quarta-feira, 1 de abril de 2015

deidadeparte7

“O Pai Habitando no Filho”




1-        ... Versículo treze. “Então veio Jesus da Galiléia ter com João junto do Jordão, para ser batizado por ele. Mas João opunha-se-lhe, dizendo: ‘Eu careço de ser batizado por Ti, e vens Tu a mim?’. Jesus, porém, respondendo disse-lhe: ‘Deixe por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça’. Então ele o permitiu. E sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, e vindo sobre Ele. E eis que uma voz dos céus dizia: ‘Este é o Meu Filho amado, em Quem Me comprazo”. Amém.

            2-        Senhor nosso Deus. Nós temos lido esta parte da Tua Palavra, Senhor. E quantas pessoas a têm lido também durante estes séculos que têm se passado? Nós pedimos que o Senhor, no seu Infinito amor e misericórdia, trate conosco de acordo com a Tu promessa para este dia. Porque muitos leram, muitos estudaram e ficaram sem entender essas coisas. Mas o Senhor prometeu que nos últimos dias o espírito de Elias viria num homem para restaurar todas as coisas. Aquele mesmo Ministério Profético que atuou no Antigo Testamento e no início do Novo Testamento viria também no final, no enceramento de tudo para esclarecer estas verdades para a Tua Igreja. E pedimos que o Senhor nos esclareça mais uma vez, um pouquinho mais, para que possamos adquirir mais fé, mais revelação daquilo que é a pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo. Neste nome precioso nós rogamos estas benções, Amém.

3-        Podei sentar-vos. Nós, dentro dessas meditações que temos tido sobre Divindade, Deidade e o Logos que saiu de Deus, já temos passado por muitos assuntos, irmãos. Muitos assuntos. E... Tem muita coisa ainda para aprendermos, porque nós não sabemos de tudo. Nós não sabemos de tudo. Se existe alguém na terra, ou se em algum tempo existiu alguém que poderia saber e tudo ou de todo o Segredo de Deus, esse teria que ser um profeta, porque a ele vem a Palavra. E mesmo assim, o irmão Branham nos diz que; “Deus revela ao seu profeta o que Ele quer revelar”. Ele não mostra tudo ao profeta.  E sim apenas aquilo que o povo precisa saber.

 04-     Nós temos muitos exemplos nas Escrituras, como o caso de Eliseu, no qual tinha a porção dobrada do espírito que estava em Elias, e mesmo assim, quando o filho daquela viúva faleceu e veio ao encontro do profeta, e o profeta mandou seu moço atrás dela, para encontrá-la no caminho, e perguntar se estava tudo bem. Ele disse: “Aquela mulher está vindo angustiada. Vai Geazi, Pergunta se está tudo bem com ela, porque o Senhor não me revelou o que é”. Deus não tinha revelado para Eliseu qual era o problema dela, que vinha ao encontro num momento como aquele. Geazi foi e perguntou: “está tudo bem com teu esposo, com tua casa, com teu filho?” e ela disse: “esta tudo bem”. Chegou diante do profeta e ele perguntou as mesmas coisas para ela, e ela disse: “Está tudo bem”. Porque Deus não mostrou para Elizeu qual era o problema daquela mulher.

 05-     Ele só mostra o que é necessário saber. Por isso... Isso é um profeta. O único a quem a Palavra vem. Um Profeta. Agora, Nós às vezes, ou nos enganamos (no sentido de dizer) ou gostamos de nos enganar. Procuramos simplificar as coisas para não entrarmos em complicações. Porque na verdade não são complicações, mas por sermos tão limitados e estarmos tão acostumados a encontrar as coisas já prontas, nós procuramos não nos aprofundar nas coisas para não ficarmos com a mente vagando ou pensando “o que será?”, “como está isso?”, porque na verdade a fé descansa. Uma fé que está fundamentada na verdade ela encontra a ancora. Ela descansa. Mas esse descanso da fé... Não é aquela questão de ficar acomodado. Sabe? Acomodado. De braços cruzados, na força da expressão, como se estivesse tudo bem, como se nada estivesse acontecendo, como se não houvesse mais nada para ser aprendido, mais nada para ser feito.

06-      A fé descansa. Mas o profeta disse que a partir do momento em que você se convence de algo, se convence da Verdade, você então se preocupa. Ai ele pregou a mensagem intitulada; “Convencidos e então preocupados”. Então a partir de o momento em que você... Em que aquilo se estabeleceu em sua alma, no seu coração, que é realmente assim, você vai se preocupar porque você descansou. Esta é a verdade. Encontrei a verdade? Tudo bem. Mas eu não entendo tudo! Eu descanso nisso, na base onde estou. Mas agora eu vou procurar saber até onde eu posso ir nisto aqui, até onde eu posso aprender, até onde Deus delimitou a coisa pra mim. Onde esta o limite de cada assunto, desta base... Sabe? É como você comprar um terreno e chama alguém da prefeitura para fazer a demarcação. E então você recebe a escritura do terreno que diz que o mesmo está de frente para tal coisa, o lado de tal terreno, ele esta em tal bloco, em tal situação, conta à metragem, a área do terreno... Tudo, para que você não construa no terreno do vizinho, não pegue o terreno do vizinho. Dois ou três centímetros que você aumentar, ele pode vir depois e dizer: “Derruba. Derruba isso ai. Você está dentro da minha área”. Ai o profeta diz: “Chega-se o tempo em que precisamos começar de novo e derrubar todos os muros que temos construído. A partir do momento em que você descobre que não era assim, derruba aquele muro e construa de novo”. Vocês vão aprender isso quando receberem a mensagem “O Selo de Deus”. Já esta para ser entregue para a igreja.

 07-     “Derrube aquele murro e construa outra vez”. Você construiu e estava indo muito bem. Chega-se o momento em que você descobre que não está alinhado, não está no prumo, derrube! Os alicerces foram feitos de uma maneira perfeita para que você construa de uma maneira perfeita também. Qualquer coisa que se desalinhar, então vamos procurar consertar. Nós temos aprendido isso. Ai que está o problema com o sistema religioso. Eles construíram em cima de uma base, mas construíram errado! Para começar, não entenderam o terreno. Não viram quais eram seus limites. E eles construíram de qualquer maneira em cima disto. E quando eles descobrem que o muro esta desalinhado, eles não têm agora humildade nem sinceridade de voltar atrás, como a igreja católica. Ela não quer voltar atrás e dizer que errou. Ela pode voltar atrás para pedir desculpas por ter tido participação no holocausto, na morte dos Judeus no tempo de Hitler. Ela pede desculpas, mas o que são meras desculpas diante de milhões de pessoas que foram queimadas vivas? Que serviram como carvão paras as locomotivas? O que é apenas pedir desculpas? Só isso não resolve! Mas resolveria se eles derrubassem o muro e o construíssem novamente! Como vai ficar o mundo religioso? Construíram credos e dogmas em cima de doutrinas e conceitos humanos, e depois você mostra que aquilo esta errado, mostra no nível da Palavra de Deus que aquilo não esta correto. Mas eles não querem voltar atrás!

08-      Não! Eles não querem voltar para o batismo Apostólico, não querem voltar para as doutrinas Apostólicas... Eles continuam como estão. Mas, um profeta é para isto! Para concertar, para profetizar onde o altar esta rachando. Para que se construa novamente. Nós estamos aqui exatamente para isto: ver onde estão os limites, ate onde podemos ir, onde temos deixado de ir, onde construímos, onde deixamos brechas, e sempre procurando tapar essas brechas para que o inimigo não entre, não penetre. E principalmente, começamos sobre a base doutrinaria.

09-      Aquilo que não aprendemos ontem, poderemos aprender hoje. Se Deus viu que ontem você não poderia saber do que você sabe hoje,... Ele tinha um motivo para isso. Então, vamos começar por isto aqui: O batismo de Jesus.

10-      “E sendo Jesus batizado, saiu logo da água e eis que se lhe abriram os Céus e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre Ele. E eis que uma voz do céu dizia: ‘Este é o meu Filho amado em quem me comprazo’”. Em outra tradução diz: “... em quem eu tenho prazer de habitar”. Estamos procurando as bases doutrinarias Apostólica, já que cremos no retorno para a Palavra Original, e com isso aqui nós temos que procurar saber onde falharam nestas construções. Onde foi falhado. Para começar, baseados nesse versículo, os irmãos Trinitários, os Evangélicos que crêem que Deus é três pessoas, dizem que neste versículo eles vêem três pessoas. Jesus, na água, uma pessoa, a pomba descendo, outra pessoa, e a voz do céu, outra pessoa. Aqui eles querem mostrar três deuses. Mas aqui não há três deuses, aqui não tem três pessoas. Você encontra uma pessoa na água sendo batizada, o Espírito de Deus em forma de pomba e uma voz soando. Isso não é três pessoas. Aqui há apenas uma pessoa. E esta pessoa, Jesus Cristo, na Bíblia Ele é chamado de O Filho de Deus.

11-      E Paulo, explicando o que você leu em João 3, diz: “Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo”. Quando Deus estava em Cristo? A partir do momento do batismo quando Deus veio e habitou em Plenitude. Você não pode ver duas pessoas nisso aqui. Você vê apenas uma pessoa. O corpo de carne, Jesus Cristo, e a Plenitude da Divindade morando Nele. Por isso Ele podia dizer: Eu e o Pai somos um”. Não três deuses. Não dois deuses. Mas Deus habitando no seu filho. Uma única pessoa. Esta é a Unidade de Deus.

12-      Vamos para as Escrituras. No livro dos Salmos, no capitulo dois, para que vocês vejam... Nós não precisamos comentar muito porque estamos apenas dando uma repassada em coisas que já ouvimos sobre a Deidade, e creio que este é o sétimo culto sobre isso, sobre este assunto. Vamos ler: “A rebelião das pessoas e a vitória do Messias”. Aqui está se referindo a quem? Ao Messias. Vamos ver. Versículo quatro. SALMOS 2:4
Aquele que habita no céu se rirá. O Senhor zombará deles”. (Aqui esta falando do que habita no céu, do Deus criador.)  
5 “Então lhes falará na sua ira e no seu furor os confundirá. Eu, porém, ungi o meu Rei sobre o meu santo monte de Sião. Recitarei o decreto”. (É um decreto que foi dito. Uma ordem, um documento...) Recitarei um decreto. O Senhor me disse: ‘Tu és meu filho. Eu hoje te gerei”. Aqui esta falando de quem? De alguém que foi gerado e de alguém que o gerou.

13-      “Recitarei um decreto. O Senhor me disse: ‘Tu és meu filho. Hoje te gerei”. Para que você entenda de quem esta sendo falado aqui... “Hoje te gerei”. Você vai para as outras partes das Escrituras, e você vai encontrar nas cartas de Paulo, principalmente no livro de Hebreus, quando ele faz essa citação se referindo a Jesus Cristo, Aquele que não teve por usurpação ser igual a Deus, quando estava nos dias de sua carne.

14-      Aqui está “Tu és meu Filho. Eu Hoje te gerei. Pede-me e Eu te darei as nações por herança e os fins da terra por Tua possessão. Tu os esmigalharás com uma vara de ferro...”. (Você lembra de que, lendo isso?) E regerá as nações com vara de ferro”. Não é isso? “TU despedaçarás como a um vaso de oleiro”.
Para que vocês entendam que quando se fala da vinda do Messias, quando se profetiza sobre o Messias, é mostrada a relação que há entre o Ser que foi gerado e Aquele que O gerou. Por isso que William Branham combateu tanto os irmãos Unicistas. Aqueles que dizem que é só Jesus. Dizem que é só Jesus, e que Jesus ele possui os três ofícios e que não existe outra coisa alem disso. O profeta combateu isso e disse que isso era heresia. Ele combateu isso porque os Apóstolos combateram isto. O último Apostolo, João, combateu isso, os que vieram depois de João, Policarpo e Irineu também combateram isso. E todos esses mostraram Deus e aquele que foi gerado, seu Filho Jesus Cristo.

15-      Deus não é uma pessoa, mas sim um espírito que habita em toda a Plenitude na pessoa de Jesus Cristo O qual é a imagem do Deus invisível”. Uma outra parte... Deixe-me ver... Onde nós poderemos ler... Onde fala sobre o servo do Senhor. Creio que está no livro de Isaias, creio que no versículo quarenta e dois... Eu tirei onde estava marcado... Isaias 42. Observem comigo estas Escrituras. Eis aqui o meu servo a quem sustenho o Meu eleito, em quem se compras a minha alma”. Veja que são as mesmas palavras lá de Mateus 3 Versículo 17: Este é o Meu Filho amado em quem Eu tenho prazer de habitar”. “O meu eleito, em quem se compras a minha alma. Pus O Meu Espírito sobre ele”. (Estão entendendo?)
“Pus o Meu Espírito sobre Ele. Juízo produzirá entre os gentios”. Sabe por que? Jesus disse assim: O Pai a ninguém julga, mas deu Ao Filho todo o Poder de Julgar”. Lembram dessas Escrituras?
 “Juízo produzirá aos gentios. Não clamará, não se exaltará nem fará ouvir a sua voz na praça, a cana trilhada não quebrará nem apagará o pavio que fumega. Em verdade produzirá o juízo. Não faltará nem será quebrantado até que ponha na terra o juízo, e as ilhas aguardarão a sua doutrina”.
Doutrina é forma de crer. Por isso, em cultos anteriores, nós lemos em João quando ele disse para perseverar na doutrina.
 16-     Paulo disse: “Tenha cuidado de tu mesmo e da doutrina”. João diz: “Aquele que persevera na doutrina de cristo tem tanto ao Pai quanto ao Filho”.E as ilhas agora darão a sua doutrina. Assim diz Deus, o Senhor”.
Porque Ele quer diferenciar para nós isso. Esta maneira do Ser de Deus para a manifestação, quando ele veio habitar no Filho, no Ser que foi criado. Versículo cinco, não é?
Assim diz Deus, o Senhor, que criou os céus e os estendeu, e formou a Terra, e a tudo quanto produz que dá a respiração ao povo que nela há e o espírito aos que andam nela. Eu, o Senhor, te chamei em justiça e te tomarei pela mão e te guardarei e te darei por concerto do povo e para luz dos gentios”.
Agora veja para que. “Para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos e do cárcere os que jazem em trevas”.
De quem Ele está falando aqui? Primeiro Ele está dizendo quem é Ele: “Eu, o Senhor, estou fazendo isto. Estou enviando meu servo...”. Ele assumiu a forma de servo. Vejam. O Logos que saiu de Deus assumiu a forma de servo. Mas Deus já está dizendo: “Colocarei sobre Ele Meu Espírito”. E Ele faria o que quando viesse? Ele faria um concerto para o povo. Um concerto é um pacto. Por isso Ele é chamado o Anjo do Pacto. Em Apocalipse 10 Ele também vem como o Anjo do Pacto, com o Arco-íris sobre a sua Cabeça.

            17- Agora aqui está: “Para abris os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos e do cárcere os que jazem em trevas”.
Vocês agora se lembram de outra Escritura que Jesus, quando a leu, disse: “O Espírito do senhor Jeová está sobre mim”. Porque aqui está dizendo: “colocarei sobre Ele o Meu Espírito”. Jesus Confirma dizendo: “O Espírito do Senhor está sobre mim, o qual me ungiu para dar vista aos cegos, para libertar os oprimidos...”.
Vocês lembram dessas Escrituras. “Para levantar os quebrantados, os oprimidos, os aflitos e apregoar o ano aceitável do Senhor”. Vocês lembram disso. Mas aqui no versículo oito Ele diz: Eu sou o Senhor, este é meu Nome, a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura”.
Então por ai vocês já perceberam que Deus enviaria alguém como Nós cantamos “Deus enviou Seu Filho amado”. Nós sempre temos crido que Deus é um... precisamos a cada dia estarmos nos atualizando dentro da Palavra de Deus para entendermos esta Unidade de Deus. Caso contrario, poderemos ir para os dois extremos. O extremo dos Trinitários ou o extremo dos unicistas. E nós não somos nenhum dos dois.

18- O Profeta disse que a noiva seguirá pelo centro da estrada, pelo verdadeiro e vivo caminho que é Jesus Cristo. Vamos aqui. Já que temos lido estas escrituras, eu quero ler para vocês um pequeno trecho da mensagem “O Julgamento”. Esta mensagem foi pregada por Willian Branham em, deixe-me ver, 21 de Junho de 1964- Par. 173 Ele já pregou a mensagem e está encerrando o assunto e está chamando a fila de oração. Ele primeiro ora dizendo assim: No nome de Jesus cristo, O filho de Deus, para a gloria de Deus. E de acordo com a Palavra de Deus, a qual acabei de pregar, eu tomo todo o espírito aqui sob o meu controle”.
Veja como ele ora. “No nome de Jesus Cristo, o Filho de Deus, para a glória de Deus, de acordo com a Palavra de Deus”.

19- Existia algum motivo soberbo para que o Mensageiro de Deus para o tempo do fim orasse exatamente citando isso, o que os Unicistas não citam.

20- Parágrafo 185 desta mensagem; “O que é isto?”. Isto o que? Estas coisas que ele começa a pregar dizendo assim: Há uma outra pessoa sentada por aqui que tem sofrido, sentada bem aqui em baixo. Um homem e sua esposa. Ela esta orando. Ele está orando por ela. É uma condição nervosa. Nervos na face. Ela é uma mulher um pouco obesa. Seus esposo está com uma camisa branca. Ela está impondo as mãos dele sobre si. Isto é verdade. Levante sua mão se isto é verdade. Se é por isto que a senhora está orando não se preocupe, isto parará. É uma promessa, se a senhora crer. A senhora tocou suas vestes. Há uma outra senhora sentada bem aqui atrás neste lado. Ela está sofrendo de um problema feminino. Espero que ela... Oh, Deus, Senhora Red (verificar o nome Trad.) a senhora sabe que eu não a conheço”, e ele a chamou pelo nome. “mas isso é verdade, não é? A senhora estava orando e dizendo: ‘Senhor, sê misericordioso comigo’, e Ele foi. Isto a deixará agora. A senhora apenas creia de todo o seu coração e não duvide. Tenha fé. Aqui. Está uma senhora sentada bem aqui no final, com um pequeno chapéu de coloração escura. Ela está orando acerca de... é um problema. Ela tem um problema. Não vêem vocês aquela luz pairando sobre ela lá?”. Essa mesma luz que vocês vêem aqui sobre a fotografia. “Não vêem vocês aquela luz pairando sobre ela lá? Ela tem sua cabeça abaixada. Ela tem um problema com os Seus joelhos. Ela machucou seus joelhos. Ela caiu e machucou seus joelhos, vêem? E Eu não a conheço, Deus sabe disso. Mas isto é verdade, não é, senhora? Aqui, imponha sua mão sobre essa senhora sentada ao seu lado. Veio diretamente a ela. Ela esta sofrendo de uma condição nervosa. Ela tem um problema de vista e os olhos foram operados, o que causou isto. Isto é correto? Levante sua mão se pode crer. Essa outra senhora levantou a mão bem ao lado dela. Isto a emocionou. Mas a razão, se a senhora... A senhora crê que Deus pode dizer-lhe qual é seu problema? É em seu tornozelo. Está correto. Balance sua mão assim para confirmar isto. Que foi que ele disse que faria? Ele é o mesmo ontem hoje e eternamente. Você crê nisto? Aqui está um homem sentado a minha frente. Ele está sofrendo de artrite. Não sei se ele vai captar isto ou não. Ele é um homem com cerca da minha idade. Ele sofre de artrite. Ele não é daqui. Ele é de Cansas City. O senhor crê que Deus o curará? O senhor crê que Deus pode me dizer qual é o seu nome? Senhor Francis, o senhor creia de todo o coração. Ele estava tentando despojá-lo disto, senhor. O senhor estava pensando que eu estava referindo-me a outro homem. Mas era o senhor”.

21- (Lembra quando ele começou a revelar o coração desse homem e disse): “Eu não sei se ele vaio captar isto ou não”? Porque o profeta sentiu que ele não estava percebendo que era com ele. Ele achava que era com outro irmão. É aquela coisa “não pode ser eu”. “Não pode ser comigo”.

22- O senhor pensou que era com outro homem, mas é com o senhor. E quando eu disse aquilo, um sentimento muito estranho veio sobre o senhor. Realmente doce e cálido. Se isto é correto balance sua mão assim. Também sua esposa sentada lá atrás, a senhora Francis. Ela também sobre de artrite e tem problema com seus olhos e com seus ouvidos. É isto correto? A senhora sentada ao lado dela, bem ao lado dela ai. Ela esta sofrendo de varizes. Correto. Ela tem algo errado internamente. Algum tipo de... é um problema de bexiga. Ela tem problema de bexiga. Ela é também de Cansas City, a senhora Greg, esse é seu nome. Olha, se eu sou um completo desconhecido para vocês, levantem suas mãos desse jeito. De modo que quero dizer para estas pessoas aqui que foram chamadas. Levantem suas mãos vocês que acabaram de ser chamados se eu sou desconhecido para vocês”.

23- Ai que está o parágrafo que eu queria ler. Eu ia ler sem ler estes outros para vocês, mas fica mais fácil para entender agora.
“Que é isto? O que é isto que foi acabado de fazer nesta reunião?”. (Agora ele explica):O mesmo Deus, o qual desceu em carne humana e comeu carne e bebeu leite e Abraão disse que Ele era Elohim, Deus manifestado em carne. Jesus disse: ‘como aconteceu naquele dia que Jeová, o Filho do Homem.... Agora aqui está ele chamando Jeová de O Filho do Homem, que cada vez que Deus envia um profeta à Terra é Elohim, a Presença de Elohim Criador, como Filho do Homem na terra manifestando a Sua própria Palavra.

24- As pessoas deixam passar muito por alto o que é um profeta de Deus na Terra. As pessoas deixam passar por alto isto. Bem, Elohim, veja:
“Elohim, Deus manifestado em carde, como aconteceu naquele dia que Jeová, o filho do Homem novamente, na forma de profético. Como Ele era, retornaria novamente nos últimos dias”. O que Deus enviou para esses últimos dias, quando ele usou um homem para manifestar através desse homem este Dom Profético é mais uma vez Elohim em um corpo de carne. Vocês precisaram passar muitos anos para ouvir isto. Precisamos passar muitos anos. Faz tempo que eu creio que Deus enviou um profeta para... ...da posição do homem. Esta é a diferença. Agora, por que Jesus Cristo? O que era Jesus Cristo? Ele tinha este titulo de Filho do Homem porque Jesus era O Profeta. Jesus era O Profeta. O Profeta dos profetas. Em cada profeta do antigo testamento Houve manifestação de porção da Palavra. Parte da palavra de Deus veio nestes profetas. Em Jesus Veio a plenitude da Palavra.

25- E eu vou citar algo aqui para vocês; Nos profetas do Antigo Testamento veio porção da Palavra. Em Cristo veio a Plenitude da Palavra. E nesta manifestação para nós, veio a Divindade outra vez na Terra. Isto está à cima de qualquer idéia, de qualquer concepção humana, de qualquer entendimento humano, eu nem se quer me preocupo, se eu entendo ou não, eu apenas creio. Creio! Elohim outra vez veio a Terra. Para poder manifestar O Filho do Homem. Este Ministério para preparar a noiva para o Rapto. Levar a Noiva para a Palavra, TRAZENDO O MINISTÉRIO DA PEDRA DE COROA.

26- Precisava de um homem na terra, onde se manifestaria este poder, mas como é manifesto em um homem, as pessoas não crêem, principalmente se o homem não for inteligente. Se não for entendido, se não for de um grande Seminário, se não vir de uma grande denominação. Aí então é crido. Entendem? Mas se viesse das Assembléias de Deus era crido, se viesse das organizações Batistas era crido, se viesse entre os Pentecostais era crido.

27- Mas quando Deus envia uma manifestação desta, Ele vem contra todos os sistemas estabelecidos. Mesmo que estes sistemas estabelecidos Deus tenha trabalhado através dele, como quando Deus estabeleceu a Lei por Moisés, mas quando se manifestou Deus naquele corpo de carne, foi para contrariar exatamente aqueles que construíram muros tortos em cima do fundamento da Lei. Jesus veio para derrubar tudo e ainda disse: “não ficará pedra sobre pedra que não seja derrubado”.

28- Então aqui o parágrafo 185, para fecharmos este parágrafo aqui; “[um pouco antes que os corpos de vocês sejam mudados, nós - nós não poderíamos... veja Sara, não poderia receber aquele bebe naquele corpo. Poderia? Abraão não poderia em seu corpo. Seu corpo teve que ser mudado. Assim tem o nosso para receber O Filho. Para receber o Filho, o encontro, o encontro para encontrar Jesus nos ares para o Arrebatamento. Isso não pode vir, você não pode enfrentar isso sem antes ter seus corpos mudados.

29- Veja; mas antes da mudança destes corpos, antes desta mudança, porque é num abrir e fechar de olhos Paulo diz, que seremos transformados...antes disso nós precisaríamos receber a visita de Elohim em um corpo de carne como Abraão recebeu.  Trazendo a promessa do Filho. Aí ele conclui aqui: “Tome a Palavra, e Ele é O Filho.” (o pregador rir)”tome a Palavra, a palavra é o Filho, isto é a Palavra, vocês crêem nisto?” (Congregação diz. Amém. Ed.) O Filho é a Palavra.

30- Aí as pessoas ficam confusas; 1° - Deus enviou um Profeta para esta geração, e este profeta disse: “O Profeta da Era é o Espírito Santo” entendem que coisa? Deus desceu e falou com Moisés em um Pilar de Fogo; Eu Sou O Senhor”, e o profeta mostra; aquilo era Deus. E depois ele diz: “A Presença do Pilar de Fogo era o Anjo do Pacto”.

31- O Anjo do Pacto é Deus, Elohim, veja...depois ele diz: Jesus é aquele anjo do pacto”. Gente revelação está além de conhecimento. Está além de entendimento. Por isso é: “Olha Pedro, não to revelou a carne nem o sangue, mas o Pai é Quem te revelou estas coisas”. Porque o fundamento da Igreja é a Revelação da Pessoa de Jesus Cristo.

32- Bem, nós concluímos o outro assunto lendo aqui este parágrafo no outro culto aqui. Eu... Vamos encerrar já dentro de instante. Mas nós lemos uma parte de Hebreus Sete, a primeira parte da Mensagem entregue pelo Mensageiro de Deus, Hebreus Cap. 7 parte I onde ele diz assim onde foi perguntado; qual é a diferença? Você sabe qual a diferença entre Deus e Jesus? Eu perguntei isso para um irmão, disse, ‘qual e a diferença entre Deus e Jesus? Ele disse; “nenhuma, não há nenhuma diferença” isto num certo sentido, mas se não estiver...Se a Doutrina correta de Cristo não estiver primeiro fundamentada, você nem si quer pode citar isto, porque primeiro você tem que saber primeiro o que é aquilo, depois você pode chamar do que você desejar, do que achar melhor. Primeiro você sabe que aquilo é uma bolacha, para depois você por os adjetivos... Não sei se é “adjetivos” ela é saborosa, ela é gostosa, ela é boa, ela é saudável, ela tem um cheiro suave... Diga o que você quiser que a identifique, mas primeiro você sabe; aquilo é uma bolacha. Entendem?

33- Primeiro estabeleça a Doutrina no seu coração, e depois você pode agora colocar os adjetivos que compõe o que vem depois daquilo. Por isso você pode o chamar de Rosa de Saro, Lírio dos Vales, Estrela da Manhã, O Alfa, o Ômega, Princípio e Fim, O Profeta, A Lei, A Graça. Tudo! Você pode chamá-lo. Mas primeiro você tem que está estabelecido naquilo que Ele é.

34- Então se você perguntasse ao Mensageiro de Deus: “Qual é a diferença entre Deus e Jesus?” ou entre o Pai e o Filho. A resposta está na mensagem HEBREUS SETE PARTE I, ele diz:
Agora, a razão que há uma diferença entre Deus e Jesus. Jesus teve um princípio, Deus não teve princípio, Melquisedeque não teve princípio, e Jesus teve um princípio, porém Jesus foi feito semelhante a Ele.
35- Esta é a diferença , entre Deus e Jesus. Qual é a diferença? Que Deus não teve princípio, por isso Ele não tem fim, e Jesus teve um princípio, como? Como foi que Ele principiou? Aí você vai ter que ir para aquele primeiro estudo que tivemos; Voltando ao Princípio para ver O Logos” (Deidade parte I. 25/06/2004 - Ed.) no início, quando de Deus saiu o Logos, e aquilo era o Seu Filho, em um corpo que não poderia ser visto nem tocado porque era semelhante, era como uma Teofania. Veja. Que durante todo Antigo Testamento aquilo foi mostrado para as pessoas, em aparições, mas para poder aquilo ser mostrado, Deus teve que no ventre de Maria formar um Corpo de carne, Ele tomou emprestado o seu corpo, criou no ventre de Maria uma Célula sangüínea, e aquilo foi multiplicando célula após célula, até que Aquele Corpo estava pronto para nascer.

36- “Entrando no mundo disse: sacrifício e ofertas não quiseste, mas um corpo me preparaste.” Isto é O Logos, O Filho, falando do Pai, um corpo me preparaste. Veja. Mas antes Dele preparar este corpo aqui na terra, antes a dois mil anos atrás, antes disso, antes de Abraão, antes de Adão, antes da queda de Lúcifer, antes de tudo isso , Ele já tinha gerado O Seu Filho. Saiu Dele, estava COM Ele, COM DEUS. Estava “com”, estava “em” assim como seu filho estava em você mesmo antes de nascer.

37- Você veio de seu pai, por isso que Jesus não tem nada... Não tinha nada de sangue de Maria Nele, não tinha nada de sangue Judeu, não tinha nada de sangue gentio. Porque o sangue, o germe de vida vem do pai. O sangue vem do pai. Por isso que na cruz, o que foi derramado ali das veias do Emanuel era o Sangue de Deus!

38- Para poder nos comprar, para poder nos resgatar não poderia ser sangue humano, mas olha primeiro antes de tudo isso, Ele teve que gerar Aquele Ser. E Ele sendo gerado, então Ele começou a principiar ali, estava Com Deus, então saiu, Ele pode sair de Deus, a através Daquele Logos, Deus então criou todas as coisas. Foi como um corpo para que Deus habitasse, naquele corpo.

39- Bem. Eu quero citar para vocês aqui algumas outras partes, onde o Mensageiro de Deus trata deste assunto. Na mensagem PARADOXO, nós lemos parte disto, e eu quero repassar um pouquinho para vocês...
Este pequeno moço, este pequeno menino de 12 anos de idade, nada de sabedoria porque?”  Era somente um garoto de 12 anos
E O Pai não morou Nele nesse tempo.” (nós concluímos por aqui, o culto anterior)
O Pai não morou nele até este tempo, porque ELE  veio no dia quando Ele se batizou.”  Isto quem está pregando é o Profeta de Deus no ano de 1964 , um ano depois que ele pregou a Revelação dos Selos. Entendem? Então ele está dizendo: “ELE veio morar Nele quando Ele se batizou.”

40 -  Foi a Escritura onde lemos, “E Jesus sendo batizado, saio logo da água e eis que se lhe abriu os céus e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, e vindo sobre Ele, e eis que uma Voz do Céu dizia: ESTE É MEU FILHO AMADO EM QUEM ME COMPRAZO.”

41- Aqui está William Branham agora pregando a mensagem PARADOXO, o que realmente é um paradoxo. É uma coisa impossível, mas, no entanto é real. Paradoxo é isso. Uma coisa incompreensível, mas é a verdade... Veja?
“Veio o Espírito de Deus e baixou e entrou Nele, porém olhe a este pequeno moço de 12 anos, Ele sendo a palavra” porque Ele era a Palavra? Já passamos sobre isto, Jesus era a Palavra de Deus que estava sendo materializada na terra.
“... E Ele sendo A Palavra, Ele foi Ungido para ser O Ungido, e aqui Ele estava, por isso Ele dizia, “Não sabe você que eu devo estar nos negócios de Meu Pai”? Veja. Então você percebe que a Bíblia disse isto, e irmão Branham agora repete, que O PAI VEIO HABITAR NO FILHO DEPOIS QUE ELE FOI BATIZADO.

42- Na Mensagem: ELIAS O PROFETA, ou O PROFETA ELIAS, de 1956, veja. Citei 64, voltei agora para o ano de 56 para vocês vêem que o Profeta de Deus não mudou a sua forma de crer quanto a Unidade de Deus. Quanto a Deus habitando No Filho.
“E Jesus sendo batizado, no batismo que Ele teve, o batismo do Espírito Santo, o qual estava Nele, ou veio sobre Ele no Rio Jordão, depois que Ele foi batizado na água. João registra o caso, e vi o Espírito santo como uma pomba vir sobre Ele, e note então, quando Ele subiu, veja, Ele enviou o Mesmo Manto o qual Ele foi envolto.

43- “Este manto que cobriu a Cristo” que manto era este? O Espírito Santo que habitou Nele em Plenitude, foi este Mesmo manto que foi enviado depois que Ele subiu aos céus. Do mesmo modo que Elias, depois que ele subiu, Eliseu ficou com porção dobrada de seu espírito e aquilo era o Espírito de Cristo, não vamos nos esquecer disto, e foi dito, Elias disse: se você vir quando eu for tomado você pode receber o que pede, porque ele pediu porção dobrada do seu espírito.

44- E Eliseu ficou com o Espírito de Elias, ou aquele ministério, aquela unção que estava sobre Elias, veio sobre Eliseu, a mesma coisa foi sobre Cristo. Aquela Unção, A Unção Celestial, a Unção, O Pai que veio, o Espírito Santo que O Gerou, cobriu, foi o mesmo que fez sombra sobre Maria para poder gerar aquele corpo, veio e habitou em plenitude naquele corpo, e depois que Jesus morreu, ressuscitou, subiu ao Céu, Ele pode mandar de volta este Mesmo Espírito que o tinha envolvido. Este Mesmo Espírito que antes do princípio o tinha possuído como aprendemos no Livro de Provérbios capítulo 8. Elohim me possuiu desde á Eternidade.” (Deidade parte 5- A Criação do Logos. Ed.) então aqui está o Profeta nos mostrado isto na mensagem Elias o Profeta.

45- “E note depois que Ele subiu, Ele enviou o mesmo manto no qual Ele foi envolto o Espírito Santo para a Igreja”. Isto foi quando? No Dia de Pentecoste. Você agora lembra daquela outra Escritura que Jesus diz:
Se eu não for Ele não virá porque estava Nele, estava Nele em Plenitude, e Ele disse; “é necessário que eu vá, para que O Consolador venha”. O Manto que o cobria, veio no Pentecoste, se repartiu para Também cobrir a Sua Igreja. Amém.

46- É um quadro perfeito. Bem, na Mensagem; MANIFESTAÇÃO DOS FILHOS DE DEUS o Profeta pregou assim: No Horto do Getsemani, a Unção o deixou Jesus, veio no batismo, o deixou no jardim do Getsemani, (quando Ele estava ali suando gotas de sangue, quando pecado da humanidade estava sobre Seus ombros, e Ele disse; Pai se possível passa de mim este cálice.”

47 - Vocês estão lembrados desta escritura. Hora é baseado nestes versículos que as pessoas que crêem que Deus é três pessoas, eles dizem: ‘aqui tem dois porque O Filho está Falando com o Pai...’ veja... eles querem mostrar e se apegam nisto aqui. Realmente, Jesus estava falando com o Pai, mas o Pai não é uma pessoa [separada ali do Filho], O Pai é O Espírito Santo que habitou Nele, e ali estava O deixando. E na cruz Jesus exclama: Porque me desamparaste?”  “Porque me desamparaste?, porque aquilo aconteceu no Horto, não é na cruz que Deus O abandona, não. Aquela Unção não o deixa na cruz, O deixa no Jardim do Getsemani.

48 - Está na mensagem “Os Filhos de Deus manifestados, ou “manifestação dos filhos de Deus; No horto, no Jardim do Getsemani a Unção o deixou, vocês sabem, Ele tinha que morrer como um pecador, Ele morreu pecador, por causa dos nossos pecados que estava sobre Ele, vocês sabem disto, não os “Seus” pecados, (porque Ele nunca pecou) porém, os meus e os pecados de vocês estava sobre Ele.

49- Também na Mensagem O Nascer do sol...eu li agora a mensagem a manifestação dos filhos de Deus de 1960, mas agora eu vou ler a de 1965 O Nascer do Sol, antes dos selos e depois dos Selos para que vocês entendam que a BASE DOUTRINÁRIA que o Profeta pregou antes dos selos, ele manteve até o final. Porque ele primeiro estabeleceu a Doutrina, para depois trazer a Revelação. E nós queremos tudo quanto é de conhecimento sobre a Revelação e nos esquecemos de estabelecer a Doutrina!

50- Mensagem, AO NASCER DO SOL, “Deus morou sobre o corpo, o Espírito O havia deixado no jardim do Getsemani porque tinha que morrer como um homem recorde amigos, Ele não tinha que fazer isto. (ele não tinha) Este foi Deus. Deus ungiu esta carne, a qual foi carne humana, se Ele houvesse subido ao calvário como Deus, nunca poderia ter esse tipo de morte.”
(Por isso Ele teve que deixar aquele corpo, a Unção teve que deixar aquele corpo, porque Deus não morre.) Deus não pode morrer, Ele sacrificou Seu filho, veja, mas aprendemos que Ele não mandou, Ele mesmo veio, porque tudo que o Filho fez, foi Deus fazendo através Dele. Sem você, seu filho não existiria, e Deus fala através do Filho, Deus é Salvador através do Filho, Deus é Libertador através do Filho, todos os Títulos que vocês conhecem sobre Deus, sobre Jesus; Libertador, Curador, Salvador, Provedor, qual? Qual outro Título que vocês podem lembrar? Redentor, que é o primeiro, é o mais alto, todos os títulos são títulos de Deus. E Ele age através destes títulos na pessoa de Jesus Cristo. O Filho que ELE gerou.

51- Mas todos estes títulos que você tem sobre Jesus, é os títulos de Deus. ELE é Salvador em Cristo, ELE é Redentor em Cristo, ELE é o Curador em Cristo, por isso que Jesus nunca disse que era Ele que fazia, sempre dizia: “O PAI QUE ESTÁ EM MIM, É QUEM FAZ AS OBRAS”.

52- Bem. “... Se Ele tivesse subido ao calvário como Deus, nunca haveria sofrido este tipo de morte porque é impossível Deus morrer.” É impossível matar a Deus. Então se é impossível Deus morrer, se é impossível matar a Deus, então nós precisamos entender que aquele corpo lá na cruz, que foi dependurado na cruz em propiciação pelos meus e os teus pecados, não era aquele Ser que você pode chamá-lo de ELOHIM, AQUELE QUE EXISTE DE SÍ MESMO!

53- Mas O Logos que ELE gerou, foi quem subiu ao calvário, e Deus Nele, mas o deixou antes, porque Deus não pode morrer. Deus não pode morrer porque Ele é Eterno. O Filho poderia morrer porque Ele foi gerado, por isso Ele diz: “Eu Sou o princípio e o fim” Ele teve que principiar teve que terminar aqueles dias de Sua carne. Veja. Para poder completar o que disse “EU VIM DE DEUS, VOLTO PARA DEUS”. Alfa e Ômega principio e fim, tudo que você pode imaginar sobre a Divindade você só pode encontrar isto em Jesus, porque você não pode ver Deus, você não pode tocar Deus, quem ver Deus morre! É fulminado!

54- Nunca um ser mortal pode contemplar a face de Deus. É ver e morrer! É ver e ser fulminado! Agora quando Deus veio, e se manifestou através do Logos que saiu de Dele, aí Deus pôde ser tocado, cuspido esbofeteado, tudo isso, mas de outra forma não! (Se bem que Jesus só foi cuspido, esbofeteado e escarnecido depois que a Unção o deixou. Ed.).

55- Bem. Mensagem: TESTEMUNHO DE WILLIAM BRANHAM 1960, ele diz;
Irmão e irmã, somos homens e mulheres, podemos morrer, porém o Espírito de Deus que está entre nós (que é o Espírito Santo... abro parêntesis e fecho aqui) Olha: “Irmão e irmã, somos homens e mulheres, podemos morrer, porém o Espírito de Deus que está entre nós, é o Mesmo Deus que encontrou a Moisés no deserto, que estava em Jesus Cristo na terra, porque a vida Dele prova que é O Mesmo Espírito fazendo a mesma coisa. É uma promessa de Cristo, não há outro lugar para você se deter nisto...”

56 - Agora a Plenitude da Divindade Suprema, Deus estava em Cristo, reconciliando consigo o mundo, tudo que é Deus foi derramado em Jesus Cristo, mas o que os Unicistas ensinam é que só existe apenas “Jesus” que Ele é a Divindade, e isto é um desviou doutrinário da Doutrina Apostólica e Bíblica, o que a Bíblia diz é que a Divindade estava em Jesus, veio Nele, não que Ele era.

57 Porque a Divindade não tem princípio, não tem fim, não é questão de “Eu era, mas Eu Sou” por isso que Ele podia falar através do filho: EU SOU, ANTES QUE ABRAÃO EXISTISSE, EU SOU. Antes de qualquer coisa, eu sou.

58- Então se Deus nos últimos dias nos enviaria um Profeta para fazer com que os filhos da fé hoje voltassem à mesma fé Apostólica, então ele teria que ensinar as mesmas coisas que os Apóstolos criam, e nós estamos aqui, sentados em lugares como este, e as pessoas se reúnem na terra para estudarem esta Bíblia, crendo nela, junto com esta mensagem profética exatamente para entender qual era a Doutrina Apostólica, o Fundamento para crer daquele mesmo jeito.

59- Então se você perguntasse para William Branham; O que é a Deidade? O que é a Divindade? Existe alguma diferença? Bem a diferença ele já nos mostrou qual é a diferença entre o Pai e o Filho, ele disse; “A diferença é que o Filho foi Gerado” esta é a diferença. Qual a diferença entre Deus e Jesus, ou entre o Pai e o Filho? Ele disse: “Nenhuma, só que o Filho foi gerado, e o Pai nunca teve princípio nem fim.”

60- E agora o que é que ele diz? Na Mensagem; OS DONS DE DEUS SEMPRE ENCONTRAM SEUS LUGARES, nesta mensagem, ele pregou em uma véspera de Natal, alguma coisa assim, ele pregou sobre o nascimento de Jesus, sobre a Estrela de Belém, sobre os Reis, aqueles Reis que levaram o Ouro incenso e Mirra, lembram? E nós pregamos no segundo culto desta série; “A DIVINDADE EM SERVIÇO” aprendemos o significado destas três coisas, Ouro Incenso e Mirra, Divindade em Serviço para Morrer. Ouro representando a Divindade, o Incenso falando do Seu serviço, e Mirra falando de Sua morte. Então que revelação eles tiveram? Que naquela criança a Divindade estava, a Divindade estava naquela criança, e estava ali para pagar um preço que Ele próprio estabeleceu. Bem, já citei isto para vocês, vocês entenderam. (Ver Deidade 2, A Divindade em serviço – 27/06/2004. Ed.)

61- Quando o Profeta pregou esta Mensagem: Os Dons de Deus sempre encontram os Seus Lugares, ele pregou exatamente sobre o nascimento de Jesus Cristo, e veja o que ele diz nesta mesma mensagem:
O homem, o corpo... (que os discípulos comiam com ele, brincavam, e quem sabe até ria, e tudo e quem sabe até ficava olhando se vinha alguém enquanto Ele tomava Seu banho, nas praias lá, da Galileia, “vai lá Pedro, toma teu banho... não vem ninguém agora...” vocês sabem como é, quando tem um bando de... ou um grupo de homens andando por aí afora, principalmente como peregrinos, com pés empoeirados, faz um círculo aqui enquanto Jesus troca a Sua roupa... sabem, eles conheciam aquele homem, eles viveram com aquele homem, conhecia até seus pontos fracos, (como se Deus  pudesse ter fraquezas...) mas ele como homem tinha as suas fraquezas, porque sentia fome, chorava, se emocionava, tudo. E até se irritava. Como você se irrita, mas o profeta diz sobre aquele homem, aquele Tabernáculo, ele diz:
O homem o corpo, não era a Deidade”.  Se eu ouvisse isto aqui a cinco anos atrás eu puxaria os cabelos dizendo não! Misericórdia! Quero ouvir isso mais não. Entendeu? Como muitos irmãos que ouvirem uma gravação como esta vão ficar meio tonto. Mas vocês tem em mãos estas mensagens.

62- Os dons de Deus sempre encontram os seus lugares foi traduzida aqui em nosso país creio que ...1987,1986 se não me engano. E até agora... Puxa vida!
O homem, o corpo não era a Deidade, porém a Deidade estava Nele. É uma diferença. “Eu sou” ou “estar” em mim... é diferente. Eu em pessoa ser aquilo, mas aquilo está em mim, são duas coisas totalmente diferentes.
Por isso irmão Branham disse, Olha, aquele corpo não era a Deidade, mas a Deidade em Plenitude veio e habitou naquele corpo”. Amem?

63- Fiquem de pé. Enquanto eu leio esta última expressão aqui na mensagem: BASE FUNDAMENTAL PARA A FÉ, William Branham pregou isto em 1955, Base fundamental para a fé, então se é fundamental, eu preciso disto não é? Preciso! Quando Ele esteve aqui na terra, Ele foi o exemplo perfeito da Deidade, Ele foi a Plenitude da Deidade Corporalmente, Deus estava em Cristo, o corpo de Jesus, era só o Tabernáculo de Deus,
(veja) O Corpo de Jesus era só o Tabernáculo de Deus. Foi ali onde O Deus Todo-Poderoso viveu, e habitou em um Ser. Crêem que isto é a verdade? Vocês devem crer para ser salvo.” (A Igreja diz: Amém!)
nós não temos ainda isto traduzido para nós, veja. Veja que ensinamento. O Corpo de Jesus era só o Tabernáculo de Deus. Foi ali onde O Deus Todo-Poderoso viveu, e habitou em um Ser. (em um corpo humano) aí ele faz a pergunta: crê você nisto? Vocês devem crer para ser salvo. Você tem que crer nisto.

64- Bem a gravação pode terminar, eu creio que já encerrou, mas eu vou citar A última frase agora para irmos embora... (Fim da gravação)


Próximo estudo: Deidade parte 8 “Deus fez para Si um corpo”

Este sermão Deus e Seu Filho, foi pregado em uma Sexta Feira – 09 de Julho de 2004 no
Tabernáculo Doutrina da Mensagem em Francisco Morato SP
Ir. Rosendo
Fontes usadas neste sermão:
(1) A Bíblia Sagrada
Versão Revista e Corrigida

(2) Os Sermões de William M.Branham
- HEBREUS 7 – PARTE I
- PARADOXO
- ELIAS O PROFETA
- MANIFESTAÇÃO DOS FILHOS DE DEUS
- O NASCER DO SOL
-TESTEMUNHO De WILLIAM BRANHAM
- OS DONS DE DEUS SEMPRE ENCONTRAM OS SEUS LUGARES
BASE FUNDAMENTAL DA FÉ

Alguns destes sermões estão traduzidos para o português, outros até o momento da edição deste texto ainda não o foram, o pregador usou as citações da tradução para o espanhol.

AGRADECIMENTO

Por este meio agradecemos a todos os crentes que com seu tempo, esforço e doações, fizeram possível a publicação e distribuição deste material Cristão. Dando a conhecer que não é o trabalho de uma só pessoa, mas uma equipe de crentes dedicados a serviço do Deus Todo-Poderoso, e Senhor do Universo, e de Seus filhos.

www.doutrinadamensagem.com
doutrinadamensagem@gmail.com


http://diogenestraducoes.webnode.com.br/

Estudo anterior - Deus e Seu Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário