domingo, 5 de março de 2017

deidade8lee


Perguntas e Respostas

Deus Está em Sua Palavra;
Chave nº. 3: Tendo a Petição Que Você Deseja

5 de Março de 2000

Rev. Lee Vayle

Tradução e Comentários

Diógenes Dornelles 

Nunca em toda a história da Igreja o povo eleito tem obtido um entendimento tão cristalino e aprofundado da Palavra de Deus e de Seus mistérios como nesta última era, tudo isso graças ao Elias desta hora que nos foi enviado para restaurar a doutrina dos pais apostólicos e do ministério quíntuplo por ele deixado para dar continuidade ao aperfeiçoamento do corpo de Cristo iniciado pelo ministério do profeta de Deus, o irmão William Branham.
No entanto, para que este aperfeiçoamento seja possível, tais ministros precisam ser ordenados pelo próprio Deus a fim de que a Mensagem possa ser transmitida o mais fielmente possível. O problema, portanto, começa quando alguns que presumem possuir algum chamado para ministrar a Palavra, aventuram-se ao ministério sem de fato serem ordenados para tal ofício, e desta forma, Deus não está obrigado a corrigi-los, visto que o Seu compromisso é para com aqueles que Ele ordenou. É daí que surgem os problemas de distorção da Mensagem que acaba comprometendo o crescimento do Corpo místico de Cristo com a inclusão de falsos ensinos que corrompem o que foi originalmente ensinado. Entre os presunçosos ministros encontra-se também Satanás e a sua semente, que tem pervertido as Escrituras com uma mecânica parecida com a do ministério quíntuplo, porém sem a mesma dinâmica. Entre os ensinamentos deixados e que tem sido grandemente prejudicado, encontra-se o mais importante de todos eles para a compreensão da Igreja, que é o ensino sobre a Divindade.
A grande dificuldade encontrada pelos ministros está em aceitar e compreender o que o profeta de Deus havia ensinado sobre este tema, dado a linguagem por ele utilizada, que por apresentar uma aparente ambigüidade em algumas colocações, confunde a todos aqueles que não estão por ela familiarizados. Como a linguagem utilizada pelo irmão Branham para falar sobre este assunto era similar à unicista, muitos acabaram por fim caindo para tal extremismo, pregando que Jesus Cristo, o Filho de Deus, seria o próprio Deus único, quando o profeta disse veementemente: “Eu não sou unicista. O Filho não é o Pai de Si Mesmo”. O Rev. Lee Vayle explica que somente um conhecimento inequívoco da doutrina é que pode tornar a linguagem de William Branham compreensível.
O profeta explicou que Deus, o Auto-existente, gerou o Seu Filho ainda antes que houvesse qualquer coisa criada, e O formou da Sua própria substância. Deus queria um Filho e Ele O teve, e como Deus é Luz e também chamado de Logos, o Filho foi igualmente chamado de Logos pelo profeta por ter sido uma luz formada de Deus Elohim e de ninguém mais, pois nada mais existia. Esta luz, portanto, jamais deve ser confundida com a mencionada em Gênesis 1:3, pois aquela foi criada em meio às trevas, enquanto que Deus é todo Luz e Nele não há trevas de modo algum. Jesus foi um perfeito refletor do Pai porque Deus estava Nele. O Filho transportou o Pai em Seu corpo e O tornou conhecido aos homens com quem Ele queria Se reconciliar por meio da Palavra de poder que foi pregada. Ninguém tem acesso a Deus, senão pelo Filho que é o único Mediador idôneo entre Deus e os homens. E ninguém jamais viu a Deus, nem mesmo Moisés quando este se encontrava na fenda da rocha. O profeta disse que Moisés na verdade viu as costas ensangüentadas do Filho de Deus que é a Sua imagem visível. “Quem vê a Mim, vê o Pai”, disse Jesus.
Ao longo das eras Deus tem se manifestado nos profetas e reformadores, pois eles foram parte da Palavra, porém o Filho Unigênito foi toda a Palavra em plenitude. Ele está agora assentado no trono fazendo intercessão à Igreja como Sumo-Sacerdote, enquanto Deus prepara a Noiva para levá-la ao Milênio onde tudo estará sujeito aos pés do Filho. Esta foi a Mensagem pregada pelo profeta que também foi uma parte da Palavra assim como é a Noiva. E crer na Palavra vindicada dá acesso ao cumprimento de Suas promessas.
Este era para ser o último sermão pregado pelo Rev. Lee Vayle sobre o tema da Divindade onde ele intencionava encerrar respondendo a algumas perguntas. Porém no mês seguinte ele resolve retomar o tema vindo a estendê-lo até o próximo ano. Mal sabia ele próprio de que ele estava apenas começando.
                                                                                                                        Diógenes Dornelles



Deidade – Parte 8
 Deus Está em Sua Palavra; Chave nº. 3: Tendo a Petição Que Você Deseja
5 de Março de 2000
Irmão Lee Vayle

Oremos. Pai celestial, Te agradecemos por Tua Presença, e rogamos para que nossa atitude voltada a Ti possa ser uma com a Palavra e correta pela revelação que o Espírito Santo tem nos dado, (...) crendo que tem sido o Espírito Santo que nos tem dado a revelação. E que possamos, portanto, nos aproximar do Teu trono da graça em espírito e em verdade, Te adorando e Te pedindo, Senhor, para que ouças a nossa oração nesta manhã e para que nos ajude a entender, e que possamos Te servir mais completamente. Dá-nos força dentro do homem interior, oh Senhor, rogamos, renovando-nos para fazer a Tua vontade como nunca antes, apegando-se desesperadamente a Ti, Pai, sabendo que devemos atravessar para o Teu lado, e que devemos ficar Contigo. Não que Tu não estejas conosco. Tu sempre tens feito isto, mas agora por um gesto de nossa própria volição, devemos ficar Contigo. “Quem está do lado do Senhor?” ainda é o clamor esta manhã, Senhor. E rogamos para que sempre respondamos a esse clamor e fiquemos Contigo nesta Palavra até que a Palavra venha a acontecer. E que possamos ser como José parado lá até que a Palavra do Senhor viesse e a Palavra do Senhor fosse cumprida.

Que possamos ficar, Senhor, portanto esta manhã, sabendo que a Palavra deve ser cumprida nos vasos a quem Ela foi dada e revelada, parados ali em toda a fé e entendimento, parados ali, Senhor, embora nem mesmo entendamos, apenas cegamente parados ali, parados Contigo, Senhor, para que possamos ser aceitos naquele dia e os galardões entregues e aquelas medidas de riqueza que Tu tens armazenado para nós, ou nós, pela nossa própria volição, temos permitido a Ti armazenar, oh Deus. Guarde-nos, portanto, em Tua vontade. No Nome de Jesus oramos. Amém. Podeis se assentar.

1            Agora, nós temos algumas perguntas aqui esta manhã, e veremos o que podemos fazer a respeito delas. Talvez para algumas eu não tenha uma resposta, e para outras podemos ter.

2            Agora, para começar, eu fiz declarações, uma declaração, muitas e muitas vezes, e é nisso que as pessoas são mais e mais cristalizadas na maneira em que elas estão indo e no entendimento que elas tem. E isso é muito, muito verdadeiro. A razão que eu digo isso e poder levar você para a compreensão é que nossa cristalização depende completamente do entendimento da Palavra que temos, ou, você pode dizer, da revelação.

3            Agora, a revelação não pode vir exceto em duas partes. Número um: é a mecânica; e número dois: é a dinâmica. Agora, a fim de que as mecânicas aconteçam, deve haver as dinâmicas. E não há problema se você crê mecanicamente correto, que é o entendimento que você recebe por meio do seu espírito, seu cérebro, e sua alma; porque assim é onde isso no final das contas tem que ir, porque essa é a pessoa real; você recebe isso pela audição, pela visão, pelos sentidos. E os sentidos, é claro, são ordenados por Deus, através dos quais somos capazes de receber literalmente qualquer coisa e tudo que Deus tem criado e dado a nós.

4            Então haverá duas sementes, uma que é a semente de Deus e uma que é a semente da serpente. E dentro da semente de Deus existem dois grupos, uma que é a Noiva, as virgens sábias, e o outro, que são as virgens néscias. E as virgens são de uma mesma qualidade e do mesmo pedaço, porém o irmão Branham nos mostrou isto, como o alfaiate que pega um pedaço do tecido e estende o molde, e depois você corta em volta do molde o tecido que é deixado, a sobra, que é idêntica ao tecido que está no molde, porque ambas são virgens; porém uma é cortada de acordo com o molde.

5            E ali você verificará que as virgens que chegam atrasadas dizem: “Não temos azeite em nossos vasos”. Isso é porque elas são denominacionais, organizadas, e a vida da Palavra tem passado para a era da igreja seguinte, por meio do mensageiro da era da igreja e do ministério quíntuplo, e não existe nenhuma vida deixada em sua palavra [da era anterior].

6            E vimos a vida saindo da Palavra na primeira era da igreja de onde os problemas se arrastaram. E os problemas não se arrastaram através do ministério quíntuplo mas por meio dos presbíteros. E os presbíteros e os diáconos são – eles são pessoas boas, sem querer dizer nem por um minuto que eles sejam um problema, mas os problemas se levantam nessa área em particular quando eles desejam um ofício.[1]

7            Agora, o ministério quíntuplo não quer. Geralmente eles são as pessoas que não querem fazer isso, porém eles sabem que tem que fazê-lo, como disse Paulo: “Ai de mim se não prego o evangelho”.[2] E o irmão Branham fez uma declaração muito convincente quando ele disse: “Se você é chamado, você não desejará fazer isto”, mas você tem que fazê-lo.

8            Eu sei que em meu próprio caso, muito tempo antes que eu conhecesse o irmão Branham, eu estava com nem mesmo vinte anos de idade, e eu tinha esta suspeita encoberta de que eu não teria que pregar. Então eu escrevi uma pequena nota a Deus. Eu estava com vinte um anos. Minha mãe havia me dado um relógio de pulso, o qual eu ainda tenho, um Bulova, que agora está com sessenta e quatro anos de idade, sessenta e cinco, em algum lugar nessa faixa.  Eu tinha a caixa, uma pequena bela caixa, e eu escrevi uma nota a Deus, e eu disse: “Agora, Senhor, olhe. Eu não irei pregar, mas se Tu quiseres, eu estarei feliz em ser um diácono ou um presbítero e que se ajuste a isso”. E eu dobrei a nota e a coloquei dentro da caixa, e então: “isso está aos cuidados de Deus”. Bem, isso ficou aos cuidados Dele muito bem! [O irmão Vayle e a congregação ri – Trad.] Bem, é claro, o dia chegou quando eu não lutei mais por tempo algum.

9            Mas de qualquer maneira, lá dentro aqueles que desejam um ofício, um ministério, o erro pode entrar. Porém ele não pode entrar num ministério quíntuplo ordenado por Deus, porque ele é ordenado por Deus. Isso mesmo. Qualquer coisa que é ordenado por Deus, que está explícito para um determinado fim, você não encontrará erro nele. Se há algum erro, a Palavra corrigirá o erro. Agora, o irmão Branham disse isto. Então você tem um ministério quíntuplo que é um dom para a Noiva, um dom de Deus, ordenado para assumir o lugar do Espírito Santo ou do próprio Deus. Eles são especialmente equipados para esses ofícios em particular. E como disse o irmão Branham: Eles trazem a Noiva para a perfeição junto com o Sangue.

10         Então a coisa mais estúpida no mundo para uma pessoa é dizer que não existe tal coisa como um ministério quíntuplo. E eles estão dizendo isto. Na realidade, essa é uma das primeiras coisas que o povo bate na mensagem do irmão Branham como foi este sujeito na Nova Inglaterra, (eu esqueci o seu nome agora), mas ele era um ousado e tanto, um sujeito um tanto bruto, e ele tinha tudo isso resolvido, e ele ia em volta enganando o povo: “Não existe ministério quíntuplo”.

11         Eu lhe direi, isso até mesmo acabou quando um companheiro disse: “Bem, eu sou pastor, mas irmão, não existe ministério quíntuplo. O irmão Branham, ele é profeta, ele é apóstolo, ele é mestre, ele é evangelista; eu sou pastor”.
Besteira. Depois você tem um bando lá embaixo em volta do Tabernáculo Branham: “O irmão Branham ainda é o pastor”.
Besteira. Agora, veja, eles querem misturar a Mensagem. (...)

12         Assim a questão é que você tem ambos os lados da moeda quando isso chega à religião, e isso chega exatamente onde estamos hoje. Você tem aqueles que são a verdadeira semente de Deus; você tem aqueles que não são a semente de Deus.

13         Agora, a mensagem de qualquer era da igreja simplesmente pode vir à semente da serpente e à semente de Deus da mesma maneira; ela é pregada sob vindicação, demonstrada que ela é a Palavra de Deus. Neste ponto, ela é [ou verdade ou erro]. Agora, as verdadeiras virgens, a verdadeira semente de Deus, e estamos falando agora sobre as virgens sábias, não das néscias, porque elas não tem azeite em seus vasos, o que significa que não há vida na palavra que elas possuem.

14         Elas tem, como, quando, como eu mencionei, a primeira era da igreja teve problemas, uma pequena mancha de trevas entrou, a segunda era foi mais escura, e a terceira era foi mais escura, e na quarta era isso estava completamente perdido. Depois entrou Lutero. Agora você tem alguma luz. Depois a luz continua com Wesley; mais luz. Depois você vai até o pentecoste; mais luz. E o batismo com o Espírito Santo abre caminho para o próprio Espírito Santo, o Deus Todo-Poderoso, descendo e entregando a Palavra. Agora você está de volta ao alfa, que é Éfeso.

15         Agora, nem pense por um minuto que nós não temos o mesmo problema. Você tem a virgem néscia, a virgem sábia e a semente da serpente. Cada um destes pode ouvir a Palavra. E essa é a Palavra mecânica, [apesar de vindicada]. A Palavra que a virgem néscia ouve não é diferente da Palavra que você e eu, como as virgens sábias, temos ouvido. Nenhuma diferença de modo nenhum. Eles A ouvem. E o que a semente da serpente recebe, e acredite em mim, eles estão por perto – e é melhor você crer nisso. Temos visto a evidência por nós mesmos. Não há dois caminhos sobre isto. Tenho visto pregadores; eu sei de qual lado da moeda eles estão – você sabe que eles estão ouvindo a mesma Palavra. E eles estão citando Ela à esquerda e à direita. E eles A citam muitas vezes até mesmo mais do que a verdadeira semente de Deus cita. Isso é mecânico. Isso é mecânico.

16         Agora, ambos os lados serão ungidos. A virgem néscia perde isso inteiramente, porque não existe azeite nos vasos. Elas não são batizadas com o Espírito Santo. A verdadeira semente não pode perder isso, porque o Espírito Santo que entregou a Palavra está na Palavra. Seus cérebros são batizados com o Espírito Santo. Elas não tem problema.
Agora, o outro grupo, a semente da serpente, eles recebem a mesma coisa. E eles também são ungidos. Porém eles não são ungidos com o Espírito de Deus; eles são ungidos com o falso espírito.

17         Agora, aqui está o que está acontecendo. Todo mundo está cristalizando – cada pessoa individual. No entanto, aqueles três grupos recebem a Palavra, e assim é como isso irá continuar e assim por diante, até a revelação ficar mais clara e mais clara e mais clara, ou nada, nada, nada, confuso, no meio, que saibam realmente, ou a indomável semente da serpente que diz: “Nem pense por um minuto que nós não temos isso, e nós te mataremos para provar isso”. Eles são os cainitas. Tanta cristalização tem se iniciado.

18         Agora, a rota em que todos nós temos estado por todos estes anos, que você me tem ouvido ministrar, o qual poderia ser de trinta anos para alguns de vocês, (...) você sabe que – franco e honestamente, temos chegado ao final do caminho a um estado de cristalização onde entendemos como nunca temos entendido antes, e temos aprendido, absolutamente, seja o que fosse que estava dentro de nós para responder à Palavra, dado a nós sob vindicação, que tem se tornado mais claro, mais claro e mais claro. E temos aprendido isso, absolutamente, que o processo mecânico é receber a Palavra que o profeta entregou. O número dois é crer nisto, e depois de crer nisto, você olha para isto com a Palavra de Deus, porque essa é a Palavra de Deus, e Ela se torna mais clara, mais clara e mais clara.

19         Agora, eu duvido se existe hoje qualquer pessoa sentada aqui que esteja assentada debaixo do meu ministério agora, especialmente em torno dos últimos vários anos sobre a Divindade, que você tenha qualquer problema com o entendimento do que eu tenho ensinado na noite passada começando no princípio com o Espírito Santo, espírito, Santo ou não santo, você não sabe, mas nós sabemos que é o Espírito Santo. Lembre-se que o mesmo que disse: “Eu crio o bem e o mal”,[3] que significa tempos bons e tempos ruins, é o mesmo que nos disse, absolutamente, pois só Deus que no princípio conheceria o bem e o mal, entenderia que existe algo lá dentro que nós simplesmente deixamos como um grande mistério, e enquanto isso desce nós recebemos mais e mais, porém você começa bem lá atrás com Deus – ponto final. Então como no mundo você poderia ir para João 1:1, onde lá diz: “No princípio era Deus”, e ter qualquer coisa disso senão com o Deus Todo-Poderoso, Elohim, para começar? E quando você vai para Apocalipse e você vê Elohim acima do trono e o Cordeiro no trono, e Deus se torna Tudo e em todos, como que você poderia crer em qualquer coisa senão no que apontamos a você em Gênesis – o qual é João 1:1?

20         Agora, o outro povo não pode receber isso. Eles não podem fazer isto; eles não conseguem separar. E eu direi a você, depois da noite passada, você se tornou mais cristalizado do que você jamais esteve. Você se tornou mais feliz compreendendo a Divindade do que você tem sido em toda a sua vida. [Alguém na audiência diz: “Isso mesmo” – Trad.] E isso está mais claro e melhor. E embora ainda existam pequenas questões aí dentro por causa da linguagem do irmão Branham, você não precisa se preocupar com relação à linguagem quando você entende a estrutura, que é a doutrina, e a doutrina é: há um Deus, ponto final; um Filho Unigênito, ponto final, e muitos filhos, ou filhos, trazidos à glória. [“Isso mesmo”].

21         “Como em Adão todos morrem, cada um em Cristo é vivificado”.[4] Aqueles que são vivificados na segunda ressurreição são exatamente como você e eu, por que o irmão Branham disse: “Virá um tempo quando você entenderá que você sempre foi salvo”. O corpo é que foi condenado à morte. E o Espírito Santo garante, não que a alma viverá, porque a alma é uma parte do Espírito Santo, mas o batismo com o Espírito Santo, fazendo do seu corpo um templo do Espírito Santo, garante a sua ressurreição. Agora nós nos tornamos mais e mais sábios. Assim é como as virgens sábias entram, porque elas são uma parte de Deus [também. E todos os conhecidos de antemão são predestinados exatamente como diz em Efésios 1, que é o resumo de todas as eras].

22         Lembre-se que na segunda ressurreição a Bíblia distintamente diz: “Toda a planta que Meu pai celestial não plantou será arrancada e destruída no Lago de Fogo”;[5] isso é uma literalização[6] da Escritura. Então como podem aquelas pessoas, na segunda ressurreição surgir e entrar no novo céus e na nova terra se eles não são plantados por Deus? Agora estamos falando sobre semente. Não estamos falando agora sobre a criação. Uma grande parte da criação será completamente destruída para sempre, como anjos e serafins e querubins, seja o que for que eles fossem e que negaram Deus sob Satanás. Mas aqueles que ficaram, como Miguel e Gabriel e os diferentes seres, e seja o que for que aquele anjo que veio ao irmão Branham fosse, não haverá problema com eles. Eles estarão lá. [O Livro de Apocalipse nos dá um bom quadro].

23         Então eu quero que você compreenda como que você irá continuar e continuar. E você descobrirá a si mesmo mais e mais cristalizado. E você descobrirá que pequenas coisas podem surgir e você as ignorará inteiramente, porque você conhece a doutrina. E ela não é Só-Jesus. Jesus não é Deus. Sinto muito, mas Ele não é Deus. [A congregação diz: “Amém” – Trad.] E eu não sinto muito que Ele não seja Deus. Estou apenas me desculpando no sentido de que se alguém aqui sente que Jesus é Deus, sinto muito por você, porque Ele não é Deus. Ele disse que Ele não era Deus, e Ele não é.

24         Ele é o Filho Unigênito, que significa “unicamente gerado”, de um tipo único.[7] E como um primogênito, segundo a Escritura, absolutamente, Ele é herdeiro a cinqüenta por cento, e isso é verdade. E quando Ele surgiu da morte, Ele foi chamado por Deus ambos Senhor e Cristo e disse: “Assenta-Te à Minha mão direita até que Eu faça dos Teus inimigos o Teu escabelo”.[8] Assim é quando o Senhor disse ao meu Senhor, ou Jeová-Elohim disse a Jesus, que é a nossa [autoridade, e nossa] liderança. E existe uma autoridade: mulher, homem, Cristo, Deus. Bem, se Jesus Cristo é Deus, então porque existe um quarto? Isto seria mulher, homem, e Jesus Cristo, que é Deus. A Bíblia não diz assim. A Bíblia jamais diz: “Bendito seja o Pai e Deus de nosso Senhor Jesus Cristo”. Isso é um disfarce contra o próprio Espírito Santo. E elas são palavras que nunca deveriam ser usadas. É “Bendito seja o Deus e Pai...”,[9] ou “Bendito seja Deus que é o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”. Você tem duas únicas coisas certas nesse tempo em particular: Deus é o Pai de Jesus Cristo, e Deus é identificado por Jesus Cristo, e Jesus Cristo tem sido identificado por Deus. É para isso que você está olhando.

25         Agora, eu não estou usando um truque de frases. Estou dando a você a verdade. E você compreende que Jesus foi um completo refletor de Deus sobre as bases de que Deus estava Nele. E lembre-se de que Jesus foi um profeta, porém não meramente um profeta; Ele era O profeta – aquele previsto. E, ao mesmo tempo, Ele era o Messias.

26         Agora, observe você que Deus havia feito Dele ambos Senhor e Cristo, que é christós ou messiah no hebraico, e você pode tomar isso de muitas maneiras diferentes, mas se você quer deixar isso claro ao fato de que Cristo e Messias são a mesma pessoa, então os judeus são cristãos sem sequer saberem disso, usando a terminologia grega, e somos aqueles que crêem no Messias, na terminologia hebraica.

27         Mas você notará que a Bíblia disse que Deus “O fez”. Por quê? Porque Deus mesmo é o Redentor. [A congregação diz: “Amém” – Trad.] Deus mesmo é o Salvador. Todos aqueles elementos de Jeová repousam dentro do próprio Todo-Poderoso. E quando Deus permitiu Jesus, ou deu a Ele aquela grande posição de ser o transportador, onde Deus estava em Cristo reconciliando o mundo, então todas aquelas outras características que o irmão Branham revelou, como de que Ele tem levantado este Ser e feito Dele ambos Senhor e Cristo, então agora você está olhando para um Sumo Sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque sem o Qual você não pode chegar a Deus. Não há acesso a Deus sem Jesus, porque Deus tem feito dessa maneira, porque Ele somente se tornou Sumo Sacerdote para Deus quando Ele ressuscitou dos mortos. A ordem foi mudada.

28         Deste modo, quando você coloca todas essas coisas juntas, você começa a entender o que o irmão Branham de fato ensinou, e como você que tem chegado ao ponto da cristalização, o que num inglês claro significa simplesmente que você não pode mudar se você tentasse, e se você tentasse, ou se alguém tentasse, isso simplesmente destruiria tudo. Você seria completamente destruído. Em outras palavras, não há maneira de que você pudesse voltar atrás para alguma vez crer no que o grupo do Só-Jesus tenta ensinar, de que Jesus é o Seu próprio Pai. Isso é tolice.

29         E Jesus não é o Criador. Deus criou por Ele. Do mesmo modo como eu digo se eu dou a você dinheiro para pagar as minhas minhas contas. Você não tem que pagar as minhas contas. Eu tenho que pagar as minhas contas! [A congregação diz: “Amém”, “Isso mesmo” – Trad.] Quão ridículo pode o povo entender? Eu lhe direi o quão ridículo. Tão ridículo quanto suas mentes são controladas por Satanás. Mas se suas mentes – cérebros, tem sido batizadas com o Espírito Santo e os cérebros são os transportadores dos neurônios, os interceptores, e todos os óxidos e tudo ali dentro, para tornar você um ser humano com um espírito que pode cooperar com o seu corpo humano, que você tem que ter, então será permitido a você ser um vaso de Deus ou um não vaso de Deus. Você não somente é permitido, você é [predestinado], porque isso está no poder do Deus Todo-Poderoso.

30         Então eu quero que você observe isso, porque eu não tenho dúvida em minha mente de que você está na trilha certa, e de que você está começando a entender e formular tudo referente à Divindade e o que tem transpirado concernente a Deus Ele Mesmo sendo o autor ou o Pai dos filhos, os nascidos do Deus Todo-Poderoso; e você está começando a por isso no lugar.

31         Agora, de acordo com o ensinamento e a pregação do irmão Branham, existem certas coisas que me deixam absolutamente confuso, no sentido de que eu não consigo posicionar todas as vezes o que o irmão Branham está falando a respeito, porque nunca tenho encontrado o definitivo. Quando eu olho para o definitivo em um lugar, eu encontro o irmão Branham dizendo absolutamente: “Este é Elohim”. Mas os seus estudantes de todas as eras nem tampouco entendem ainda. Nunca tenho encontrado um estudante, qualquer que seja, que possa na verdade posicionar o entendimento do anjo do pacto, porque o irmão Branham disse: “Senhor Jesus Cristo”. E a respeito de Quem ele está falando? Ele está falando a respeito de Deus? Ele está falando a respeito de Jesus? Ele fala a respeito de uma luz? E ninguém sabe ainda na Escritura que Deus Ele Mesmo, Elohim, Jeová-Elohim, tem sido o anjo do pacto. E ainda assim o irmão Branham dirá: “O que é essa luz? O que era a rocha?” ele disse: “Isso é o nosso Senhor, Jesus Cristo”. Numa entrevista, ele disse: “Isso é o Senhor Jesus Cristo”.[10]

32         Tudo bem, vamos pegar alguma outra coisa que tem sido dito. Vamos dar uma outra olhada no fato de que ele disse: “O Senhor Jesus retornou na forma do Espírito Santo”. Agora, fale-me a respeito disso.[11] Se Ele retornou na forma do Espírito Santo, existe um corpo? Bem, responda-me. Se existe um corpo, como Bob Brown diz, está Ele numa condição comatosa? Se Ele está, você não tem um advogado... [“Isso mesmo”] pois Ele está adormecido.

33         Exatamente como no outro dia onde houve um julgamento de um assassino que veio do Texas, e lá eles reclamaram que o advogado do acusado estava adormecido. Bem, isto seria um grande sistema de justiça, não seria? Deus tem um advogado que está adormecido? Tem Ele nomeado para mim e para você um advogado que está adormecido? Bem, então Deus tem que ser o nosso advogado. Então vamos jogar Jesus fora. Não precisamos Dele, porque minha Bíblia disse: “O Deus de Israel não descansa e nem dorme”.[12] [“Amém”] E se Ele tem tido algum de seus garotos que descansa e dorme, há algo de errado em algum lugar, especialmente se é o Filho Unigênito. Eu nunca ouvi de uma pessoa imortal dormindo.

34         O irmão Branham também disse, como eu mencionei na outra noite, de que aquele rosto na nuvem é a Suprema Deidade. Bem, “Suprema Deidade” significa Divindade, que é Elohim, então isso não é Jesus. Então se ele disse: “Suprema Deidade do nosso Senhor Jesus Cristo” a respeito de Quem ele está falando? Você terá que decidir. Bem, eu lhe direi francamente, ele não está falando de Jesus, o homem. [“Amém”] Ele não pode ser, porque Ele está no trono. Aquele que desceu até aqui saiu do trono e o Filho subiu ao trono, e Ele está no trono enquanto o Pai está aqui embaixo trazendo a Palavra.

35         Lembre-se, foi com Elohim que Moisés conversou. Certo? Depois o irmão Branham disse que a mesma Coluna de Fogo, e Deus identificou-Se a Si Mesmo como o EU SOU – que não pode ser Jesus – o EU SOU tem que ser Elohim, O Auto-existente, e ele disse... e o irmão Branham se nivelou diretamente com Moisés e com Paulo, encarando Elohim.

36         E o irmão Branham ao mesmo tempo disse: “Quando a voz no fogo disse a ele: ‘Eu sou Jesus’”, ele disse, “aquele judeu não teria chamado Ele de ‘Senhor’”, agora estamos falando sobre a Deidade, porque ele era um judeu, “a menos que fosse o mesmo que esteve na Coluna de Fogo com Moisés”. Então Quem era isso?

37         Sabe, você tem que conhecer a doutrina para conhecer a linguagem, e até então, a linguagem pode ser muito, muito confusa a menos que você entenda o que eu tenho estado ensinando desde o começo – no princípio Deus – ponto final, no fim – Deus – ponto final, com o que Deus desejava. Um Deus, um Filho Unigênito, muitos filhos, duas categorias: uma Noiva e uma não, uma em volta do trono com os 144.000, os querubins, os vinte e quatro anciãos, os quatro animais, não importa do que você os chame, a Árvore da Vida no meio disto, perfeitamente alinhado, avançando adiante, e as nações entrando em sua glória. E lembre-se, todos eles tem que ter a vida eterna, e eles teriam corpos glorificados. Eles teriam corpos proporcionados.[13]

38         Em outras palavras, nunca pense tanto na palavra “glorificado”, nós colocaremos a palavra “proporcionado” com a sua posição, exatamente como o irmão Branham disse que aqueles injustos que aparecem na ressurreição geral, a ressurreição, o julgamento do trono branco, eles terão corpos que são proporcionados com o que eles devem experimentar no lago de fogo. Estou usando minha própria linguagem, mas o irmão Branham ensinou isto. Então são para estas coisas que você tem que olhar, e conhecer muito, muito a fundo.

39         Agora, na noite passada nós falamos bastante sobre a Palavra, de que Ele era a Palavra. Ou seja, este que está aqui em cima que é onisciente, onipotente, bem ali, Ele está dizendo a você que se você quer saber corretamente concernente a Ele e você deseja uma definição ou uma denominação, você não conseguirá qualquer coisa melhor do que Deus sendo a Palavra, porque quando isso chega completamente a isto, como eu mencionei na noite passada, não há palavra que seja suficiente por si mesma. Nenhuma palavra. Uma palavra, absolutamente, tem que descrever ou ser significante, na soma do fato de que existe algo por trás disso.

40         Quando eu digo a palavra “preto”, e eu junto... Eu espero... (creio que esta caneta aqui é preta... se eu... não é, ela é marrom, tem uma cor errada... opa!... não é de se estranhar... minha visão não é tão boa daqui de cima). Tudo bem, isso é preto, e isso é marrom. [O irmão Vayle escreve no quadro branco com os marcadores – Ed.]. Por quê? Por que isso é marrom e por que isso é preto? Porque há uma substância que é esta cor e uma substância que é aquela cor. E não haveria qualquer coisa que fosse chamada de marrom a menos que houvesse algo aqui que fosse real para dar-lhe um nome.

41         E assim, portanto, quando se fala sobre Deus e os Seus Nomes, há uma realidade por trás disso. E os nomes são somente dimensões descritivas por meio das quais você estabelece a realidade. Agora você está dentro de um cognitivo, de uma situação mecânica onde você está apreendendo por meio do processo mecânico o que está lá fora. Muito do que está lá fora é físico, mas quando você chega ao espiritual, você está preso, porque você não tem olhos espirituais para ver isto. Você não pode sequer ver um átomo. E dentro do átomo existem universos.

42         O que você irá fazer quando isto chega a Deus? “O que o olho não viu e o ouvido não ouviu e nem entrou no coração do homem”.[14]  O que você fará quando você diz que ninguém pode ver Deus e viver? E ninguém tem visto a Deus. O que você fará? Você tem que aceitar as palavras e aquelas palavras devem ser transportadas a você de uma maneira que Deus use aquelas palavras e elas serão adequadas para você se você é uma parte de Deus e ordenado para receber. Caso contrário, você não irá entender isso.

43         Então temos aqui o inescrutável, o Deus invisível, e Ele dá os Seus Nomes como El, Elá, El-Elá, terminando em Elohim, O Auto-existente, que é o Espírito dentro de Quem está a onipotência e a onisciência. De modo que não existe pensamento que possa alguma vez ocorrer, senão sobre o que está baseado e que já tem ocorrido e estado em Deus.

44         Agora, esse pensamento pode ser pervertido, porém não há pensamento, seja no passado, no presente, ou no futuro; não há nada que tenha sido feito no passado, no presente, ou no futuro; não há nada que tenha sido feito no passado, no presente, ou no futuro que não tenha estado associado a Ele. Assim, portanto, quando você quer falar sobre qualquer coisa, então Deus se torna a Palavra, porque essa é a única maneira que você pode entender, apreender, ou ter qualquer coisa referente a Deus. Até mesmo quando existe uma Coluna de Fogo, isso não quer dizer nada a menos que você saiba que isso é uma Coluna de Fogo. Se a voz não fala da Coluna de Fogo, que descreva e diga a você por que a Coluna de Fogo está ali, o que Ela está fazendo, o que Ela espera fazer, e o que Ela fará, e como você está envolvido, você nada saberá.

45         Assim, portanto, encontramos aquele Deus Todo-Poderoso; onipotente, onisciente, Espírito, inteiramente separado do homem e inescrutável até onde interessa aos sentidos, todavia sabendo que estamos unidos a Ele pelo cordão umbilical de Deus, cada um de nós; nós teremos um encanamento para Deus segundo o qual Deus revelará a nós, não somente a Sua Divindade, mas a Sua Paternidade. Isso entra no relacionamento pessoal. Agora diga-me como que você fica de fora disso? Vá em frente. É por essa razão que Deus é a Palavra, o que simplesmente significa que Deus Se revelará a Si Mesmo e estará na revelação através da qual Ele é totalmente apreendido e real, nos termos de existência e função.

46         Agora, eu estou pesando minhas palavras, mas é melhor você ouvir a fita novamente, porque temos que chegar ao ponto onde compreendemos que Deus é a Palavra.
Agora, isso está na finalidade, e isso é porque está no original. E origem e finalidade são uma e a mesma coisa, porque o que está no princípio dever estar no final, o princípio do Alfa e do Ômega, e jamais se esqueça disso.

47         Assim, portanto, podemos olhar para o memra. E eu não gosto de usar palavra menorah. Você tem m-e-m-r-a, que é perfeito, que é bom. Você tem “m-e-m”, e depois você tem “r-a-h”; você chega a seis, certo; a graça revelada ao homem. Depois você tem “menorah”, um sete. Então você tem uma conclusão. Você pode usar qualquer termo, mas eu simplesmente gosto da moda antiga, que é o memra, que é a sua candeia de nove ramos revelando os triplos nomes compostos de Jeová, que na verdade revela e lida com Deus e com o Seu povo que somos nós em carne falível. E o negativo então, virá completamente contra a semente da serpente, e as qualidades passivas, onde a virgem néscia não é nascida de novo, (veja, eles não são cheios do Espírito Santo) eles então recebem todos os benefícios exceto aqueles que estão determinados no nível mais alto. E o nível mais alto é a Noiva. E eles estão em volta do Noivo, que é Jesus Cristo, e a Coluna de Fogo acima do trono e assim por diante, e etc.

48         Mas observe, há algo que você quer olhar na Nova Jerusalém, e que é a Árvore da Vida com as raízes em ambos os lados do rio da vida fluindo próximo, e aqui diz que as folhas são para a cura da nação. E o irmão Branham disse: “Isso é para manter a paz”. Agora eu quero fazer uma pergunta a você: por que você precisa manter a paz com o Príncipe da Paz ali, se não há pecado ou qualquer coisa que polua? Agora, enquanto você responde a essa pergunta, eu responderei algumas perguntas que você pode ter para fazer a mim. Eu gostaria que você somente encontrasse para mim um lugar onde o irmão Branham dissesse qualquer coisa, exceto que ele disse: “para a cura das nações”.

49         Bem, eu posso na verdade dar a você um pequeno pensamento sobre isto, e que as nações seriam aqueles do lado de fora. Onde você está conservando a paz no lado de fora? O que está acontecendo? Eu não sei, porém o que eu realmente creio em tudo isso é que: nunca existe um tempo quando os filhos de Deus alguma vez chegam ao ponto onde eles possam sequer começar a se aproximar de qualquer coisa que Deus Mesmo é, e de alguma vez fazer sem Ele e Seu plano, o que Ele tem no decorrer das eras e das eras por vir, e você sempre está aprendendo mais e mais da graça e das maravilhas do Deus Todo-Poderoso quando você penetra mais e mais no que repousa Nele quando chamamos por Ele, e até mesmo antes que nós O chamemos Ele está derramando isso. Isso não responde plenamente a pergunta, mas isso é até aonde eu posso ir. Talvez eu não devesse ter ido a essa distância, mas eu acho que eu posso ir a essa distância sem impunidade – sem ser medroso.

50         Então tudo bem. Temos aqui então Deus, que é a Palavra. Agora, se desejarmos entraremos nisto um pouco mais adiante aqui, porque eu não tenho muitas perguntas. Parece que algumas serão respondidas rápido. Vamos ir a Provérbios e... Eu realmente não quero ir a Provérbios sobre a base de leituras de capítulos aqui, mas se você entrar no livro de Provérbios nos capítulos sobre a sabedoria, e você encontra aqui, oh, começando exatamente no capítulo 4, onde aqui diz: “O Senhor, pela sabedoria fundou a terra; pelo entendimento estabeleceu os céus”.[15] Bem, o Senhor, diz aqui “pela sabedoria”. Bem, a sabedoria por si mesma não faz nada. Dizer uma palavra não faz nada. Dizer “marrom”, não significa coisa alguma a menos que exista algo ali. “Preto” não quer dizer nada. “Verde” não quer dizer “Hokey-oh-pokey-oh”.[16] O que é um “Hokey-oh-pokey-oh”? Não existe tal coisa como “Hokey-oh-pokey-oh”. É um jargão – estupidez. Isso não é uma palavra.

51         Para uma palavra, tem que haver uma substância, porque a palavra é uma definição verbal do que existe. Então se a Escritura diz aqui, que Deus pela sabedoria estabeleceu a terra, a sabedoria não irá fazer isto. Tem que haver algo por trás dela e que seria a onipotência. Então se Deus é sabedoria, Deus é a realidade, Deus é o caminho, Deus é a verdade, Deus é o Amém; então Deus é a Palavra. Agora, assim é como eu entendo isso, porque eu não posso entender isso de qualquer outra maneira. “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus”. Assim, portanto, a definição é a substância. Então quando você diz: “Logos” assim isto será. E então quando você fala sobre João 1:1, é isto. Isto é Gênesis 1. Isso é o conjunto disso.

52         Tudo bem, sem ir muito longe, porque eu queria pegar uma série de citações como eu havia feito algum tempo atrás, mas indo muito mais para dentro, surge então a pergunta: como que Jesus é o Logos? Por que Ele seria o Logos? Se “marrom” é o verbo que chama a sua atenção do que você tem visto na substância, então essa qualidade e quantidade de materialidade são na verdade um Logos e a palavra que descreve isto é... como você pode dizer, a descrição. Então, quando você vem para João 1:1, e você está falando sobre isso, você irá além de qualquer coisa que eu descrevo como um pigmento marrom e um pigmento preto e um pigmento verde, ou seja o que for. Eu irei agora para o mais alto, onde o Logos é agora Deus mesmo, e estamos usando uma medida (e palavras são medidas, clara e simples, que até mesmo tem sido provada pelos filósofos).

53         Eu fiquei surpreso outro dia ao descobrir que um dos mais brilhantes filósofos que já viveu disse: “Tudo é medido”. Tenho estado dizendo isso por muitos, muitos anos, e eu não sou brilhante. Porém mostre-me algo que não seja uma medida. O que você diz sobre a massa amorfa? Bem, isso é fácil. Eu simplesmente irei em frente e deixarei cair um pedaço de carvão dentro de um balde d’água, e antes que a água suba, eu terei um pequeno local onde ela escoa; e então, quando eu tenho deixado cair um carvão dentro, eu terei essa jarra aqui embaixo com medida, e eu direi: “Bem, este carvão é de várias onças e grande assim”. Você pode medir qualquer coisa.

54         A medição é tão correta que você pode pegar uma tábua que seja uma tábua plana – como se esta aqui fosse uma tábua plana – e eu posso colocar um fulcro nela bem aqui. Eu posso medir a densidade da tábua. Eu posso saber quão grossa ela é. Eu posso colocar uma pedra aqui, e eu digo quão grande uma pedra é que eu ponho aqui para manter isso em equilíbrio. Eu já fiz isso. Bem, você já não fez?

55         Russ [Evans], você conhece tudo sobre isso. Isso é física. Sim, Peter [Gatchell], você sabe tudo sobre isso. Vocês estudaram isso no colégio. Isso é simplesmente a física comum que você adota na décima série. Talvez eles não adotem aqui nos estados; nós adotamos no Canadá. Você pode imaginar todas essas coisas aí fora. Medição.
Então quando você fala sobre Deus, Deus é medido. Onde você encontra a medição? Na Palavra.

56         Então tudo bem, mostre-me onde Jesus não seria um Logos. Então, se Deus tinha em Sua mente, (e Deus é concreto, materialidade espiritual, que é bem maior do que a materialidade física, porque a materialidade física meramente sai da materialidade espiritual por uma Palavra de poder – simplesmente Deus falando isso) e no tempo em que Ele fala Isto, isso é tão bem feito, seja isso naquele tempo ou dois bilhões de anos até o final da estrada. Por quê? Porque Deus é Isto. Deus disse Isto. Então, você não pode separar Deus de Sua Palavra.

57         Então se Deus disse: “Eu terei um Filho”, o que surge? Bem, se surgisse um asno, isso não seria o Logos. Deus sabe o que isso seria. Estou dizendo coisas estúpidas porque eu quero chegar ao meu ponto. Quando Abraão disse: “Deus, eu preciso de um filho”. Bem, Deus disse: “Sabe Abraão, você está confuso, bom rapaz. Eu lhe darei um grupo de camelos”. Por favor! Ele disse um filho: “Um filho é o que você quer; um filho é o que você terá”. Logos. Então quando Deus disse: “Eu quero ter um Filho”, o que surgiu? Uma luz formada, e ela é formada de Deus Mesmo, porque de nada mais havia para se formar. E “formar” significa que deve haver alguma coisa ali, e isso é moldado. A Bíblia não fala sobre de que maneira um bebê é formado no ventre? Olhe na Escritura. Essa é uma das coisas que Salomão não podia entender. Ninguém entende isso.

58         Os médicos alegam entender, mas eles são um bando de, bem, sabe, você sabe como que é isso. O Dr. Buckman uma vez disse que você fica mais pobre pelos graus, e ele também disse que você fica mais frio pelos graus. [Risos – Trad.] E isso é a epitomização da palavra grau – mais frio. E quanto mais os médicos sabem menos eles sabem.
Eu entrei no escritório do oftalmologista e eu disse: “É uma pena vocês médicos não terem oxigenação hiperbárica aqui, e assim vocês poderiam curar a minha degeneração muscular”.
E ele olhou para mim, e ele disse: “Se esse fosse o caso, eles estariam parando em fila”.
Eu disse: “Exatamente como a besteira que eles fizeram, o FDA, que simplesmente fechou dois médicos que eu sei, porque eles podiam fazer isso”.
Ele não disse outra palavra.
No mês passado saiu um artigo no Lancet ou em algum jornal: “A oxigenação realmente ajudará os seus globos oculares”.
(...)

59         Tudo bem, de volta a Jesus. Isso é Logos, porque a filiação estava naquele espírito – a luz que surgiu. E a filiação estava naquele corpo que nasceu. E os nascidos estão nos corpos que surgem através de um macho e de uma fêmea, e o macho carrega a vida, como Levi que estava em seu ta-ta-taravô. Sim, ele estava. Ele estava em seu ta-ta-taravô, e Levi era a pessoa que estava em Deus. É exatamente por essa razão que quando as pessoas desonram os contatos sexuais, especialmente fora do casamento, e praticam o tipo errado de controle de natalidade, essa é a maior condenação que existe na terra. E essa é a maior tentação sobre o maior pecado, e isso está conduzindo o mundo inteiro para o inferno.

60         Eu gostaria de pegar um dia desses, todas as pessoas jovens, jovem e idoso, as mulheres jovens, as moças e os moços, e simplesmente por todo isso em linha, porque as pessoas não estão pondo isso em linha. E você sabe o que está acontecendo? Morte e destruição está em seu caminho onde a vida e a realidade e a glória e a beleza poderiam ser suas ao invés da imundície, do mau, da degradação e da morte. Nunca tenho ultrapassado fora do limite da castidade como um homem, mas permita-me dizer a você, tenho pesares quando você não consegue crer porque eu não fui ensinado direito e não fui auxiliado. Sim.
Então Ele disse: “Tudo bem, Eu terei um Filho”. Esse é o Logos.

61         Agora, vamos somente fazer algo aqui, e eu quero mostrar algo a você. [O irmão Vayle está apagando o quadro – Trad.] Eu estava um tanto receoso de que suas perguntas não estivessem muito boas ou além da conta. Eu não sei quão boas ou quão más elas estão, então eu simplesmente iria em frente e falaria de qualquer jeito. Tudo bem, o irmão Branham, todo mundo reconheceu, e existe uma grande conversa de certo modo de que Jesus é a Palavra de João 1:1. Vamos somente verificar o que o irmão Branham disse. O irmão Branham disse que os profetas... O que ele disse sobre eles? [O irmão Vayle interrompe a pregação para escrever no quadro branco, por aproximadamente um minuto – Trad.] (Tudo bem, o silêncio nas fitas de áudio e do vídeo tem a ver com o que eu escrevo no quadro.) O que ele disse sobre os profetas? “Todos tinham uma parte da Palavra, todos foram uma parte da Palavra, mas Jesus era toda a Palavra, ou tudo da Palavra”. Do quê ele estava falando? Bem, o que os profetas são? Moisés, tudo bem. Não Josué, não Juízes, não Ester, não Rute; você tem que continuar agora. Existe um companheiro chamado Samuel, e ele está ali, mas ele não é como Moisés. A Palavra veio a Moisés. Ela nunca veio a Samuel. A revelação veio a Samuel exatamente como a Palavra veio a Paulo. O irmão Branham sempre se comparava a Samuel, e Samuel está bem no livro de Atos onde Elias entra em cena aos gentios para dar-nos a Palavra revelada.

62         Tudo bem, depois você continua ali e você tem Davi, o profeta rei, e dali sucede Salomão que foi um homem sábio, mas esqueça-o. Agora continue ali e você tem Isaías, você tem Jeremias, você tem Ezequiel, e você chega bem aqui embaixo a Malaquias. Agora, todos eles foram uma parte, mas Jesus era tudo. Então de toda a Palavra, qual parte Jesus era? Toda Ela. Logos e Logos. Você me acompanha? Bem, por favor, o irmão Branham disse isso ou ele não disse? [“Amém”] Então por que eles não ouvem e crêem nisso?

63         Ele não voltou atrás e disse: “Bem, tenho novas para você. Eu cometi um erro sobre Jesus ser o Logos. Eu finalmente descobri por mim mesmo que João 1:1, Deus é o Logos. Jesus é o Logos”. Jesus Ele mesmo disse, concernente a Si próprio... (O quê? “Logos – capacidade”?) [Risos – Trad.], sendo o Logos, Ele disse: “Examinais as Escrituras e vejam, porque julgais ter encontrado Nelas a vida eterna, e são Elas que de Mim testificam”.[17] Então Ele era toda a Palavra testemunho da Bíblia.

64         Tanto para a sua fé do Só-Jesus. Agora, só um pequeno sarcasmo aqui, mas é porque eu já estou um pouco de saco cheio. Sem tentar ser esperto. Sem tentar ser arrogante ou qualquer outra coisa. Mas eu quero dizer algo a você. Estas pessoas que citam o irmão Branham, e citam, citam, citam. Você não sabia que o diabo cita as Escrituras? Você não sabia que ele ainda está dirigindo na adoração? Você não sabia que ele ainda está pervertendo a Escritura? O que você acha que a semente da serpente está fazendo então?

65         Satanás não está preocupado com os hindus e o restante deles.  A única coisa que importa a ele é o cristianismo, porque o cristianismo é a semente de mostarda que foi plantada, que viaja completamente por toda a terra, e se torna uma árvore gigante, e todas as aves do ar se acomodam nela, mostrando que o cristianismo se torna uma sujeira, uma imunda religião do diabo. E isso ainda é o cristianismo. Isso ainda é o Logos. Isso ainda é Jeová-Elohim. Isso ainda é o crucificado. Isso ainda é o ressuscitado. E Satanás está fazendo tudo isso pela perversão da Escritura.

66         Portanto, ele é o líder na adoração de Deus, e a liderança na adoração de Deus é a assim chamada adoração a Deus. E um dia ele tomará tudo isso para si mesmo, e a igreja católica é o elemento principal. Os protestantes não são diferentes. Na verdade, se eu tivesse que crer em qualquer coisa, eu acho que me tornaria um católico nas bases de que isso é simplificado: beijar os pés do Papa, e você tem feito isso. O restante deles: “Faça isto, faça aquilo, faça isto, faça aquilo. Venha aqui, vá lá, faça aquilo”. Oh, meu Deus...

67         Sabe de uma coisa? Eu não entendo as pessoas. Quanto mais complexo isto é, mais parece que elas querem isso. [Risos – Trad.] Deus se encontra na simplicidade [“Amém”, “Isso mesmo”], e a simplicidade repousa no Pai e no Filho e nos filhos. Depois você segue dali: como que isso aconteceu? O que envolve isto? Existem algumas conseqüências ou dividendos? Como que eles conseguem? Onde você os consegue? Quando eles estão à sua disposição? Quando nós os aproveitamos? Simples como o a-b-c. De qualquer maneira isso não é tudo que a vida é? Então é dessa maneira que deveria ser.

68         Deste modo nós olhamos para o fato, então, quando o irmão Branham disse que os profetas foram uma parte disto, porém Ele ainda é tudo isto, e depois você pega todos os profetas e você O descobre como a soma total. Então Ele é o Logos. E você e eu, como eu entendo isso, temos que ser do mesmo modo em nosso caminho.
Então, tudo bem. Eu não acho que eu tenha alguma outra nota mais aqui que eu queira olhar. Eu olhei para elas na noite passada. Eu fiz um monte de combinação.

69         Agora, referente ao Logos de João 1:1, eu quero ir a 1 João, e voltar lá no final de sua Bíblia. [O irmão Vayle pede para o irmão Bill Graham para que entregue algumas perguntas escritas para o irmão Vayle – Ed.] (Bem, obrigado, eu não sei se eu sequer as conseguirei esta manhã. Eu li algumas delas e eu... Elas estão todas bem, mas... Nós conseguiremos isto de qualquer maneira).

70         1 João 1:1-3:
O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida. Porque a vida foi manifestada, (agora, isso aí é o Logos) e nós a vimos, e testificamos dela, e vos anunciamos a vida eterna, que estava com o Pai, (agora observe novamente, ele está usando a mesma coisa de novo) e nos foi manifestada; o que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais companheirismo conosco; e verdadeiramente o nosso companheirismo foi com o Pai  e com o seu Filho.

71         Então você tem dois Logos bem aí. E Jesus explicou isso. Ele disse: “Você está olhando para Mim, e Eu Sou uma pessoa de carne e Sangue. Sim, Eu nasci da virgem. Eu sou Aquele que estava para vir no profeta. Examine a Escritura, e veja se Eu não Sou aquela Palavra”. Porque o profeta está vivendo a Palavra de Deus feita manifesta. Agora, um profeta vindicado disse isto.

72         “Então, bem irmão Vayle, eu simplesmente não acredito nisso”.
(...) Por que você não acreditaria? Estou firmado com a vindicação. O profeta é a Palavra viva de Deus feita manifesta. Deus revelado em carne humana, ponto final.
“Oh, eu não posso aceitar isso”.
Mas você tem o Espírito Santo? [Não pode ser]. Você não tem Espírito Santo nenhum. [“Isso mesmo”]
(...) “Oh, irmão Vayle, eu tenho o Espírito Santo, mas Deus não poderia estar naquele homem”.
[Porém essa é a verdade vindicada].
(...)

73         E então esta é a mensagem (Observe agora, a mensagem. Tem que haver uma mensagem sobre este grande Logos) que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas de modo algum. Se dissermos que temos companheirismo com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade. Mas, se andarmos na luz, como ele está na luz, temos companheirismo uns com os outros, e o Sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.[18]

74         Agora, aí você chega nisso. O companheirismo de Deus depende do que Jesus fez e o que Ele está fazendo. E o Sangue depende disso. Em outras palavras, o Sangue não é eficaz sem a Palavra, porque é o Sangue da aliança. Se não existe aliança, o Sangue não é necessário. Se existe uma aliança, o Sangue é necessário para por a aliança em efeito. Agora, a sua Ceia do Senhor permanece aqui. Vê? Tem que se entender estas coisas.

75         Agora, nós encontramos em Gênesis 1, o qual também deve ser chamado de o Logos segundo Gênesis 1:14. E aqui Isto diz, e Deus disse: “Haja luz no firmamento dos céus e que separe o dia da noite, e sejam eles para sinais e estações para dias e anos”. Bem, na verdade, o fato é que isso é o Logos. Isso é Deus dizendo isso e a Palavra na verdade fazendo isto. É uma Palavra de poder, porque Deus está em Sua Palavra. Agora, aí está onde você encontra que o irmão Branham disse: “O canal do Espírito Santo é a Palavra”. Então como no mundo podemos você e eu ser cheios do Espírito Santo – que significa passo a passo, acumulando palavra sobre palavra, palavra sobre palavra, passo a passo, polegada por polegada, ou onça por onça, grão por grão, e de qualquer forma isto acontece, porque Isto é “preceito sobre preceito, linha sobre linha, um pouquinho aqui e um pouquinho ali”.[19] Sem o Espírito Santo estando em nós e a Palavra sendo o canal, não há maneira de que possamos chegar à plena estatura, porque a plena estatura está na Palavra, e portanto, a Palavra dever ser eficaz em favor de Si Mesma para nos mover para onde estamos supostos a ir; porque não há proveito em Deus dizer: “Sede vós perfeitos como é perfeito o vosso Pai que está nos céus”,[20] a menos que a Palavra possa fazer isto. [“Amém”] Por que Ele diria Isto? “Oh, estou apenas permitindo as pessoas saberem que Eu sou tão alto e poderoso, e sou tão alto acima de você que não importa quão duro você tente, ou faça você isso ou aquilo, você jamais chegará lá”. Bem, isso é tolice. [“Isso mesmo”] Estaremos em volta do trono e da Coluna de Fogo acima do trono.

76         (...) O irmão Branham disse: “Se Deus disse isso e fez um mandamento, Deus tem que prover um meio para isso”. Aleluia, esse é o tipo de pregação que eu gosto. [“Amém”] Então Ele disse: “Haja luz”, e houve. E o irmão Branham disse: “Deus pode ter dito ‘haja luz’ e ela foi formada um milhão de anos depois, mas”, ele disse, “isso tinha que ser, porque Deus disse isto”. [21] Em primeiro lugar, Isso está na mente de Deus, então Isso está escrito, e depois Deus diz Isto. E quando Ele diz Isto, é melhor você crer Nisto. [“Amém”] E quando Isto é dito bem ali, é melhor você crer Nisto. E quando você crê, você encontrará a si mesmo reduzido a somente uma coisa: que é crer na Palavra. Você não acreditará mais em sinais e maravilhas.

77         Como o sujeito que ligou para mim outro dia tagarelando, e ele mencionou como certas coisas tinham que acontecer fenomenalmente, e eu pensei: “Oh rapaz, eu simplesmente tenho que tirar esse sujeito da minha lista a menos que ele mude”. E ainda assim existem coisas que eu não entendo. O irmão Branham disse que Ernie Fandler[22] sentou no banco, e Ernie Fandler era apenas um sujeito fazendo zombaria, levemente, algo fora do... Eu não sei como que ele esteve lá naquela reunião acima no norte de Grand Prairie, eu acho que foi. E ele disse que o espírito tomou ele acima das cabeças do povo e o colocou no corredor. Sabe de uma coisa? Eu não dou a mínima para isto.
Você diz: “Irmão Vayle, se Deus fez em profecia, então você deveria dar a mínima”.
Por que eu deveria dar a mínima para isto? Se o irmão Branham não ia atrás de experiências, porque que eu deveria ir atrás das de Ernie Fandler? [“Isso mesmo”]

78         Por que eu deveria ir pelas minhas? Eu lhe disse que eu havia sido levantado – pensava eu pelo Espírito Santo – Deus sabe (eu não sei) e jogado sobre o chão de cimento, que teria me estalado igual ao que faria com um ovo podre, o qual eu era. Uma mãe não poderia colocar o seu bebê macio sobre o chão de cimento, e minha cabeça batia numa enorme tábua. Eu não dou a mínima para isto. Tudo isso é confuso para mim; tudo isso é confuso para mim. Esta [Palavra] revelada [“Amém”] me dá o auxílio que eu preciso. Faça o que você quiser. Não me fale sobre experiência, não me fale sobre isso. Dá-me Deuteronômio 18, e eu saberei a realidade de Deuteronômio 18, e não a de algum Lee Vayle ou que qualquer outro tenha, mas de um profeta vindicado. João 1:1 é Deus.

79         Então Deus disse muitas coisas que veio a acontecer. E em Apocalipse 3:14, “O princípio da criação de Deus”, Deus criando a Si Mesmo na forma de carne humana, e Deus começou lá atrás, quando aquela luz surgiu, e assim por diante. Vamos ir a Êxodo 33, e começando no versículo 18:

E eu disse: Rogo-te, Senhor, que me mostres a tua glória. E ele disse: Eu farei passar toda a minha bondade por diante de ti, e proclamarei o nome do Senhor diante de ti; e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem eu me compadecer.

80         Agora ouça. Ele disse: “Eu farei passar toda a minha bondade por diante de ti. Ele disse: “Você verá algo”. Ele disse: “Haverá algo lá fora que Eu farei para você ver e saber”. E Ele disse: “Eu proclamarei o Meu nome, e Eu permitirei você saber se é Eu fazendo isso ou alguma outra coisa”. Então quando o irmão Branham veio com o grande fenômeno, Deus teve que tornar conhecido de que era Deus fazendo isso. Hã? Bem, então ele se classifica injustamente com Moisés? Ou ele está certo?

81         Veja, eu amo o irmão Branham. Diga o que você quiser, mas eu não estou apenas plenamente fascinado e cem por cento vendido a isto. Isso é minha vida; e isso não é a minha vida, porque é o homem. É quem está por detrás do homem. Eu sou um daqueles que viram a Deus, e eu estava olhando para Deus embora eu tivesse que olhar para um homem.

82         Deus o fez passar diante de mim e proclamar o Seu Nome. E Ele disse: “Me compadecerei de quem Eu Me compadecer”, e a primeira coisa que Deus pregou foi soberania, eleição e predestinação.
“Oh eu detesto isto, eu não posso crer num Deus que levasse um e deixasse outro”.
Bem, bem, bem; você certamente mostrou quem você era, moçinho Caim, moçinha Caim.

83         E ele disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face, e viverá. (Bastante claro, heim?) Disse mais o Senhor: Eis aqui um lugar junto a mim; aqui te porás sobre uma rocha. E acontecerá que, quando a minha glória passar, pôr-te-ei numa fenda da rocha, e te cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado. E, havendo eu tirado a minha mão, me verás pelas costas; mas a minha face não se verá.

84         E o irmão Branham disse: “Eram costas sangrando”, porque Deus manifestou-Se através de um homem cujas costas sangravam pelas pisaduras e, esse era Aquele que disse: “Quando você vê a Mim, você vê o Pai”.[23]

85         2 Coríntios 4:3-6:
Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto. Nos quais o deus deste mundo cegou as mentes dos... (cegou as mentes, cegou as mentes, cegou as mentes, cegou as mentes. Físico, físico, físico, físico, físico; por meio do processo dos sentidos que estão aqui em nossa forma física pela vida dentro de nós) incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. (“Não farás para Mim imagem que seja entalhada”. Deus gerou a Sua Própria imagem, que é Cristo, a imagem de Deus) Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus. Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, (Quem fez o brilho da luz sair das trevas? Deus fez, não Jesus) é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo. (“Ninguém pode ver a Minha face e viver”, mas eles podem ver a face de Jesus e viver. É por essa razão que quando o irmão Branham viu a face de Jesus, ele desmaiou completamente).
Então aí está o Logos. Aí está o seu quadro. Aí está a sua perfeição. Você não precisa de mais nada. Vê?

86         Agora, João disse aqui em 1 João 1, e ele disse: “E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há Nele trevas de modo algum”.[24] Você não pode acrescentar uma palavra; você não pode tirar uma palavra. De modo nenhum. Uma palavra de fora faz a luz se apagar. Uma palavra de fora faz a luz falhar, curto circuito – sem força o suficiente para transportar a luz. Muita força explode-a. Você está pondo uma interferência aí dentro. Sabe, você não pode fazer isto.

87         A eletricidade deve ter uma corrente livre. E para fazê-la trabalhar exatamente correto, a corrente tem que estar exatamente correta, ou você a queimará, ou ela não acenderá. Continue tentando acender, e bem logo você provocará um curto circuito em algum lugar, e você arruinará a coisa toda. Alguma vez você pegou um centavo de cobre e o colocou dentro de uma velha caixa de fusível para manter a luz acesa, e então tudo virou uma corrente elétrica ligada? O que acontece? Algo começa a fritar. Huh-uh, você não pode fazer isso. Você não pode acrescentar. Você não pode tirar. Você tem que deixá-la exatamente como ela está.


A vós aqui diz, que aquele que crê no Senhor tem a vida eterna, porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. (Versículo 18) Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.[26]

89         Então sem a revelação, o Sangue não te ajuda. E no minuto em que você verdadeiramente está debaixo do Sangue, você receberá o Espírito Santo. Então você amontoa palavra sobre palavra. Então onde está toda esta demora no pentecoste? Onde está todo este falso ensino? Vê o que tem acontecido? Onde estão os pentecostais? Refugo. Eu não aprecio o fato deles serem refugo. Eu reconheço o fato de que eles são refugo. E no meu reconhecimento, eu permaneço com a Palavra do Deus vivo, e não me moverei. [“Amém”]

90         Agora com isso você entende o pensamento que o irmão Branham disse: “Eu prefiro ter o meu coração certo e a minha doutrina errada, do que ter a minha doutrina certa e o meu coração errado”.
E deste modo eles tentam me trapacear e dizer: “Bem, veja irmão Vayle, seu coração não está correto”.
Bem, meu coração está correto. [“Amém”] Por quê? Porque minha doutrina está correta. Quero mostrar algo a você aqui em 1 Coríntios a respeito do quê o irmão Branham está falando. O irmão Branham disse em 1 Coríntios 13 que o amor era o Espírito Santo. Então vamos somente pegar o capítulo 13 e ler um pouquinho sobre isso. E bem aqui diz: “E ainda que eu tenha o dom de profecia, e conheça todos os mistérios e toda a ciência, e tenha toda a fé, de maneira que eu pudesse transportar os montes, e eu não tenho...” o Espírito Santo, eu nada sou. [27] É sobre isso que ele está falando.

91         E você está tentando me dizer que o irmão Branham diz: “eu posso ter um duro, afetuoso, tolerante, bajulador, amoroso – ter este bonito coraçãozinho e a minha doutrina errada”, e isso está tudo bem? Então me responda: por que o irmão Branham falava sobre o velho bondoso sacerdote e que isso queria dizer o velho Jesus? Por que ele disse que os cientistas cristãos poderiam nos por em vergonha – com cem vezes mais amor do que nós temos? Oh, você pode alterar qualquer coisa que o irmão Branham disse para tornar isto satisfeito a você. Ouça, eu sou ruim e eu posso ser mau. Eu posso ser desprezível. Eu posso pensar pensamentos vulgares e tudo mais. Mas permita-me dizer isto a você: esta Palavra permanece e Lee Vayle pode cair, e eu não irei me defender a mim mesmo contra esta Palavra.

92         Tenho aprendido uma coisa, e tenho dito a você que eu tenho aprendido isto: tenho ouvido o irmão Branham pregar. Tenho lido seus sermões, e tenho dito: “Oh, Deus, eu não posso aceitar isto”, porque não sou nada. Isto me condena ao inferno. Estou fora disso. Então eu digo: “Olhe aqui rapaz, é melhor você olhar para isto, porque você não tem escolha”. E quando eu li isto, eu descobri que ele não estava dizendo o que eu pensava que ele estivesse dizendo. Fique com essa Palavra.  

93         Se Davi era um homem segundo o próprio coração de Deus, há somente uma razão para que ele fosse: porque ele era uma parte da Palavra. Ele era uma parte de Deus. E ele não foi um filho que Deus não quisesse, como você e eu que se envolve em sexo e não quer um monte de filhos. Nós queremos somente o sexo. Deus desejou cada filho que Ele gerou para Si Mesmo e por meio da raça humana, e fez uma explícita, perfeita provisão para cada um para por-lhes no lugar de onde o Pai pudesse olhar sobre um grupo abençoado de filhos que amasse o seu Pai, mas que soubessem que Ele era Deus. Oh, sim, o irmão Branham pregou sobre isso e eu precisei de uma série inteira sobre isso.

94         Então tudo bem. Agora, vamos ir aqui novamente, “Se andarmos naquela luz, como Ele está na luz temos companheirismo uns com os outros, e o Sangue de Jesus Cristo purifica”. Agora, a Escritura diz, e eu entrarei em um pequeno pensamento aqui. Quero jogar isso dentro, porque isso é parte do que eu tenho em minha mente e estado pensando a respeito no último pequeno espaço de tempo. Jesus disse: “Se Me pedires qualquer coisa em Meu nome, Eu o farei”.[28] João disse: “Se pedirmos qualquer coisa referente à Sua vontade sabemos que Ele nos ouve, e se sabemos que Ele nos ouve, sabemos que obtemos Dele a petição que desejamos”.[29] Agora, isto é parte do grande complexo de onde o irmão Branham disse: “Se você somente soubesse quem eu sou, todos vocês seriam curados. Se vocês entendessem o nascimento virginal, todos vocês seriam curados, os cânceres sumiriam”. Tenho olhado para o terceiro, e aí poderia ser três, quatro, cinco e seis por tudo que eu sei. Mas isso tem agora chamado a minha atenção onde a Escritura diz: “Se sabemos que Ele nos ouve, sabemos que obtemos Dele a petição que desejamos”.

95         Agora, cada um de vocês sabem que Deus até mesmo conhece os pensamentos do seu coração. Como o anjo de Deus disse para o irmão Branham: “Seus pensamentos nos céus falam mais alto que suas palavras na terra”. Ele conhece cada pensamento imundo que temos, cada coisa má que temos em nossos corações. Ele sabe toda vez que recusamos de fazer o bem, quando podíamos ter feito o bem. Quando nos afastamos de Sua Palavra quando você disse que você faria algo, e nós não o fizemos. Bem, Ele sabe tudo a nosso respeito. Somos crus[30]. Nós nos desviamos mil vezes por dia; pecamos mil vezes por dia. Nós murmuramos, sim. Sei que infelizmente fazemos, porque eu faço a mesma coisa. Ele nos ouve. Então por que Ele não nos ouve quando oramos?

96         Eu lhe direi uma coisa, a Bíblia tem um versículo muito importante Nela que diz: “Aquele que afasta o seu ouvido de ouvir a minha Palavra, eu afastarei o meu ouvido de ouvir as suas orações”. [31] Isso é idêntico a este versículo bem aqui: “Se ouvimos a Sua Palavra, vindicada, temos acesso; Ele tem que ouvir as nossas orações”. Agora o fato é: cremos nisto? Cremos baseados numa Palavra vindicada que nós aceitamos? Agora ela está vindicada, a promessa da expiação entra em efeito. Agora, essa é a chave número três.

97         Se isso não é a coisa toda eu não sei. Porém eu lhe direi: eu sei do que estou falando, porque quando o irmão Branham falou sobre o nascimento virginal, ele queria que você soubesse que o sacrifício foi absolutamente perfeito – Deus Se envolveu completamente com Sua própria vida, Deus o Provedor, Deus o grande Redentor; agora envolveu o homem a fim de ter o sumo sacerdote produzindo aquele perfeito ser, o Sangue derramado, produzindo a vida, agora produzindo a total redenção, olhando para a alma, para o espírito, olhando o futuro, para o corpo, agora com o mesmo ser no lugar, sabendo, portanto, que temos recebido a Palavra, e não temos afastado os nossos ouvidos de ouvir. E ouvir é entender. Ele disse: “Você terá a petição que você deseja”.

98         Isso está, portanto, na Palavra: creio eu na Mensagem da hora? Tenho compreendido o nascimento virginal e o que ele implica? Compreendo eu Quem esteve aqui fazendo isso? É este agora o meu domínio completo? Existe alguma coisa, portanto, que me falte e que traria a mim a resposta para a minha cura? Se existe, eu lhe direi uma coisa, isso estará na Escritura. Deus terá que explicar isto a você.
Então estamos chegando completamente, irmão e irmã, à realidade. E eu serei honesto, eu nunca senti a realidade que eu sinto hoje, e essa realidade repousa na revelação da Palavra, de que eu sei que Deus é a Palavra.

99         Agora, você pode seguir comigo se quiser. Podemos tomar um estudo. Eu não tenho a concordância aqui, porque essa é a única maneira de se fazer isto. Se você quer ir a Pedro, você quer ir a Tiago, você quer ir a Paulo; você encontrará não mais do que quinze, no meu conhecimento, quinze lugares onde a Escritura ou a Palavra é referida como Rhema que é exatamente como “palavra”, como gramas escuras, marrom, rosa, só uma palavra, algo escrito. Sempre é a palavra “Logos”, mostrando aquilo como disse o irmão Branham: “O portador do Espírito Santo é a Palavra. A vida está na Palavra”. E ele usou o texto: “As palavras que Eu vos falo são espírito e são vida”.[32]

100      Ou seja, a Palavra de Deus é vida espiritual da qual vem a vida física, ou não existe físico algum, porque, acredite em mim, o que está no esperma unindo-se com o óvulo, é como a eletricidade. É vida. Ela não é uma substância por si mesma. Ela é algo lá dentro que chamamos de vida que é capaz de atrair as químicas e produzir as químicas que repousam dentro daquela vida. E isso pode tomar ambos do macho e da fêmea, quando isso chega ao corpo, porque ela foi tirada de Adão, uma costela, onde as células se multiplicam e crescem, e talvez seja o único osso que pode se reproduzir a si mesmo (eu não sei tudo sobre isso, porque eu não sou muito afiado em biologia), mas se entendemos isto, podemos ver que a promessa de Deus está agora mesmo aberta para nós, e ela nos capacita a crermos nas coisas que nela estão escritas.

101      Agora, eu realmente não tenho tempo para entrar em mais perguntas aqui. Há uma pergunta aqui que diz referente a Romanos 9:1 que Paulo fala de (...) [O irmão Vayle pergunta quanto tempo ainda lhe resta para responder as questões e alguém lhe responde – Trad.]. Agora, apenas lembre-se de que você está livre para fazer perguntas. Aqui diz:

102       [Pergunta nº. 1]

“‘Em Cristo digo a verdade, não minto, e minha consciência também dá testemunho no Espírito Santo’. O irmão Branham disse que ‘a ciência provaria esta Mensagem’. A subconsciência e a consciência do irmão Branham colocam-se juntas como o irmão Mayo disse para o irmão Branham. Esta é a Escritura de Paulo?”.

Não. Isso não tem nada a ver com aquilo. Essa palavra “consciência” aqui tem a ver com o juízo moral, com a sua capacidade de decidir o que está errado e agir sobre isso, para tomar uma decisão concernente o que está certo e o que está errado. Quando você vem para aquilo que é consciência, é aquilo que é cognoscível, você está ciente disso, e você pode tomar uma decisão de acordo com a sua consciência. E o subconsciente é onde você não está consciente. Existe um fator motivante passando por debaixo disso, como você tem as funções motoras, e você tem os movimentos automáticos, e você tem os reflexos. Bem, os seus movimentos que você desfruta quando você faz: “Eu alcançarei isto. Eu pegarei aquilo. Eu farei a outra coisa”. Isto seria como a sua consciência, o seu ato consciente. Mas a sua inconsciência é onde você põe a sua mão num fogão quente, e você simplesmente tira de volta. Agora, isso vai para o cérebro, então isso vai de volta, porém isso é um gesto inconsciente. Não, isso é algo inteiramente diferente.

103      Mas a ciência provou que o irmão Branham tinha essa capacidade onde havia duas camadas, assim parece, fisiologicamente colocadas juntas que interagiam de modo que o irmão Branham pudesse oscilar de dentro para fora. Ou seja, ele simplesmente podia sair de sua consciência e entrar no inconsciente, e depois Deus se moveria ali dentro e usaria... e ele diria: “Agora, o que foi que eu disse?”. Agora, isso não era como um espírito possuindo como no espiritismo. Isso era algo inteiramente diferente disso.

104      [Pergunta nº. 2]

“Você disse: ‘Se não fosse pela Palavra, você não teria Deus’. Eu entendo o que você está dizendo, mas existe mais de uma expansão nesta frase?”.

 Bem, eu acho que eu tenho dito isso de mil maneiras diferentes de que não há meio de você poder ter uma consciência de Deus seja qual fosse, a menos que Deus comece a revelar a você pelo processo das palavras, porque se Deus entra em cena, e Ele entrasse num redemoinho, você diria: “O que foi isso? O que foi isso? O que foi isso? O que foi isso? O que foi isso? O que foi isso?”. E depois Moisés ficaria lá de pé: “O que é isto? O que é isto? O que é isto? Um fogo na sarça! Um fogo na sarça! O que é isto?” ...?... E uma Voz diria: “Moisés, pare, tire suas sandálias. Você está em solo santo”. Então ele tira suas sandálias ...?... e ele olha para isso e a sarça diria: “Eu Sou, Eu Sou o Deus de Abraão, Isaque e Jacó, e tenho um trabalho para você”. Agora, se ele tivesse apenas ficado ali e observado aquela sarça ardendo: “Hummh, isso não é legal?”. E Deus dissesse “Sim, isso é legal! Ah, ah, ah, ah! Apesar de que Eu enganarei você”.

105      Sabe, estou tentando obter algo mais para você: não há leviandade nisto. Não há estupidez. Está bem nítido quem Deus é, o que Ele está fazendo, como Ele o faz, onde você está, onde eu estou, como recebemos isto. Que tal isso? Agora, quando o profeta entra em cena, Deus vindica a Si Mesmo ao profeta provando que isso é Deus. Depois Ele toma este homem completamente e prova que “este é o Meu homem, homem de Deus, aquele deus que Eu irei usar”. Agora, então Deus começa a usar o homem e o profeta explica isso. [“Amém”] E se não fosse pela informação, não haveria Deus [disponível]. A Bíblia distintamente diz isto: “O Unigênito do Pai, o Unigênito que está no seio do Pai, O tem declarado”,[33] que significa trazê-Lo completamente pelas palavras.

106      Agora, a citação que eu tenho do irmão Branham de 1962: “Meu ministério é para declarar que Ele está aqui” de acordo com Brian Kocourek e segundo, creio eu, com o irmão Hall, o qual eu não tenho olhado. Brian diz que na verdade, o original não foi copiado certo. O que o irmão Branham disse: “Eu estou aqui para declará-Lo, que Ele está aqui”. Em outras palavras: “Levá-Lo adiante pelas palavras”. Sem Palavra, sem Deus. É por esta razão que o irmão Branham disse: “Esta Bíblia é Deus impresso”. Ele não é o único que disse isto. Então eu posso dizer isto de mil maneiras diferentes; isso não importa muito, mas isso é o que seria.

107      [Pergunta nº. 3]

“As pessoas querem usar João 1:14 para dizer que João 1:1 é o Filho”.

 E eu já passei por isto. Se você quer passar por isto novamente, vamos passar por isto outra vez e mostrar a você. Agora, vamos ler o que diz aqui. João 1:14: “E a Palavra” (Isso é Deus em João 1:1) “Se tornou carne” (Não “se fez”; a palavra é “se tornou” carne)[34] “e habitou entre nós, e nós contemplamos a glória de Deus, a glória como, (“como” – “como”), “do Filho Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”. Então aqui lhe diz como que você contempla a glória. Ela veio através do Filho: a glória de Deus na face de Jesus Cristo. “Aquele que tem visto a Mim, tem visto o Pai. Eu não faço estas obras, Eu não digo estas coisas. Deus faz a obra”. Nicodemos diz que ninguém pode fazer essas obras salvo Deus. Deus deve estar com Ele. “Mostra-nos o Pai – Isso me fará feliz”. “Você está olhando para Ele!”.

108      Fale agora sobre fenômeno. Eu estava pregando na igreja de Don Ruddell, pregando sobre o irmão Branham e sobre o pesar do fato de que ele se foi, porque naquele tempo eu sentia falta dele desesperadamente (eu ainda sinto) mas então eu ouvi a mim mesmo subitamente dizer “Você não estava olhando para um homem. Você estava olhando para Deus”. E o irmão Neville sentado ali, ele disse para ...?..., ele disse mais tarde: “Eu não sabia que Lee Vayle era a deidade”. [Risos – Trad.] E eu deveria ter dito a ele, subsequentemente: “Tudo bem, voz que está usando a minha língua, continue, prossiga falando”. Eu estava tão chocado que a próxima coisa que eu disse foi: “O que foi isto? Isso foi Deus no homem”. Cem por cento a verdade. [“Isso mesmo”]

109      Se você é uma semente de Deus, você não estará fora da Palavra. [“Amém”] Você diz: “Bem, irmão Vayle, isso é uma experiência”. Certamente que é. Isso era de Deus? Certamente que era, porque isso era da Palavra. Mas sendo ajuntada e arremessada abaixo, eu não sei o que era de Deus. A visão que se seguiu, eu creio que era de Deus. Eu não posso provar isso, porque na visão, eu queria ver a Deus, conhecer a Deus, e eu vi como um homem , uma pessoa de pé ali. Não podia dizer que ele era um homem. A terra em que ele parava de pé era igual ao tamanho de uma maçã, um homem parado talvez em uma pequena bola de futebol, de rúgbi. Aquilo era Deus? Eu não sei. Eu não conheço Escritura para isso. Tenho Escritura para Deuteronômio 18, Número 12, João 14, Malaquias 4:5-6; tire isso de onde você queira tirá-lo, e assim por diante.

110      [Pergunta nº. 4]

“Na noite passada, você mencionou o Filho de Deus sendo gerado por Deus na forma de uma luz”. Bem, isso é o que o irmão Branham disse: “Uma luz formada”.[35] “Você poderia explicar para o povo a diferença entre a luz na qual o Filho de Deus estava velado e a Coluna de Fogo na qual acompanha a glória da presença pessoal de Deus, Elohim?”.

Bem, agora, essa é uma boa pergunta. O fato é que da maneira que o irmão Branham falava, eu não posso te explicar explicitamente. Tudo que eu sei disto é: quando aquela luz se formou, aquilo era um Logos, o Filho de Deus. Quando o irmão Branham falou sobre ela ser o Logos, e ele fala sobre uma luz sendo a unção que saiu de Deus e parando sobre Israel, e fala sobre o Filho de Deus e isto e aquilo, eu não posso lhe dizer. Tudo que eu sei é que para manter a minha doutrina correta, eu tenho que conhecer a linguagem explícita referente a coisas explícitas; e não foi o Filho de Deus que apareceu a Moisés, até onde eu sei, porque Ele chamou-Se a Si Mesmo de “Elohim”, e Elohim não é o Filho de Deus. Ele é o Pai de Jesus Cristo.

111      De modo que é tudo que eu sei sobre aquela luz, e quando o irmão Branham diz, referente àquele que foi feito, ele disse: “Ele voltou a ser uma luz”, ele falava sobre Jeová, ele falava sobre, no Novo Testamento, e ele disse: “Ele voltou a ser uma luz”. Eu não conheço nenhuma Escritura para Elohim sendo simplesmente uma luz. Eu não conheço.

112      Sobre o quê o irmão Branham estava falando? Estava ele tentando me dizer que Jesus, o homem, voltou a uma luz? Então de que utilidade Ele é, se Ele tem que ser um homem, como você e eu, nessa forma para ser um sumo sacerdote? Veja, eu não sou uma luz; você não é uma luz. O que o irmão Branham viu numa visão se a visão foi verdadeira? Uma luz? Ele viu Alguém, e ele disse que se virou e olhou para ele, e os Seus olhos poderiam ter destruído ou criado universos. E ele desmaiou.

113       Agora, eu não posso dar a você todas as respostas. Tudo que eu sei é que Aquele que estava em carne que voltou a uma luz ou numa Coluna de Fogo ou seja o que for, era Elohim Mesmo que quando Ele assumiu o corpo de Jesus no rio Jordão, O deixou no Getsêmani, e Jesus disse na cruz: “Em Tuas mãos, oh Deus, Eu entrego o Meu espírito”.[36] Então o espírito saiu, depois a alma O deixou. Que é quando o corpo morreu e desceu até o Hades. E o corpo foi para a terra e não se deteriorou. Depois a alma voltou ao corpo. E eu não sei de nada sobre o espírito voltando ao corpo, porque o espírito não era Jesus. A alma era Jesus, tinha que ser. Siga você daí por diante. Eu não posso lhe dizer mais nada; eu não posso lhe dar todas as respostas.

114      Estas coisas que eu posso chamar de um cruzamento eu deliberadamente as deixo sozinhas, porque elas estão numa linguagem particularmente toda sua do meu ponto de vista. Se alguém me faz a pergunta: “Por que razão o irmão Branham sempre usava a linguagem do Só-Jesus?”. Não me pergunte. Eu não sei. Era ele incapaz de usar a linguagem exata? Eu não sei. Eu não posso descrever isto. Tudo que eu sei é: quando você desce ao definitivo, e você de fato compreende o que o irmão Branham está dizendo, levando isso de volta à Escritura, o irmão Branham categoricamente disse: “As pessoas me chamam de Só-Jesus. Eu não sou unicista. Ele disse: “Jesus não era o Seu próprio Pai”, Ele não poderia ser. Se Ele fosse, o ídolo, a imagem da virgem de olhos puxados e o bebê de olhos puxados com a inscrição “O filho é o marido da mãe” estaria correto.

115      Então esta Bíblia é uma farsa. Então isto é uma farsa. [O irmão Vayle está apontando para a foto da Coluna de Fogo e do irmão Branham – Ed.] e se isso é uma farsa, somos realmente existentes? Estou aqui em cima pregando, e você está aí embaixo me ouvindo? Eu mordo o meu dedo. Eu mordi o meu dedo? Oh, eu realmente pus isto no quadro? Quem saberia, especialmente se não existe ninguém para saber?

116      Não. Ouça. Você tem que conhecer a doutrina, e a doutrina é como expressado. E o irmão Branham disse, quando eles disseram: “O que Jesus quis dizer quando Ele disse: ‘Aquele que vê a Mim tem visto o Pai’?”. Ele disse: “Você está olhando para mim, não está? É a mesma coisa. Não é o William Branham que diz estas coisas que acontecem tão perfeitamente, ou que faz estas obras poderosas. Isso é Deus”.

117      Então temos Deus; temos o Filho, temos o Pai fazendo um corpo. O Filho disse: “Um corpo tens Me preparado”[37]. E eu creio que foi aquele corpo nascido de uma virgem de acordo com o que o irmão Branham disse; não um corpo da Noiva. Você pode trazer os dois ali dentro. Talvez exista um duplo significado para ambos. Não irei me preocupar com isso. E depois verificamos que o corpo foi levantado dos mortos, e colocado à destra da majestade nas alturas, e Ele é o que seguimos. E Ele disse: “Peça qualquer coisa em Meu Nome”;[38] e Ele está lá como nosso advogado para nos ajudar, para nos defender como um Sumo-Sacerdote, tendo apresentado o Sangue e assim por diante. Você tem estes dois aí. Agora:

118      [Pergunta nº. 5]

 “Quando você fala que a rocha que os seguiu era Cristo, de quem você está falando, porque a Bíblia distintamente diz que foi depois da ressurreição de Jesus que Deus fez Dele Senhor e Cristo?”.

Bem, Ele teve que ser iniciado a isto, ou predestinado a ser isto, para se tornar isto. Mas quando? Vê? Estas coisas eu não posso lhe dizer, porém eu tenho a minha doutrina correta, e se eu aprendo mais, eu aprenderei mais. Porém eu não confundirei o Filho com a sabedoria do Livro de Provérbios da maneira que os trinitários fazem. Eu não confundirei o Filho em João 1:1 como os trinitários fazem. Eu não confundirei isso em João 1:14. Eu não confundirei isso em 1 João 1. Eu não confundirei isso em parte alguma.

119      Mas permita-me dizer-lhe francamente: o Filho foi colocado sobre o propiciatório atrás do trono, e quando foi anunciado para o Livro ser aberto da mão Daquele que está assentado no trono, que era o Deus Mesmo Todo-Poderoso com um arco-íris sobre a Sua cabeça, foi o Cordeiro que veio e tomou o Livro da mão Daquele que estava assentado no trono, (Duas pessoas estão ali) e Ele abriu o Livro, abriu os Selos, e o entregou de volta para Aquele que estava no trono. E o profeta nos disse por revelação que Aquele no trono saiu e desceu aqui, e o Filho subiu ao trono. [“Amém”]

120      Então tenha a sua doutrina correta. Isto é tudo. E as coisas no meio não importam. Lembre-se, se o quadro é uma tábua sólida de puro carvalho numa extremidade e de puro carvalho na outra extremidade, ele é carvalho no meio. [“Isso mesmo”] E o irmão Branham disse: “Observe os dois extremos. O que está no meio é o que não interessa a você”. Alfa e Ômega, Gênesis e Apocalipse. A Igreja de Éfeso e a Igreja dos últimos dias, direto de volta à Éfeso. Éfeso requer um profeta para nos trazer a Palavra do Deus vivo e o Espírito Santo Ele Mesmo simplesmente desce revelando isto e para selar a Noiva dentro e tirá-La. É isto. Tenho ensinado a vocês princípios. Firme-se com eles.

121      Porém a linguagem do Só-Jesus e o pensamento do irmão Branham usando a luz e indo de um lado para o outro isto e aquilo, você (...) Ouça, eu me recuso a dispor o meu coração para saber qualquer coisa, porque isso prova estupidez. Há anos e anos atrás, um sujeito trabalhou por um longo tempo comigo até que eu comecei a pregar sobre a adoção de todas as fitas que o irmão Branham pregou, e eu sabia que algo estava errado, errado, errado. E eu sabia que em meu coração eu estava dizendo o que o irmão Branham disse, mas o meu entendimento não era um com o seu, e eu fiz algo que realmente eu não tinha o direito de fazer. Eu fui a Deus, e eu disse: “Senhor, eu não entendo. Não posso conversar Contigo como uma pessoa; o irmão Branham não está aqui. Mas se Tu me permitires ter um sonho em que o irmão Branham viesse a mim, e nós conversássemos sobre isto, eu ficaria feliz”. E naquela noite, o irmão Branham veio a mim em um sonho, e eu disse: “Irmão Branham, estou pregando isto correto?”. E ele girou a sua cabeça, e ele disse: “Sim, você está pregando isto correto”. E eu soube perfeitamente então, que eu estava citando-o palavra por palavra, mas que o meu entendimento estava todo errado. Desde então eu nunca mais em tempo algum dispus o meu coração para dizer: “Deus, eu tomarei isto, estudarei isto, tantos anos”, como sei de um determinado sujeito que fez um grande testemunho sobre ele: “Oh, eu saberei isto e aquilo”.

122      Quando a aparição veio, que é a “parousia”, a presença do Deus Todo-Poderoso, Deus aparecendo em nosso meio, que é o que tudo isso é, o irmão Branham disse: “As duas palavras são diferentes – aparição e vinda”.[39]. Eu fui ao grego várias vezes, e eu não conseguia entender sobre o que ele estava falando, porque eu posso olhar para as palavras, e elas não fazem sentido. Então eu fui a Deus uma vez, e eu disse: “Senhor, eu passarei por essas palavras mais uma vez, e se nada surgir eu não insistirei no assunto, porque tenho aprendido a minha lição. Eu nunca olharei para isso novamente. Se então Tu me mostrares, então está bem”. E foi assim que eu vi a palavra “parousia”. Ele está aqui; eles nem sequer sabiam disso. Ele chegou; eles nem sequer sabiam disso. Deus no meio do Seu povo; a Presença guiando para o Milênio.

123      E o irmão Branham disse: “Agora é a aparição”. Como pode Ele aparecer, se Ele não está aqui? E ele disse: “Quando Deus enviou Moisés ao Egito para Israel, Ele não somente apareceu nos poderosos sinais e maravilhas, mas Ele Mesmo apareceu sobre o Monte Sinai na Coluna de Fogo e assim é hoje; e temos a Sua foto”. [“Amém”] E eu sabia que eu havia compreendido a aparição. Isso é a Presença. E eu compreendo por que Ele está aqui: para nos conduzir para o Milênio. O irmão Branham disse que o Novo Testamento está cheio disso. Toda vez que você vê “Presença”, lembre-se de uma coisa: Milênio, Milênio, Milênio. Está aqui, está aqui, está aqui. [“Isso mesmo”] É por essa razão que Ele está aqui: para nos conduzir para dentro.

124      E você não pode entrar sem essa Palavra, porque esse é o testemunho: “Oh, que Palavra esse povo tem”. E você sabe de uma coisa? Todos aqueles abaixo de nós jamais tiveram a Palavra que nós temos, e quando nós aparecermos em cena, eles dirão: “Ahh, oh, que Palavra esse povo tem”. Sem nós, eles não poderiam ser aperfeiçoados, mas agora, eles são aperfeiçoados. A perfeição tem chegado. [“Isso mesmo”] Também somos perfeitos. Agora, se você quer correr em volta e gritar, você tem algo a respeito para gritar.

125      As pessoas estão todas olhando em volta e dizem: “Oh, vocês tem tido algum milagre em sua igreja?”. Uma igreja está dizendo: “Saiba que um certo sujeito foi morto na frente da nossa igreja e Deus o ressuscitou. Agora ele está indo testificar”. Como você sabe que ele estava morto? Quem disse que ele estava morto? Um médico?

126      Tudo bem, quem está aqui que pertence à família de Joe White? Trish [Fimiani], você se lembra da história que seu pai conta sobre o seu cunhado que foi a uma conferência de, sabe, de coveiros? E este jovem companheiro disse: “Rapaz, eu tive uma experiência estranha”. Ele disse: “Este companheiro estava deitado morto aqui na mesa, e eu mergulhei esta faca dentro, e o sangue subiu ao teto”.
Eles disseram: “Meu Deus, você matou o homem”.
Ele não estava morto. Certo Trish? “Sim, você matou o homem”. Não estou dizendo que o homem não estava morto, mas como que você sabe? Todo mundo quer ressuscitar o morto; todo mundo quer alguma coisa.

127      Eu estava numa reunião uma vez, o homem certamente não podia ter estado morto. Isso não me incomoda mais do que quando um sujeito teve um ataque epilético. Isso não nos incomodou.
“Está tudo bem. Ele ficará bem. Eu irei orar”.
Nunca mais teve ataque. Anos depois, o mesmo homem foi ao hospital e seu irmão estava preocupado.
Eu disse: “Ele não irá morrer. Não! Ele ficará bem”. “Oh, pare com isso”. Eu disse: “Charlie, deixe disso. Ele viverá. Ele sairá de lá são”.
Ele saiu de lá, e viveu muito bem. Dois anos mais ou menos ele ficou doente; eu disse: “Charlie, ele irá morrer”. Ele morreu. Para o que você está olhando? [Você quer todas essas experiências e isso é tudo?] Você quer esse tipo de coisa? O que me diz? Eu não sei.

128      Eu vi o grande Myras na Flórida, há trinta anos atrás; costumava amar observá-lo. Ele tinha que ter uma grande tigela de peixe lá em cima. Você põe as suas perguntas em um papel. Ele simplesmente estendia o braço e segurava-o assim, e lhe dizia tudo a respeito. Lá estava; contava-lhe o futuro. E isso chegava a acontecer. Coisas de Janes e Jambres. [“Isso mesmo”] O espiritismo imita o profeta. Por favor, tenha as suas experiências. Vá em frente; ressuscite o morto. Eles dizem que as pessoas não podem sequer começar a chegar perto do que eu passei.  Eu acho que aquele companheiro poderia ter morrido aquele dia quando ele estava deitado no chão. Não me incomodou. Eu simplesmente orei por ele. Ele ficou melhor.

129      Exatamente como quando o irmão Way caiu morto aos meus pés – a irmã Way sentada ali – e ela estava gritando e estrelas voando em volta.
Oh, eu disse: “Calma, calma, calma! O irmão Branham cuidará disso”. O irmão Branham desceu; ressuscitou-o dos mortos.
Em Hartford, Connecticut, em uma grande reunião lá, uma irmã chamada Mary alguma coisa, sentada no banco da frente; ela tombou no chão. Ela morreu. Todo mundo ficou excitado.
Eu disse: “Calma. Não se preocupe. Eu lhe disse que o irmão Branham está aqui. Irmão Branham! Ei! Irmão Branham! Ei! Por favor, desça até aqui”.
“Mary. Volte”. Ela estava saindo da porta.
Voltou para o seu corpo. Nunca mais ficou um dia doente, até que ela morreu vários anos depois.

130      Olhe, isso pode ser Deus. Isso é bom. Sou por isto, porque eles são dons. Está tudo bem. Mas o diabo pode personificar tudo, o que significa que ele pode usar todas estas coisas. E você pode ressuscitar quinze dos mortos. Deuteronômio 18 é a única coisa que fica, porque o levantar dos mortos e a cura do enfermo segue a Palavra. Mas o que vem antes da Palavra para provar que isto é a Palavra? Isto! Deuteronômio 18. Sim, você entende por que eu fico irritado aqui em cima? Minha pressão sanguínea subiu para vinte pontos desta vez. [Risos – Trad.]

131      [Pergunta nº. 6]

“Por que o irmão Branham parecia unicista?”. [Esta pergunta o próprio irmão Vayle levantou no parágrafo 114 – Ed.].

 Porque essa era a linguagem, creio eu, que ele usava. Mas se você acompanhar com atenção, você verificará que a linguagem do irmão Branham não era realmente unicista, mas ela soava dessa maneira por causa da atmosfera, talvez, e do fundamento[40] em que nós estávamos.

132      [Pergunta nº. 7]

“A declaração: ‘Deus em tempos diversos revelando-Se à igreja’, tudo isso foi no decorrer das eras e até mesmo agora, e esta foi a única em que Deus esteve em Seu Filho – Deus no Filho?”.

Bem, agora, quando você fala sobre “Deus no Filho”, você poderia estar falando a respeito do ministério do Filho do homem. E o ministério do Filho do homem entrou na carne de Jesus Cristo e depois entrou aqui na carne do profeta. Mas sempre tem sido aí o Espírito Santo se movendo, porém não como nesta era.

133      A era do Alfa, que foi a primeira era, e a era do Ômega, que foi a de Éfeso e Laodicéia, esta é quando aquele Deus realmente Se revelou à Igreja. Mas, na verdade, Deus Se revelou no decorrer de todas as setes eras. Ele revelou Isto através dos reformadores, quando a Palavra começou a retornar. E depois, Ele teve que trazer um profeta em cena para dar-nos a revelação real.

134      Sua resposta aqui está parcialmente certa, parcialmente verdade. No decorrer de todas as eras, Deus sempre tem tido uma mensagem, e um mensageiro e Deus estava na Palavra, e aquela Palavra era aceitável, porém Ela não poderia torná-los perfeitos. Não havia jeito de que aquela imortalidade pudesse entrar em cena até que toda a Noiva estivesse dentro. E deste modo havia uma Palavra para cada era, e quando a Palavra “morreu” sob a era das trevas – quase que completamente morta – Ela começa a retornar. E o irmão Branham pregou isso na debilitação, a igreja enterrada como Cristo, surgindo na ressurreição, justificação, santificação, batismo, o Espírito Santo Mesmo – Deus Mesmo numa ressurreição.

135      Mas você está certo sobre o fato do Filho do homem, que significa Deus se movendo em um profeta, ou na verdade então, você poderia dar um passo abaixo disso, Deus se movendo através da Igreja, a Noiva, ou por meio, seja quantos forem, nos ministros na Igreja, que foi o que vimos quando Cristo esteve aqui, e vimos uma certa quantia disso no decorrer das eras, porque isso sempre tem estado aí, diminuindo e depois crescendo até o fim, quando Deus Mesmo aparece em carne humana. E o irmão Branham disse: “Deus estava obrigado a fazer pelos gentios o que Ele fez pelos judeus”, e que é Mateus 4 e Mateus 12. E Deus estava obrigado, Ele fez isso por meio de um profeta, William Branham, que foi o Elias para esta hora, que seguiu nos passos de Samuel e que se identificou com Samuel e a Coluna de Fogo e com Paulo, exatamente como a Escritura disse, que foi uma coisa monumental.

136      Mas sim, existe a declaração de Deus no Filho Se revelando na Igreja; Deus sempre tem feito isto, o que prova que Ele é o mesmo ontem, hoje e para sempre, mas não como vimos isto no princípio e agora. É algo no meio.

137      [Pergunta nº. 8]

“Relate sobre o juramento Daquele Forte”.

Bem, eu falei sobre isso, de modo que fosse abrangido bem o suficiente nessa área em particular.[41]

138      [Pergunta nº. 9]

“Você por favor, esclareceria a sua declaração em ‘A Maior Batalha Jamais Pelejada’, de que ‘Um cristão não pode verdadeiramente amar a Deus até que ele tenha sofrido?’”.

Bem, veja, quando você fala sobre sofrimento, você descobre onde Deus disse: “Eu crio o bem e o mal”, o que significa “Eu crio tempos bons e tempos ruins”. E sabe, de fato no grego existe uma declaração sustentando que o ensino somente pode ser ensinado por meio do sofrimento. E é claro, isso está falando da maior forma de ensino que existe, que naturalmente, é aquela em que você está olhando adiante quando isso chega à moldagem de uma pessoa, de um pupilo, ou de algum ser moldado dentro, o qual deveria estar ali perante Deus, que Deus quer. E eu acho que nós temos talvez algo aqui em 2 Timóteo 2:12, aqui diz: “Se sofrermos, também com ele reinaremos, e se o negarmos, ele nos negará”. E em 2 Timóteo 3:12 aqui diz: “E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus sofrerão perseguição”. Então se você põe os dois juntos, você descobrirá que: “aquele que se envergonhar de Mim, Eu Me envergonharei dele. E aquele que ficar Comigo, Eu ficarei com ele. E aquele que não ficar Comigo, Eu não ficarei com ele”.[42] E assim o sofrimento aqui na verdade é a obediência à Palavra de Deus, que é a vontade de Deus, onde nós mesmos nos privamos do que faríamos como conveniente e agradável, e o faríamos a fim de agradar a Deus.

139      Eu estava bastante confuso sobre amar a Deus, e assim, quando eu pedi ao irmão Branham para estar comigo e ter uma visão para mim pois que ele era muito gracioso, e fomos ao ponto onde ele disse que a visão nunca falha em vir. E eu estava muito embaraçado sobre o amor ser a evidência do batismo com o Espírito Santo, porque eu sentia que eu estava bastante privado de amor, porque sou um tipo de pessoa muito crítica e bastante bombástica muitas vezes e explosivo – que eu saiba eu não deveria ser; muito impaciente, muitas vezes. Na verdade eu quase penso às vezes que tenho síndrome de Turrets, da maneira como eu posso estourar sem, você sabe, sem mesmo as pessoas saberem disso, simplesmente explodir dentro de mim mesmo. E assim, eu estava muito, muito ansioso para saber, porque ele havia dito que eu na verdade havia recebido o Espírito Santo. Então fomos lá para Charlestown, o qual você não pode ir mais, naquele campo lá fora, e a visão rompeu imediatamente, e uma pirâmide veio, e ele disse: “Lee”, ele disse, “Você tem uma mente questionadora”, e ele disse, “você está olhando agora mesmo para a Israel Britânica”. Ele disse: “Deixe isto em paz. Isso não é de Deus”. E eu, [O irmão Vayle ri – Ed.] santa cavala.[43]O que isso tem a ver com o que eu quero? Eu disse: “Oh”.

140      Talvez isso seja como quando o irmão Branham pressionou a Deus duramente a respeito do irmão Hall e então quando ele desceu o pequeno corredor de sua casa, um pedaço de barbante veio abaixo mostrando que Deus estava pendurando o irmão Branham num pedaço de barbante, porque Ele não iria responder, porque o irmão Branham estava tentando pressionar a Deus por uma resposta. Veja, não faça isso. Não tente pressionar a Deus e torcer o Seu braço. Peça para Deus torcer o seu braço e tornar você humilde, tornar você modesto, para estar no lugar onde Deus possa lidar com você. Então eu pensei: “Oh, irmão, aqui... isto é terrível”. Eu não entendia naquele tempo, veja, de que a evidência de ser batizado com o Espírito Santo era ser um com a Palavra da hora. Isso somente veio à tona mais tarde.

141      Então eu disse para o irmão Branham um dia: “Irmão Branham, eu simplesmente estou terrivelmente desapontado. Eu não sei se eu amo a Deus”. “Bem”, ele disse, “Lee, alguma vez você fez qualquer coisa para Deus que você não faria de outra forma por causa Dele?”. Eu disse: “Sim”. Ele disse: “Isso é amor”.

142      Então veja sobre o que estamos falando aqui: se você não sofre, você realmente não ama a Deus. Ou seja, se você não se humilha debaixo da autoridade, como diz a Bíblia: “Humilhe-se sob a mão de Deus”,[44] não há meio de que você possa dizer que você O ama. Não há meio de que você possa dizer que você está cheio do Espírito Santo, não há meio, porque a Palavra é suprema, porque Ele é a Palavra. Vê? Estes são termos que são como clichês. Existem termos como, bem, você sabe: “Eu compararei a tua experiência ao passar dentro de um tubo de água quente”. “Eu compararei a tua experiência a subitamente você cair dentro de uma banheira de gelo”. Bem, isso é “comparando”. Isso não é a realidade. Quando você fala sobre Deus sendo a Palavra, você não está comparando. Você não está fazendo comparação. Você está dizendo. Você está identificando. Ele é aquela expressão, e aquela expressão somente pode ser compreendida através da Palavra. Ele é a Palavra.

143      Quando Ele enviou a Sua Palavra e os sarou, e a Bíblia lhe diz: “Ele enviou a Sua Palavra, e Ele os sarou”.[45] E Deus está em Sua Palavra. E quando você realmente crê que Deus está em Sua Palavra, e Ele está em Sua Palavra, esta Palavra então é aquela vida que é Deus para você, ponto final, porque Ela é, porque isso é Ele se comunicando com você. E isso é o que é. Isso é o que conseguimos do irmão Branham. Isso era Deus se comunicando comigo e com você. Isso era Deus. Quando eu o vi, eu vi Deus. [“Amém”] Toda vez em sua presença, era exatamente como um santificado silêncio, como diante de Deus. Eu honrava o homem, e a Bíblia diz que você dá honra onde a honra é devida. E você fica naquele [curso da vida].

144      Como o irmão Branham que disse a um pregador; ele disse: “Lee tem um péssimo defeito: ele sempre me defende”. Bem, veja, o irmão Branham nunca precisou ser defendido. Porém eu não estava realmente defendendo ele. Eu era sua zelosa testemunha e o seu amigo, e é dessa maneira que é, veja.

145      Eu acho que já temos quase tudo respondido aqui. Sim. [O irmão Vayle faz uma pausa para examinar entre os papéis se alguma pergunta ficou de fora – Trad.] Tenho respondido. Talvez não tão bem quanto eu pudesse, mas tenho respondido a isto. E eu acho que tenho tomado conta de quase tudo.
Tudo bem, muito obrigado por sua presença e sua atenção, sem se importar com o que eu tenho em mente dizer. E eu confio agora que você tem uma compreensão muito clara sobre o que estamos falando agora, quando falamos sobre Deus e Sua família.

146      E eu quero lhe dizer outra vez, como tenho dito a você várias vezes em minha vida: livros tem cruzado o meu caminho, exatamente naquilo que eu precisava, e quando os livros cruzavam o meu caminho, e eu não precisava deles, eu sabia instintivamente, intuitivamente, e isso é onde a consciência entra – a consciência exercitada pelo Espírito Santo para ser capaz de discernir corretamente. E dois livros vieram a cruzar o meu caminho: um pelo falecido Dr. Kenyon,[46] que em minha estimação, é o maior mestre do século vinte. Não que ele tivesse toda a verdade, mas ninguém ensinava como aquele homem. O outro foi o Dr. Price,[47] que epitomizou o movimento pentecostal, e foi talvez, um dos homens de Deus mais racional e admirável que já pisou nesta terra. Um precursor para o irmão Branham. E exatamente quando o irmão Price faleceu aos 62 anos de idade, o irmão Branham entrou em cena e o seu ministério então foi dado ao mundo.

147      Aqueles dois homens escreveram livros sobre o Pai e Sua família, e eu sabia que ambos estavam errados. Como? E eu não sou um profeta. Sou um estudante da Bíblia. Tenho um pequeno dom de ensino, pequeníssimo. O irmão Branham disse “um pequeno dom”, e certamente é muito, muito pequeno, e eu compreendo isso. Sem problema. Mas eu sabia que eles não sabiam disso. E eu estou ensinando a você a verdade, porque eu sei disso. E onde eu aprendi isso? Eu aprendi isso do irmão Branham, que aprendeu de Deus, coincidindo cem por cento com esta Palavra, e sem o conhecimento desta Mensagem que o irmão Branham trouxe, que Deus mesmo trouxe utilizando a voz do irmão Branham, Deus estando presente agora mesmo conosco na Coluna de Fogo em algum lugar, sem saber onde – Ele poderia estar bem neste edifício hoje, eu não o saberia, você não o saberia, a menos que um santo silêncio viesse sobre nós; e isto somente seria porque Ele desejaria dessa maneira.

148      Mas permita-me dizer a você, que Jeová-Elohim desceu, e Ele assumiu o tabernáculo do profeta, e Deus foi manifestado em carne humana e o profeta era a Palavra viva de Deus revelada para nós e manifestada a nós. E esta Palavra surgiu, absolutamente. E no surgimento desta Palavra, temos a exata e perfeita revelação desta hora.
Nós conhecemos Deus.
Nós sabemos Quem Ele é.
Nós sabemos que Ele não somente é Deus, sabemos que Ele é o nosso Pai. Sabemos que Ele é o nosso progenitor.
Sabemos que Ele é a nossa fonte.[48]

149      Sabemos que somos da Sua espécie; somos do Seu tipo, porque somos uma parte Dele devido a parte de Sua vida estar em nós. [Estamos identificados]. Entendemos como isso chegou pela geração humana que Deus permitiu.
Compreendemos e conhecemos a semente da serpente. (...)
Compreendemos o propósito do Deus Todo-Poderoso e de como ele foi perpetrado – tudo aquilo que foi feito.
Sabemos exatamente por que Satanás esteve aqui e está aqui, e sabemos por que a semente da serpente está.

150      Compreendemos perfeitamente que o irmão Branham epitomizou a coisa toda nas palavras de Irineu: “Sendo Deus um Salvador, foi necessário para Deus predestinar o homem que requeresse salvação e dar a Si Mesmo razão e propósito de ser”. E isto é exatamente Efésios 1, o qual eu levei cerca de quarenta e oito sermões.
Então compreendemos e conhecemos o Pai e Sua família.

151      E quando isso tudo acabar, você descobrirá que Deus se torna Tudo em todos concernente à Sua família e Tudo em todos concernente às Suas criações, porque Ele as quer lá para a Sua família e para a Sua glória e o grande benefício eterno, porque Ele é um Deus bom. E lá você verá o Seu amor. E você verá como o homem interior está se levantando e florescendo e se tornando maior e maior por dentro, chegando à verdadeira imagem e o homem exterior perecendo, e você descobrirá que aquelas coisas para as quais nós olhamos nesta hora nada tem sido de modo algum, nada de modo algum. Eu olho para trás em minha vida e para as coisas que eu pensava lá atrás que eram tão duras, coisas pelas quais minha vida passou, e eu nem sequer penso mais nelas. Elas se foram. Elas se foram. Exatamente a mesma coisa quando chegarmos ao Milênio, estará tudo terminado. Depois da Ceia das Bodas, nós não saberemos. Como eu mencionei a família, você pode reconhecer, talvez, alguns entes queridos lá, e se os seus entes queridos lá não estiverem, suas tias e tios; você os perderá. Por quê? Sua memória se foi. Tudo se foi. A Bíblia diz assim. Cada lágrima enxugada, sem perguntas, sem problemas. Qualquer coisa que você precisa, está tudo lá.

152      Então é deste modo que nós olhamos nesta manhã. O Senhor te abençoe. Vamos nos levantar e nos despedir.

Gracioso Deus e Pai, Te agradecemos novamente pelo tempo em que estivemos reunidos aqui e olhado para a Tua Palavra, Senhor, e as coisas que o profeta disse. Sabendo, Pai, que compreendemos a verdade como divulgada em Tua Palavra desde o princípio, Alfa, ao fim, Ômega, o qual cremos que então começará seja o que for que Tu desejas que tenha sido contingente para isto. E deixamos todas estas coisas em Tuas mãos sabendo que estamos em Tuas mãos, e que Tu revelarás para nós aquelas coisas que são necessárias para nós conhecermos e para o nosso próprio bem nós confiamos para a Tua eterna glória.

Que o teu Nome possa ser glorificado, Senhor, em nossos corações, mentes e vidas, e que Tu possas ser estabelecido no trono de nossos corações de uma maneira que nunca tem sido antes, porque nós desejamos dar nossas mentes a Ti. Deus, sê misericordioso a nós por não termos entregue nossas mentes completamente a Ti para a verdade onde nossas mentes são o receptáculo. E pelo Espírito que Tu nos tens dado, todas aquelas várias funções dentro de nós, tome isto do fundo de nossas almas para que a alma que se alimenta da Palavra possa então surgir dando uma natureza que seja a natureza de Cristo. Isto é o que nós desejamos.

Senhor, permita-nos ser tão cheios desta Palavra e da vida desta Palavra, para que nós verdadeiramente sejamos epístolas vivas lidas e conhecidas de todos os homens. Sabemos que somos epístolas vivas, sabemos que porque Tu disseste isto, isto é a verdade, sem saída disto, mas somos conhecidos de todos por aquilo que verdadeiramente somos. Ajude-nos a termos este testemunho mesmo se isto significar que eles estejam tão furiosos que eles nos matem e talvez, se parece que pudessem matar, que fariam isso também, como eles olham para nós não importa, é como Tu olhas para nós Senhor, isso é o que conta e como nós olhamos de volta a Ti. Que isto possa ser, Senhor, para a Tua satisfação. Tudo isto nós pedimos, no Nome de Jesus Cristo.

Cure o enfermo em nosso meio, Senhor, enquanto temos falado estas coisas. Dá-nos toda a força de que temos necessidade, mas não somente para fazer a Tua vontade, Senhor. Se ela é para desperdiçar uma vida, corte-a, Pai. Nós não queremos ser obrigados como o rei Ezequias foi. Nós não queremos que as coisas aconteçam Senhor, fora da Tua vontade. Nós queremos a Tua perfeita vontade. Que isso possa ser feito, exatamente como o próprio Jesus disse: “Venha o Teu reino, seja feito a Tua vontade assim na terra como nos céus”. E a Ti damos a glória, no Nome de Jesus Cristo. Amém.

“Leve Contigo o Nome de Jesus”.




Obs.: As palavras contidas entre colchetes nesta tradução são de notas acrescentadas pelo Rev. Lee Vayle ao áudio original.

Tradução: Diógenes Dornelles

Esta mensagem intitulada “Deidade Parte 8 - Perguntas e Respostas; Deus Está em Sua Palavra; Chave nº. 3: Tendo a Petição Que Você Deseja” (Godhead #8 – Q&A; God Is in His Word; Key #3: Having the Petition You Desire) foi pregada pelo Rev. Lee Vayle, em 5 de março de 2000, domingo de manhã, na Igreja do Evangelho da Graça, em Saint Paris, Ohio, EUA. Esta tradução foi feita na íntegra do inglês para o português, em janeiro de 2010, com o auxílio do texto e áudio original. (Duração: 2 horas.)


[1] Do inglês “office”, que também pode ser “cargo”, “função”, “ministério” – NT.
[2] 1 Coríntios 9:16 – NT.
[3] Isaías 45:7 – NT.
[4] 1 Coríntios 15:22 – NT.
[5] Mateus 15:13; Apocalipse 20:15 – NT.
[6] Do inglês “literalization”; neologismo sem tradução, podendo ser o mesmo como “interpretação literal” – NT.
[7] Tradução literal para “one of a kind”, que significa “único”, “não tem como ele” – NT.
[8] Salmo 110:1 – NT.
[9] Efésios 1:3 – NT.
[10] Refere-se às conversas do irmão Branham com os irmãos Leroy e Paul Kopp no filme “O Profeta do Século XX” – NT.
[11] Este é mais um exemplo da “linguagem unicista” utilizada pelo irmão Branham, mas que pode ser melhor compreendida em um outro sermão onde ele diz: Deus Jeová tomou a Cristo, ali na cruz, e O partiu em dois, Ele rasgou Sua alma e a assentou nas Alturas, e tomou o Corpo e o colocou na sepultura. E levantou o Corpo na manhã da ressurreição e enviou de volta o Espírito que estava sobre Ele para estar na Igreja (...) Jesus Cristo que foi levantado dos mortos está assentado nesta noite à destra da Majestade, nas alturas (...) o mesmo Espírito que estava sobre Ele, está sobre a Semente Real de Abraão nos últimos dias”. (Ver mensagem “Jeová-Jiré –parte1” – 2/04/1964; §§ 93-95) – NT.
[12] Salmo 121:4 – NT.
[13] Do inglês “commensurate”, que também significa “comensurável”; “equivalente”; “correspondente” – NT.
[14] 1 Coríntios 2:9 – NT.
[15] Provérbios 3:19 – NT.
[16] “Hokey-Pokey” é um estilo de dança e de canções em que os dançarinos formam um círculo e realizam um conjunto de seqüências de movimentos sincronizados – NT.
[17] João 5:39 – NT.
[18] 1 João 1:4-7 – NT.
[19] Isaías 28:10 – NT.
[20] Mateus 5:48 – NT.
[21] Mensagem “Obra é Fé Expressada”, (26/11/1965) – NT.
[22] Ministro suíço que freqüentou alguns cultos do irmão Branham e que nos seus dias residia em Shawano, Wisconsin – NT.
[23] João 14:9 – NT.
[24] 1 João 1:5 – NT.
[25] 1 João 1:7 – NT.
[26] João 3:17-19 – NT.
[27] 1 Coríntios 13:2 – NT.
[28] João 14:13 – NT.
[29] 1 João 5: 14-15 – NT.
[30] Do inglês “crude”, que também pode ser “rude”, “bruto”, “grosso”, “imperfeito” – NT.
[31] Jeremias 22:21 – NT.
[32] João 6:63 – NT.
[33] João 1:18 – NT.
[34] A expressão “se fez” ou “foi feito” carne, do inglês “was made”, é como consta na versão do Rei Tiago e do Almeida – NT.
[35] Ver mensagem “Perguntas e Respostas Sobre Gênesis”, § 13 (29/07/1953) – NT.
[36] Lucas 23:46 – NT.
[37] Hebreus 10:5 – NT.
[38] João 14:13 – NT.
[39] Mensagem “O Evangelismo do Tempo do Fim” 3/06/1962 – NT.
[40] Do inglês “background”, que também tem o sentido de “conhecimento”, “prática”, “base”, “herança”, “experiência” – NT.
[41] Porém o Rev. Lee Vayle retomará este assunto em “Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº. 5” – NT.
[42] Lucas 9:26 – NT.
[43] Peixe muito importante, da família dos “scombridae” e de pequena estatura (45 cm), comum no oceano atlântico – NT.
[44] 1 Pedro 5:6 – NT.
[45] Salmo 107:20 – NT.
[46] Essek William Kenyon (1867-1948), foi um pastor, evangelista e escritor americano da igreja batista. Sua obra literária influenciou diversos movimentos pentecostais pelo mundo e foi também um dos pioneiros da Teologia da Prosperidade – NT.
[47] Dr. Charles S. Price (1887-1947), foi um dos grandes evangelistas de cura divina vindo a influenciar vários ministérios – NT.
[48] Do inglês “source”, que também significa “origem”, “princípio” – NT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário