raça humana, tendo como objetivo prover um meio para redimi-la de sua posição de decadência em meio à corrupção do mundo, até o dia em que toda a criação esteja sujeita a Deus e venha Ele a ser Tudo em todos. Deste modo, quando se conhece o princípio, conhece-se o fim. Portanto, temos que ir ao princípio para compreender como tudo começou.
Conforme esta passagem do Livro de João, antes que houvesse um princípio, a Palavra já existia. Se não tivesse existido alguém antes, não poderia ter havido um princípio. Antes de haver um produto é necessário a existência de um produtor que o faça. E este produtor não é outro senão a Palavra que é o próprio Deus, Aquele que se declarou ser o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, Aquele que começa e que termina, e todas as coisas foram feitas pela Palavra de Sua boca. Antes que houvesse a matéria ou qualquer átomo, não havia tempo e nem espaço, somente a eternidade. Até que em um dado momento, da Sua própria substância, Deus, o Espírito amoroso, formou uma Luz que veio a ser uma parte de Si mesmo. Ela foi chamada de o Filho Unigênito por ter sido gerado em uma circunstância única quando nada ainda havia sido feito até então, justamente para que o Filho se tornasse o agente da criação de Deus. Por meio do Filho todas as coisas foram criadas. Porém, a fim de dar a conhecer a supremacia de Deus, o Filho O adorou como o Seu único Deus e Pai, tornando-O assim de fato Deus, o objeto de adoração. Não há outro Deus, assim como não pode haver outro Pai. Por essa razão, enganam-se aqueles que fazem do Filho a própria Palavra, pois assim estarão criando, como disse o profeta, a fé em dois ou até mesmo três deuses, tirando de Deus a Sua glória que Lhe é única. Deus é o único a ser adorado e ninguém deve ocupar o Seu lugar. No Seu culto de adoração a Deus, como uma oferta de sacrifício, o Filho apresentou-Se a Si mesmo como um Cordeiro imolado desde antes da fundação do mundo. O Filho dirigiu e instituiu o modelo de adoração no céu, que depois mais tarde Deus ordenaria que tal modelo fosse imitado na terra com o sacrifício de um cordeiro no tabernáculo. Porém, quando os exércitos do céu foram criados, entre eles também se encontrava Lúcifer, o anjo perfeito, que antes de perverter a Palavra e de lá fosse expulso também esteve presente naquela adoração.
Porém Deus na Sua onisciência, firmou um propósito de eleger Nele uma outra ordem a ser formada na terra pelos Seus filhos e de ter com eles companheirismo. O Jardim do Éden, onde se encontrava o primeiro casal, tornou-se o Seu governo na terra. Entretanto a mulher se deixou macular com a serpente levando a raça de Deus a cair, dando origem também à raça da serpente. Apesar da miscigenação das raças, os filhos de Deus prosseguiram na terra como os portadores da semente e da vida de Deus. Deus estava preso a um juramento do qual não poderia voltar atrás. Deus estava limitado à Sua Palavra que possuía um fim definido e que não poderia ser alterado. Ele então enviou o Seu Filho Unigênito, que foi o Seu reflexo na terra a fim de redimir a raça caída, confirmando a irrevogabilidade da Sua promessa, apresentando o Filho como sacrifício perfeito e sem mácula, fazendo Dele Sumo Sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque, que não é outro senão o próprio Deus. E ao ressuscitar o Seu Filho, Deus O fez Senhor e Cristo.
Por meio de Sua intervenção Deus provou ser a Palavra viva com poder que também servirá de passaporte para a Noiva para a sua entrada no milênio. Onde Sua Palavra incorruptível estiver ali Deus se fará presente. Melquisedeque, Deus mesmo na forma do Espírito Santo, está agora entre nós. Ele tem aperfeiçoado a Noiva com a Sua Palavra e Ela O servirá como o seu único Deus e Senhor para todo sempre.
                                                                                                                         Diógenes Dornelles

Deidade – Parte 7
O Deus da Palavra Viva; Palavra Com Poder
4 de Março de 2000
Irmão Lee Vayle

Pai celestial, há muitos anos atrás um servo Seu, pregando uma vez sobre o fato de que Jesus não estava com Seus pais, e de que eles pensavam que Ele estava com eles, até que eles descobriram que Ele não estava, perguntou à congregação o que era pior, que é você pensar que Ele está com você quando Ele não está, ou quando Ele está com você e você não crê nisso?
E Senhor, hoje sabemos a resposta. Essa de que és Tu, Deus Pai, Elohim, Jeová-Elohim que estás aqui, Tu mesmo, e as pessoas não crêem nisso. Elas não querem aceitar isso. Elas tomarão todas as outras saídas, mas elas não aceitarão isso; e muitos daqueles que fazem, não ouvirão a Tua Palavra, exatamente como quando eles não ouviram há dois mil anos atrás.
Mas nós Senhor, somos aqueles que permanecem aqui sabendo que Tu estás aqui, e se Tu não estás aqui então Senhor, estamos enganados; estamos errados. Porém não podemos crer que Tu não estás aqui. Tua verdadeira glória foi fotografada por uma câmera, a glória que Te circunda, e sabemos que temos ouvido a Tua Voz, Senhor.
Tu tens falado aos nossos corações, e sabemos que Tu estás aqui. E sabemos que Tu estás aqui para glorificar o Teu Filho, de que Tu estás aqui para colocar todas as coisas debaixo de Seus pés, e que Tu estás aqui para deixar uma Noiva pronta. Tu desceste com uma Mensagem, para por a igreja em ordem, e que está em ordem. Tu estás aqui para ressuscitar o morto. Tu estás aqui para trazer um rapto. Sabemos disso, de que Tu estás aqui.
Conhecemos o Teu Nome. Sabemos Quem Tu és. Sabemos quem nós somos. Conhecemos a verdade. Conhecemos a mentira. Entendemos estas coisas, embora elas sejam mistérios que não eram conhecidos desde antes da fundação do mundo. Somos íntimos a eles. Não estamos mais por tempo algum na ignorância. Somos aqueles, Senhor, que estão vestidos com as vestiduras da Luz, porque a Noiva é gloriosa por dentro e gloriosa por fora; e ela tem sido lavada nas águas da separação, adornada com a Palavra do Deus vivo.
Cremos que isto é a verdade, Senhor. Cremos que isto é o que nos tem sido ensinado. Sabemos que isto é a verdade, porque isto tem sido vindicado. Que possamos ouvir mais da Tua verdade esta noite, conhecer a Tua Presença e conhecer a Tua personalidade, Em Nome de Jesus oramos. Amém. Podem se assentar.

1            Agora, estou um tanto indeciso, um pouco confuso aqui. Tenho um grupo de notas, e um segundo grupo de notas, e não sei se posso colocá-las juntas, mas veremos se podemos trabalhar com elas. Eu acho que seria melhor trabalhar na idéia do que eu posso ver melhor, como eu mencionei que minha visão é muito ruim neste ponto em particular, e não estou totalmente seguro sobre tudo o que pode ser feito. Uma outra coisa que eu não mencionei: não teremos um culto de Páscoa, pelo menos até onde eu sei. Eu não estarei fazendo um culto de Páscoa, sexta-feira santa, sábado e domingo. Mas eu acho que o irmão John tem planos para isto. E temos nossos cultos regulares se aproximando dia 29 e 30 de Abril, ao passo que o culto de Páscoa seria em torno do dia 23 de Abril. Assim teríamos duas comunhões em Abril para dar-nos o Dia Memorial [Festa nacional nos Estados Unidos, celebrada na última segunda-feira do mês de maio, em memória aos membros das forças armadas dos Estados Unidos que morreram na Segunda Guerra Mundial – NT.] em maio. Então temos este pensamento em mente. Coisas que estão sujeitas a mudanças só um pouquinho.
2            (...) Começaremos sobre o entendimento da Divindade. E, tentarei desenhar isto de um modo aqui que sejamos capazes de compreender isto de João 1:1. Agora, a Bíblia distintamente diz aqui: “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus e a Palavra era Deus”. Agora, se você é um trinitário é muito fácil de se ligar isto a Jesus, muito fácil para colocar isto em João 1:1 e bem abaixo da linha o que faria de você um herético e um pagão, porque de fato a verdade do assunto é: não é Jesus. Qualquer um que sabe inglês entende de qualquer modo que a Palavra e Deus estão em aposição, o que significa que eles são literalmente o mesmo. E o pequeno engano, ali dentro, como eu mostrei a você foi onde João interveio, e Paulo interveio, e a Escritura está repleta de pequenas interpolações que são meios para elucidar e ajudar você; e muitas vezes elas não te ajudam de modo algum a menos que você tire a interpolação. Então aqui diz: “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus”. Agora, porque João simplesmente não diz: “no princípio era a Palavra e a Palavra era Deus”? Porque isso é o que ele está dizendo. [Alguém na audiência diz: “Isso mesmo” – Trad.] Isso é o que ele está dizendo; ele não está dizendo alguma coisa diferente. Então a Palavra é Deus.
3            Agora, você poderia desejar conectar isso com Jesus e dizer uma porção de coisas sobre isso. Por mim está tudo bem. Não tenho nenhum problema. A coisa importante é: isto é Deus ou isto não é Deus? Agora, William Branham categoricamente disse: “Se você faz de Jesus a Palavra, você tem obtido três deuses”. Bem, na realidade, você poderia ter dois deuses ou três deuses. Você poderia ter uma dúzia de deuses. O fato de importância é: existe um Deus, Jeová-Elohim, e é a respeito disso que está sendo falado por João: “No princípio era a Palavra”.
4            Agora, quando ele diz: “no princípio era”, ele está dizendo a você que alguma coisa existia antes que houvesse um princípio. Isso é o que ele está dizendo a você. Assim, portanto, houve um princípio, uma história, na qual iremos entrar; alguma coisa havia ou não teria havido um produto. Agora, a história é um produto. Quem produz isso? Então existe um produtor antes de existir um produto. Assim, portanto, Deus está aí. E a Palavra, naturalmente, sendo uma manifestação, contendo a substância da realidade que está suposta a ser apresentada, então a realidade apresentada era Deus Ele Mesmo estando ali e depois entrado em alguma espécie de tangibilidade da qual seria necessária se houvesse alguém ali para ser tangível a isso. Em outras palavras, se eu consigo um copo d’água para alguém, seria melhor alguém receber o meu copo d’água. Certo? [A congregação diz: “Amém” – Trad.] Então estou deixando isso bem simples. Tudo bem. Lembre-se, não estou em vantagem com ninguém. Isso é apenas uma questão de querer chegar a este ponto aqui em cima. [O irmã Vayle começa a desenhar um diagrama no quadro – Ed.]
5            Alguém deveria vir aqui em cima e escrever [O irmão Lee Vayle ri – Trad.] [O irmão Vayle refere-se a ter que alcançar a parte de cima do quadro – Ed.] eu não consigo alcançar muito alto aqui, porém eu quero desenhar um círculo. Bem, isso não é um círculo. É uma elipse. E eu quero colocar aqui dentro, Espírito Santo. Agora, o que temos aqui bem no princípio, que é antes que houvesse um princípio, houve alguém ali para ter um princípio e um fim, porque Ele diz: “Eu sou o Alfa e o Ômega. Sou o iniciador. Sou o finalizador. Então é melhor você compreender tudo a Meu respeito e o que estou fazendo”.
6            Assim, tudo bem então, isto então é Deus e o Seu eterno propósito. Agora lembre-se, o Livro de Efésios, capítulo 1; este é o meu favorito. Eu nunca pude entender porque... Bem, eu entendi. Todo mundo que já foi um pregador sempre tomou o Livro de Efésios. Porém tenho sobrepujado a todos eles. Você sabe como? Porque eu ouvi a um profeta. [“Amém”] Porque eu descobri o que Efésios 1:15-17 era enquanto o restante deles não tem um indício sequer. E eu não teria conhecido exceto pelo irmão Branham. Agora, isto aqui diz referente à Efésios 1:3-6:
7            Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; como também ele – como Deus, nos elegeu em Deus Ele Mesmo antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; e nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para Si Mesmo, segundo a benevolência da sua vontade, para louvor e glória da sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado. (E assim por diante).
8            Então Isto diz a você aí que Deus tem feito um propósito, e este princípio aqui tem tudo a ver com o propósito de Deus, o começo e o fim disso. Então Ele é o Alfa e o Ômega, e isso tudo está na Bíblia. E isso começa lá atrás, e nós encontramos o rastreio no jardim do Gênesis, e abaixo, abaixo na história, até que João escreve uma Revelação onde terminamos na Nova Jerusalém, aonde como eu tenho falado a você muitas, muitas vezes como que Deus [se torna] Tudo e em todos.
9            Então, no princípio aqui, Deus é Tudo e em todos. [Ele vê tudo que está aí]. Você entende isso. Então agora, este Deus aqui definitivamente é um Deus de Amor porque Deus é Amor. Agora, aqui em cima Ele é onisciente [O Irmão Vayle está escrevendo as palavras no quadro enquanto fala – Trad.] (você não pode ver isso) e aqui em cima é onipotência. Agora... Então estamos olhando para Deus, que é Espírito.
10         Agora, a palavra “Espírito Santo” é – realmente não deveria estar ali naquele tempo, por que como que nós podemos falar de um santo sem conhecermos o maligno? Mas colocamos isto ali, porque sabemos que quando o espírito maligno apareceu, que foi um espírito criado, perfeito em todos os seus modos, bonito, e cheio de sabedoria – a mais bela criação que Deus teve, que foi Lúcifer, o filho da manhã.
Como que ele caiu? Ele caiu por perverter a Palavra.
11         E assim, portanto, entendemos, que se existe um Espírito de santidade e um espírito de impiedade, o fato real do assunto é de que o espírito ímpio era um espírito bom que perverteu a Palavra, porque ele era perfeito em todos os seus modos até que a perversão da Palavra chegou. Assim, ali realmente não deveria haver qualquer coisa sobre Espírito Santo, mas porque isso é usado ao longo de toda a Escritura, e gostamos deste jeito, deixamos isto ali. Isto deveria ser apenas Espírito “amoroso”, Espírito de amor – que é Deus; e Ele é onisciente, e Ele é onipotente. [Porém temos ambos o santo e o ímpio ou justo e injusto].
12         Tudo bem agora, queremos somente lembrar entretanto, que neste tempo em particular quando Deus era tudo por Si Mesmo, não havia ninguém em volta – nenhuma pessoa, nenhum meio, jeito e forma, ou nem mesmo um fôlego de ar. Recorde você de que o irmão Branham levou isso um pouquinho para trás. Ele disse que não havia um fôlego de ar, e então ele diz: “um átomo”, e isso é exatamente correto. Você tem, bem, até mesmo o átomo; existe algo mais além do átomo. Os cientistas apenas nos dizem que se você olha para o átomo, o interior é um universo de aproximadamente trilhões de milhas de espaço. E ainda assim, eles falam acerca de microsegundos, que é um bilionésimo de um segundo. Oh Senhor, que coisa, isso simplesmente me faz [sair de minha mente]. Porém a idéia é, obter a realidade da vastidão de Deus, Seu universo, mesmo no minuto. Nunca se concebe a vastidão inexplicável disso. Assim, antes que houvesse um átomo, e o átomo se rompesse em – o quê? – íons e partículas e... O que existem? Quarks e não são quark. Eu não sei. [Risos – Trad.].
13         Tudo bem, antes que houvesse qualquer coisa, fora dali, o irmão Branham disse: “Formou uma luz”, e isto agora, é o Filho de Deus. Agora, aqui em cima, (Você tem que trabalhar um tanto comigo) eu escreverei Deidade. Deidade é Divindade. Um. Aqui embaixo, SEM Deidade [Estas palavras estão sendo escritas no quadro – Ed.] Hã? Vê? Sempre lembre-se disse. Vê? Estamos falando de João 1:1. O irmão Branham disse: “Jesus não é a Deidade”. E ele nos deu a revelação de como Aquele veio aqui.
14         Certo, vamos descer aqui um pouco mais. Isto na verdade é uma espécie de número dois aqui, e vamos aqui em cima para três, e desenhamos outra elipse, e temos o Espírito Santo. Bem, é melhor eu somente fazer como este aqui. E, temos a onisciência, temos a onipotência e temos o amor. Vê? Isto vem assim aqui. Agora, isso é muito bom, mas queremos fazer alguma outra coisa aqui agora, para deixar isto moldado... (tenho várias cores; talvez, talvez não).
15         Então agora, temos aqui o Deus de fato. Agora, essa é a primeira vez que temos Deus pela simples razão de que Deus é um objeto de adoração, e Ele não é um objeto de adoração até que o Filho entre em cena, e por meio do Filho temos a criação. Agora, neste tempo em particular, até mesmo antes, eu creio, nada havia a se fazer com as massas da terra e tudo mais, e é totalmente possível que tivemos aqui dentro todos estes seres espirituais, dos quais Lúcifer era um deles sem dúvida, e todos os arcanjos e querubins e o grupo todo que estava ali dentro.
16         Agora, ao mesmo tempo, temos que trazer isso aqui para baixo para onde vemos o Filho novamente, porque o Filho está aqui conduzindo na adoração, e naturalmente, aqui está Miguel. Agora, Ele é tomado da forma de um arcanjo, e aqui em cima ali está Satanás com ele, e todos esses outros seres ali dentro.
17         Então agora temos absolutamente Deus. E existe somente um Deus. Não existe ninguém além Dele. Não existe outro de nenhum modo, meio e forma. E assim, poderíamos ter aqui, isto poderia vir como, este grupo aqui vindo aqui embaixo. Em outras palavras, estamos olhando para o início da cronologia, um, dois, três. Eu acho que eu não me preocuparei em fazer aquele número quatro. Eu apenas produzirei aquela idéia de que tudo isto agora, vai em direção a Deus.
18         Então agora temos aqui o Deus Todo-Poderoso que é o Espírito Santo, Deus de Amor, onisciente, onipotente. Ele tem este Filho. O Filho, e em volta faz toda esta criação aqui, e Ele coloca a forma em ordem na adoração no Céu, que naturalmente, é o plano de governo de Deus na Terra: “Venha o Teu Reino, seja feito a Tua vontade assim na terra como no céu”. E lembre-se, Deus disse a Moisés: “Veja para que faças todas as coisas conforme o modelo que Eu te mostrei no monte”. [ Êxodo 25:40 – NT.].
19         E, assim, aí está aqui em cima, aí está certamente aquela grande área de adoração, e você também deve entender, que quando você vai ao Livro de Apocalipse os quatro e os vinte anciãos, você vê as quarto bestas, você vê os arcanjos, os querubins, e todas essas coisas, você os vê adorando a Deus, dia e noite, lançando suas coroas ao chão sobre todas aquelas várias coisas; você vê no Livro de Apocalipse. Então, tudo bem, temos a instituição da adoração aqui em cima.
20         Agora a próxima coisa que temos, chegamos um pouco mais abaixo, e fazemos outro, (...) que estamos descendo aqui agora, e encontramos Deus aqui, e encontramos o Filho de Deus.
E neste tempo, Deus diz: “Façamos o homem à nossa imagem”. [Gênesis 1:26 – NT.] Então, tudo bem, teremos Adão e Eva aqui dentro, e em Adão e Eva, descobrimos que estamos obtendo uma outra ordem. E esta ordem é uma ordem dos filhos de Deus, que agora começarão a reconhecê-Lo como Pai, mesmo quando Ele se tornou o Pai quando o Filho apareceu. Vê? Então poderíamos colocar isto aqui embaixo, na verdade, Pai. Ele é um Pai. E então Ele é Deus e Pai.
21         E, lembre-se, Paulo diz: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”. E existe uma grande ênfase, e você descobrirá que em nenhuma ocasião Paulo Lhe chamou “Bendito seja o Pai e Deus”. Não há meio, de modo nenhum, de modo nenhum, que Deus alguma vez desistisse da Sua Divindade a fim de ser um Pai. Como disse o irmão Branham, e eu sei de outros que tem verdadeiramente dito: “Deus não é um grande velho vovô caduco em quem você possa se impor sobre Ele”. Sua vontade e Sua Palavra são para os Seus filhos, e esta Palavra é simplesmente tão inflexível quanto Deus Mesmo. Assim, lembre-se, é sempre “Deus e Pai”.
22         E Deus é objeto de adoração. E sendo, portanto, objeto de adoração, não existe pai, não existe mãe, não existe irmão, não existe irmã, não existe sacerdote, não existe pregador, não existe mestre, não existe coisa alguma – [absolutamente] ninguém em parte alguma que assuma o lugar de Deus. É por essa razão que Ele disse: “Não chame a nenhum homem na terra de seu pai, porque você tem obtido um no Céu”. [Mateus 23:9 – NT.] Isto é Deus Ele Mesmo. E Ele está dizendo a você bem ali, porque é Deus o Pai, ou Deus que é o Pai, e somente Deus pode ser adorado. Você dever ser cuidadoso para que a sua fidelidade seja dada a Deus. E, como o homem disse: “Eu quero ficar e enterrar o meu pai”. Ele disse: “Deixe os mortos enterrar os mortos”. [Mateus 8:21-22 – NT.] Aquilo tomou conta disso. A fidelidade é indiscutivelmente para Deus primeiro.
23         Agora aqui em cima no Éden descobrimos que Deus desceu, e houve companheirismo. Agora, na calada da noite, Deus desceu. [Em uma daquelas ocasiões Deus disse:] “Façamos o homem à nossa imagem”, e temos Adão e Eva, e agora temos um companheirismo iniciado na terra, [onde] o Éden era o governo de Deus. Aqui embaixo, isto é, o escritório central, [você poderia dizer;] o governo de Deus na terra. [O irmão Vayle está escrevendo isso no quadro – NT.].
24         Assim, agora neste ponto então, estamos [visualizando] o que estava aqui em cima no céu, que é como uma hierarquia, um governo, um povo que tem como sua cabeça o Deus Todo-Poderoso. Agora aqui embaixo, estamos na verdade começando exatamente a mesma coisa, o qual deveria nos dar um governo na Terra, que era o governo do Próprio Deus. Agora sabemos, é claro, que isto caiu completamente.
Então agora podemos descer aqui para enumerar cinco, e temos nossa elipse novamente, e temos o Deus Todo-Poderoso. Agora aqui, não nos preocupamos com o Filho de Deus. Estamos somente chegando aqui atrás a Deus Ele Mesmo, como que Deus está descendo através das raças, ou do povo na Terra para estabelecer o Seu governo.
25         Agora, neste tempo em particular, sabemos que alguma coisa aconteceu no Jardim do Éden, onde a Bíblia nos conta, em Ezequiel 28:13, onde a Bíblia fala da serpente: “Tu estavas no Éden, o Jardim de Deus”. E ele estava no santo monte. Ele estava em vários lugares. Ele estava lá e permitido a ter a sua liberdade. E neste tempo em particular, porque Satanás entra em cena, nós agora começamos a ter uma linha vindo de Deus e através de Adão e Eva aqui dentro. Isso não foi por meio de Adão, isso foi por meio de Eva, porque Eva foi quem permitiu a si mesma ser maculada, que é a raça humana, assim chamada, e isto seria a raça humana. Na verdade, isso era para ser a raça de Deus, os filhos de Deus, nesta área em particular.
26         Agora, iremos por isto... descendo aqui é a linha adâmica. Agora lembre-se, Eva foi a mãe de todo o vivente. [“Isso mesmo”] Uma mãe, Eva, aqui dentro. Todos os filhos de Adão e aqui em cima temos a raça da serpente.
Agora finalmente, após um período de tempo chegamos a um monturo. Agora, este é o seu quadro de como tudo tem chegado à existência. E agora, ainda que anteriormente, antes de você chegar a Gênesis capítulo 6 e você compreender a completa deterioração, onde os filhos de Deus olharam para as filhas dos homens, porque elas eram bonitas, e eles se misturaram, e com isso, ali se tornaram um monturo. E brevemente depois disso, você encontra a história de Abraão: “Eu te escolhi dentre todas as nações, para que a semente possa ser abençoada em ti”. [Gênesis 22:17-18 – NT.].
27         Agora lembre-se, o macho é o portador da semente. E isto é algo que temos ensinado aqui do irmão Branham e as pessoas simplesmente não querem acreditar. O irmão Branham disse: “Nós estávamos em Deus”. Isso é absolutamente a Escritura, cem por cento. “Nós estávamos em Jesus Cristo”, isso é cem por cento Escriturístico, cem por cento. Deus descendo através do Filho.
28         E agora formando Adão, Deus soprou em Adão o fôlego de vida e o irmão Branham categoricamente disse: “Isso não foi um sopro, isso foi o Espírito Santo”. E naquele tempo, [Ele soprou em] Adão o fôlego de vida, e Adão se tornou o autor das vidas. Ele soprou nele o fôlego de vida, e a vida é a alma que veio de Deus; e portanto, o macho é o portador daquilo que veio de Deus, porque esta é a semente de Deus.
29         Agora, eu entendo que as pessoas não querem acreditar nisso. E todavia, se você não crer nisso, você não pode crer na Bíblia porque isso é a Bíblia. E semente é a questão. Paulo disse: “Porque você é semente, Deus envia adiante o Espírito Santo dentro de seu coração”. [Gálatas 4:6 – NT.] Ele não disse: “Você se torna semente, e então Deus diz: ‘Eu darei a você o Espírito Santo’”. É porque você é semente. [“Amém”] É a ovelha que ouve a voz; são aqueles que estavam Nele.
30         Agora, como que você pode estar em alguém a menos que você estivesse Nele? Agora ouça, o irmão Branham disse: “Você estava em seu pai e ele desejou ter companheirismo com você mas ele não podia...” e ele deu o caso de Levi estando nos lombos de Abraão, o ta-ta-ta-taravô, que ele era. Agora, se você estava em Deus, e ainda assim em seu pai, então o macho tem que ser o portador da vida de Deus [exatamente], queira você crer nisso ou não.
31         Agora, você pode fazer o que você quiser com isso. Mas eu lhe direi uma coisa: olhe para esta gravura na parede, onde o quadro da glória Shekinah foi captada por uma câmera, respondendo de volta a tudo que o irmão Branham ensinava. [“Aleluia”] Agora você encontra alguém mais que pode fazer isto. Veja, é por esta razão que eu creio em Deuteronômio 18. E eu darei um passo adiante. Eu vou a Números 12, onde Deus disse: “Quando eu lido com um profeta, Eu lidarei em visões e em sonhos, mas com Meu profeta Moisés não é assim. Eu falarei com ele até mesmo aparentemente”. [Números 12:6-8 – NT.] Que significa face a face. “Eu verei a ele e ele verá a Mim. E nós trataremos de negócios”. E o irmão Branham colocou-se a si mesmo com Moisés e com Paulo. Vê? É por esta razão que estou desejando morrer pelo homem. Por que eu não morreria? Eu poderia morrer por Jesus. Porque estamos olhando para a verdade; não estamos olhando para “quem sabe”. É por esta razão que somos permanecedores com a Palavra.
32         Então agora, estou mostrando a você aqui que isto aconteceu lá atrás em Gênesis, embora em Gênesis 1 encontremos o fato de Deus introduzindo o Seu Nome no registro. “No princípio, Deus”, e o irmão Branham diz que é Elohim, o Ser auto-existente, o único Ser naquele tempo em particular. Então o que estamos fazendo, entretanto, é trazer a você isso bem mais adiante, e então levaremos você de volta e introduziremos você para a verdadeira revelação de Deus que Ele deu ao povo.
33         Agora, a revelação começou aqui, porque Ele conversou com Adão e Eva. Porém é uma revelação progressiva como é requerida, porque quando você lida com Elohim, embora seja Elohim-Jeová, Ele não é conhecido pelos vários títulos do complexo-Jeová, dos quais existem nove, até que seja necessário para o tempo, de modo que as pessoas saberão que Ele está lidando com elas no nível que é especificado pela condição em que elas estão. Na condição em que Adão e Eva estavam, eles não precisavam ir além de Elohim, o Ser auto-existente, Aquele Grande com grande poder, o Criador, eles nunca foram além disso. Vê? Mais tarde aqui embaixo descobrimos mais.
34         Porém agora eu levarei você de volta a esta área bem aqui. E esta área, onde Deus revelou-Se a Si Mesmo, é a palavra “El”, e você pode ver que... porque motivo os aviões de Israel e diferentes companhias gostam de ir para o complexo-El. Temos El, temos Elá, e temos El-Elá, e temos Elohim. Agora, todos aqueles são nomes realmente. O nome que o irmão Branham preferia, e isso é através da Escritura por si mesma, da maneira como você entra nela, é Elohim – porque Elohim abraça tudo isso.
35         Agora, enquanto olhamos para isto, descobrimos que Deus é definido [O irmão Vayle escreve no quadro – Trad.]. Então aqui está Ele, bem aqui. Deus está definido, basicamente. Deus está definido. Este é o Seu absoluto original. Não nos interessa qualquer coisa sobre qualquer coisa que segue neste ponto em particular. Tudo que queremos saber é qual é o nome original de Deus, ou Deus definido pelas pessoas para que elas possam ter algo para se sustentar.
36         Então, tudo bem, este é El, Elá, El-Elá, ou Elohim, e isso desce para este como aquele favorito, Elohim. Agora, o que tudo isso significa? De fato, o significado básico, como temos observado vez após vez, é de que este Ser aqui em cima, o Espírito Santo, Deus, onisciente, onipotente, Ser de Amor, literalmente traduziu para as pessoas de modo que você pudesse conhecê-Lo de uma maneira que você está suposto a conhecê-Lo, porque, depois de tudo, Deus concedeu a estas pessoas, Adão e Eva, a linguagem. Ele é Aquele que as confundiu na Torre de Babel, não disse o que o diabo disse. Deus lhes deu as línguas. Deus é o autor da linguagem, porque Ele é o autor de todo o conhecimento. Ele é onisciente. Ele poderia falar um milhão de línguas ou criar cinco trilhões de línguas ou mais, e isso não seria incômodo. Deus lida com tudo na terra.
37         Assim, portanto, enquanto estamos olhando para este grande Espírito Amoroso que é onisciente e onipotente, descobrimos que isso é muito bom. O que Ele está nos dizendo sobre Si Mesmo? Bem, em Elohim Ele é o Ser auto-existente. Isso é muito bom, mas o que mais há sobre isto? Bem, o que existe mais é: Ele é O forte. Que é onipotência, O forte, (Agora note: é um, não vários) O forte preso – preso a um juramento.
38         Agora, se você realmente quer saber sobre Deus, você tem que ir de volta ao princípio. Por quê? Porque do princípio virá cada coisa singular que você necessitará saber, ou saberá ou jamais saberá. Você deve começar com isso. [Isso é tão necessário], porque, “Eu sou o Senhor, Eu não mudo; vós filhos de Jacó não sereis consumidos”. [Malaquias 3:6 – NT.] Agora, você quer ficar consumido, ou você quer ser capaz de permanecer?
39         Está ficando quente aqui, (...) mas eu quero que você fique bem acordado, porque eu não intenciono examinar a Divindade muitas vezes mais. Eu quero encerrar isso, e amanhã você pode trazer suas perguntas aproveitando que estou aqui, porque tenho alterado minhas notas ao redor para tentar conseguir esta coisa elaborada, por isso eu quero usar o quadro esta noite, porque haverá mais pessoas aqui esta noite do que haverá amanhã. Disso eu estou bem certo.
40         Então tudo bem, estamos olhando para Aquele forte que é onipotente ou onipotência em si. E você sabe, a Bíblia está repleta disso. E você sabe que até mesmo o próprio Jesus disse: “Todo o poder no céu e na terra Me é dado”. [Mateus 28:18 – NT.] Ele nunca disse que Ele tinha isso. Ele disse que é “DADO a Mim”. [“Amém”] Então se é DADO a Ele, isso significa que alguém está de pé atrás Dele. [“Amém”] E isso está ao longo de toda a Escritura. Eu quero dizer isso. Eu posso citar para você e ir para um sermão inteiro sobre isto.
41         Tudo bem, a próxima coisa é: Ele está preso a um juramento. Agora vem a pergunta: seja quem for para quem Ele fala e o que Ele apresenta ou declara, estaria absolutamente envolvido nisto. Porque quando você lida com um juramento, você está jurando algo. E jurando algo significa que não existe saída. Isto é absoltamente a verdade; absolutamente é o que está para acontecer; absolutamente o que aconteceu; absolutamente o que acontecerá; a quem isso ocorrerá; sob que condições isso acontece. Em outras palavras, você vê um completo retrato aqui da soberania. Aquele que é capaz de fazer todas as coisas de acordo com a Sua Própria intrinsicalidade, o que significa que a onipotência é equilibrada pela onisciência, e que não somente inclui conhecimento mas inclui sabedoria. Não somente isto, mas como; não somente quando, mas onde; não somente por que, mas o que resultará ser. De onde isso nasce?
42         Então quando você começa a falar sobre o grande Espírito de amor, e você vê que Ele é onipotente, e Ele é onisciente, você não pode simplesmente dizer: “Bem, eu acreditarei no poder de Deus, aleluia. Isso é Deus”. você está errado. E você diz: “Bem, eu creio na Palavra de Deus, aleluia”. Ainda assim você está errado, porque você tem que crer em ambos. E você tem que crer na natureza Daquele que está exercendo o poder e estabelecendo o palco e produzindo o produto e que é o Deus de amor.
43         Assim, portanto, descobrimos que Deus está preso à Sua Própria Divindade, que, embora Ele tenha todo o poder, Ele não pode simplesmente fazer qualquer coisa. E Ele simplesmente não fará qualquer coisa. Tudo que Ele faz é absolutamente perfeito, e não importa o que alguém faça com o que Deus faz ou tem feito ou fará, sairá cem por cento perfeito. Isto é, esta Palavra não retornará a Ele vazia, mas voltará cem por cento da maneira que Ele A deu, e até mesmo multiplicada, se Ele A quer multiplicada. [“Aleluia”, “Amém”].
44         Então agora, você vê aqui, que você tem o amor perfeito, este Espírito amoroso, e você tem dois braços fortes da onisciência e onipotência e Ele está preso a um juramento. Agora vem a pergunta: para quem Deus está jurando? Por que Ele está jurando? Nós não temos que responder a todas as perguntas, porém isto começa a fazer sua mente penetrar e entender que Deus está jurando a respeito de algo para alguém referente a Si Mesmo e o que Ele está fazendo.
45         Deste modo agora vemos aqui então que este Ser Forte Preso a Um Juramento é Aquele auto-existente, Elohim, e temos agora um entendimento melhor e uma revelação de Deus, porque estamos agora colocando junto exatamente quem Elohim é. Ele é El; Ele é Elá; Ele é El-Elá; Ele é Elohim; Aquele auto-existente, um Espírito de amor, uma fonte de amor, onipotente e onisciente. E a onipotência e a onisciência chegam cem por cento junto.
46         Então você não pode ir a Deus e pedir a Deus, e dizer: “Senhor, conforme a Tua Palavra, eu quero isto”, se isto não está nisso. [“Isso mesmo”] Agora você diz: “Como que eu poderia enganar este irmão?” Da mesma maneira que Satanás o enganou. Ele perverteu isto! Você acha que você não poderia perverter a Palavra? Não seja ridículo. Você faz isso a toda hora – mil vezes ao dia como qualquer outro faz. É por essa razão que a doutrina tem que ser perfeita. [“Isso mesmo”] Você não pode adorar a Deus aparte da doutrina. Jesus mesmo disse: “Em vão eles Me adoram, tendo por doutrina as tradições dos homens”. [Mateus 15:9 – NT.] Você tem que ter a Palavra revelada de Deus; você tem que saber exatamente o que Deus diz, e como Ele diz isto e porque Ele diz isto. E o irmão Branham categoricamente disse: “Ninguém ora pelo enfermo, e ninguém fica curado”. Há mistérios aqui dentro que eu não pretendo entender, mas estou apenas lhe dizendo isto, que temos que chegar ao ponto, primeiro de tudo, do entendimento de que o que quer que Deus faz, Deus faz Isto de acordo com a Sua Própria Divindade, que é o quê? Onisciência.
47         Agora, “O Forte Preso a Um Juramento”. Isto significa que Deus Mesmo está limitado. Deus Mesmo está definido. As pessoas pensam que Deus não é limitado. Eu sei que a Escritura diz: “O que pode Te conter, ó Senhor? Pode este templo Te conter? Por que os céus não podem conter a Ti”. [2 Crônicas 6:18 – NT.] O que isto significa? Que Deus está aqui fora como um enorme pedaço de alguma coisa? [Não assim]. Ele está apenas dizendo: “Senhor, Tu és onipotente”. Em outras palavras, tudo está presente a Deus.  Não existe nada que não esteja. Ele lida com cada coisa singular. Ele conhece nossas lágrimas; Ele conhece o número de fios de cabelos que temos. Não há nada que Ele não saiba sobre nós. Ele conhece o nosso coração completamente. Vê?
48         Deste modo aqui está então para o que estamos olhando: O forte, onipotente (Isso é Escriturístico) preso a um juramento. O que é um juramento? É um grupo de palavras significando uma intenção. Todavia esta Bíblia, na verdade, é um livro inteiro de intenções. Esta Bíblia é o Juramento de Deus. Deus está preso a esta Bíblia. O que não está nesta Bíblia, Deus não está preso a isto. Então de onde saem os católicos com seu purgatório? De onde eles tiram isso de eleição de um Papa – Vigário de Cristo?
49         Você tem dado ouvidos aos políticos recentemente? Eu espero que você não tenha. [Risos – Trad.] Eles estão tentando tornar isso religioso agora. Vocês conhecem Bob Jones... grande fanático. Eu fiquei doente do meu estômago depois do que ele se referiu sobre o que é a Palavra de Deus. Ele na verdade nunca teve a Palavra de Deus em primeiro lugar. Quando os protestantes chamam os católicos de “negro”, você sabe, espiritualmente falando, é melhor o protestante olhar para o seu coração e verificar que os católicos estão inteiramente em muito mais vantagem em sua incredulidade do que os protestantes estão, porque eles estão em um milhão de direções. [“Isso mesmo”] Onde os católicos possuem dois ou três ramos, os protestantes tem cerca de mil e cem ou dois mil deles. Eu teria mais prazer em ver um bom católico entrar do que quase qualquer protestante. Posso lhe dizer isso porque é um fato.
50         Preso a um juramento, onisciência. Ele teria que saber tudo, se Ele Se prendeu a um juramento. Se Ele não soubesse o passado, o presente, o futuro, todo o conhecimento, como que você gostaria de ter um conhecimento do presente e do futuro e descer e comprar alguma ação? Oh, oh, oh! Sejam bilionários sentados aqui (...) [Risos – Trad.].
51         Tudo bem, então temos Elohim aqui. Agora, se não entendemos isto, então somente podemos entender Deus segundo a natureza. E se você entende Deus segundo a natureza, você pode acabar adorando as criaturas. Agora, os hindus dirão a você que eles não adoram a vaca, porém eles dizem que é um animal tão maravilhoso, que a vaca dá leite, a vaca dá (você sabe) tortas para secar para depois fazer o seu fogo, e a vaca dá urina porque isto e isto e leite e todas essas gulodices e queijo e coisas. Então eles tocam a vaca e isso é... Por favor, isso é adorar a criatura. Você tem que conhecer Deus através da revelação.
52         Agora, a respeito do que eu estou falando, e o que estou tentando mostrar a você é que aqui está a definição original da Divindade. Correto? [“Amém”] Então se Deus não muda, por que as pessoas estão mudando isso? Digo isso porque eu quero saber. Por que eles não conseguem ver que João 1:1 é Deus, Jeová-Elohim Ele Mesmo? Certo, você está comigo?
53         Tudo bem, vamos mais adiante. O auto-existente, O forte, que está preso a Sua Própria Palavra. Isso é o que havia quando ocorreu um princípio. Este é o número um, Deus e Deus sozinho; portanto, de modo algum pode João 1:1 ser qualquer coisa senão o número um no nosso gráfico [ O esboço no quadro – Ed.]. O Forte Preso a Um Juramento, porque Ele não pode mudar. [“Isso mesmo”] O irmão Branham disse: “Ele não pode ter outro pensamento”. Ele não pode mudar Sua opinião. De modo algum. Ele é imutável. O Forte que está Preso a Um Juramento. A onipotência presa pela direção da Palavra. Se Ele está preso a um juramento a Palavra está dirigida. Você entende o que estou dizendo? Está dirigida; Ela é para um determinado fim definitivo que não pode ser mudado, porque Ela está presa. Certo.
54         A Palavra onipotente, então, é Deus. Agita-o diretamente para baixo: A Palavra onipotente é Deus. Olhe para isto. A Palavra tem que ser onipotente. Você não tem apenas uma palavra e diz: “Certo, isso está preso a um juramento”. Esta Palavra tem que ser endossada, assim a onipotência e o juramento seguem juntos. A onipotência e a Palavra seguem juntas, elas não podem ser separadas, então a definição de Deus, para você e para mim no intelecto, que é mecânico, é a Palavra Onipotente. Ele se torna a Palavra Onipotente. Isto é simplificando, mas isso é bem abaixo com o significado do Logos. Portanto, Deus é a Palavra.
55         Agora, estamos tomando isso direto de Hebreus e de Gênesis 1 por todo o caminho. Então você me diz que João, cheio do Espírito Santo, podia dizer que o Logos era Jesus? Você não pode fazer isso; não pode fazer isso. Agora, o povo Só-Jesus está todo confuso em sua roda, e eu fui parte disso. [A roda é um diagrama ou figura de um “roda” (rememorativa a um projeto de roda de roleta) representando qualidades (atributos) que poderiam ser atribuídas a Deus e ao Seu Filho, tudo com referência da Escritura – Ed.] por um momento eu olhei para isso e pensei: “Oh, isso é grande”; porém eu ainda não podia imaginar isso, mas eu pensava que se eles disseram assim, e o irmão Branham é quem parecia ter dito assim, bem, isso talvez não poderia ser tão mal. E eles puseram ali embaixo “Deus é um criador – Jesus criador”. Isso é uma mentira; Jesus não é criador.
56         Minha Bíblia me diz que Deus criou por Cristo Jesus! Ele foi o agente da criação. [“Amém”] E existe uma grande diferença. Se eu dou a você o dinheiro para pagar minhas contas você não está pagando minhas contas. Eu estou pagando as minhas contas. [O irmão Vayle grita – Trad.] [“Amém”] Agora, perdoe a inflexão, mas eu quero que você entenda sobre o que estou falando.
57         Então isso é direto do Antigo Testamento. Porém Logos, no grego, Novo Testamento, é exatamente o mesmo. Deus, que é a Palavra, se torna viva ou Deus manifestado, de acordo com exatamente como e o que Deus disse que Ele era. No princípio era o Logos, e Deus que disse exatamente o que Ele era e é exatamente o que Ele é, que é O Forte Preso a Um Juramento, esta Palavra, Este Ser, é Deus, e Ele é o Logos. Então Ele é um Logos ou um Deus-Palavra. Ele é a Palavra Onipotente. Absolutamente Ele é.
58         Então Deus, que é a Palavra, se torna vivo e Deus manifestado conforme a exatamente como e o que Ele disse que Ele era. Então o Logos é a expressão da realidade. “Eu sou a realidade, a verdade, a luz”. Logos é a expressão de Deus. A substância contendo a vida ou a realidade, e isto é o que o Logos é. Ele tem que conter a substância – o que está por trás disso. Agora escute, vamos obter isto: Deus não está somente atrás de Sua Palavra, isto é Deus, a Palavra surgindo. [“Isso mesmo”, “Amém”] Em outras palavras, Deus fazendo Isto, Deus apoiando Isto, mas somente aquelas palavras que estão ali para permitir você saber. Então esta é uma expressão muito conveniente, para deixar você saber, que se eu saberei alguma coisa sobre Deus, eu terei que ter a Palavra. [“Amém”] E se eu acreditar nessa Palavra, tenho que ter o poder por trás desta Palavra. ASSIM DIZ O SENHOR bem ali – Deuteronômio 18. [“Amém”, “Aleluia”] E se isso não é Deus, então eu não sei do que estou falando. [“Amém”] Vê você de onde o profeta estava vindo? Exatamente de onde João estava vindo – a substância contendo a vida da realidade.
59         Então Elohim, o Deus da Palavra onipotente, estava ali aguardando trazer a Si Mesmo e todos os Seus propósitos à manifestação. Uma verdadeira declaração de Si Mesmo, e Isto foi feito.  E o ponto focal é o Filho de Deus em uma progressão Dele e através de Seus filhos. Porque, só um minuto, como que você pode ter a Nova Jerusalém com o Cordeiro no trono e a Coluna de Fogo sobre o trono, Jeová-Elohim, e os 144.000 com a Noiva, e todos os outros filhos de Adão do lado de fora, e Deus se tornando Tudo e em todos, se isso não é verdade? O que eu há pouco li: Deus descendo através do Filho progredindo abaixo por meio de cada um de Seus filhos até que cada um esteja dentro. Assim como em Adão todos morrem, assim em Cristo todos são feitos vivos: cada virgem sábia em especial; cada virgem néscia em especial; ninguém perdido. [“Amém”] E eles vem em segundo, não como o povo pensa, porque eles entrarão na Ressurreição, Segunda Ressurreição, e eles entrarão sem conhecerem as coisas de Deus. [“Amém”] Sem terem nascidos de novo, somente a Noiva recebe o novo nascimento, a parte do tecido acerca do qual o irmão Branham falou.
60         Tudo bem agora, quando chegamos ao Antigo Testamento, Isto claramente torna Deus a Palavra, ou a Palavra viva. Agora, vamos somente dar uma pequena parada aqui e ver por que os israelitas e os judeus fazem Dele a Palavra, e assim isso está em João 1:1. Agora, eu direi a você, não estou dizendo a você esta noite todas essas coisas que tenho descoberto por mim mesmo, mas eu disse a você que eu tenho um pequeno dom. E esse dom é não ter que ler todo o livro sob o alto sol, e ler todas as notícias de auxílio, qualquer coisa de modo algum. Eu apenas de alguma forma adquiro um apoio disso. E então eu começo olhando para mim mesmo quando eu digo: “Agora, só um minuto, se isto é Elohim bem aqui, não estou satisfeito com os estudiosos que falam sobre o grego. Não estou satisfeito com Scofield e todo o resto”. Então eu comecei procurando em volta e eu apanhei um livro de minha biblioteca, e eu descobri ali que os estudiosos que realmente sabiam a respeito do que eles estavam falando sabiam que Elohim era a Palavra. E, ao mesmo tempo, eles eram trinitários. Este não era o seu tempo. Ruim demais, mas este não era. Então eu li um pouquinho ali, e apanhei uma dupla de versículos, e assim eu trago a vocês estes versículos. Eu não desejaria nem por um minuto que você pensasse que eu sou um sujeito esperto. Acontece que eu sei um pouquinho e tanto da Bíblia, porém eu não sei tudo, e eu também nunca saberei tudo.
61         Então aqui no Salmo 33:6 você lê: “Pela palavra do Senhor foram feitos os céus, e todo o exército deles pelo sopro da Sua boca”. Agora ouça isto: “Pela Palavra do SENHOR foram feitos os céus”. Agora, ponha este “e” ali para uma conjunção, não uma conjunção, mas uma preposição, “todo o exército deles pelo sopro da Sua boca”. É a mesma coisa. Agora ouça novamente: “Pela palavra do Senhor os céus foram feitos, e todo o exército deles pelo sopro da Sua boca”. Então Ele está dizendo que a Palavra fez isto, mas o sopro de Sua boca fez isto. Certo? [“Amém”] O que sai da Sua boca? Espírito Santo. Ele não sopra como você e eu. Então tudo bem, vamos para o versículo 9. “Porque falou, e foi feito; mandou, e logo apareceu”.
62         Então vamos pular aqui para o Salmo 107, e vamos somente começar a olhar para essas coisas com realidade, onde os verdadeiros estudiosos começaram a olhar; não essa coisa aqui fora. Versículo 20: “Enviou a Sua Palavra, e os sarou; e os livrou da sua destruição”.  Agora escute: “Ele enviou a Sua Palavra, e os sarou; e os livrou”. Então você não pode obter Deus aparte da Sua Palavra. [“Amém”, “Isso mesmo”] Se você quer Deus, é melhor você ter a Sua Palavra. [E se você não tem a Sua Palavra], você não tem a Deus. Se você tem a Deus, você tem a Sua Palavra. Se você tem a Sua Palavra, você tem Deus. Tem uma foto da glória [O irmão Vayle aponta para o quadro da Coluna de Fogo – com o irmão Branham – Ed.] trazendo-nos o quê? A Palavra! [“Amém”] A Mensagem.
63         E lembre-se, você não pode entrar na terra prometida sem a Palavra, porque Moisés levou os filhos de Israel tão longe quanto ele podia, e ao final de dar a Palavra inteira, ele disse: “Quando você entrar lá, os habitantes da terra dirão: ‘Oh que grande palavra estas pessoas trouxeram com elas’”. Você diz: “Irmão Vayle, eu não entendo”. Quem pediu para você entender? Quem pediu a você? Não estou pedindo a você, estou dizendo a você. [“Isso mesmo”] Você acha que sou algum esperto aqui em cima que sabe tudo e que lhe diz tudo? Estou lhe dizendo o que a Bíblia disse. Eles não podiam entrar sem aquela Palavra. [“Isso mesmo”] Eles não podiam entrar sem a Presença, e a Presença estava lá por causa da Palavra, e a Presença e a Palavra são a mesma coisa. [“Amém”].
64         Agora, “No princípio era a Palavra e a Palavra estava com Deus e a Palavra era Deus”. Agora, o irmão Branham disse: “Me sinto bem religioso”. Isso quer dizer que ele se sentia como que gritando e pulando, mas eu disse: “Eu me segurarei pelo bem do povo, ou eles não entenderão de maneira alguma”. Bem, você deseja, mas o restante não deseja.
65         Tudo bem, Salmo 147:15. Você está começando a entender o que estou dizendo agora? Isso levará um tempo para penetrar. Não importa. Eu sei. Ele ordena... “O que envia o seu mandamento à terra; a Sua palavra corre velozmente”. Salmo 147:15: “O que envia o seu mandamento à terra; a Sua palavra corre velozmente”. Isso é bom.
66         Vamos ir aqui para Jeremias agora, lá atrás no princípio em algum lugar. Eu quero ir a Jeremias 1:4:
Assim veio a mim a palavra do Senhor, dizendo... (“Oh Deus não estava lá, é claro, é apenas a Palavra que veio fluindo”. Você crê nisso? Você teria as minhas palavras esta noite se eu não estivesse aqui? [Risos – Trad.] Bem, isso é um bom pensamento, não é? Vamos tentar isso algum dia).
67         Ainda veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? E eu disse: Vejo uma vara de amendoeira. (Isso também é bom. Então a Palavra simplesmente chegou ali. Quem sabe? Ninguém falou. Oh, não) E veio a mim a palavra do Senhor segunda vez, dizendo: Que é que vês? E eu disse: Vejo uma panela a ferver, cuja face está para o lado do norte. [Jeremias 1:11,13 – NT.] (Certo, isso é bom).
O que estou tentando mostrar a você aqui é que os estudiosos da Bíblia que são realmente estudiosos entenderam que Deus é a Palavra. E isso é outro nome para Deus, período [“Isso mesmo”]. Ele é a Palavra.
68         Certo, Isaías 55, e isso aqui é bom, aqui no versículo 11, e tenho lido Isto muitas vezes. “Assim será a Palavra que sai adiante da minha boca; ela não voltará a mim vazia, mas fará aquilo em que me agradei, e ela prosperará naquilo para o que a designei”.
Assim, portanto, você está falando sobre Deus como se Ele simplesmente estivesse explodindo algo à frente. Mas eu quero dizer algo a você: a Palavra por si mesma não pode fazer coisa alguma. Eu posso lhe dizer: “Olhe, posso alcançar o meu bolso e puxar uma nota de 50 dólares vinte vezes em série”. Eu não tenho vinte notas de 50 dólares em meu bolso; eu não acho que alguma vez tive uma. Não, eu não penso assim, talvez uma de vinte. Chame isso de barato para os avarentos. Mas Deus não é um avarento. [“Isso mesmo”] Deus é a Sua Palavra. Como disse o irmão Branham: “A mensagem e o mensageiro são um”. [“Amém”].
69         Agora, diga-me qualquer palavra que pode curar, e eu usarei essa palavra tanto quanto eu viver para tornar seguro de que estou curado. Você não pode fazer isso. Quando Ele enviou a Sua palavra, Ela estava lhes dizendo, e Ele disse Isto. [“Isso mesmo”] E lembre-se, Ele está preso a um juramento pela Sua Palavra. Assim, portanto, Deus e a Sua Palavra são na verdade um e o mesmo na intrinsicalidade disso, a natureza, a aplicação, e tudo Disso.
70         Assim, portanto, se você estava aplicando Deus para a sua vida, isso terá que ser pela Palavra. Se você irá nascer de novo, nascerá de novo pela incorruptível Palavra do Deus vivo, [“Amém”] ou você não é nascido de novo. E se você é nascido de novo da Palavra, você tinha que ser a Palavra em primeiro lugar. Agora, a mente do homem é tão estúpida e corrupta que ele pensa que ele poderia ter seu pequeno cachorrinho nascido de novo, e talvez seja nascido de novo como um gato desta vez, por causa do pequeno cachorro.
71         Não seja estúpido. Se você tinha um gato nascido de novo, ele seria um gato. Se você tem um cristão nascido de novo, ele tinha que ser uma parte de Cristo para começar. [“Amém”] O povo fica tão ridículo. Mas eu quero que você entenda sobre o que estou dizendo.
A Palavra por si mesma não funcionará. Nem você pode separar a Palavra da onipotência; ela é a Palavra onipotente, que é Deus Ele Mesmo, e a Palavra significa que se fez carne. Então este Elohim se fez carne e habitou entre nós.
72         Agora, vamos para Hebreus, e em Hebreus... Oh, estamos indo notavelmente de um lado para outro, e eu serei capaz de encerrar esta noite. (...)
73         Tudo bem, iremos para Hebreus. Veremos sobre o Deus vivo, o Deus da Palavra viva, não somente o Deus vivo da Palavra, mas o Deus da Palavra viva. Porque a Palavra viva é Deus. Em outras palavras, Palavra com poder. E ela não pode ser Palavra sem poder que faz isto acontecer que a torna estável como para o que ela é, caso contrário isso não é um juramento. Hã? Um juramento é uma garantia. Tudo bem, Hebreus 5. Vamos começar lendo. Tenho um monte para ler. Versículo 1:  [Serão lidos todos os capítulos 5 e 6, e o capítulo 7, do versículo 1 ao 11 de Hebreus – NT.].
74         Porque todo o sumo sacerdote, tomado dentre os homens, é constituído a favor dos homens nas coisas concernentes a Deus, para que ofereça dons e sacrifícios pelos pecados; e para que possa compadecer-se ternamente dos ignorantes e errados; pois também ele mesmo está rodeado de fraqueza. E por esta causa deve ele, tanto pelo povo, como também por si mesmo, fazer oferta pelos pecados. E ninguém toma para si esta honra, senão o que é chamado por Deus, como foi Arão.
75         Agora, Jesus não tinha qualquer pecado, então Ele não teve que oferecer por Si Mesmo. Deste modo Ele podia entrar e oferecer por qualquer um. Então quando Ele ofereceu por você eu, sendo Ele mesmo sem pecado, Ele obteve isso da figura e deu isso tudo para você e eu. Fale sobre um dom de amor e de graça.
76         E ninguém toma para si esta honra, senão o que é chamado por Deus, como foi Arão. Assim também Cristo não se glorificou a si mesmo, para se fazer sumo sacerdote, mas aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei. Como também diz, noutro lugar: Tu és sacerdote eternamente, segundo a ordem de Melquisedeque. O qual, nos dias da sua carne, oferecendo, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que o podia livrar da morte, foi ouvido quanto ao que temia. Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu. E, sendo ele consumado, veio a ser a causa da eterna salvação para todos os que lhe obedecem; chamado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.
Agora, aqui não diz que Ele é Melquisedeque, ele disse que Ele é um sacerdote segundo a ordem. Agora, quem é Melquisedeque? Ele era Deus. [“Amém”] E o que aqui diz a você? Aqui diz que Jesus foi ordenado por Deus para ser sumo sacerdote. [“Aleluia”] Então eu não sei como que você pode fazer de Melquisedeque Jesus. Ele é Deus.
77         Você sabe, as pessoas não entendem sobre os dois senhores. Bem, eu lhe falarei sobre os dois senhores. Dois Senhores é na realidade uma falácia. Isso não deveria estar na Bíblia; porém isso está, então usemos isto. Veja você, o povo inglês tirou a tradução de acordo com o inglês dos senhores e das senhoras e o alto sujo-imundo e os oficiais superiores e o fulano de tal. A tradução correta do Salmo 110:1 é: “Elohim” (ou Jeová) “disse ao meu senhor”, (ou alguém em autoridade sobre mim) “Assenta-te a minha direita”. E isso deveria ser traduzido como Jeová. Não deveria ser chamado de Senhor. Isto poderia ser chamado Deus. “Deus disse ao servo amado”, “Deus disse ao nosso Jesus, o irmão mais velho”. É por esta razão que diz em Efésios “um Senhor”. [Efésios 4:5 – NT.] Mas as pessoas, elas não pensam por si mesmas. Elas simplesmente não sabem, quando a palavra... “Oh, a pregação de dois deuses de Vayle”. Você sabe, Paulo disse: “Para a estupidez requer somente uma resposta – fique estúpido”. Isso é Lee Vayle. Paulo disse “ignorante”.
78         Jesus não era Melquisedeque. Ele era um sumo sacerdote segundo a ordem... [“Isso mesmo”] Existe uma nova ordem que vem a existência. Vê? Agora observe, ele fala sobre Melquisedeque. [Continuação de Hebreus 5 – Ed.]
 Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação; porquanto vos fizestes negligentes para ouvir. Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos dos oráculos de Deus; (exatamente como estou fazendo esta noite, levando isso bem de volta ao princípio) e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de forte alimento. Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é um menino. Mas o alimento forte é para os que são de plena idade, (Que é você e eu) os quais, em razão do costume, têm os seus sentidos...
79         Ah, ah. Sentidos? Mecânico? Pode justamente arrazoar? Ahh... não um bando de bobalhões, espiritualmente falando. Por favor; por favor. Você tem que ter seus miolos batizados com o Espírito Santo. Você pode tomar isto. [“Amém”] A maioria deles não pode. Os branhamitas são como todo o restante deles. Eles tem cinco bilhões, seis bilhões de pessoas. 5.999.999.992 estão na arca; oito do lado de fora. [Risos – Trad.] Não. O irmão Branham disse: “Eu ouvi que tem dez mil que crêem nesta mensagem; tem que sacudi-los fora. Demais”. Agora eles falam em dez mil de uma vez “aleluia”. Você sabe, sou grato por uma coisa, de que eles estão ouvindo esta mensagem, de qualquer modo parte dela. Eles estão ouvindo sobre um profeta do tempo do fim. Porém eles tem estado ouvindo sobre Jesus por dois mil anos, e ainda assim eles irão para o inferno.
80         [O irmão Vayle começa a leitura em Hebreus 6 – Ed.]
Por isso, deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até à perfeição, não lançando de novo o fundamento do arrependimento de obras mortas e de fé em Deus, e da doutrina dos batismos, e da imposição das mãos, e da ressurreição dos mortos, e do juízo eterno. E isto faremos, se Deus o permitir. Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo, (isso é de uma vez por todas, isso é a mensagem do tempo do fim) e provaram a boa palavra de Deus, (Provaram a boa Palavra de Deus, que eles a comeram) e os poderes do mundo por vir, (Você sabe que os poderes do mundo por vir estão bem aqui agora, [“Amém”] nesta mensagem do tempo do fim?) e recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento, vendo que eles crucificaram para si mesmos de novo o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério. Porque a terra que embebe a chuva, que muitas vezes cai sobre ela, e produz erva proveitosa para aqueles por quem é lavrada, recebe a bênção de Deus; (É sobre isso que eu falei esta noite a você antes da mensagem, quando eu saudei vocês) mas a que produz espinhos e abrolhos, é reprovada, e perto está da maldição; o seu fim é ser queimada. Mas de vós, ó amados, esperamos coisas melhores, e coisas que acompanham a salvação, ainda que assim falamos. Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis. (Veja, isso tira sua virgem néscia bem abaixo da linha. Aí estão os seus eleitos ali dentro, a virgem néscia, o bando todo deles) Mas desejamos que cada um de vós mostre o mesmo cuidado até ao fim, para completa certeza da esperança; para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas. (Agora observe) Porque, quando Deus fez a promessa a Abraão, como não tinha outro maior por quem jurasse, jurou por si mesmo, (O Forte Preso a Um Juramento). [“Amém”].
81         Agora, sobre quem ele está falando? Melquisedeque. [“Amém”] E ele disse: “Desde que vocês são pessoas infantis”, ele disse, “você não pode tomar o que estou dizendo a você”. Isso somente fica revelado no tempo do fim. E o tempo do fim da mensagem final, na última semeadura, onde, se você saiu disso, você nunca mais pode se arrepender de novo, Melquisedeque entra. Por quê? Porque Deus Ele Mesmo desce e jura por Si Mesmo, e o irmão Branham disse: “Quem é este Melquisedeque?”. Um companheiro pregou: “Quem é ESTE Melquisedeque?”. Besteira. É “Quem É Melquisedeque?”. Deus. [“Amém”] Deus. Descendo em forma humana, descendo em um profeta. Deus mais uma vez revelado em carne humana.
Dizendo: Certamente, abençoando te abençoarei, e multiplicando te multiplicarei. E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa. Porque os homens certamente juram por alguém superior a eles, e o juramento para confirmação é, para eles, o fim de toda a contenda.
82         Você conhece a antiga lei, se você corta sal ou sangue; você está preso para sempre. Assim é como Lawrence da Arábia [T. E. Lawrence (1888 – 1935), foi um coronel britânico que lutou nos países árabes na I Guerra Mundial – NT.] enganou os árabes. Eles puseram suas mãos no sal; ele os enganou, e eles tiveram que permanecer por isso. Eles não puderam tomar isso de volta. Você sabia que Deus não pode tomar Sua Palavra de volta? Os pagãos parecem saber mais sobre isto do que nós sabemos. Isso não é estranho?
 Por isso, querendo Deus mostrar mais abundantemente a imutabilidade do seu conselho aos herdeiros da promessa...
Deus, desejando mostrar que Ele não pode falhar em Seu Juramento, Sua Palavra, interpôs a Si Mesmo, desceu, e disse que isso é ASSIM DIZ O SENHOR.
83         Quem é este Melquisedeque? Deus, um Deus, Jeová-Elohim, João 1:1, período! [“Amém”] O Jeová do Antigo; o Jesus do Novo. Quem é o Jesus do novo? Elohim. [“Amém”] Elohim mostrando-Se em Sua plena aliança, poderes, testemunho, e o que Ele está fazendo pelo Seu povo. E Ele disse: “Pequena Noiva, você nem sequer fez isto. Você foi enganada a isto”. Tudo isso cai de volta sobre o diabo, e você é puro, justo, semente e Noiva do Senhor Jesus Cristo. Como a Escritura disse, toda gloriosa por dentro e por fora; confirmada.
“Confirmada?”, você diz. “Eu não ouso crer nisso”.
Você não ousa crer nisso. [“Amém”] Oh, sim, alimento forte.
“Bem, veja você, irmão Vayle, veja você...”.
84         Não, eu não vejo coisa alguma. Se eu não for pela minha experiência que prova ou mostra que isso era exatamente Deus em minha vida, então como que eu posso seguir pelo negativo? Como disse o irmão Branham: “Irmão Vayle, nós não vamos pelas experiências, nós vamos pela Palavra de Deus”. [“Amém”] E isso é um profeta.
Oh, o povo não crê nisso.
“Oh, irmão Vayle, você é apenas um mentiroso”.
85         Certamente que sou um mentiroso. Vamos esperar, apenas espere até o Trono Branco. Se eu realmente for para o inferno, apenas espere até o Trono Branco; veremos quem está mentindo. Eu não penso. Eu erguerei minhas mãos algum dia, a Bíblia aberta perante a mim, como o profeta de Deus fez. Eu não penso. Vê? Quando você fala a verdade, você não tem medo. [“Isso mesmo”] Quando você não conhece a verdade, você é instável. Senta-se no velho muro, e nunca aprende a andar de bicicleta com duas rodas. Você tem que ter um triciclo com as três rodas.
86         Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, (o Deus imutável, Palavra, força).
O que mais você quer de Deus? Diga-me. O que mais você quer? Você diz: “Bem, irmão Vayle, eu gostaria que esta Palavra mudasse”. Depois você ainda quer a Palavra de Deus não quer? Ela ainda é a Palavra não é? “Bem, se Ele fizesse assim e assim”. Bem estude. Isso é tudo. Tome isso como uma fé de criança.
87         Eu acreditava em minha mãe quando ela me contava histórias na hora de dormir, você sabe. Ela veio da Europa e ela atravessava um mar violento às vezes em que eles arremessavam mobílias aos extremos e quase perdiam os passageiros, e ela me contava sobre sereias. Então eu acreditava que haviam sereias. Fui para a escola e eu disse: “Existem sereias, minha mãe me disse assim”. Quem se importa com um simples professor e livros escolares? Minha mãe me contou! Eu não sabia que isso era história para dormir. Isso é fé de criança.
88         Mas se uma criança pode crer numa mentira, ela pode crer na verdade também. Isso faz a diferença entre um filho de Deus e um filho do diabo. Caim não podia acreditar na verdade, porém Abel podia, e ele morreu por isto. Podemos morrer por isto. O que é o grande pacto? [De repente], você se vai. Talvez não tão rápido, [mas se vai].
89         Ele disse, isso é um fim para toda a discussão, ASSIM DIZ O SENHOR, Deus Mesmo desce, Melquisedeque no tempo do fim. Deus Mesmo na carne de um profeta confirmou Sua Palavra. É isto.
Eu tinha um companheiro no telefone outro dia, conversou um tanto por um momento e ele mencionou a outro companheiro: “Bem, eu não creio em tudo que o irmão Branham ensinou”.
Bem, então porque você quer minhas fitas? [Risos – Trad.] Esqueça isto! Não temos nada que conversar. Está acabado. [“Amém”] Não há nada para se dizer àquele homem, sua esposa, seus filhos, ou qualquer outro; esqueça isto. Eu somente tenho uma coisa em mente. Esta é a Palavra de Deus liberada pelo profeta.
90         Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta... (Agora, duas coisas imutáveis fazem Deus, e quando você tem poder para recuar a sua palavra, como que você pode mentir? [“Isso mesmo”] Por que você mentiria? O diabo não pode voltar atrás em sua palavra. É por essa razão que ele mente. A igreja católica está repleta de mentiras; o Papa, o Vigário? Oh! Por favor; dá-me um tempo. Tudo bem).
91         Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta; a qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até ao interior do véu, onde Jesus, nosso precursor, entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque. (Segundo... Ele não diz que Ele é Melquisedeque, ele diz segundo a ordem. Segundo a ordem de Melquisedeque. Em outras palavras, na linhagem de Deus).
92         [O irmão Vayle continua lendo em Hebreus 7 – Ed.]
Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão (Eu mostrarei a você algo aqui que é realmente precioso, porém eu não direi que isso é ASSIM DIZ O SENHOR) que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; a quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, Rei de justiça, e depois também Rei de Salém, que é Rei de paz; sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote continuamente. (Agora feito como somente seu... a idéia é que existe um papel descendo onde Jesus assumiria) Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos.
93         Agora, Melquisedeque está aqui. Agora observe cuidadosamente a respeito do que estou falando. Estou falando sobre os dízimos. E estou informando a você agora que o povo que costumava dizimar não está mais dizimando a torto ou direito. Agora, eu não quero o seu dinheiro. É melhor eles darem isto a algum lugar, porque isso é de Deus. Vê? Ouçam, não pense por um minuto que estou brincando com você, porque eu não estou brincando. Sei o que está acontecendo. O velho guarda está morrendo, se aprontando para a nova guarda assumir, e eu darei a você uma pequena nota sobre isso aqui muito em breve. Porém os dízimos são importantes, porque se você não faz isto, você não fará qualquer coisa, porque imediatamente você é um ladrão. E lembre-se, Deus desceu, e Ele ainda está aqui. Agora, as pessoas não acreditam nisso. É como aquele grupo lá do outro lado que disse que o irmão Branham era Jesus Cristo.
E Banks Woods disse: “Sim”, ele disse, “e eu não sou nada íntimo a sujeitos como vocês”. [Risos – Trad.] Agora ouça:
94         E verdadeiramente, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão. Mas aquele, cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou o que tinha as promessas. Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior. E (Agora observe) aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; (Aqui diz exatamente agora, que eles recebem dízimos) ali, porém aquele que os recebe, aquele de quem se testifica que vive. (Então quando você paga os dízimos para um pregador ou um homem, você está pagando dízimos para Jesus como o Sumo Sacerdote. Porque, veja você, isso é o que aconteceu nos dias de Abraão e Melquisedeque. Agora, ouça:)
95         E, por assim dizer, (Agora, este é Paulo falando por permissão. Agora, eu não penso assim. Estou apenas dizendo a verdade. Agora observe; ele está tipificando isso) por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos. (Seriam pregadores que deveriam estar ali fazendo isso também. Não somente os dez por cento, eles deveriam prover mais de um meio se eles tem recebido tanto dinheiro assim, e essa é a maneira que deveria ser. Sem entretanto dizer que sempre é assim; pois é até mesmo difícil de se encontrar lugares para dar dinheiro nestes dias. Agora, observe outra vez:)
 Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro.
96         Lá atrás em 1933, Billy Paul Branham estava nos lombos de seu pai, hã? [“Amém”] Absolutamente, não nasceu até 1937 ou 1938. [Billy Paul Branham nasceu no dia 13 de setembro de 1935 – NT.] E seu filho Davi estava nos lombos de seu avô. Três: William/Abraão, Billy Paul ou Joseph, isso não importa, David/Jospeh/Isaque. Ele é provavelmente pai agora, se ele é um Branham. Abraão, Isaque, Jacó, Levi. Irmão Branham, Billy Paul, David, seu filho. Quantos dias temos deixado? Estou apenas tipificando. E tenho tipificado antes e trazido você a essa quarta geração toda vez. Quão, quão, quão longe temos que ir? Não temos que ir muito longe. Agora, isso nos levará para a perfeição. Vamos para o versículo 11:
97         De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?
Agora iremos tipificar outra vez. Justificação deu caminho para a santificação, santificação deu caminho para o batismo do Espírito Santo, e o batismo do Espírito Santo dá caminho para o próprio Batizador. Estamos no Espírito Santo agora? [“Amém”] Onde estamos? Melquisedeque. Jeová-Elohim, Deus Todo-Poderoso, perfeição. Quatro é libertação. Estamos de volta ao quatro novamente.
98         Certo, vamos agora para 1 Coríntios. Não precisamos ler tudo isso. Aqui diz a você quando aquilo que é perfeito vem, aquilo que é em parte é aniquilado. Sete partes é perfeição, o mensageiro da Sétima Era da Igreja chegou e partiu, temos a mensagem da Sétima Era da Igreja, e não existe mais arrependimento, porque não existe mais mensagem vindo por meio da qual a mente do povo é mudada, porque agora as mentes tem que ser mudadas pela última vez, o útero da mente tem sido selado pelo Espírito Santo, o selo Ele Mesmo. Deus Mesmo está aqui embaixo preparando uma Noiva. [“Isso mesmo”].
99         Certo. Agora, com isso vamos para Hebreus 11. E aqui diz no versículo 40: “Provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles sem nós não fossem aperfeiçoados”. Em outras palavras, fé, esperança, amor; a fé acabou. Certo? Sem mais arrependimento. Esperança; aquilo que alguém vê porque ele ainda espera? Nós vimos isso. Amor, perfeito. Perfeição. Nada é deixado.
100      Como que você pode tornar a Noiva qualquer coisa senão perfeita quando o irmão Branham categoricamente disse: “O sangue de Jesus Cristo dissipa o pecado até não haver evidência”. Como que você pode tornar um homem pecador? E novamente: “A Palavra aperfeiçoa a Noiva”. Ele chamou isso de o ministério quíntuplo. As pessoas não crêem em um ministério quíntuplo, então onde está sua perfeição? Ouça. Estou apenas tentando manter a Palavra de Deus. Se eu creio por uma vez e estou dizendo algo que Lee Vayle imaginou eu sempre falo a você e digo: “Isto é Lee Vayle falando. Isso é o que eu vejo ou eu penso”. E estou tipificando; estou esboçando conclusões. Sempre digo isso a você. Caso contrário isso sempre endireita o ensinamento do irmão Branham da Palavra de Deus. Contanto que eu permaneça com a verdade da doutrina, eu tenho todo o direito de ilustrar contanto que eu não afaste isso da doutrina. O irmão Branham nos alertou. [“Amém”] Eu sei o que o profeta disse e por que ele o disse. É por essa razão que eu considero que os meus miolos estão batizados com o Espírito Santo. Por essa razão.
101      Então, quando a perfeição chega – e ela tem que vir – isso significa que está tudo terminado, somente uma coisa é deixada; e é a mensagem da igreja da sétima hora que faz isso. Agora vamos para o Livro de Apocalipse, capítulo 10 e vamos olhar isso por um segundo, e então encerraremos o culto desta noite (...).
102      Tudo bem, agora após o mensageiro da sétima era da igreja estar na terra, e vamos para o versículo 8 onde encontramos o profeta no Sétimo Selo que tem sido aberto, que é o Sétimo Selo, Apocalipse 10:1-7. A maioria das pessoas sequer sabe que o Sétimo Selo foi aberto. O irmão Branham disse que foi aberto, porém existe silêncio. Mas ele disse: “Está aberto, porém não aberto ao público”. E então ele furtivamente entra: “Apocalipse 10:1-7 é o Sétimo Selo”. Pessoas estão me escrevendo cartas dizendo: “Oh, isso não está aberto. Não está aberto”. Bem, está aberto! Apocalipse 10:1-7 é o Sétimo Selo! É uma interpolação; isso abre o livro inteiro. [“Isso mesmo”] Agora, versículo 8.
103      E a voz que eu do céu tinha ouvido tornou a falar comigo, e disse: Vai, e toma o livrinho aberto da mão do anjo que está em pé sobre o mar e sobre a terra. E fui ao anjo, dizendo-lhe: Dá-me o livrinho. E ele disse-me: Toma-o, e come-o, e ele fará amargo o teu ventre, mas na tua boca será doce como mel. (Rapaz, se isso não é essa mensagem, eu lhe digo, eu não sei do que ele está falando) E tomei o livrinho da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo. E ele disse-me: Importa que profetizes outra vez a muitos povos, e nações, e línguas e reis (Eu disse: “Irmão Branham, isso é você?”. “Não”, ele disse, “Isso é a Palavra”).
104      E esta Palavra há pouco tem partido para o mundo todo, e é por essa razão que eu não me importo como que as pessoas rejeitam esta mensagem. Sinto muito por isto, como Paulo disse, quando ele disse seja Cristo pregado por contenda ou amor, graças a Deus por Ele estar sendo pregado. [Filipenses 1:18 – NT.] E graças a Deus, que embora esta mensagem seja pregada por pessoas que a tornam estritamente pentecostal (...), ou de alguma maneira mudam-na, graças a Deus que eles estão falando a respeito do irmão Branham, e eles estão falando sobre a Presença.
105      Uma vez um canadense disse: “Bem, aquelas pessoas que pregam a Presença, elas estão noventa por cento certas”.
Então ele é o dez por cento? [Risos – Trad.]
“Oh, eu não acho que isso seja muito bom”.
Ouça, eu conheço estes sujeitos. Então, estou dez por cento errado, o que me torna o maior mentiroso de todos, como este sujeito do norte disse. Ele vai para o seu trailer para orar a Deus para ajudá-lo a pecar.
Eles arrastaram isso para mim quando eu estava no começo dos meus trinta. E eu disse: “Ted, você não pede a Deus para ajudá-lo a pecar. Você pede a Ele para ajudar a manter você longe do pecado”.
106      Mas graças a Deus, que embora eles estejam pregando “Queremos línguas, interpretação, todas as demais coisas, queremos pentecostes nesta mensagem”, graças a Deus que eles ainda estão falando sobre a descida de Deus à terra; isto é, contanto que eles não digam que é o Cordeiro, como alguém que estava dizendo: “Onde está o Cordeiro, a marca do prego?”. Algo está errado em algum lugar.
107      Mas graças a Deus por esta mensagem estar seguindo. Não me importa quão errada ela está seguindo, porque o ponto é, se alguém fura suas orelhas, e alguém engana, e eles ainda estão ligando para mim dizendo, após vinte e trinta anos: “Irmão Vayle, desde que eu consegui suas fitas, esta é a primeira vez que meus olhos foram abertos, e eu comecei a entender”, eu tenho esperanças de que existem ovelhas lá fora, e que podemos ajudá-las de algum modo. Não estou tentando muito duro, não acho que estou, não, não, não, não, não.  Sou muito, muito, preguiçoso, e muitas outras coisas mais. Porém eu ainda sei que existem ovelhas lá fora, e aquelas ovelhas receberão a Palavra. E eu lhe direi uma coisa: eu creio que elas crerão da maneira que eu ensino isso. Realmente, eu não tenho escolha para crer de outro modo, ou eu não preciso mudar.
108      Creio nisso, e creio que tenho dito a você a verdade, cem por cento; e eu tenho levado você de volta ao passado do Logos do grego para mostrar que você não ponha seus olhos fora de qualquer coisa senão na raiz, porque a raiz sustenta o tronco, e o tronco sustenta os galhos, e os galhos sustentam a fruta. [“Isso mesmo”] E se você tem suas raízes erradas, você está acabado. [“Amém”].
109      Então vamos ir direto de volta ao princípio. Que é João 1:1. Você diz: “Mas irmão Vayle, eu vejo Jesus ali, porque aqui diz definitivamente em João 1:14: ‘E a Palavra se fez carne e habitou entre nós, (e nós avistamos a Sua glória, a glória como do Unigênito do Pai) cheio de graça e de verdade’. E Isto diz a você bem aí que Jesus, a imagem de Deus, refletiu o Deus Todo-Poderoso”. E eu quero dizer a você, descubra para mim um lugar onde Deus refletiu Jesus. Vá em frente; vá em frente. Deus refletiu a Si Mesmo.
Quando você olha no espelho da Palavra, você verá a Deus; você verá o Cordeiro de Deus; você verá o propósito de Deus; você verá a Deus; você verá Jeová-Elohim.
110      Agora, algo está acontecendo esta noite. Você está começando a receber isto. Eu sei. Posso sentir algumas coisas. Eu não vou pelos meus sentimentos, mas quando eu sei que eu sei.
Eles gostam de cantar: “Olhe para o Cordeiro de Deus”. O que você está olhando para o Cordeiro de Deus? Hmmh? Você olha para Deus. [É Elohim Quem desceu. Olhe para o Cordeiro como o seu Sumo Sacerdote e tudo que Ele é].
111      Não olhe para Jesus ressuscitar o morto; Ele não pôde sequer ressuscitar a Si próprio. Deus ressuscita o morto. [“Amém”] Deixe-me dizer a você outra coisa. Minha Bíblia me diz isto: que “Jesus, a quem vós crucificastes; Deus ressuscitou dos mortos, este Jesus, e o fez ambos Senhor e Cristo”. [Atos 2:32,36 – NT.] Ele não era Senhor e Cristo até Deus ressuscitá-Lo. [“Amém”, “Isso mesmo”] Como que você irá colocá-Lo lá atrás como uma parte da Divindade? Oh, irmão e irmã. Bem, bem, bem, bem, “A Deus seja a glória e as grandes coisa que Ele tem feito”, [“Amém”] e Ele ainda está fazendo grandes coisas, e Ele começou com o Seu Filho Unigênito, o único gerado, de um tipo único. [“Isso mesmo”] (...) Ele feito na imagem e nós em Sua imagem.
112      Temos chegado a um longo caminho, e o homem exterior está perecendo, mas o homem interior está sendo renovado. E um dia, quando esta carne velha declinar e retornar renovada, pareceremos semelhantes. Pareceremos o mesmo. Não se preocupe. Não seremos espetáculo de beleza de rainhas e príncipes e todo aquele lixo, mas seremos pessoas bem reais. Pessoas reais. Sem mais falsificação. Nada fora da linha, mas tudo unicamente como o único Filho, porque esta é a nossa herança.

Vamos orar. Pai celestial, Te agradecemos pelo tempo em que estivemos reunidos em Tua Palavra. Sabemos, Senhor, que Tu tens nos ajudado e somente com a Tua ajuda, podemos sobreviver. Sabemos, Senhor, que nossas mentes irão para uma provação de mudança mas, Senhor, elas tem que ir através disso vendo que Tu tens nos batizado com o Espírito Santo e entenderemos como nunca antes a realidade de que Tu és o Logos, de que Tu és aquela Palavra, de que Tu és Jeová-Elohim, Tu é Deus e único Deus somente, e Tu és Aquele, e Tu és Aquele que é chamado a Palavra. E vemos isso tão conclusivamente ao longo do Livro de Provérbios onde o Teu servo conhecia inegavelmente essa realidade, e agora sabemos esta noite também, e sabemos isso inegavelmente, Senhor, como até mesmo Paulo sabia, tantos lugares chamando a Palavra simplesmente o Logos que pode fazer-nos saber que o irmão Branham continuava dizendo: “Ele é a Palavra, Ele é a Palavra, Ele é a Palavra”, que de fato, Ele é a Palavra. Então obrigado por Teu auxílio nesta noite, Senhor, e que possamos seguir nosso caminho regozijando em Jesus Cristo nosso Salvador. Te damos glória no Nome de Jesus. Amém.

[O irmão Vayle prossegue com o Culto de Comunhão – Ed.]

Tradução: Diógenes Dornelles



Esta mensagem intitulada “Deidade Parte 7 - O Deus da Palavra Viva; Palavra Com Poder” (Godhead #7 – The Living Word God; Word With Power) foi pregada pelo Rev. Lee Vayle, em 4 de março de 2000, sábado à noite, no Grace Fellowship Tabernacle, em Lebanon, Ohio, EUA. Esta tradução foi feita na íntegra do inglês para o português, com o auxílio do texto e áudio original, em outubro de 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário