domingo, 21 de fevereiro de 2016

josue29

O Livro de Josué - Parte 29
Marchando em direção a terra
18 de Janeiro de 2008
Vídeo


            1 - Josué, capítulo 3, versículo 2:
            E sucedeu, ao fim de três dias, que os oficiais passaram pelo meio do arraial e ordenaram ao povo, dizendo: Quando virdes a arca do concerto do Senhor, vosso Deus, e que os sacerdotes levitas a levam, partireis vós também do vosso lugar e seguireis. Amém.
            Abençoa, Senhor, a leitura de Tua Palavra e que possamos mais uma vez receber a porção correspondente a esta hora. Para que possamos nos alimentar do alimento espiritual em seu devido tempo. No nome de Jesus, amém. Podeis sentar. Louvado seja o Senhor, nosso Deus.
2 – No culto anterior, o nosso estudo sobre o livro de Josué, nós falamos sobre “Cruzando para o outro lado”. E neste culto nós falaremos um pouquinho sobre “Marchando em direção a terra”.
3 - Nós temos já com este, o número 29 desta série sobre o Livro de Josué. E esta série de ensinamentos tem trazido para nós muitos conselhos. Tem trazido para nós muitas advertências, palavras de consolo também, de conforto, de ânimo e de inspiração. Que nos diz que temos que avançar um pouco mais, que não fiquemos conformados com aquilo que já temos. Porque Deus continua derramando de Sua glória e temos que estar caminhando de fé em fé, de glória em glória.
4 - Aprendemos que assim como não podemos ficar apenas com a justificação, temos que prosseguir até a santificação. E não podemos ficar apenas com a santificação, temos que ir até o batismo do Espírito Santo. Não podemos ficar apenas com o batismo do Espírito Santo, porque isso apenas nos abre a porta para o próprio Espírito Santo. Tudo isso temos aprendido nesta série.
5 – E no culto anterior aprendemos sobre Cruzando o Jordão, quando foi lido no versículo 1, mostrando que eles se levantaram de madrugada para fazer isto. E quando eles caminharam, chegaram à beira do Jordão, eles pararam um pouco. E nessa parada, o irmão Branham nos ensina que quando se chega à beira do Jordão, então ali há divisões. Há divisão. Porque tem aquelas pessoas que ficarão para trás, que não desejaram cruzar para o outro lado. Uma vez que cruzar o Jordão quer dizer fazer morrer a si mesmo. E muita gente tem medo de morrer.
6 - Não estou falando da morte física, de morrer no físico, mas esta morte para o mundo. Para poder o Espírito Santo morar em você, sendo que o Espírito Santo é o próprio Deus, a vida de Deus. Zoe, a própria vida de Deus. Então a sua vida já tem que estar por terra. Tem que morrer mesmo, para que você possa ser vivificado em Cristo. O próprio Espírito Santo estará vivendo através da sua vida. E Paulo disse: Não mais vivo eu, mas Cristo vive em mim.
7 – Então para você estar numa situação dessas, você tem que estar em total obediência à vontade de Deus, como estava Jesus, a ponto de não ter a sua própria vida como algo importante. E disse: “Cumpra-se a Tua vontade e não a minha. E se possível for, passa de mim esse cálice, mas, no entanto, seja feita a Tua vontade e não a minha. Que eu morra”. Porque se essa é a vontade de Deus que nós, Seus filhos, morramos para este mundo, para os nossos desejos, para o nosso dia a dia, para nossas preocupações, para que a mente de Cristo possa vir a nós, se este é o desejo de Deus e Ele predestinou-nos para isto, para que no tempo do fim pudéssemos ter essa porção ou sermos a porção da Palavra, na qual a própria Palavra seria vivificada através de nós, então temos que dizer: Eis-me aqui Senhor. Eis-me aqui.
8 – E quando está nessa situação “eis-me aqui”, na beira do Jordão é dito:
“Quando virdes a arca da aliança do Senhor, vosso Deus, e que os sacerdotes levitas a levam” – Quer dizer, ela parou ali, mas ela vai continuar um pouquinho mais –
então partireis vós também do vosso lugar e seguireis a arca da aliança”. Por que? O Pilar de Fogo, a Coluna de Fogo não para, ela sempre continua. E qualquer irmão, qualquer irmã, qualquer ministro, que foi beneficiado com o Pilar de Fogo, com a manifestação de Deus para o tempo do fim e, no entanto, fizeram ali um acampamento. Fizeram uma cerca para ovelhas e tudo mais. E daí a pouco a Coluna de Fogo seguiu adiante, Deus abriu mais um pouco de Sua glória. Aqueles que ficaram para trás, mesmo se regozijando com as bênçãos que receberam, estes pereceram, porque ficaram apenas com a benção temporal. E William Branham disse: Nós precisamos do TODO! De TODA a promessa! Possuir a Terra. Vê? Temos que estar estabelecidos na Terra, no Espírito Santo.

9 - Então, Marchando em direção a Terra. Eu quero fazer as duas últimas citações que fizemos no culto anterior para podermos dar prosseguimento. Na Mensagem Como fui com Moisés, assim serei contigo, parágrafo 76. Vocês recordam destas palavras.
Esse é meu desejo, irmão, ver minha igreja atravessar à outra Terra, um desejo de me mudar para o outro lado. Se houver algo em você aqui primeiro clamando, haverá Algo para responder a esse clamor. Simplesmente instalando-se a criar ovelhas não é bastante para você. Estando em algum tipo de negócio não é bastante para você. Simplesmente juntar-se com a igreja e pôr seu nome no livro não é bastante para você. Porque há algo clamando, tudo lá do outro lado da terra...”
10 - Então, o vir para Mensagem, o pertencer a um cercado de ovelha e todas essas coisas... E ter um bom negócio. Falando até mesmo no sentido espiritual, não é o suficiente. Tudo isto são passos da caminhada. Mas o irmão Branham está dizendo: do outro lado tem uma terra, você tem aqui a promessa e lá está o cumprimento. Você tem que atravessar para o outro lado para receber tudo...
        Um clamor daquela serra, e tudo do outro lado do Jordão, até que você caia nos braços de Deus, lá do outro lado”. Eu gostei muito dessas palavras do Irmão Branham
11 – Na Mensagem Paradoxo, no parágrafo 311, ele nos ensina:
Agora vejam vocês o que significa descer para o Jordão? Nós estamos aqui embaixo agora. Vamos atravessar para o outro lado agora, pois tudo aquilo nos pertencerá. É tudo nosso. Aquelas visões nunca falharam. Elas não podem falhar, porque elas vieram de Deus. Eu creio que tudo aquilo está em mim. Nós não somos mercenários que corremos em volta do deserto”
Vocês lembram que citamos isso aqui? – Nós atravessaremos o Jordão, - Mas ele disse antes que “eu creio que tudo aquilo está em mim”. Então há um clamor aqui, por que você pertence aquela terra. Então tem um chamado lá que bate aqui e há uma correspondência. Há algo clamando porque há algo respondendo aquele clamor, vê?

12 - Então esta Semente de Vida eterna tem que estar em você. Esta semente plantada pelo Espírito já tem que estar plantada na sua alma. Caso contrário, você nunca dirá assim: “Senhor, eu realmente não pertenço a este lado, eu não pertenço a este mundo, eu pertenço aquele reino, pertenço à terra do reino”! Tem que ter algo em você clamando por isto! Então por isso ele diz:
Eu creio que tudo aquilo está em mim. Nós não somos mercenários que corremos em volta do deserto, nós atravessaremos o Jordão, a separação, Deus rompeu por nós os Selos”vejam, os selos foram rompidos por nós -
“que estavam sobre o Livro! Entremos dentro deste grande lugar agora, pois Josué dividiu para o povo suas heranças que Deus deixou para eles”.

13 – Lembre-se que ele faz aqui uma junção entre esta herança dividida da terra, com a abertura dos selos. Na abertura dos selos está a completa revelação de Jesus Cristo. Tudo aquilo que ficou escondido. O que estava escondido na parte de trás da mente de Deus e Ele destinou isto para ser revelado só no fim dos tempos. Quando seu remanescente, quando os que foram predestinados para viver no último tempo, no último instante, na parte mais perigosa da história. Quando o diabo estaria com todos os seus dardos inflamados, com todas suas setas apontadas e disparando inclusive... Então, era o tempo mais perigoso, era o momento maior, são problemas maiores para se enfrentar, por isso se necessitava de um conhecimento maior também.
14 - Esse conhecimento maior ficou selado sob sete selos e só foi revelado no tempo do fim. Porque era no tempo do fim que aqueles que foram predestinados para viver neste tempo, teria sua compreensão, seu entendimento mudado. Receberia a própria mente de Cristo. E tudo aquilo que os irmãos do passado não tiveram, nós temos que ter agora! Temos que ter agora.
15 – E este é o nosso Jordão para atravessar. É nos desprender de nós mesmos, das nossas ideias, dos nossos pensamentos, daquilo que foi interpretado para nós e recebermos a completa revelação de Jesus Cristo que veio neste tempo, quando Deus mesmo apareceu, trouxe o Livro aberto, porque ele foi... Foi rompido os selos e Ele trouxe esse conhecimento para nós. E uma vez que você morre para aquilo que você achava que era bom, que era maravilhoso, por estar recebendo dádivas e bênçãos do próprio Deus... Mas era uma caminhada pelo deserto de experiências, onde foi derramado, onde saiu água da rocha, onde veio codornizes, de onde veio tantas coisas, milagres, prodígios e maravilhas. Mas tudo aquilo Deus estava programando, deixando, para que somente uma pequena parte daquelas pessoas recebesse a totalidade, a compreensão de todas as coisas.
16 - Quando se recebe a compreensão de todas as coisas o que você faz? É uma compreensão que não era minha que não estava em mim. Foi o próprio Deus que trouxe para mim. O que acontece? O que você é? Você descobre que não é nada, que nada depende de você. Não é o que você faz ou deixou de fazer, mas é tudo o que ELE tem feito! E quando você aceita isso por fé, você morre, você cai nos braços de Deus. É Ele em você. É Ele trabalhando através de você.
17 – Mensagem Parado na brecha, 160: Mas o chamado de Deus deve vir, “Qualquer um que quiser marchar em direção à Terra Prometida, que marche!” – Isto é o chamado de Deus. Isto aqui. Primeiro ele diz: Mas o chamado de Deus deve vir – e o chamado é este: “Qualquer um que quiser marchar em direção à terra prometida, que marche!”
18 - Veja o que foi dito para aquele povo. Eu vou ler mais uma vez o que foi dito no livro de Josué: “E sucedeu que ao fim de três dias, que os oficiais passaram pelo meio do arraial.”
        Tem que ser um oficial. Tem que ter um ofício para fazer isso. E estes oficiais ouviram isso da boca de Josué. Então, tem que entregar para o povo aquilo que o líder do último dia trouxe com Seu livro aberto. E é uma ordem!
        E ordenaram ao povo dizendo: Quando virdes a arca da aliança do Senhor, vosso Deus – o que é essa arca a não ser a Palavra Revelada? O que é mais sagrado para nós hoje? Onde está o testemunho? O que tinha dentro da arca? Dentro da arca tinha as duas tábuas da Lei. Onde devem estar estas duas tábuas da lei? Onde deve estar toda a Palavra de Deus escrita hoje? A Bíblia diz: Nas tábuas de carne do vosso coração! Onde deve estar esta arca? Que deve ir na frente te guiando e que você tem que seguir? Isto é a Palavra de Deus!
19 - Veja. E ordenaram ao povo dizendo: Quando virdes a arca da aliança do Senhor, vosso Deus e que os sacerdotes levitas a levam – os levitas que levam isto. Eles levam a Palavra, eles repartem a Palavra para as pessoas Então, segui também. Segui esta Palavra também. Não fique em casa pensado: Ah, mas o pregador já tem esse conhecimento e eu não preciso mais ler essas mensagens. Eu nem preciso mais ler a bíblia, eu já leio na igreja! Eu já vejo lá ele pregando... Não senhores! Temos que seguir! Não é questão de um homem santo, toda a congregação tem que ser santificada! Não é questão do homem que está na frente entender toda a Palavra, toda a congregação tem que compreender toda a Palavra!
20 – Você tem que ver, caso contrário, como você nascerá de novo? Jesus disse: se não nascer de novo não podereis ver o reino de Deus. E ver significa entender! Vê? Continuando. Eu estava lendo Parado na Brecha não é isso? O (parágrafo) 160:
        “Mas o chamado de Deus deve vir, “Qualquer um que quiser marchar em direção à Terra Prometida, que marche!” Estamos a caminho da Terra Prometida. Amém. Que eles venham e marchem. Estamos em nosso caminho para encontrar com Cristo no fim do tempo. E eu desejo trazer isto a vocês para então vocês verem, e vos mostrar que... Os enganos que um homem pode cometer, mesmo sendo sincero”.
21 - Então, ele aqui estava mostrando o chamado de Deus: marche em direção à terra. Ele disse: estamos nisso, estamos em processo disso. E ele também diz: Eu desejo despertar vossa atenção agora para que vocês possam compreender como os homens cometem erros. E esses erros que os homens cometem são dentro de sua própria sinceridade. São sinceros. Agora, que tipo de erro tem aqui que William Branham está chamando nossa atenção? Lembre-se que ele está tratando da caminhada do Egito até a terra prometida. Lembre-se que ele está tratando desde a sua saída do sistema denominacional até receber a completa revelação de Jesus Cristo. Até ter em você toda a Palavra, O Espírito Santo!
22 – Então os homens cometem erros e os erros que eles cometeram foram: Reclamar de algo que não estava bem; reclamar quando os problemas surgiram; foi achar que também poderiam fazer o trabalho que o líder estava para fazer; foi desobedecer achando que não precisava cumprir tudo. Vê? Eles cometeram erros ao achar que podiam se estabelecer em algum Oasis do deserto... Eles cometeram erro ao fazerem cercados para ovelhas e dizerem: Aqui vamos constituir nossas famílias. Já estamos cansados de caminhar. Está muito bem até onde chegamos. Eles cometeram erros quando disseram: Podemos com o que já temos chegar até lá! “Não precisamos de mais nada”. Vê? “Encontramos aqui um local bom para nos estabelecermos” – quando eles chegaram na terra de Gileade. E assim eles cometeram estes erros. E eles estavam com sinceridade. Eles eram sinceros.
23 - Então hoje, se nós transliterássemos isto para o nosso tempo, poderíamos ver quantos erros foram cometidos durante esta trajetória, desde que a Mensagem foi estabelecida em nossos corações. E achávamos que estava tudo certo. Que o que críamos estava tudo certo e não nos despertamos para prosseguir no nosso aprendizado. Sendo que a Bíblia diz: Prossigamos! Avancemos e prossigamos em conhecer o Senhor! Conheço um pouco hoje, mas amanhã eu tenho que estar com a mente aberta para conhecer mais ainda.
24 - Veja, não é porque você leu o livro de Atos, Mateus ou Lucas ou seja o que for, que você diz: Esse eu já li. Leia de novo e veja o que Deus está falando com você! Não é porque você já leu um sermão, já leu uma mensagem, escutou uma pregação como esta agora, que você diz: Eu já ouvi essa. Ouça outra vez e veja o que você aprende ali de novo! Ou será que Deus terá que nos acometer de amnésia e colocar em nós o desejo de... “Eu nunca li sobre isso, vou ver agora o que é que tem”. O irmão Manoel estava falando comigo uma vez e disse: “Olha, na minha idade, eu vou lendo, mas daqui a pouco aquilo apaga da mente. Eu vou ouvindo e daqui a pouco esqueci. Então o que é que eu faço? Eu leio de novo e escuto de novo”. É assim que tem que ser! É Palavra sobre Palavra. O corpo de Cristo está sendo construído desse jeito. Esta construção espiritual está sendo levada dessa forma. É Palavra sobre Palavra. Um pouco aqui, um pouco ali, até que você chegue a uma estatura completa do Varão Perfeito. Aleluia! Pois bem... Amém. Que eles venham e marchem. Estamos em nosso caminho para encontrar com Cristo no fim do tempo.
25 – Na mensagem Josué, o Grande Guerreiro, parágrafo 75... Essas quatro últimas citações que tenho feito, nós já tivemos no culto anterior. Sendo que agora com comentários diferentes. Então, o último que citei, aliás, o penúltimo porque eu tenho mais um aqui. Josué, o Grande Guerreiro, parágrafo 75. Aí você diz: Por que é que vai citar outra vez? Alguns porque era necessário e este precisamente agora, porque no último eu estava lendo na mensagem em espanhol e não me veio a mente o que significava a palavra ruelas. Mais ou menos essa a expressão. Ruelas. E significava pegadas. Então eu precisei rever isto e agora vou citar outra vez.
26 - Josué, o Grande Guerreira, parágrafo 75: Pegada significa possessão, meu irmão. O que a Igreja necessita nesta noite é por algumas pegadas mais, aqui nesta terra”. Amém!
27 - Estão lembrados que tivemos um culto aqui no qual falamos exclusivamente sobre isto? Em que o irmão Branham nos ensinava que cada vez que eles colocavam a planta do pé, eles tinham que lutar por aquele lugar? E Deus disse para Josué, ao povo através de Josué: cada lugar que pisar a planta do vosso pé é vosso, mas vocês terão que lutar por cada palmo do terreno. Lembram? Então, quando eles pisavam num lugar eles diziam: Isto é meu! Lutavam por aquele ambiente, por aquele momento. É assim. Então o irmão Branham está nos explicando na mensagem Josué, o grande guerreiro, que pegadas significam posses. É meu. Possessão.
28 - O que a Igreja necessita nesta noite é por algumas pegadas mais, aqui nesta terra. Eu quero fazer um pontinho aqui. Sabe porque ele está nos dizendo isso? Quem sou eu... Porque nós já temos deixado suficiente rastro pelo deserto. Já temos deixado muitos rastros, muitas pegadas pelas areias do tempo, por esse deserto de experiências que temos enfrentado desde que conhecemos a mensagem do tempo do fim. Mas agora chega-se o momento que não temos que deixar mais pegadas pelo deserto. É hora de colocarmos pegadas na terra prometida! No Espírito Santo! Ele continua agora:  Não fiquem no Jordão por muito tempo
29 - Não fiquem no Jordão por muito tempo. Não fiquem no Jordão por muito tempo. Bem, observe. Aqui nós temos o Jordão. E caminhou por aqui e fez curva (quarenta anos peregrinando!) parou bem aqui na beirinha do Jordão. Se via as águas lá correndo. Eles tiveram que parar ali. Isto foi no culto anterior. Mas aqui na leitura que temos feito, em Josué capitulo 3 versículo 2 ao 3, foi dito: A noite, ou pela madrugada vão sair os oficiais gritando no meio do povo: Preparem-se! Porque a qualquer momento quando vocês virem a arca da aliança levantar, os levitas levando, vocês também sigam! A cabo de três dias. Três dias. Não são quatro e nem cinco e nem dois. Se foi dito três dias, então são três dias.
30 – Para tudo tem um tempo determinado e Deus determinou o momento próprio de você alcançar isto, de você alcançar esse conhecimento. Talvez você tenha pregado por dez, doze, vinte anos. Talvez tenha vindo para mensagem há trinta ou quarenta anos atrás, mas Deus determinou um tempo no qual você alcançaria o amadurecimento espiritual. E todo aprendizado de outrora, vamos dizer assim, apenas com uma frase tudo aquilo foi iluminado e você diz: Agora eu vejo porque caíram as escamas dos meus olhos. Vê? Quando Deus determina um tempo, é naquele tempo.
31 – Então era a cabo de três dias que isto iria acontecer. Então, se algum irmão dissesse: “Olha, mas durantes esses três dias aconteceu alguma coisa”. “Tem irmãos que adoeceram, minha esposa está em trabalho de parto”. E isto e aquilo... “Meu filho foi até tal lugar dar um recado, não chegou ainda e eu vou esperar”. Olha, a cabo de três dias. Não fique mais do que isso próximo ao Jordão. É isto que o profeta está me dizendo aqui. Não fiquem no Jordão por muito tempo. Saiamos daqui e vejamos o que é que temos na frente. Vê?
32 - Pois bem. Quando ele fala pegadas, que é possessão, pegadas significam pisadas. Pisadas querem dizer rastros, que significam sinal. Você deixa ali sua marca ou um vestígio. Marquei este lugar. Em outras palavras, você estará marcando seu território. Tanto você marca, porque aquilo é estabelecido para você. Este é seu lugar. Você vai trabalhar aqui e ainda mais, você terá que se alimentar daquilo que plantar naquele lugar.
33 – Ma mensagem Deus cumpre Sua Palavra, parágrafo 141 foi dito:
Se é a promessa de Deus, ponham pegadas!” - Ponham pisadas ali, deixem rastro. É seu. Tome aquilo porque é seu
Todo lugar que pisar a planta de vosso pé, Eu os tenho entregue como vossa possessão.
34 - O irmão Branham está citando Josué capítulo 1 versículo 3. Veja, por isso ele diz pegadas que você põe nesta terra significa o que? Posse. Possessão. Foi isso que Deus disse para Josué. Observe:
Todo lugar que pisar a planta de vosso pé, Eu os tenho entregue como vossa possessão. Ele continua.  Deus o prometeu. Deus cumpre Sua Palavra. Amém. A Palavra de Deus é a Verdade Eterna. Eu o creio; vocês o creem. Irmãos é tempo para que nós façamos pegadas. Não podemos ficar aqui neste mesmo acampamento;
35 - Porque quando se acampa, descansa-se. É muito cômodo. Caminhei bastante, cansei bastante. Levanta acampamento... Fincam tocos ali e aquela coisa toda. E aquelas peles e os plásticos, se tivessem naquele tempo, as barracas seriam como as do tempo de hoje, as tendas e tal. E todo mundo descansa e vai, e vai. Mas daí a poço a Coluna de Fogo seguiu um pouquinho. Agora desmonta tudo aquilo. Olha, era uma correria. Vamos dizer assim, era uma doideira. Porque estava tudo pronto. Digamos, uma semana de jornada, dia e noite. Daqui a pouco a Coluna de Fogo parava. “Oh, glória a Deus, que descanso!” Então aí iam cuidar de comida, cuidar da roupa, ir ver como que está o calçado e as crianças, os animais e tudo. Eles tinham que se estabelecer. Mas digamos que três dias depois a Coluna de Fogo caminhava mais um pouco, daqui a pouco toca a trombeta. “Fulano, chama os oficiais, toca a trombeta, norte, sul, leste, oeste”. Era todo organizado o acampamento. “Toque a trombeta!” E daqui a pouco todo mundo despertava às pressas esfregando os olhos e quando olhavam, a Coluna de Fogo já estava lá na frente. Aquele torvelinho lá na frente. De dia uma nuvem, a noite aquela Coluna de Fogo de cor âmbar, lá na frente.
36 – “Mas agora? Agora?” A trombeta está soando. Pega o que for, separa aqui, pega acolá. Ajunta as galinhas, vai atrás das ovelhas. Eles saíram do Egito com tudo. Imagine quarenta anos produzindo pelo deserto? Tanto é que produziram, que dos que saíram só entraram dois, mas entrou uma grande multidão dos que nasceram. Então se homens e mulheres produziram sua linhagem, os animais também. E eles entraram na terra da promessa como um exército de verdade. Muita gente, muitos animais, ovelhas e gado para se estabelecerem ali. Tudo isso era feito e Deus não esperava eles aprontarem tudo e então com tudo prontinho saía. Não senhor. A ordem é Dele, a vontade é Dele. A Soberania é Dele. Você que tem que se adaptar ao momento de Deus. Não Ele se adaptar para quando você tiver tempo, quando você tiver boa vontade, quando você quiser cultuar, quando você quiser adorar, quando você quiser doar, quando você quiser amar, quando você quiser isso e quando você quiser aquilo. É quando Deus diz: É agora. É já. É se hoje ouvir a Sua voz. Não fique com o entendimento endurecido dizendo: “Olha, quem sabe amanhã, pode ser que eu veja...” Não senhores.
37 - “Não podemos ficar aqui neste mesmo acampamento; o fogo está movendo-se para adiante. Movamo-nos de gloria em gloria, de experiência Bíblica a experiência Bíblica. Desenvolvamo-nos e abramos nossos corações, alcemos nossas mãos a Deus. Guardem-se sãos; Mantenham-se na Bíblia. Não saiam fora disto. Mantenha-se ali mesmo”. Amém! Isto é o que? Em marcha; em marcha. Sem se desviar nem para direita e nem para a esquerda.
38 – Até aqui todos os parágrafos que citei, eu li no culto anterior. Mas na mensagem Adoção, primeiro volume, parágrafo 46, o mensageiro de Deus também nos ensina algo. Ele diz assim:
 Mas os crentes, os equipamentos de Calebe e Josué, que estavam indo para a promessa, eles mudaram para a terra e tomaram a terra e se estabeleceram na terra, como uma possessão. E nunca paramos na justificação, - porque quando para na justificação, montou acampamento e não quer sair mais dali.
39 - Foi assim que os luteranos fizeram. Veio a mensagem de Lutero justificação pela fé, enquanto a igreja católica dizia que tinha que ser por obras, como ela ensina até hoje: dê esmola, faça caridade, suba tal morro de joelhos, carregue uma cruz nas costas, jejue pela quaresma e guarde isto e faça aquilo. É uma salvação através das obras. Lutero disse: Não, senhores. Bem, hoje é diferente, mas no tempo de Lutero a igreja católica vendia salvação. Se você tivesse matado, estuprado, cortado o pescoço de alguém, mas se você chegasse no templo e desse uma grande soma de dinheiro, então era jogado água benta sobre você e você comprava uma relíquia, um pedaço de madeira, que eles diziam que era da cruz não sei de quem, pronto, você já estava bem. Estava bem! Mas se você não se submetesse a vontade da santa madre igreja, como era e é chamada, eram tomadas suas posses, você era acusado de feiticeiro, feiticeira e te queimava em praça pública se você quisesse obedecer a Palavra e não a igreja.
40 - Então foi nesse tempo que Deus levantou Martinho Lutero e ele disse: O justo vive da fé. Vê? E aquela era a Palavra de Deus para o dia. E quem creu Naquilo tinha o Espírito Santo naquele tempo ou a vindicação, a verdadeira evidência. Lembram desse assunto? Do Espírito Santo...
41 – Pois bem, eles montaram acampamento e daí quando a Coluna de Fogo deu um passo adiante e Deus agora trouxe além da justificação, a santificação, os luteranos disseram: “Mas foi tão bom isso, aqui está tão bem! Já nos estabelecemos, já fizemos uma grande igreja, já ganhamos milhares. Olha o tamanho que temos, não temos que mudar mais nada. Assim está bom!” Então eles ficaram para trás e Deus seguiu adiante com a santificação. Vê?
42 - Irmão Branham está dizendo aqui que os crentes... Observe: Mas os crentes, os equipamentos de Calebe e Josué, que estavam indo para a promessa. Ele está dizendo que só tomaram a terra, só se estabeleceram na terra e tiveram aquilo como sua possessão porque não ficaram parados em acampamentos. Não se conformaram com o que tinham. Sabiam que tinha algo mais na frente. E ele continua aqui.
E nunca paramos na justificação. Santificação. Vamos em frente com o batismo com o Espírito Santo”. Você já aprendeu que mesmo assim você não pode ficar parado só nisso. Lembram-se disso? Pois bem.
Não vamos parar de crer no Senhor Jesus, sendo batizados. Não vamos parar porque Ele nos limpa de uma vida de pecado. Mas agora nos apressamos em uma posição, a uma promessa do batismo do Espírito Santo”.
43 – Bem, ele falou isso na mensagem Adoção primeiro volume, parágrafo 46. E nós já aprendemos que o verdadeiro batismo do Espírito Santo está dentro da terra prometida e não à margem dela. E eu quero dizer para vocês que, quando vocês virem o estudo da Pirâmide, a estatura do varão perfeito... Você sabe quando você chega em fé, virtude, conhecimento, perseverança, temperança, piedade, amor fraternal e está ali no Espírito Santo, eu chamo de batismo do Espírito Santo, você ainda está à margem. À margem. William Branham disse que o batismo do Espírito Santo ainda é algo temporário, temporal. E ele diz que a pessoa pode ser batizada com Espírito Santo e mesmo assim caminhar para o inferno. Porque aquilo foi no seu espírito e não na sua alma. Por isso eu estou vos dizendo agora que o verdadeiro batismo com o Espírito Santo está dentro da terra. Disto chamamos o que? O próprio Espírito Santo. Aquilo que é chamado pedra de coroa. Aquela parte que está acima da pirâmide. Amém?
44 – pois bem. Na mensagem Inspiração Espiritual, o irmão Branham falou estas palavras: "Creem vocês que a ciência olha para traz a isso hoje? Bem, vou repetir suas palavras para ver se vocês compreendem seu linguajar. “Creem vocês que a ciência olha para traz a isso hoje”? Ele quer dizer se a ciência olha para as realizações passadas. Ele chega a dizer assim: Não senhor. Eles estão indo a uma velocidade de mil e seiscentas milhas por hora –
45 - então vou repetir mais uma vez para vocês compreenderem melhor: A ciência não está conformada com aquilo que foi descoberto no passado. Não foi porque Albert Einstein, Isaac Newton e... Descobriram a relatividade, o nêutron, o próton, o átomo, ou seja o que for. Pois bem, estas descobertas do passado foram o início. Mas eles colocaram aquilo em estudo e prosseguiram naquilo e daí foram desenvolvendo novas descobertas e chegaram no raio laser e a tantas coisas. E eles estão avançando.
46 - O irmão Branham está dizendo “vocês acham que a ciência ficou apenas dizendo ‘vê o que descobrimos em 1900?’ ‘Vê o que descobrimos em 1800?’ ‘Vê o que descobrimos no século 20?’ Não! Eles estão lutando dia e noite em tubos de ensaio, em cobaias. Hoje, nesse exato momento! Com as descobertas que eles fizeram no passado, isto tem aberto novas fronteiras. E eles estão pensando... O que eles estão descobrindo hoje, tentando decifrar no universo, é o que será apresentado para as pessoas há dez, vinte anos no futuro! E hoje eles já estão tendo um prognóstico do que será lá na frente, veem?
47 – O Irmão Branham está dizendo: E nós como estamos? “Oh, mais foi tão bom quando nos livramos da escravidão, quando saímos da denominação e viemos para a Mensagem!” “Glória a Deus! Sou crente da Mensagem!” A mesma coisa que os denominacionais fizeram: “Me livrei do lamaçal de pecado”, não é assim? “Me livrei das drogas, me livrei da mentira, me livrei disso. Glória a Deus! Aceitei Jesus!” E param ali. E param, nunca prosseguem. Nunca se tornam... Nunca se manifestam como filhos de Deus. Eles param com uma benção temporal. Se eles seguissem adiante eles seriam mestres. Mas ficam sempre como uma pessoa que nem sequer ainda é um aprendiz. Porque não está aprendendo sobre a Verdade. Porque quem está os ensinado não conhece a Verdade, apenas uma minúscula parte dela. E por ser uma minúscula parte, eles nunca chegarão ao amadurecimento completo.
48 – Então aqui nós estamos sendo chamados a isto agora. A tomarmos o exemplo da ciência. A ciência não fica parada nas realizações passadas. Agora vou repetir o que o irmão Branham disse na mensagem Inspiração Espiritual. Se você simplesmente lesse sem prestar atenção, você passaria isto tudo por alto. Porque são poucas as palavras.
49 - Apenas em poucas frases, em um sermão, que ele entrega o recado que teria que entregar.             “Creem vocês que a ciência olha para traz a isso hoje? Não senhor. Eles estão indo a uma velocidade de mil e seiscentas milhas por hora em um avião de reação e ainda assim avançam, indo mais longe. Temos chegado ao ponto que podemos crer no Batismo do Espírito Santo;
Ele está dizendo o que? Que também na fé temos avançado a ponto de crer no batismo com o Espírito Santo.
“Podemos crer na cura dos enfermos...” E o que ele está dizendo para mim? Mas não se detenha apenas nisso! É isto que ele está me ensinando.
Movamo-nos a ressurreição dos mortos e a vinda do Senhor Jesus Cristo!”
50 - Movamo-nos, quer dizer, siga adiante, tem algo mais para aprender. Você tem que entender algo mais. E eu fico, meu Deus, boquiaberto como as pessoas tem se estabelecido em doutrinas e pensamentos, achando que tinham tudo. E colocaram tudinho: colocaram cerca na frente e atrás e disseram, olha, a mensagem é assim, e cremos assim, e o povo da mensagem é isso, e cremos desse jeito. Formaram grupos. Mas alguém entendeu diferente e disse: a mensagem é isto e isto e formaram mais um grupo. Veem? Então estes não reconhecem esses e esses não reconhecem aquele outro como a verdade. E assim ficam duelando-se e o inimigo dando risada da cara deles. Enquanto estão com armas apontadas e atirando um no outro.
51 – Não avançam. Saiam dessa trincheira! Tenham coragem! Não querem colocar a cara no chão. O soldado quando sai da trincheira, ele sai pelo capim e quem olha só vê o capacete em movimento. A roupa toda folheada parecendo grama, parecendo mato, mas eles saem arrastando-se com a barriga no chão. Mas quem quer arrastar pelo chão? Quem quer se arrastar na areia, na terra, no espinho, no arame farpado? Não querem! Sair da sua posição, da sua trincheira, para ver como está o outro lado, o que está acontecendo. Vai ver a guerra já acabou faz tempo e você entrincheirado ali, pensando que o mundo é só isso, que a mensagem é só isso.
52 - É a mesma coisa quando a gente era pequeno, o irmão Julio sempre fala isso. Quando éramos pequenos, nossa casa ficava num certo morro um pouquinho baixo, mas tinham morros mais altos ao redor, morro alto em tudo quanto era lugar. Como nunca tínhamos ido além dos limites da pequena propriedade, dos limites dos vizinhos para pegar algo emprestado ou devolver algo que tomamos emprestado, nunca tínhamos ultrapassado os limites das montanhas. Pensávamos o que? Óbvio. Que o mundo acabava ali. Que o céu encostava naquele morro. Porque era o que víamos. E quantas vezes eu pensei: Se eu cortar uma vara de caboatã [Árvore típica da Zona da Mata pernambucana. N. Ed.]  bem alta, porque era a árvore que mais tinha para fazer cercas e chiqueiro... Então eu pensava: se eu cortar uma vara de caboatã, que era maneirinho [Leve. N. Ed.] e cresce bastante... Eu for em cima daquela montanha (a Serra da Laje), se eu ficar na ponta do pé assim com a vara, será que eu vou encostar no céu? Porque eu via que morria ali o céu. Essa era minha infantilidade, meu pensamento. E eu era sincero naquilo. E se alguém me perguntasse o tamanho do mundo, eu apontaria com toda sinceridade: o mundo acaba ali.
53 – É assim que muitos estão. Muitos! Imagine você, se você nasceu dentro de um lar e este lar servia ali, digamos, o candomblé. E você nasceu ouvindo o som do... Como é o nome daquele instrumento? Atabaque? Não sei como é que chama. Pois bem, para você aquilo era a única realidade da sua vida. Se você nasceu numa família de capoeiristas e som que você ouvia desde pequeno era o som do berimbau, você dormia ao som do berimbau. O que você acha que você pensa que é o mundo? É só aquilo. Vê? Porque você nasceu falando a sua língua e daqui a pouco você ouve alguém falando outras coisas. O que é que é isso? É alguém que vem de outro país. Tem outro país? Vê? É assim, você desperta para algo mais.
54 - O mundo não é só isso. Por isso que os pigmeus tiveram tantos problemas. Aquelas pessoas da nova Guiné. Pequenas ilhas. (não recordo ao certo quem eram) E eles nunca tinham vistos outras pessoas, nunca tinham visto outros seres humanos. Achavam que todos eram daquele jeito, baixinhos e pequenininhos. E um certo tempo depois, a partir de mil novecentos e poucos, começaram a inventar as peças, o avião, a partir de Santos Dumont e alguns outros. Começaram a cruzar o espaço com os aviões e quando passou o primeiro avião naquele lugar, eles caíram por terra com lágrimas nos olhos e se prostraram dizendo: Os deuses estão nos visitando! Eles não sabiam ou esperavam que depois dali, depois da fronteira, do mar, tinham pessoas, casas, carros e todas essas coisas. É assim que está muita gente na Mensagem. Porque nasceram em grupo, em um companheirismo, tudo que eles ensinam é aquela limitação.
55 – Então quando se abrem as fronteiras, quando o mundo se globaliza, quando a malha da grande rede é lançada, as pessoas dizem: “Tem isso também na Mensagem? Mas eu não sabia disso! Mas o pastor não ensina assim. Mas eu não creio desse jeito. Me diz, será que isso não está errado não”? Será que isso, será que aquilo... Por que? Você está querendo ver tudo pela sua ótica, pela sua ideia, pelo seu pensamento. Mas o ensinamento da Palavra de Deus que veio para nós, para o tempo do fim, é: TRANSFORMAI-VOS PELA RENOVAÇÃO DO VOSSO ENTENDIMENTO! E isso não é novo. São as palavras de Paulo, as quais tem sido vivificada para os últimos dias. E quando vem essa transformação do nosso entendimento, isso quer dizer que o seu entendimento tem que sair para que a mente de Cristo universal (porque a noiva é universal e a Noiva estará crendo na mesma verdade, na mesma Palavra), esta mente de Cristo terá que vir a você, para que aqueles da Nova Guiné, aqueles do Brasil, aqueles do companheirismo A, do companheirismo B cheguem a crer na mesma revelação que foi entregue nesses últimos dias. Sem mistura, sem interpretação, sem nada. Mas a verdadeira Palavra vindicada. Amém!
56 – Bem, agora tenho poucos minutos para encerrarmos. Eu estava na mensagem... Eu li a mensagem Inspiração Espiritual. Mas agora eu já quero ir para finalizarmos, lendo a mensagem Senhor, queríamos ver a Jesus. Esta mensagem foi entregue no dia 18 de março de 1964. Esta eu citei a data porque ele pregou vários sermões com esse mesmo título Senhores, queríamos ver a Jesus. Senhores, quiséramos ver a Jesus, ou, deixe-nos ver a Jesus. Esta é Senhor, queríamos ver a Jesus, do dia 18 de março de 1964. Parágrafo 41:
        “Agora se nós procurássemos em volta, e voltássemos a alguma dessas grandes igrejas, retornando através do tempo, e disséssemos “é isto, é isto”, se vocês não vigiassem, nós estaríamos caminhando em uma claridade ao invés de uma Luz.”
57 - Isto que estou citando na mensagem Senhor, queríamos ver a Jesus, é a mesma coisa que acabei de vos dizer, da visão limitada de mundo, de tempo, de espaço, de lugar, de bíblia, de Mensagem. Depende de como você foi criado, do que te ensinaram. O irmão Branham está dizendo que se apenas olhássemos para o passado e disséssemos: Olha, ensinaram para mim isso e isso significa aquilo e acabou. Ele diz assim olha: Se vocês não vigiassem, nós estaríamos caminhando em uma claridade. O que é uma claridade? Um reflexo, apenas isso. Não uma luz verdadeira em si.
58 - Agora quer saber de uma coisa? A luz que veio através do mensageiro de Deus para o tempo do fim, que a partir de 1933, ali no rio Ohio, quando foi dada a comissão Tua mensagem precursará a segunda vinda de Cristo. Bem, a luz dessa mensagem raiou, surgiu. A Luz do entardecer alcançou multidões e corações. E aqueles que creram tinham a verdadeira evidência do batismo com o Espírito Santo. Mas Deus recolheu o mensageiro e o que acontece agora? Se você não tem o prosseguimento, você ficará com o reflexo e não com a luz.
59 – O Mensageiro de Deus disse que quando Deus recolhe o mensageiro, a luz prossegue através daqueles que foram fielmente ensinados ao lado do mensageiro. Vê? Então se você não aprendeu de quem foi fielmente ensinado, o que você tem é um reflexo. É um clarão e não a luz propriamente dita. Meu Deus do céu! Eu queria ser mais claro nisso, mas não dá! Porque teríamos que ter um culto de mais de uma hora para frente. Então, deixe-me só seguir aqui.
        “Estaríamos olhando para algo que passou, anos passados, olhando para trás. Qualquer homem que dirige em estrada, olhando através do espelho retrovisor, se arruinará completamente”.
60 - Então temos aqui o retrovisor. Quem dirige sabe muito bem disso e quem não dirige sabe que tem um espelhinho lá virado para o motorista. Não adianta você que está do lado querer virá-lo para você. Aquilo é para o motorista. Ele tem um minúsculo espelho, com o qual ele tem uma visão do lugar por onde ele está passando. Porque pelo lugar que ele já passou poderá estar vindo alguém atrás de si. Mas o que ele tem na frente? Tem uma visão ampla de onde ele deve ir. Amém? É assim.
61 - O que aconteceu no passado, a mensagem que foi entregue há quarenta anos, há cinquenta anos, você olha agora como um espelho retrovisor para saber de onde você veio, o pouco de compreensão que se tinha ali. Mas você tem que estar nessa estrada com uma grande visão a sua frente. Porque a cada dia que veio, para cada momento que Deus ensinou mais, instruiu mais, a visão foi só se ampliando, se ampliando e se ampliando.
62 – E não disse o irmão Branham que a revelação do sétimo selo seria dessa forma? É como uma vela romana. Explode uma luz e daquela luz sai mais uma, mais outra e da outra sai mais outra e mais outro. E continua se abrindo, se abrindo. E isso é Deus se revelando de glória em glória. E ele disse: isto vai até a eternidade! Estão preocupados sobre o sétimo selo. “Abriu ou não abriu?” Uma hora irmão Branham diz que abriu, outra hora que não abriu. E aí, como fica? E a parte correspondente que abriu é suficiente para nós. Se o sétimo selo prossegue até a eternidade, então tem coisas que só saberemos lá. E quem está endoidando, querendo saber aqui... Meu Deus do céu! É a mesma coisa. Armou um acampamento, fez um cercado e está imaginando, sonhando... Utopia. E isso não pode ser um sonho ou imaginação. Isso é real e tem que ser vivenciado.
63 – Vamos nos colocar de pé enquanto termino isso aqui. Qualquer homem que dirige em estrada, olhando através do espelho retrovisor, se arruinará completamente. Isto é certo. Isto é certo. Você faz como algumas de nossas irmãs que, com cinquenta anos de idade, tentam aparentar dezesseis. Vê, você está olhando para trás. Eu era uma mocinha tão bonita”! “Eu usava umas roupinhas tão bonitinhas”! Aí você encontra aquelas velhas com mini blusas daquelas mocinhas. Mocinhas sem Deus. Porque tanto está sem Deus as mocinhas como as velhinhas. O caso é que as velhinhas, no tempo que eram jovens, não eram permitidas essas roupas. Nem tinham. E se elas usassem uma roupa como aquelas, eram presas como prostitutas. Resultado, como agora ninguém sabe quem é prostituta ou não, todas podem usar, elas dizem: “No meu tempo eu não tinha isso”! Então elas querem usar agora. Estão olhando o que? Lá para trás. Estão olhando para o passado, para o que eram. Não encaram a realidade do que são hoje. E é isso o que ele está nos dizendo aqui.
... Tentam aparentar dezesseis. Vê, você está olhando para trás. Olhe para frente! Olhe para onde você está indo. Olhe para onde você está indo, não do que você veio. Amém! Paulo disse, “Esquecendo-me das coisas que ficam no passado, prossigo para o alvo da soberana vocação em Cristo”. Você deve sempre olhar para onde você está indo, não onde você esteve. Amém?
64 - Se você olhar pelo espelho retrovisor, cedo você se arruinará. O que ele está dizendo? É que se você se basear... Imagine você dizer assim: “Pode tapar a frente do carro, pode tapar esse vidro porque eu tenho espelho retrovisor.” E continua em alta velocidade. Já pensou se o capô do carro não está bem fechado e o vento abrir e tapa toda a frente? E você diz “não tem importância, não queridinha, pode ficar sossegada aí do lado”. “Mas o capô tomou toda a visão!” “Não tem importância, eu tenho aqui o espelho retrovisor”. Já pensou nisso? Ah, é assim que muitos estão.
        “Se você olhar pelo espelho retrovisor, cedo você se arruinará. Este tem sido o problema. Esta é a razão porque Lutero se arruinou – isto é, os luteranos –
        Quando a luz de Wesley veio. Esta é a razão porque Wesley se arruinou - se arruinou quando os Pentecostais vieram - Porque os wesleyanos disseram: o que temos é suficiente -  
E se não vigiarmos, os Pentecostais vão se arruinar, também, se eles não se mantiverem alertas, vigiando.
65 - Por que manter-se alerta e vigiando? Porque pode surgir outro pipoco de luz lá na frente. E você diz assim: isso já clareou para nós e temos uma visão perfeita. Ok. Mas foi no dia de ontem. E o que Deus vai mostrar amanhã, você está pronto para receber? É isto que ele está dizendo.
        “... Os Pentecostais vão se arruinar, também, se eles não se mantiverem alertas, vigiando. Vê você, você está sempre olhando para trás, referindo-se ao que alguém mais fez lá atrás. Quando, somos comandados a olhar para frente, mantenhamo-nos em frente. Sua - sua profecia aconteceu nos dias deles, esta acontece neste dia, e a próxima acontece no próximo dia. Está designada para o tempo final. E há coisas que estão supostas a acontecer agora,”- ele está falando de um futuro e eu acredito que o que ele está falando já chegou para os nossos dias. Vê? -  
        “De acordo com a Escritura, o Espírito Santo na terra, derramado sobre as pessoas.” Amém! Por isso que é importante compreendermos o que acontece no tempo do aparecer de Cristo. Amém? Quando o próprio Espírito Santo realizaria esse trabalho na terra.
66 - Então, a última coisa. Conferência com Deus, ele disse:
“E quando essa igreja alguma vez chegar a deter-se” – quer dizer, parar. Deter-se é isso. Eu paro aqui. Não tenho mais que aprender nada, que ver nada - E quando essa igreja alguma vez chegar a deter-se isso é quando satanás toma controle. Agora, quando satanás toma controle, as pessoas não percebem. Eva tanto não percebeu que ela chegou para Adão e disse: Isso é tão bom, isso é tão gostoso, é tão maravilhoso... Se ela tivesse percebido que ela tinha parado (parado de que?) de avançar no que Deus tinha dito. Ela parou quando deixou de obedecer, deixou de cumprir. Porque o diabo interpretou e na mente dela ficou tudo embaralhado, tudo atrapalhado. Deus disse “certamente morrerás”, a serpente disse; “certamente não morrerás”. E ela disse: “E agora? É e pronto!” E ali ela se acabou. Mas ela tanto não percebeu que o diabo tinha tomado controle, que ela disse: “Adão, você nem sabe a descoberta que eu fiz!” Ela levou aquilo adiante. Se ela tivesse percebido, teria parado ali mesmo e diria: “Nem chegue perto de mim senão você morre”. Vê?
E quando essa igreja alguma vez chegar a deter-se isso é quando satanás toma controle. Temos que nos mover constantemente e rapidamente, marchando para Sião. Nunca permitam que a igreja do Deus Vivente seja culpada de deter-se. Quer dizer, de parar. Amém? Vamos orar e agradecer ao Senhor.
67 – Pai bendito, louvado seja o teu Santo Nome, Pai. Obrigado Senhor Jesus, por este instante, por este momento, por este aprendizado, por esta Mensagem. Obrigado, Senhor, porque Tu tiveste tanta misericórdia de nós, que Tu mesmo tens vindo nesses últimos dias para ensinar-nos, para ministrar o Pão da Vida para nós. Como agradecemos por Jesus Cristo, que há dois mil anos atrás morreu naquela cruz ali, ensanguentado pelas ruas de Jerusalém. Até que no Gólgota derramou seu sangue e entregou sua vida por amor de nós. Oh, Senhor! E antes disso, o Senhor tinha nos amado de tal maneira que o entregou, o enviou. E Ele nos amou a tal ponto que deu a si mesmo por nós. E agora Pai, por não vivermos de uma luz do passado, mas sabendo que esta luz voltou a brilhar nesses últimos dias, agora Te agradecemos por teres vindo, Tu mesmo. Trazendo o real sentido das coisas para nós. E Senhor, neste momento, humildemente pedimos não só por nós, mas também por todos os nossos irmãos que nesse instante estão sintonizados conosco ouvindo Tua Palavra e se regozijando com o ensinamento das verdades das Escrituras. Colocamos nossas vidas sob os Teus cuidados, pedindo que o Senhor perdoe nossos pecados e as nossas faltas. Não merecemos, como outro irmão orou outra vez, não merecemos nem sequer mencionar o Teu nome. Mas agora, Senhor, Tu tens revelado em nossos corações, no nosso entendimento, que Tu nos elegestes, nos predestinastes antes da fundação do mundo.  E sendo que fomos ordenados para não cair, já que pertencemos a última parte, ao último instante, aos obreiros da hora undécima, aqueles que viveriam no último instante para cumprir a porção da Tua Palavra que se cumpriria nesse tempo, Tu mesmo tens vindo para assegurar, para assegurar a nós mesmos que não podemos cometer a falha de parar e não prosseguir mais.
68 - Tu estás aqui nos impulsionando a seguir adiante. Como diz a Tua Palavra: “E teus ouvidos ouvirão atrás de Ti a voz do Espírito dizendo: Este é o caminho, segui nele sem vos desviardes nem para direita e nem para esquerda”. No nome de Jesus Cristo Te agradecemos por Tua dádiva. A dádiva da graça, do dom do entendimento da Tua Palavra que tem vindo sobre as nossas vidas. No nome de Jesus Cristo, amém Senhor. Deus vos guarde. Deus vos abençoe e até o próximo culto, se Deus nos permitir.
Palestra do dia – Janeiro de 2008
Revisão em Fevereiro de 2016

www.doutrinadamensagem.com
doutrinadamensagem@gmail.com





  







Nenhum comentário:

Postar um comentário